BienalSorteioSorteio Dicas
13 novembro 2011

Como enviar livros pelos Correios

[ATUALIZAÇÃO 17/07/2014] Por favor, antes de perguntar leia as perguntas já feitas. Porém, quanto às informações e novas perguntas, leia esta postagem MAIS RECENTE e ATUALIZADA.
Obrigada pela visita! ***

Hoje no Twitter descobri que muitas pessoas enviam seus livros por carta registrada (com limite de até 500 gramas) ou PAC para acima desse peso.
O problema é que sai mais caro. Existe um serviço exclusivo para o envio de livro, que qualquer agência de Correios, até mesmo as franqueadas são obrigadas a aceitarem.
A maneira mais correta e barata de postar seus livros, com limite de 5 kg é dessa forma: "Impresso Normal Registro Módico" - é só escrever embaixo a esquerda no lado do destinatário.
Pode estar em embrulhado em papel, em envelope ou em caixa. Os Correios tem o direito de abrir para inspeção para verificar se realmente são livros, caso desconfiem, mas você não precisa levar o pacote aberto. Se levar fechado é obrigatório escrever no lado do destinatário:  “Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT”.

Conheci esse serviço em 2008, quando participei de uma comunidade do Orkut de trocas de livros, e cheguei a enviar e receber por este serviço livros pesando mais de 3 kg. No começo das trocas, quase todos os usuários tiveram problemas em conseguir usar o serviço. Algumas agências alegavam ser franquias e não terem o serviço disponível. Outras diziam que somente pessoas jurídicas poderiam utilizá-lo. E existem ainda as agências que desconhecem o procedimento. Não aceitem um "não" na hora da postagem! Lute pelo seu direito.

Os sebos e livrarias online já utilizam esse serviço, barateando o frete. Inclusive o Estante Virtual. Gostaria de divulgar a todas as pessoas, aos escritores que vendem seus próprios livros e Às editoras que ainda o desconhecem. Utilize o Registro Módico!



Vou explicar para vocês como funciona:

O Impresso Normal é um serviço de abrangência nacional. Poderão ser aceitos como Impresso:
- Catálogos;
- Livros;
- Fascículos;
- Guias;
- Lista de preços;
- Revistas;
- Jornais;
- Publicações periódicas;
- Alternativos culturais;
- Formulários não preenchidos;
- Prospectos de propaganda;
- Propaganda política de partido ou de candidato;
- Divulgação de evento.

Quem pode usar:
Pessoas jurídicas, profissionais liberais e partidos políticos. Se for por Registro Módico, pessoas físicas podem utilizá-lo!

Serviços opcionais:
- Registro;
- Registro Módico (somente para livros e materiais didáticos);
- Aviso de Recebimento (AR) – confirmação de entrega;
- Mão Própria (MP) – entrega nas mãos do próprio destinatário;
- Valor Declarado (VD) – seguro;
Documentação obrigatória em caso de VD Remetente pessoa jurídica: Nota Fiscal;
- Caixas de Encomenda comercializadas pelos Correios;
- Devolução Garantida: Está inclusa no contrato de Impresso, sem custos adicionais para a contratante.

Acondicionamento:
Todo Impresso deverá ser acondicionado e fechado, pelo remetente, em embalagem que resista ao peso, à forma e à natureza do conteúdo, bem como às condições de transporte.
O cliente poderá utilizar as caixas comercializadas pelos Correios ou suas próprias caixas, pacotes e rolos, desde que estejam embrulhados com papel liso e resistente e sejam confeccionadas em um dos seguintes materiais: papel, plástico, isopor, madeira ou metal.
Quando o Impresso for postado fechado, na embalagem deverá constar a seguinte informação: “Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT”.


Recomendações e restrições:


Limite de peso:
5 kg.

Limites de dimensões:
Envelope:
- Mínimas: 9 cm x 14 cm.
- Máximas: comprimento menor ou igual a 60 cm.

Pacote e caixa:
- Mínimas: 9 cm x 14 cm.
- Máximas: 150 cm (comprimento + altura + espessura).
A maior dimensão (comprimento ou altura ou espessura = máximo de 60 cm).

Rolo:
- Mínimas: 10 cm (comprimento).
Comprimento mais duas vezes o diâmetro = mínimo de 17 cm.
- Máximas: 90 cm (comprimento).
Comprimento mais duas vezes o diâmetro = máximo de 104 cm.

Orientações
É proibido incluir nos impressos outros objetos de diferentes remetentes.
O cliente que optar pela devolução dos objetos não entregues, basta indicar o símbolo da “Devolução Garantida” nos objetos, logo após ou abaixo da chancela de franqueamento do Impresso.

Como comprar:
Para adquirir o serviço, basta comparecer em qualquer agência dos Correios. O pagamento é a vista, sem necessidade de contrato.


Preços:
Os preços unitários para o serviço de Impresso constam da Tabela de Preços, estabelecida pela ECT, de acordo com o peso e local de entrega, observando-se o valor mínimo por postagem. No final da postagem você encontra as tabelas extraídas do site dos Correios.

Entrega:
em domicílio (em algumas localidades que não existe a entrega pelos Correios a pessoa o retira na agência mais próxima) ou caixa postal.

Se a sua agência não aceita a postagem dessa forma, estão indo contra as próprias regras! Imprima a página dos Correios e leva até lá, fazendo valer seus direitos:

IMPRESSO NORMAL (pessoas jurídicas)
porém, o REGISTRO é MÓDICO! (exclusivo para livros e para pessoas físicas também)

Imprima essas duas páginas e leve à agência que se recusa a realizar o Impresso Normal com Registro Módico. Se persistirem, telefone para a ouvidoria e reclame!

O Registro Módico é utilizado exclusivamente para livros. É uma modalidade especial do Impresso Normallivros de maneira geral, postados por qualquer pessoa física ou jurídica, e material geral didático postado por Escola de Ensino por correspondência e destinados a seus alunos. E através desse serviço, você recebe um código para rastreamento. O(s) livros(s) poderá(ão) ser rastreado(s) pelo site dos Correios, porém não existe um passo-a-passo obrigatório, geralmente apenas consta quando e aonde foi postado e depois o "saiu para entrega".


Como preencher:
No lado da destinatário embaixo á esquerda, escreva:
"Impresso Normal Registro Módico"
 “Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT”
Pronto!


O que nos interessa está em amarelo.


Serviços Adicionais Postais e Outros (preços em R$)
1Registro Nacional3,00
2Registro Módico (livros de maneira geral, postados por qualquer pessoa física ou jurídica, e material geral didático postado por Escola de Ensino por correspondência e destinados a seus alunos)1,50
3Mão Própria4,00
- Incluído o registro7,00
4Aviso de Recebimento3,00
- Incluído Registro Módico4,50
- Incluído o Registro6,00




Aviso: As simulações de preços aqui efetuadas são uma estimativa. Os valores deverão ser confirmados no ato da postagem. Tabela aqui e aqui.

Exemplo:
Um livro que pese 380 gramas (já com a embalagem) você pagará:
Pelo Impresso Normal, conforme tabela: R$4,10 + R$1,50 do Registro Módico = Valor da postagem: R$5,60 em território nacional. Não importa se você enviará para perto ou para longe, se é dentro do Brasil, será esse o valor. A tarifa é fixa, de acordo com o peso apenas.

Lembrete: Caso os livros tenham um alto valor, vocês podem ainda optar pelo serviço de "Valor Declarado" que é uma taxa que o remetente paga como um seguro no caso de avaria ou perda. Nesse caso, o remetente recebe o valor exato presente na declaração. Sem o "Valor Declarado", costuma-se receber apenas uma porcentagem baixa do valor da postagem.
Guardem sempre seus comprovantes e observem os prazos máximos. Se os Correios não cumprirem, mesmo entregando direito, você pode pedir parte do valor da postagem de volta através do "Fale Conosco" no site deles. Você pode recebê-lo numa conta corrente em seu nome ou por "Ordem de pagamento" em qualquer agência do Banco do Brasil. Antigamente, os Correios pagavam 100% do valor postal, agora pagam apenas uma porcentagem.
Embale seus livros em plástico antes do papel ou envelope, para caso o carteiro tome chuva. De preferência, embale com plástico bolha para protegê-los, se não estiverem numa caixa.
Dúvidas: deixe sua pergunta aqui nos comentários que tentarei ajudá-lo(a).

Atenção: "Impresso Normal - Registrado" é diferente de "Impresso Normal - Registro Módico". O registro comum é mais caro que  o módico!

Observações:
Postagem atualizada em 17/01/2012 devido ao aumento na tabela de Impresso.
Postagem atualizada em 19/06/2012 porque o registro módico aumentou de R$1,40 para R$1,50.
Postagem autalizada em 28/03/2014 devido ao aumento da tabela de Impresso ocorrido em 01/02/2014.

176 comentários:

  1. De nada, querida!

    Eu tive dificuldades nas primeiras vezes. Os atendentes não sabiam o que era, nem como fazer. Chamaram a gerente que disse que por ser superior a 500g, só PAC.

    Eu bati o pé e fiz a gerente entrar no sistema dos Correios e encontrar o serviço. Ela encontrou e disse que era apenas para pessoas jurídicas.

