Resenha Resenha Dicas Sorteios
06 janeiro 2012

Editora Estronho divulga os selecionados para Sexo, Livros e Rock & Roll!

Sai a lista com os contos e seus respectivos autores selecionados para a antologia da Editora Estronho Sexo, Livros e Rock & Roll!

Confiram os detalhes, por M. D. Amado:


"Com 96 contos inscritos, chegamos ao final da seleção de Sexo, Livros e Rock & Roll. A princípio a ideia era reunir textos que levassem principalmente o bom humor do velho e bom rock and roll, aliados aos temas sexo e/ou livros. Mas não foi exatamente isso que aconteceu. Seja porque os autores não interpretam corretamente o regulamento (coisa que acontece com muita frequência), ou porque a ousadia da inspiração vinda do rock extrapolou o proposto pela organização, os textos chegaram com uma diversidade muito grande de sentimentos atrelados a eles. Os temas Sexo e Livros foram respeitados, e alguns textos trouxeram o bom humor. Porém, o que se viu no geral foram lembranças de amores perdidos, revoltas, reflexões... e até mesmo elementos fantásticos.

Normalmente com outras antologias, o que faríamos neste caso seria descartar aqueles que não obedeceram as regras ou sugestões propostas pela organização. No entanto, se pensarmos bem... o que é o Rock & Roll senão uma forma de extravasarmos nossos sentimentos, não nos importando como serão recebidos? Não seria a cara do Rock & Roll e de suas vertentes essa diversidade e liberdade de expressão que bate de frente até mesmo com quem dita as regras?


Sendo assim, apresento-lhes nossos rockers/escritores selecionados para essa antologia que não se prendeu acabou por não se prender a estilos literários ou de subgêneros do rock (se preferir, pode