    Eu continuei teimosa e pedi por favor que lesse em voz alta. A agência era pequena e já possuía uma bela fila às minhas costas. A gerente leu e ficou muito sem graça nessa parte:

    "livros de maneira geral, postados por qualquer pessoa física ou jurídica"

    Então ela deu uma desculpa esfarrapada de que o sistema tinha mudado e não avisaram aos funcionários, mentira, o serviço é antigo!

    A partir daí utilizei o serviço nessa postagem. Depois mudei de cidade e aqui, já postei em duas agências diferentes e nunca tive problema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por disponibilizar estas informações!
      Já vou começar a usar o serviço.
      Posso incluir estas informações no site da nossa ONG?
      Forte abraço!

      Excluir
    2. Pode sim, Almeida Junior, desde que coloque o link daqui :) Beijos.

      Excluir
    3. Aqui na minha cidade não consegui usar, tive que usar o PAC e absurdamente me informaram que pra utilizar o serviço eu teria que deixar na agência um livro idêntico para ser destruido em 60 dias... não acreditei nisso.

      Excluir
  2. Tadinda, isso aconteceu provavelmente por ser uma agência terceirizada - e aí eles só pensam em lucro mesmo - e aí se fazem de besta, ou se foi a empresa pública mesma dos Correios, desconhecimento total da gerente e dos atendentes, faltou treinamento pra eles ou eles faltaram ao treinamento. Mas gostei da sua insistência, ah se todos nós brasileiros fôssemos assim!
    Confesso que não sabia desse serviço mais em conta por pura preguiça de pesquisar sobre.
    Os Correios mesmo assim ainda cobram caro, em qualquer país civilizado o envio de livros é barato. Mas no Brasil...veja como os Correios é uma empresa que lucrou milhões este ano, também...cobrando caro pelas remessas né! Me lembra muito os Bancos, que faturam milhões e tratam o cliente como cavalo ou boi:

    http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/correios-anuncia-lucro-de-r-500-milhoes-no-1o-semestre

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela visita e pelo comentário valioso.
    Ás vezes o cotidiano nos cansa e acabamos aceitando certas injustiças, mas esta dos Correios não aceitei, e ainda bem que o serviço está se popularizando e muito mais comum que há 4 anos atrás.

    Esse ano tive alguns problemas com os Correios, principalmente durante e após a greve dos funcionários.

    Mas acreditem se quiser, meu maior problema é sempre com os carteiros. Não importa aonde eu more, já vivi em 3 cidades diferentes, sempre tenho de contratar caixa postal, pois nunca me entregam as coisas. Até assinatura de revista cancelei porque entregavam aos vizinhos, ou sumia!

    ResponderExcluir
  4. Pois é, brasileiro não costuma lutar por seus direitos e até desconhece-os, o que é estranho porque hoje em dia com a internet só fica desinformado quem não gosta de pesquisar. Dá até pra escrever um livro de não-ficção sobre isso, heim.

    Justamente estava achando muito caro os serviços dos correios (para mandar livros) e fui buscar informação sobre como enviar livros de modo mais barato e achei tua página.

    Nada contra a empresa pública dos Correios terem lucros, mas o serviço prestado deixa a desejar e ainda é caro.

    Existe também, e eu não sabia!...A carta social, que é bem barata de enviar mas pouca gente usa por vergonha. Só que essa modalidade só permite cartas simples mesmo e não encomendas. Eu usava muito o serviço de aerogramas antigamente, mas não sei se ainda existem esse tipo de correspondência. Vou até pesquisar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora, infelizmente, a carta social só é permitida a quem recebe Bolsa Família e dependentes. Outras pessoas pagam R$0,80 por carta não comercial até 20 gramas :( Beijos.

      Excluir
  5. sobre os Aerogramas que falei no comentário anterior, confira no link:

    http://www.correios.com.br/selos/prod_conveniencia/pre_selados_person/aero_person.cfm

    ResponderExcluir
  6. Ah, eu uso bastante a carta social!! Inclusive para enviar os marcadores de livros e folhetos que sorteio aqui no blog e cartas e cartões para os amigos (sim, mesmo com o e-mail, nada melhor que receber carta e cartão de verdade!).

    Os aerogramas são muito práticos, obrigada por compartilhar o link!! Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom, já usamos essa modalidade, porém já tivemos problemas em algumas agências do correio.

    Vamos divulgar!!!

    Abraços,
    Giz Editorial

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também já tive problemas. Numa agencia não aceitavam, alegando que somente pessoas jurídicas poderiam utilizar o módico. Em outra, os atendentes rasgavam os cantos da embalagem. Denunciei todos e modificaram as ações. Hoje mesmo postei um módico numa agência bem pequena e franqueada. E nova.

      Excluir
    2. Oi, Maria, leia nesta postagem mais atualizada: http://www.leitoraviciada.com/2014/07/como-enviar-livros-pelos-correios-e.html
      Lá tem link e telefones da ouvidoria dos Correios.
      Beijos.

      Excluir
  8. Eu tentei enviar o último livro dessa forma e a atendente não aceitou, e me mostrou a página dos Correios sobre Impresso Normal com a seguinte informação: "Quem pode usar:
    Pessoas jurídicas, profissionais liberais e partidos políticos."

    Link:
    http://www.correios.com.br/produtosaz/produto.cfm?id=BCD3766C-0E69-3567-EF6B89F99BBA5413

    As informações dos Correios se divergem demais. Tanto os atendentes quanto nós mesmos ficamos perdidos em meio a este caos.

    @rafaschiabel
    http://lembradaquelahistoria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Rafael, por isso você deve especificar que quer utilizar o Registro módico, que é exclusivo para livros e sim, pode ser utilizado por pessoas físicas. Só o impresso normal não basta, precisa ser também registro módico: "Registro Módico (livros de maneira geral, postados por qualquer pessoa física ou jurídica, e material geral didático postado por Escola de Ensino por correspondência e destinados a seus alunos)" - por isso existe essa confusão. Peça ao atendente que verifique o registro módico e se continuar com dificuldades (eu já passei por isso, exatamente este mesmo problema) denuncia a ouvidoria dos Correios, pelo telefone que é mais rápido que por e-mail. Abraço, volte aqui para contar o que ocorreu.

      Excluir
  9. Só corrigindo: Vc postou acima que para vendas pode ser usado o Impresso. Não pode. Nem para Impresso nem para carta, com ou sem registro. O serviço só pode ser usado para remesas sem valor mercantil =) Portanto jamais digam que trata-se de venda, nem coloquem boletos ou notas fiscais. E em casos de livros com dedicatórias ou contendo um cartão ou até mesmo um marca páginas com mensagens pessoais, somente pode ser classificado como carta e com peso até 500g. Lembrem-se também que sempre que alguém envia fora das normas de postagem e o livro passa pela fiscalização interna, quem paga a diferença do frete é o funcionário que aceitou a postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por retificar este detalhe :) Beijos.

      Excluir
  10. Excelente postagem :)

    Eu tentei usar há duas semanas em uma loja franquiada e disseram que era só em loja propria, que eles não possuiam o codigo -.-'
    Fiquei mega aborrecida por nao ter impresso a pagina do site dos correios.
    Na outra agencia me informaram que era até 500 gramas, mas como tinha 380 eles enviaram.


    Que bando de preguiçosos e oportunistas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lilian. Franquia também tem o serviço, às vezes não sabem utiliza-lo. Eu posto em 3 agências diferentes, 2 são franquias.

      Na outra, trataram seu pedido como carta registrada, que aceita até 500g.

      Ou seja, nem em uma nem em outra fizeram o serviço corretamente.

      Excluir
  11. Oi gente, gostei muito da postagem...To mudando de cidade e queria muito mandar meu livros pelo correios, tenho muitos, posso usar esse serviço então?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esse serviço é obrigatoriamente oferecido em todo o território nacional, em qualquer agência de Correios, até mesmo as franquias, desde que não chegue ao limite de peso de 5 kg. Beijos.

      Excluir
  12. Tentei colocar dois livros, em envelopes separados, hoje nos correios e a moça me disse que Registro Módico era até 500g e os livros estavam acima desse peso. Velha maluca! Vou voltar lá levando a parte que fala do peso pra eles lerem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A atendente tratou seus envelopes como cartas registradas (com limite de 500g) e não como Impresso Normal - Registro Módico (com limite de 5 kg). Sacanagem! Espero que consiga resolver. Em último caso, denuncie na ouvidoria dos Correios. Beijos.

      Excluir
  13. MUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO OBRIGADA POR ESSA DICA!!!!!!!!
    PRECISEI ENVIAR UNS LIVROS E TIVE QUE PAGAR MAIS DE 100 REAIS PORQUE O IDIOTA DO ATENDENTE NÃO SABIA O QUE ERA REGISTRO MÓDICO (OU SE FEZ DE BURRO). VOU IMPRIMIR TUDOOOOO... :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. às vezes eles ficam na malandragem mesmo; em outros casos, realmente não estão preparados para realizar o procedimento correto para o Impresso com módico. Numa agência que frequentei por um tempo, somente uma atendente sabia fazer, e quando eu caía nas mãos de outro, ela ia e ficava ensinando-o, até que todos aprenderam. Depende também da humildade do atendente em dizer que desconhece o procedimento do que ficar repetindo informações erradas. Já vi GERENTE da agência desconhecer o serviço. Incrível.

      Excluir
  14. Tati você escreveu esse post na hora certa! Justo quando tava precisando.
    Obrigada pela ÓTIMA dica.

    ResponderExcluir
  15. Ótima informação!

    Eu não conhecia essa modalidade, apesar de estar precisando muito dela para poder enviar os exemplares de meu livro "Terra sem Lei".

    Valeu demais pela dica.

    Luis Boto
    http://luismboto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, o módico é excelente para livreiros, blogues literários, editoras e escritores. Beijos.

      Excluir
  16. ;queria tirar um duvida, é somente isso que cobro do cliente, o peso do livro pelo impresso normal + o registro modico? e essa tabela eu posso me basear por ela? e a Cálculo de Preços e Prazos de Entrega do correios la so tem a opcao "impresso", nao adianta? e outra duvida rs em vez de mandar em caixa eu posso embalar no plastico bolha ? obrigadaa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para cobrar do cliente, deve somar o impresso normal + o registro módico. Lembre-se de pesar já na embalagem. Você pode postar tanto com plástico bolha + papel pardo quanto em caixa, desde que não chegue aos 5 kg. Já o prazo de entrega, não sei informar corretamente, mas a atendente nos Correios me disse que costuma ser o mesmo do impresso. Geralmente o rastreio pelo site dos Correios mostra apenas "Postado agência tal" e depois "saiu para a entrega" e "entregue". Dificilmente mostra o trajeto passo-a-passo, mas é registrado. Beijos.

      Excluir
  17. obrigada, me ajudou muito!!! queria so tirar outra duvida, desculpa ser chata, é que sou iniciante rsrs, o livro tem 830 gramas, mas nao tenho como pesar aqui, ainda to sem balança e a cliente me falou que quer, quanto voce acha que daria com o plasticobolha e o envolope, nao deve dar muito mais né? quero fechar o valor para dar a ela. me ajudaaaa rsrs brigada meu email é mairajochem@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, cobre então 900 gramas, que é R$7,31 (impresso normal) + R$1,50 (registro módico) = R$8,81. Como não sabe o peso correto, se a agência de correios não for longe de sua casa, você pode ir lá e pedir para pesarem para você tirar a dúvida antes de cobrar a cliente. Beijos.

      Excluir
  18. Cara. Isso é utilidade pública.
    Muuuito obrigado mesmo!

    ResponderExcluir
  19. Do fundo do coração. Obrigado.

    Vou tentar seguir esses paços, se der certo depois posto aqui contando como foi.

    Recentemente fui a uma agência terceirizada dos correios e perguntei se havia algum jeito de mandar um livro sem ser por PAC. Eles informaram que não, e que além disso, se eu quisesse usar o PAC tinha que enviar o livro em uma caixa, porque o PAC não aceitava mais envios por envelope (a não ser por pessoas jurídicas). Isso eu confirmei no site dos correios.

    Então eu mandei um e-mail pros correios perguntando como eu devia enviar um livro, e reclamando da proibição do envelope por PAC. Os Correios responderam, e disseram a mesma coisa que você disse no post, só que veio escrito de um jeito tão complicado que eu não tinha entendido direito, só entendi depois que li seu texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que meu texto te ajudou \o/ Beijos.

      Excluir
  20. Boa tarde! Boa dica, mas existe algum modo de envio mais barato para o exterior?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, infelizmente desconheço. O Registro Módico só é válido em território nacional. Só sei que se você importar livros sempre será isento de taxas, porém não conheço uma forma barata de enviá-los ao exterior. Beijos.

      Excluir
  21. Olá!

    Minha outra msg sumiu, sniff

    Só queria tirar uma dúvida: posso enviar mais de um livro no mesmo pacote? Gostaria de enviar três de uma vez, pq é para o mesmo destinatário. Imagino q sim, né? Já que é calculado por peso, sendo assim daria na mesma enviar separado ou não, certo?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Você pode enviar os 3 livros no mesmo pacote sim, seja com plástico bolha + papel pardou ou caixa + papel pardo. Escreva sempre "Registro - Módico" "Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT." no lado do destinarário. Pode conter quantos livros você precisar, desde que pese menos que 5 kg contando a embalagem. Beijos.

      Excluir
  22. Mas eu vou pagar só 1,50 independentemente do peso do livro? Ou pagarrei 1,50 mais alguma coisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais alguma coisa. R$1,50 você paga pelo registro, para receber o código de rastreio. Você precisa somar esses R$1,50 ao valor da tabela que está nessa postagem, de acordo com o peso do livro já embrulhado. Por exemplo: Um livro que pese 380 gramas com a embalagem) você pagará: Pelo Impresso Normal, conforme tabela: R$3,65 + R$1,50 do Registro Módico = Valor da postagem: R$5,15 em território nacional. Beijos.

      Excluir
  23. Só uma dica, faça uma embalagem bem protegida, com plástico bolha para proteger o livro e algum tipo de papelão para deixar firme. Pois os Correios acabam amassando, não tomam cuidado.

    Beijinhos**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre dou essa dica também, inclusive para as editoras descuidadas. Beijos.

      Excluir
  24. Esse certamente é um post extremamente útil, sempre tenho alguns probleminhas quando vou enviar os livros e ter esse tipo de informação é ótima! Tenho duas dúvidas e adoraria se você pudesse me ajudar.

    1 - Mesmo escrevendo “Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT” eles têm o direito de abrir no ato da postagem? Na maioria das vezes que vou mandar mando vários livros de uma vez e da última vez tive de abrir todas as embalagens e esperar o atendente conferir tudo e fechar cada uma delas tomando um tempo que eu não tinha disponível.

    2 - Nessa mesma ida ao correio o atendente me pediu para retirar todas as cartinhas que eu havia colocado dentro dos livros (uma folha apenas parabenizando os ganhadores do sorteio como sempre mando) dizendo que o registro módico era um envio impessoal e a carta provava o contrário. Não achei que fazia sentido na hora mas decidi não discutir já que estava impaciente.

    Ás vezes eu penso se esse povo do correio não tá lá só pra nos irritar mesmo rs'

    Ótimo post!

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Natália! Tentarei te ajuda :)

      1 - Sim, eles podem abrir no ato da postagem ou durante o trânsito (neste caso terá de possuir carimbo e anotações de quando foi aberto, em que agência e fechamento), mas sempre fechando exatamente como você embalou. Eles têm o direito de conferir, porém jamais exigir que envie rasgado no canto ou parcialmente aberto. Infelizmente mesmo sem tempo devemos esperar que o atendente confira, caso ele ache necessário, mas repito, ele mesmo deve fechar tudo novamente do mesmo jeito. E na sua frente.

      2 - Sim, ele estava certo. O uso do Módico é exclusivo para livros. Cartas, marcadores e brindes podem ser proibidos e retirados da embalagem caso o funcionário abra a embalagem. Acho que poderiam abrir exceção quanto a cartinhas, marcadores e brindes que fazem parte do kit do livro, mas a regra é clara: apenas livros podem ser enviados pelo Módico. Então ao enviar algo a mais, deve-se torcer para não abrirem no ato da postagem ou durante o trânsito.

      Você não está só. Também acho que os atendentes se acham pessoas poderosas e irritam e implicam. Parece que pensam: "Eu tenho o poder sobre o serviço que essa pessoa necessita, então vou implicar só por implicar."

      Beijos, espero ter te ajudado. Tendo mais dúvidas, fale comigo.

      Excluir
    2. sempre que eu mando num envelope, a atendente corta uma dobrinha do lado :S
      dizendo que tem que ir aberto pra conferirem que é livro :S

      malditos..

      Excluir
    3. Escreva embaixo, no lado do destinatário:
      "Impresso normal - Registro Módico.
      "Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT."
      Com essa declaração sua, você os autoriza a abrirem o envelope caso desconfiem não ser livro, e fecharem novamente do mesmo jeito. Isso é documentado e é carimbado com os horários de abertura e fechamento, assinado pelo funcionário, tudo documentado.

      Você não precisa rasgar o envelope, pois mesmo o livro estando com plástico bolha por baixo, pode se danificar ao longo do trajeto e o destinatário recebê-lo todo aberto, ou cair do envelope!! E você tem o direito de colocar o livro numa caixa se quiser, eles não podem rasgá-la!

      Sei como é isso, pois passei por essa chateação numa outra cidade em que morei e só tinha uma agência e mandavam fazer isso. Eu embrulhava o livro no plástico bolha e sempre passava o papel pardo de forma a deixar um brecha do livro a vista, na brochura e passava fita adesiva larga transparente, colava no plástico e papel pardo, o livro ficava seguro. Assim não o rasgavam mais.

      Porém posteriormente descobri que isso é totalmente desnecessário, mas somente de conter o "FECHAMENTO AUTORIZADO. PODE SER ABERTO PELA ECT."
      Se falarem para rasgar, mostre a autorização e diga que não rasgará mais, pois os livros têm chegado totalmente fora do papel! E o cliente não é obrigado a levar aberto e mostrar e tal. Não precisa fazer isso na frente de todos, clientes e funcionários. Se os Correios quiserem abrir, que abra lá na inspeção e que feche corretamente, como estava antes.

      É ridículo nós pagarmos caro pelos serviços de uma empresa pública que trata o cliente sem respeito. Os funcionários são concursados e por isso alguns deles acham que podem fazer o que quiserem. Parece até que o serviço é gratuito e nos fazem caridade!!

      Eu já recebi indenização dos Correios por atraso em entregas, mas meu marido já conseguiu uma indenização por ter sido muito mal atendido e não terem aceitado a caixa dele no papel pardo no PAC, ficaram mentindo dizendo que tinha de comprar a caixa! Que só poderia ser pela caixa oficial!!! Daí disseram que a caixa do tal tamanho não tinha!! Ele retornou no outro dia quando o gerente estava e reclamou, com a mesma caixa em mãos e apontou as três atendentes. O segurança confirmou a história. O gerente viu que a caixa existia no estoque, mas que meu marido poderia sim postar com a de casa. Ele puxou o ocorrido do dia anterior (que por sinal as atendentes riam do meu marido, debochavam, pois a caixa era muito pesada) Resumindo: o gerente fez as três pagarem o PAC do meu marido em troca dele não abrir ocorrência na ouvidoria e agora todos nos respeitam lá. E somos assinantes de caixa postal, clientes da agência, mais um argumento que meu marido usou contra elas. Claro que todos devem ser bem atendidos, mas cara de pau delas fazerem isso com um cliente que está lá no mínimo uma vez por semana.

      Beijos, não se desanime, é isso que eles querem.

      Excluir
    4. Complementando "puxou o ocorrido pelas câmeras"

      Excluir
  25. Muito legal e útil esse post!
    Obrigada por compartilhar!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. ÓTIMO post, Tati! Como vou começar a realizar sorteios no blog daqui pra frente, foi muito bom saber sobre isso. Já ganhei alguns sorteios e sempre via escrito isso na embalagem, mas nunca soube o que significava. Adorei! Beijo.

    ResponderExcluir
  27. oi, Tatinda!
    tudo bem!
    Quero mandar um livro para a Itália, posso usar essa modalidade de envio?
    Obrigada,
    Margarida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Margarida! Infelizmente não pode utilizar essa modalidade para envio internacional. O Impresso Normal com Registro Módico é válido apenas para destino em território nacional. O envio para a Itália deverá ser como encomenda internacional: http://www.correios.com.br/internacional/cfm/precos/default.cfm Escolha a modalidade que mais lhe convém. Beijos.

      Excluir
  28. Oie Talinda...
    Eu queria saber se eu posso mandar o livro dentro de um envelope, ou se é melhor em caixa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gaby, você pode colocar o livro tanto em envelope, papel pardo ou caixa. Desde que embaixo do destinatário você escreva:
      "Impresso Normal Registro Módico"
      “Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT” e não ultrapasse 5 kg. Aconselho a envolver o livro com plástico bolha para que não amasse nem molhe. Beijos.

      Excluir
  29. Oie...eu vi que a tabela mudou, caso vc queira atualizar,algumas preços abaixaram, alguns aumentaram...

    Segue o link: http://www.correios.com.br/precosPrazos/precosPrazosNacionais/servicosAdicionaisPostais.cfm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, a tabela mudou, mas o registro módico NÃO, continua R$1,50. Os valores do Impresso Normal também continuam os mesmos por enquanto, mas obrigada! Beijos.

      Excluir
  30. Olá, tenho uma dúvida, e no caso de kits de livros, já que no módico, não pode conter marcadores, nem brindes, como faço para enviar um kit contendo livro + brinde + marcador + a caixinha que vem no kit? Pois estou fazendo uma promoção no meu blog, e gostaria de saber como procedes
    r, seria mais viável mandar separado ou junto?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  31. Como faço no caso de kits (Que veem com livro + brinde + marcador + caixinha), se o módico não aceita nada que não seja livros, seria melhor manda-los separados ou tem algum jeito barato de mandar tudo junto?
    Desde já obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samantha, eu envio os kits por registro módico. É errado, já que pelas regras o correto é enviar apenas livros, nada de brindes ou de marcadores, apenas lvro + embalagem (caixa, plástico, envelope, etc).
      Ou seja: não se pode enviar um kit por módico. Se os Correios abrirem para checar poderão retornar com o kit e cobrar então o valor de PAC.
      O correto para o envio de kits, pelas regras é PAC.
      Porém envio os kits por Módico, desde que o brinde caiba na caixinha e não fique balançando. Caso for balançar, coloque algo para segurá-lo, como plástico ou papel amassado.
      O marcador pode ser colocado discretamente no meio do livro, não na primeira página.
      Nunca, jamais tive problema de enviar kit por Módico em vez de PAC, apesar de não ser o correto. E se um dia eu for questionada direi que faz parte da cortesia e não pode ser enviado separadamente e que o objeto principal é um livro e blá blá blá.
      Resumindo: o correto para kit é PAC, mas envio por Módico e torço para continuarem a não inspecionar minhas embalagens.
      Se um dia não for mais possível enviar kits por Módico (burlando as regras) será certo de que blogueiros sortearão menos kits, pois ficará bem caro.
      Beijos.

      Excluir
  32. Então o máximo que pode acontecer é voltar para o remetente, certo?
    Vou tentar fazer isso, por que usando o PAC, nossos bolsos vão a falência!
    Acho que é por isso que vejo, poucos blogs, fazendo sorteio de kits....
    Eu fiz uma simulação no site dos correios, peguei as dimensões e peso de um livro que mandei pelo módico, paguando R$ 5,37, adivinha quanto saiu + ou - pelo PAC 12 reais e pouco, mais da metade! Um absurdo!

    Não daria para usar o Impresso Normal + Registro Nacional, afinal kits são produtos promocionais, e são justamente usados para divulgação, tanto que as editoras os carimbam, para que não sejam vendidos por ai.

    Ah, mais uma dúvida, usando o PAC, já tenho direito a um codigo para rastrear o objeto, ou ainda tenho que incluir este serviço?

    Obrigada pela resposta
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Samantha, a diferença geralmente costuma ser alta do PAC para o Módico, principalmente se for para um local distante.

      Com o PAC, assim como o Módico, você recebe o código para rastreamento. Caso o objeto se perda, avaria ou chegue atrasado, você receberá de volta apenas uma porcentagem do valor postal. Para receber o valor correto precisa pagar pelo Valor Registrado (seguro).

      Beijos

      Excluir
  33. Eu sempre posto livros nos correios, porém me falam que funciona igual carta registrada. Somente até 500g, passou disso tenho que usar o PAC, e é o que esta me matando ultimamente.
    Eu ja liguei no 0800 dos correios e la me informaram tambem que o peso máximo pra registro módico é 500g.
    Daí não tive nem como bater boca :/

    Alguem pode esclarecer isso pra mim?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está errado. Registro módico não é carta, é IMPRESSO. Pergunte por IMPRESSO NACIONAL e em seguida peça para o registro ser MÓDICO. Telefone novamente e tente ser atendido por um atendente que não seja mau informado e fale dessa forma, que não consegue enviar o livro por IMPRESSO com registro MÓDICO.
      Infelizmente se o problema persistir, imprima as duas páginas dos Correios (uma sobre o impresso e outro sobre o módico) e tente postar novamente; se continuar sem conseguir telefone para a OUVIDORIA, não fale com atendente comum e sim da ouvidoria e abra uma reclamação. Ou abra na ouvidoria do site, que também funciona. Caso faça pelo site, ao conseguir uma resposta decente (correta) imprima-a e leve até a agência junto dessas outras duas folhas que citei anteriormente.
      Beijos e não desista! Estão enganando você.

      Excluir
    2. obrigado Tatinda
      Irei fazer isso hoje antes de postar o livro :)

      Excluir
    3. De nada, torcendo para você conseguir!! Beijos.

      Excluir
    4. fui hoje la e eles nem sabiam disso que eu aprendi aqui :)
      porém na hora de passar a etiqueta RA deu uma msg na tela dizendo que não era essa.
      Eles acharam que era a RE porém disseram que ela estava fora de circulação e que não existia mais, e tavam achando que isso que eu lhes disse era só pra quem é pessoa juridica com contrato.
      Daí eu expliquei que não, que tem mais gente que faz isso e tal..
      Daí falaram pra eu ligar no 0800 me informar certinho e depois voltar la pra dizer pra eles, fiz isso e o 0800 disse que eles tinham que pedir mais e que era RE sim.
      Acabei de ligar lá e conversei com a gerente. Ela disse que iria se informar porque tinha algumas etiquetas RE la parada, e que pra ela tinha entrado fora de circulação e uso esse tipo de etiqueta e que só podia mandar pessoa juridica com contrato, como eu disse anteriormente :)

      Então irei aguardar ela me retornar hoje com a resposta que conseguiu e torcer porque não irei enviar o livro não :P

      Excluir
    5. Oi!! Realmente a etiqueta é a RE.

      Explique para a gerente que se for APENAS Impresso, realmente é só para pessoas jurídicas, mas no caso de ser Impresso com Registro Módico, é válido tanto para jurídica quanto para FÍSICA.

      Beijos e isso aí, está de parabéns por fazer valer seus direitos!

      Excluir
    6. consegui mandar Tatinda :D

      Mas não sei se por aqui ser cidade pequena..
      A gerente disse que não valia o "pode ser aberto pela ECT"

      e que eu só poderia estar enviando o livro embrulhado com papel kraft (por exemplo) e deixar as bordas laterais sem cobrir.
      E amarrar com barbante.
      Só assim eu poderia estar mandando, pois esse da ECT ela teria que pedir uma autorização pra Londrina que é uma cidade maior aqui perto e talz..
      dai enviei, mas o livro pareceu tão desprotegido :/

      Excluir
    7. Infelizmente deve ser uma agência franqueada e TOTALMENTE desatualizada!
      Em nada procede a resposta da pessoa. Como franquia o "pode ser aberto pela ECT" é válido tanto para franquia como para agência original.
      Não existe NENHUM fundamento embrulhar em papel específico e deixar bordas sem cobrir. No site as regras são claros sobre o acondicionamento dos livros:

      "Todo Impresso deverá ser acondicionado e fechado, pelo remetente, em embalagem que resista ao peso, à forma e à natureza do conteúdo, bem como às condições de transporte.
      O cliente poderá utilizar as caixas comercializadas pelos Correios ou suas próprias caixas, pacotes e rolos, desde que estejam embrulhados com papel liso e resistente e sejam confeccionadas em um dos seguintes materiais: papel, plástico, isopor, madeira ou metal.
      Limite de peso: 5 kg.
      Limites de dimensões:
      Envelope:
      - Mínimas: 9 cm x 14 cm.
      - Máximas: comprimento menor ou igual a 60 cm.
      Pacote e caixa:
      - Mínimas: 9 cm x 14 cm.
      - Máximas: 150 cm (comprimento + altura + espessura).
      A maior dimensão (comprimento ou altura ou espessura = máximo de 60 cm).
      Rolo:
      - Mínimas: 10 cm (comprimento).
      Comprimento mais duas vezes o diâmetro = mínimo de 17 cm.
      - Máximas: 90 cm (comprimento).
      Comprimento mais duas vezes o diâmetro = máximo de 104 cm."

      Ou seja: Nada sobre barbante, papel específico ou bordas à mostra.

      É um avanço por deixarem utilizar o serviço que é de seu DIREITO, porém absurdo exigir coisas que essa própria agência franqueada inventou.

      Eu reclamaria na ouvidoria novamente, lendo as próprias regras do Impresso no site e contando como foi que obrigaram a enviar o livro.

      Beijos.

      Excluir
  34. Muiiiiito obrigada! Tentei enviar hoje um livro com mais de 500 gr, e eles disseram que acima daquele peso, só por PAC ou sedex. Paguei mais do dobro esperado por causa disso. Da próxima vez, já sei! Até liguei para os correios para reclamar disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, boa sorte na próxima vez e parabéns por realizar a reclamação. Beijos.

      Excluir
  35. Valeu *o* Me ajudou muito. Estava em dúvida de como enviar um livro pelo Correio, pra uma menina que eu conheci no Skoob. Obrigada1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que dê certo e boa troca para você. Beijos.

      Excluir
  36. Boa noite.

    Desculpe a minha ignorância no assunto, mas gostaria de saber se mesmo desta forma de envio é necessário a colocação de selos no envelope em questão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, ignorância alguma, todos nós temos dúvidas ;)
      Os selos são colocados pelo atendente nos Correios no ato da postagem de acordo com o peso do livro.
      Você recebe um comprovante que inclui o código para rastreamento pelo site.
      Beijos.

      Excluir
    2. Ahh, entendi. Fico muito agradecido com a sua prestação e este ótimo post!!

      Belíssimo final de semana, Tatinda!! *-*

      Excluir
    3. Ahh, entendi. Agradeço de coração por sua prestação e seu belíssimo post.

      Ótimo domingo, Tatinda!! *-*

      Excluir
    4. Eu que agradeço seu comentário e visita. Beijos.

      Excluir
  37. Boa noite Tatinda, obrigada pelas informações!
    Gostaria de saber como fazer o cálculo para o envio de livros com mais de 1kg. Se o pacote tiver 1,5kg por exemplo, devo somar R$ 7,95 com R$ 3,18? E se tiver 3kg?
    Não entendi muito bem esta parte da tabela...
    Mais uma vez obrigada!
    Joana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!
      Você deverá somar R$7,95 referente a 1kg + R$3,18 por até 1 kg a mais (mesmo sendo 500g a mais, se conta por kg) + R$1,50 do registro Módico (Se for registro comum fica R$3,00).
      Ou seja, por Impresso normal com registro módico o pacote de 1,5kg custará no total R$12,63 - preço fixo para todo o Brasil.
      Por Impresso normal com registro (sem ser módico) custará R$14,13 - preço fixo para todo o Brasil.
      Faça a simulação de quanto custará por PAC. No site dos Correios você pode fazer isso, colocando os CEPs de origem e de destino, medidas da embalagem e peso. Varia de acordo com a distância.
      Beijos.

      Excluir
  38. Muito obrigada pela informação, como muitas pessoas eu também sofri com funcionários despreparados dos correios, mas agora tenho um argumento.

    ResponderExcluir
  39. muito esclarescedor para os iniciantes, obrigado.

    ResponderExcluir
  40. Tati, não sei nada de correio, mas eu preciso comprar algum tipo de ''selo'' ou eu mesmo posso escrever no envelope destinário e remetente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, é só embrulhar com papel pardo ou colocar em envelope - igualzinho à uma carta. Onde ficam as dobras, seja vedado com cola ou fita adesiva transparente, é o lado do Remetente. O lado liso é o lado do destinatário. Preencha tudo corretamente, coloque abaixo do lado do destinatário o seguinte: "Impresso Normal. Registro Módico. Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT." Não coloque seloa algum. Os selos serão colocados pelo atendente da agência dos Correios. Beijos.

      Excluir
  41. Adorei suas dicas.
    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  42. No caso de ser um livro impresso por impressora mesmo, em casa, somente grampeado, conta como livro nesse serviço Impresso Normal? Eu quero enviar somente um, para a Biblioteca Nacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Anônimo, acho que conta como livro, mesmo sendo um original.
      Boa sorte com o manuscrito.

      Excluir
  43. Oi, sou a pessoa que perguntou se eles aceitam "livro impresso em impressora e grampeado".
    Bom, aparentemente sim. O senhor que estava no caixa nao abriu pra inspecionar. Ele meio que so tocou levemente a superfície do envelope. Sinceramente acho que ele estava com preguiça de reparar algum erro. Ele até se confundiu e quase ia mandar normalmente, e o preço deu 100 reais por aí KKK aí eu disse "Não, moço. Como impresso normal, registrado", e aí deu 4:60 :) E escrevi "IMPRESSO" no envelope. No recibo está escrito "Impresso Nacional", e aliás eu tirei copia do recibo, pois aquelas letrinhas somem facilmente! Então serve de dica pra todos também :)
    Enfim, o jeito é esperar que a correspondência nao volte pra mim né. Ou que eles decidam abrir e julguem que um livro impresso e grampeado nao é um livro, sei lá..rs
    Antes eu mandava normalmente e saía caro. Então obrigado pelas dicas no site. Ajudou bastante :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que a postagem te ajudou!!!! Fico muito feliz!!
      Beijos.

      Excluir
  44. Bom dia Tatinda.

    Voltei xD

    Entrei em contato com a ouvidoria sobre meu problema, logo abaixo está a resposta.

    "Seu(s) questionamento(s) foi (foram):

    a alguns meses atras, eu li na internet sobre envio de livros de forma econômica e descobri que poderia esta enviando por Impresso Nacional + Registro Módico (o famoso RE). (pessoa física para pessoa física) fui na única agência dos correios da minha cidade (Astorga) e não sabiam me informar sobre esse tipo de envio, ligaram na central de atendimento e confirmaram que eu poderia estar enviando livros por esse tipo de serviço, desde que não ultrapassasse 5 kg. Porém eu só poderia utilizar esse envio se eu embalasse o livro com papel kraft e amarrasse com barbante, deixando as bordas de cima e baixo do livro descobertas para confirmarem que é um livro. Eu disse que se eu escrevesse "Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT" embaixo de destinatário não precisaria fazer isso, porém ela me informou que por ser uma agência pequena ela teria que pedir em Londrina (cidade vizinha) uma autorização para que valesse esse escrito. Por fim acabei enviando o livro do jeito que me falaram. Queria saber se procede essa parte da solicitação pra Londrina ou se eu poderia estar enviando o livro se tivesse posto aquelas palavras. Pois tenho outro livro para envio, porém irei fazer em outra cidade maior por aceitarem lá essa forma de envio com a declaração de abertura."

    "Resposta:

    Prezado Cliente,
    Em atenção a sua manifestação código 16771264, informamos que os Correios trabalha com a modalidade de envio de objetos Impresso, que chama-se Impresso Normal - Serviço para o envio de peças promocionais (impressos) endereçadas, com apelo para venda e divulgação de produtos e serviços - com abrangência nacional, podendo ser aceito como impresso também Livros, dentre outros objetos conforme descrito no site http://www.correios.com.br;

    O Registro módico, serviço opcional permitido apenas para envio de livros e materiais didáticos, é o serviço adicional através do qual o objeto (encomenda, documento ou mensagem) é confiado aos Correios contra a emissão de documento comprobatório da postagem.

    Dadas as características do Impresso, faz-se necessário a conferência, por parte do funcionário de atendimento, do conteúdo do pacote. Desta forma a regra é que os livros postados como impresso necessitam serem entregues no balcão com invólucro aberto. Apesar disso, há a exceção de ser postado um objeto (livro no caso) fechado mediante autorização da ECT. Neste caso o interessado precisa solicitar, formalmente, esta autorização o que será dado pelo gerente da unidade e, sendo necessário a averiguação do invólucro, o funcionário abre para validar a declaração feita pelo cliente - Que trata-se de um livro, por exemplo. Após receber tal autorização, o cliente passa a postar seus objetos fechados, trazendo sempre a informação que recebeu autorização para postar aquele objeto fechado e que está ciente de que poderá ser aberto pela ECT.

    Por isso é que há a necessidade de solicitação daquela autorização. Tendo esta, o acondicionamento poderá ser feito por embalagens adquiridas nos Correios, que são apropriadas para o fluxo postal, ou por qualquer outra embalagem que resista ao peso, à forma e à natureza do conteúdo, bem como às condições de transporte.

    Também como mencionado por vossa senhoria, na modalidade de impresso normal o peso máximo do objeto não pode ultrapassar 5 kg. Para maiores informações, pode-se consultar no endereço eletrônico http://www.correios.com.br

    Quanto à consulta feita pela agência de Astorga, informamos que,devido à estrutura hierárquica da ECT, aquela agência reporta-se aos órgão superiores localizados na cidade de Curitiba, razão pela qual fez a consulta técnica a estes órgãos."

    ResponderExcluir
  45. continuando...


    Liguei pra agencia de Londrina para me informar sobre essa autorização, se eu poderia retirar lá para utilizar nos correios da minha cidade (Astorga), porém por eu usar o termo "venda", o atendente me falou que eu não poderia estar utilizando, pois venda é somente editoras que podem.
    E por isso falou que mesmo se eu pedisse uma autorização, não aprovariam ¬¬

    Agora estou num mato sem cachorro xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Coisas da Net. O Módico é para pessoas físicas e jurídicas, sendo ou não venda; não existe nenhuma regra que seja explícita contra a venda. A agência está fazendo uma avaliação pessoal sobre vetar o uso do serviço por se tratar de venda.
      Se estão pedindo a autorização, veja como proceder para adquiri-la.
      Recomendo que fale diretamente com a OUVIDORIA e não trate com a agência até a ouvidoria resolver o caso. Geralmente os gerentes das agências (mesmo estando errados) mantêm o erro para não assumí-lo!
      ouvidoria: http://www.correios.com.br/servicos/falecomoscorreios/ouvidoria_opcao.cfm
      Espero que consiga.

      Excluir
  46. Fiz todo o processo que consta no post e quando cheguei no correio disseram que não pode ter o Registro Módico escrito na correspondência, tem que ser autorizado por um serviço e carimbado. Isso é lorota? Por que eu sempre pago dez reais quando vou fazer trocas e outra, dependendo do peso já cheguei a pagar quinze! Uma vez quiseram me cobrar quase trinta reais por ser para outro estado... Achei um absurdo. As atendentes já devem estar de saco cheio da minha cara, pois sempre estou tentando mandar livros com menos de dez reais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Amanda! Pelo que me informaram somente quando o envio é por "Impresso normal - registro COMUM" é que deve ser um serviço autorizado, por ser exclusivo para pessoas jurídicas, empresas. Mas quando o envio é feito por pessoa física, qualquer cidadão, é por "Impresso normal - registro MÓDICO".
      Também conforme fui informada, o remetente pessoa física não precisa assinar nenhum serviço, como ocorre com o remetente pessoa jurídica. Porque são duas formas de envio diferentes. quem precisa de autorização é pessoa jurídica, pois o "Impresso normal com registro Módico" também pode ser utilizado por pessoa jurídica e nesse caso sim precisa de autorização.

      Acho que o que está ocorrendo com você é que estão querendo realizar o envio por "Impresso normal" com o "registro comum", é mais caro e você precisa comprovar ser pessoa jurídica e ter a autorização para o envio. Ou estão colocando no sistema que é com o "Módico", mas gerando a etiqueta e registro de pessoa jurídica. Não devem estar sabendo gerar no sistema etiqueta e serviço correto, que é o "Impresso normal" PORÉM com o "registro Módico" e "para pessoa FÍSICA" que automaticamente dispensa autorizações e contratos, visto que é para pessoa comum.

      Resumindo, como se pode enviar um livro:
      1 - Pessoa física -> Impresso normal com registro Módico, sem autorização, para qualquer cidadão.
      2 - Pessoa jurídica - > Impresso normal com registro comum sem autorização ou Impresso normal com registro Módico e autorização.
      Pessoa física só pode utilizar Impresso com Módico e não necessita autorização.
      Pessoa jurídica pode utilizar ambos os tipos de registro de Impresso, seja o comum ou o Módico, a diferença é que com o Módico é obrigatória a autorização.

      O que ocorre nos Correios é que os próprios atendentes DESCONHECEM as regras da própria ECT, até mesmo gerentes; ou não se importam com o cliente e simplesmente não querem atender bem nossas necessidades.
      Quem me informou isso é uma pessoa que trabalha na gerência de Logística dos Corrieos de Pernambuco e foi o que compreendi das regras no site oficial dos Correios.

      Espero que possa em breve enviar os livros de forma justa!
      Beijos e boa sorte.

      Excluir
  47. Realmente eles são muito despreparados, no próprio site dos correios tem explicando o envio acima de 1 kg por registro modico e impresso normal. Aqui no meu bairro o funcionário afirmou erradamente que só enviaria via PAC.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Daniel e as regras do site são oficiais e pelo próprio código de defesa do consumidor, se as regras são expostas em um veículo de informação como um site oficial da web, elas devem ser cumpridas e respeitadas, e sempre atualizadas. As regras do site, as que n´so acessamos, são as mesmas que os funcionários dos Correios possuem no sistema deles. Ou é má vontade; ou não sabem/querem ler; ou simplesmente são totalmente despreparados - quando vão contras as regras da ECT. Beijos.

      Excluir
  48. Olá vc tem alguma dica de como fazer um pacote pra enviar livros?
    Estou mandando 8 livros mas ainda não sei como irei embalar.
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aki-chan, você pode colocar os livros em uma caixa e embala-la com papel pardo. Desde que não chegue a 5 kg. Você pode levar aberta para ser conferida ou fechada escrito no lado do destinatário: "Impresso normal - registro Módico. Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT.". Caso pese mais que 5 kg, somente poderá ser enviado por PAC ou Sedex, também em caixa.
      Beijos.

      Excluir
    2. Obrigada!
      E se os livros pesarem cerca de 4 kg? Quanto fica?

      Excluir
    3. Se postar 4 kg por impresso com registro Módico, você pagará em média R$19,00 para qualquer lugar do Brasil, não importa o CEP. Agora se você pretende enviar para perto, dentro do mesmo estado ou próximo, sugiro que faça a simulação do valor do PAC pelo site dos Correios colocando CEP de origem, de destino, dimensões da caixa e peso. Veja qual opção fica mais econômica para você. Pode escolher a que quiser. Beijos.

      Excluir
  49. Olá,

    Tatiana, o impresso normal módico, eu posso estar utilizando AR, embalagens dos próprios correios, em uma encomenda com 5kg, qual ser o máximo que eu pagaria, gostaria de saber a diferença desse serviço para o PAC, pois estou cansado de ser lesado pelos correios, falando que não tem como enviar pelo registro módico, e eles aqui nem conhecem esse serviço de impresso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marco! Acho que você pode utilizar sim o AR. Acho que o AR serve para qualquer objeto com registro. Você pode utilizar sim, as embalagens dos Correios, já o valor não sei informar, pois dependerá do preço da embalagem que você adquirir no momento da postagem.
      A diferença para PAC é que Impresso com registro Módico é exclusivo para livros e possui um preço fixado pelo peso do(s) livro(s), não importando a distância percorrida.
      O Impresso comum é bem conhecido pelos Correios, mas o Impresso com registro comum, nem sempre.
      Beijos.

      Excluir
  50. Esta semana fui ao correio postar um livro através do registro módico. O atendente parecia não saber, num primeiro momento, de que tipo de envio eu estava falando. Ele olhou no computador, procurou, e eu disse a ele que estava na parte dos impressos, no site dos Correios. Depois ele foi verificar se a agencia utilizava este serviço. Enfim, eu consegui mandar o livro pelo registro módico. O atendente falou que o serviço não era muito utilizado, devido a falta de informação das pessoas, como também a falta de divulgação, por parte dos Correios, do mesmo.
    Ótimo post Tatiana...
    Abraços..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, J. H.! Que bom que o atendente procurou pelo serviço e o fez corretamente! Fico feliz em saber que ajudei você.
      Beijos e parabéns por buscar pelo direito do uso da modalidade.

      Excluir
  51. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  52. Oi Tatiana!

    Tenho uma coleção de 20 livros para enviar para uma cliente.. Separei os livros em 2 embalagens de plástico bolha, com 10 em cada, porém a embalagem está pesada! Não sei bem o peso... Nunca enviei livros pelo correio, fica mais caro se eu separar em mais embalagens com peso menor? E posso enviar a coleção pelo Registro módico também?

    Muito Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Viviane, qualquer livro pode ser enviado por Impresso com registro Módico, desde que não ultrapasse 5 kg, não importa a quantidade de livros na embalagem.
      Recomendo que pese para saber se está dentro desse limite. Se estiver, poderá enviar sem problemas. Caso ultrapasse os 5 kg você erá sim, que dividir em partes ou postar por outra modalidade dos Correios, como o PAC.
      O melhor é você verificar o peso e/ou ir diretamente em uma agência de Correios para fazer um "orçamento" peça para verificarem como fica mais barato para você. :)
      Beijos.

      Excluir
    2. Corrigindo: "Caso ultrapasse os 5 kg você terá sim,"

      Excluir
  53. olá Tatiana... obrigado pela informação. Já sabia disso, mas sempre que chegava nos correios pra enviar um livro, tinha um "travamento" por parte do funcionário... agora sim! Com essas informações vou preparado... rsrs. Abraço!

    ResponderExcluir
  54. Olá Tatiana,

    Tenho outra dúvida, qual etiqueta pode ser usada nesse "Registro Módico", já recebi algumas encomendas, que o mesmo vem como módico mais usa a etiqueta de "Registrado Urgente" e na agência quando vou, o atendente sempre fala que o sistema não aceita, tem que a etiqueta com inicial "RE", você conhece alguém que trabalhe nos correios, para responder isso com respeito ao cliente. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Flavius. O "Registrado Urgente", nada mais é que um "Impresso Normal com Registro Urgente" e serve para qualquer tipo de impresso, sendo livro ou não. É mais caro e chega um pouco mais rápido, porém NÃO aceita até 5 kg. Vai até 500 gramas.

      Sempre posto Impresso Normal com Registro Módico como RE ou outras siglas (as mesmas de um impresso qualquer), mas não compreendo com exatidão o assunto para lhe orientar.
      Reclame na OUVIDORIA do site.

      Beijos.

      Excluir
  55. No correio eles informam a gente de qualquer jeito, isso me deixa irritada, eu fico feliz com a sua iniciativa e agradeço muito.
    Beijos, adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, Júlia, espero ter te ajudado :) Beijos.

      Excluir
  56. Olá. Vou enviar encomenda para uma pessoa que mora no Interior. Essa pessoa não recebe encomenda em domicílio, por isso eu vou enviar para uma agência dos Correios de lá. Mas no site dos Correios tá escrito no Impresso Normal somente "Entrega em domicilio". Acabei de olhar lá. E agora? Vou ter que enviar por PAC mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aki-chan, pode enviar por "impresso normal com registro módico". O "entrega em domicílio" significa apenas que caso exista o sistema de entregas na residência do destinatário, ele o receberá lá; caso não exista a entrega, o destinatário faz a retirada na agência de Correios mais próxima normalmente, igual ao PAC ou outras encomendas.
      Beijos.

      Excluir
  57. Na verdade impresso normal tambem pode ser usado por pessoa fisica .
    Mas otima dica pra quem não sabia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelas regras no site dos Correios na verdade não pode, apenas se for com módico. Mas na prática os Correios podem errar...

      Excluir
  58. Olá! tenho uma dúvida. Me desculpe de já perguntaram.
    Eu vi todas as reclamações ai em cima e acho que prefiro já levar o meu pacote aberto para o atendente já ver que se trata de um livro. No meu caso, se eu levar aberto, o atendente é que irá fechar? ele tem essa obrigação ou eu é que devo fechar ao ser atendida?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que dependerá do atendente. Geralmente eles fecham sim ^^
      Beijos.

      Excluir
  59. Oi tenho diversos livros que eu gostaria de doar, mas fico com medo de serem revendidos.
    A livraria Bola de Gude é um exemplo disso, visto que pertence ao pedreiro Evandro, para o qual eu doei diversos exemplares, e qual não foi minha surpresa ao saber que os livros foram vendidos.
    Se souber de alguém idôneo que queir aos livros terei prazer em doa-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Calvin, o ideal é procurar por uma biblioteca que necessite e cuide dos livros, pode ser municipal, em escola ou ong. Existe o projeto Recicla Leitores, veja:
      https://www.facebook.com/reciclaleitoresfan
      http://reciclaleitores.blogspot.com.br/
      Parabéns pela iniciativa!! Beijos.

      Excluir
  60. Muito útil o seu post! Me estressei muito com a agência da minha cidade que, mesmo depois de eu reclamar no site dos Correios, falando mal da gerente e tudo, e tendo resposta do site e da própria criatura, ainda não fazem esse serviço. Ficam inventando mil desculpas e fazendo a pessoa (que na minha cidade deve ser só eu, pelo jeito!) se sentir humilhada, berrando que eu to enviando errado. É uma vergonha, eu tenho que ir até a outra cidade, em uma agência pequenininha, onde eles conhecem o serviço e fazem com o maior gosto. Tenho o maior ódio disso. Me alegaram motivos dos mais idiotas, tipo: só pode pessoa jurídica como você citou, ou dizendo q tinha q mandar o livro sem embalagem, só o livro e uma etiqueta com o endereço na capa. PODE ISSO??? Me estressei demais.
    Enfim, alguns pessoais de agência são tão ignorantes que não sabem desse serviço e não dão o braço a torcer. Ódio dos Correios!
    Desculpa, desabafei, haha.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriela, é cada absurdo TÃO grande que chego a pensar se podemos entrar com ação no PROCON, visto que é (deveria ser) um serviço obrigatório de qualquer agência dos Correios prestado ao consumidor... Beijos.

      Excluir
  61. Oi, Tati!
    Eu faço envio por registros módico (impressos + registro) há muitos anos, pois vendo livros, a maioria romances de banca. As atendentes daqui de perto já me conhecem e fazem um ótimo atendimento, agências franqueadas. Mas a agencia central, de Curitiba, onde uma vez tive de discutir com a atendente e depois com um senhor idoso, gerente-gral, é uma verdadeira "guerra". Eles batem o pé e dizem que o impresso com reg. módico é só para envio de "livros didáticos ou livros de escritores ou editoras", e blablabla...
    A minha dúvida de hoje é a seguinte: Encomendas de livros caros, livros-presente, obras de valor significativo, precisam ser enviadas com 'valor declarado' (seguro). Eu sempre enviava assim, pois já houve várias ocasiões em que minhas encomendas se extraviaram...
    Hoje, porém, chegando na agência, a atendente me explicou que "não há mais 'valor declarado' para impressos módicos! Que "agora mudou, é só para PAC ou mensagens!", porque os valores do "módico" são tão pequenos, que não valem a pena... (Não valem para os Correios, mas para nós, que suamos para pagar nossos livros e sabemos a dor de cabeça que é uma encomenda extraviada, vale e muito!).
    Você tem alguma notícia sobre isso: Sabe se tal "novidade" procede, ou de repente é iniciativa só daquela agência?
    Fui enviar hoje uma encomenda que me custaria R$ 12,00 (módico + valor declarado), e tive de mandar por PAC, o que custou R$ 22,50! É o fim da picada...

    Por favor, Tati, se souber... no avisa?

    Obrigadíssimo desde já pelo seu excelente post!
    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jossi, você é a primeira pessoa que me conta a respeito. Li as novas regras do Módico e consta o seguinte no site dos Correios: "- livros em geral, postados por qualquer pessoa física ou jurídica;
      - materiais didáticos, impressos ou gravados em CD ou DCD, desde que postados por escolas de ensino por correspondência e destinados a seus alunos.
      - A postagem de livros e materiais didáticos com Aviso de Recebimento - AR, Valor Declarado - VD e Mão Própria - MP, nas modalidades carta comercial, carta não-comercial, impresso normal e impresso especial, deve ser feita obrigatoriamente sob registro (Registro Módico ou Registro Nacional)." Aqui: http://www.correios.com.br/produtosaz/produto.cfm?id=BC88AAF6-012E-0AB5-92EF0B95721B8CE1
      O texto dá margens para duas interpretações mesmo em "A postagem de livros e materiais didáticos com ... Valor Declarado - VD" Parece que VD agora é mesmo para "livros e materiais didáticos" sendo os livros também exclusivamente didáticos ou o texto se refere a livros quaisquer e materiais didáticos em geral (livros, CDs e DVDs)???
      Realmente não entendi, pois as novas regras estão mal-elaboradas. :(
      Acho que o ideal é enviar uma pergunta aqui, no "Fale conosco/Dúvida": http://www.correios.com.br/servicos/falecomoscorreios/default.cfm
      Beijos.

      Excluir
  62. Tô com algumas dúvidas em relação a este assunto. :(

    Quanto custaria livros com pesagem de 2000 até 5000g?

    Quanto ao papel, aceitam sobre o papel kraft/pardo? Comprei um parecido, só que é amarelo. Não sei seu nome. Tô com receio que não aceitem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Robinho. 2 kg custará aproximadamente R$12,63; 5 kg custará aproximadamente R$22,17. Dependendo do CEP simule o custo do PAC.
      Não sei se aceitam esse papel, acho que sim, seria melhor perguntar antes na agência.
      Beijos.

      Excluir
  63. muito obrigado pela dica. vou testar e volto aqui para dizer se deu tudo certo.
    na última vez vendi um livro no mercado livre por 30 reais e o pac ficava em 38! acabei não enviando o tal livro.

    ResponderExcluir
  64. muito obrigado pela dica. vou testar e volto aqui para dizer se deu tudo certo.
    na última vez vendi um livro no mercado livre por 30 reais e o pac ficava em 38! acabei não enviando o tal livro.

    ResponderExcluir
  65. Pelo que entendi, ao ler no site dos correios, posso enviar CDs e DVDs também né?
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Wanderson. No caso de CDs e DVDs que contenham DADOS, você pode utilizar, se quiser, o "Impresso Normal", porém não o "Registro Módico", somente o registro comum. O Módico custa R$1,50 por envio + valor do peso e é exclusivo para livos. Já o "Impresso" com registro comum, que serve para várias mídias que contenham dados (impressas ou não), como CDs, pendrives, custa R$3,00 + valor do peso. Talvez o ideal seja utilizar a "Carta Registrada", você pode postar CDs e DVDs com qualquer conteúdo com até 500 gramas.
      Beijos.

      Excluir
  66. Excelente dica, eu não sabia dessa!
    Obrigada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  67. Os valores referentes ao "Impresso Normal" estão diferentes. A tabela de preço por peso foi atualizada novamente. Veja no link:http://www.correios.com.br/precosPrazos/precosPrazosNacionais/impresso.cfm

    ResponderExcluir
  68. Os valores por peso referentes ao envio de encomendas pela modalidade "Impresso Normal" mudaram. Os preços foram corrigidos no dia 01-02-2014. Veja a nova tabela de preços no link abaixo: http://www.correios.com.br/precosPrazos/precosPrazosNacionais/impresso.cfm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!! Atualizarei a postagem imediatamente! Beijos.

      Excluir
  69. Bom dia, Tatiana.
    Obrigado pelas informações.
    Você tem alguma dica sobre postagem de livros para o exterior? Existe alguma forma eficiente e barata, assim como o Registro Módico?
    Agradeço a sua colaboração
    daniel.hoorn@faculdadeccaa.edu.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniel, infelizmente pro exterior não existe nenhuma forma exclusiva. Apenas como encomenda mesmo, com ou sem registro, com ou sem valor declarado, econômica ou expressa, sempre dependendo das regras do país de destino. Você preenche uma ficha de dados junto e posta como encomenda. O Módico só existe dentro do Brasil por causa das leis de incentivo à Cultura. Beijos e boa sorte.

      Excluir
  70. Não consegui usar o serviço aqui na minha cidade... e segundo informações eu teria que ter dois livros idênticos e deixar um na agência para que fosse destruído em 60 dias... pasmem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. agentel2006, este é o depoimento mais absurdo que recebi! Telefone urgentemente para a ouvidoria e reclame dessa agência. Nunca vi isso na minha vida, e não há fundamento algum! Boa sorte! RECLAME.
      Estou CHOCADA com esse ABSURDO!

      Excluir
  71. Adorei saber disso.
    Vou hj mesmo postar 2 livros por essa modalidade.
    Pena que nao divulgam em nenhum meio ... lamentavel.
    Ate ontem, eu pensava que a forma mais economica era o PAC...ate mesmo ja cheguei a perguntar na agencia se existia uma forma mais em conta e a resposta foi Nao ...rs
    OTIMO saber que existe!!
    Obrigadooooo!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcela! Quase sempre Impresso normal com registro módico é a forma mais econômica ;) É seu direito, ao chegar na agência, pedir ao atendente que te diga quanto custará Impresso com módico e PAC, para assim você escolher qual forma prefere.
      Bons envios para você. Beijos.

      Excluir
  72. O limite do impresso normal é de 20kg, tá no site dos correios.

    ResponderExcluir
  73. O limite para o impresso normal é de 20kg, esta no site dos correios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniele, muito obrigada pela informação, mas ao usar o registro Módico, não comum, o limite cai para 5 kg. Beijos.

      Excluir
  74. Boa noite, Tatiana
    Obrigado pela boa vontade em divulgar uma boa dica de economia.
    No entanto gostaria de confirmar um detalhe. Me parece que o Registro Módico seria um serviço a mais, cobrado em adição ao valor do envio como Impresso Normal. Segundo entendi, o registro módico seria um recurso para que a pessoa física pudesse fazer uso do serviço de envio como Impresso Normal, que, caso contrário, seria exclusivo das pessoas jurídicas. No entanto, no site dos correios está dizendo que o Impresso Normal está liberado para as pessoas físicas. Talvez essa seja uma regra nova. Mas pelo que entendo, teria deixado de existir a necessidade de se fazer esse gasto adicional do Registro Módico com essa nova regra. Você confirma isso?
    http://www.correios.com/para-voce/correios-de-a-a-z/impresso-normal#tab-1
    Impresso Normal
    Quem pode usar:

    Obrigado
    Alvaro
    Pessoas jurídicas e pessoas físicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alvaro! O serviço em si é o Impresso Normal. Você pode enviar sem registro, com registro comum ou com o registro Módico.
      O serviço continua sendo Impresso Normal. O registro é o Módico, exclusivo para livros e material didático. O registro comum é R$3,00 enquanto o Módico fica em R$1,50. Se enviar o objeto sem registro corre o risco de sumir.
      E sim, agora mudou: pessoa física pode usar Impresso Normal em qualquer forma, com qualquer tipo de registro, até mesmo o registro Módico.
      Beijos.

      Excluir
  75. Esta postagem será atualizada brevemente.

    ResponderExcluir
  76. Uma pergunta... Como funciona corretamente esse valor fracionado?

    Exemplo: O livro tem o peso de 1.250 kls, como irei cobrar o frete?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sebo Praia Grande! Aconselho você a ir a uma agência dos Correios e conferir os valores para Impresso com registro módico. Pela tabela seria 1 kg (R$8,40) + 250 gramas (1 fração adicional - R$3,35) + valor do registro módico (R$1,50) = R$13,25. é o mesmo valor para todo o país. No caso do PAC, os valores variam conforme CEP, se for para perto talvez você deva verificar o preço. Esse valor que passei é baseado nas tabelas do site dos Correios, mas é, meramente ilustrativo, aproximado. Verifica diretamente na agência e boas vendas.

      Excluir
  77. Boa Noite, comprei um livro na estante virtual e o vendedor me enviou como registro módico.O status ficou uns 2 dias como postado, e hoje apareceu que eles tinha saído para a entrega. Levei um susto porque eu já estava esperando e, de repente, apareceu que a entrega havia sido efetuada e eu não recebi nada. Mas quando fui conferir, apareceu que eles entregaram para os correios aqui do Bairro onde moro. Quero saber se quando eles fazem isso é por que eles ainda irão me entregar o livro ou eu que tenho que ir buscar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renan, recomendo que vá com o código anotado na agência dos Correios em questão e retire o seu livro, por precaução. Ele pode ainda sair para entrega, se os Correios entregam em sua residência. Se não entregam, somente buscando. Beijos e espero que esteja logo com seu livro em mãos, os Correios andam muito desorganizados ultimamente. Beijos.

      Excluir
  78. Olá Tatiana!

    Tenho uma dúvida em relação as postagens feita pelo Registro Módico.
    Para postagem de livros pelo Registro Módico deve ser feita apenas sem caráter mercantil? A postagem não pode acompanhar a Nota Fiscal? Não posso informar que estou vendendo os livros?

    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
  79. Olá Tatiana!

    Tenho uma dúvida em relação as postagens feita pelo Registro Módico.
    Para postagem de livros pelo Registro Módico deve ser feita apenas sem caráter mercantil? A postagem não pode acompanhar a Nota Fiscal? Não posso informar que estou vendendo os livros?

    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, sim! Por Impresso Normal com Registro Módico, você pode acrescentar nota fiscal e realizar a venda normalmente.

      Já por Mala Direta Postal Básica com Registro Módico não pode, é apenas para propaganda, amostras e cortesias.
      Leia a postagem mais atualizada: http://www.leitoraviciada.com/2014/07/como-enviar-livros-pelos-correios-e.html ou clique no banner láááá em cima, no slide do blog.

      Excluir
    2. Oi Tatiana, tudo bem? Então, eu vou mandar um livro pelo correio para trocar com uma pessoa. Daí, eu vou embalar ele, escrever no papel aquilo lá, chegar lá e mandar eles enviarem? É que eu nunca mandei nada pelo correio e estou com essa dúvida!
      beijos

      Excluir
    3. Oi, Juliana. Você precisa embrulhar o livro com papel pardo e fita adesiva transparente, com as dobras para o mesmo lado. Desse lado, você escreve seu nome e endereço completo (remetente) e do lado oposto, nome e endereço do destinatário. Não se esqueça dos CEPs. No lado do destinatário, escreva, no rodapé: "Impresso Normal. Registro Módico. Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT." Pronto. Leva até qualquer agência dos Correios. Se o atendente perguntar diga que a modalidade é Impresso comum e o registro é Módico, porque é um livro.
      Beijos.

      Excluir

Sua opinião é muito importante! Obrigada por participar.

© Copyright 2011 - 2014. | Todos os direitos reservados. | Tema: Way2themes. | Aministração: Tatiana Jiménez Inda. | Tecnologia: Blogger. | Atenção: Direitos autorais.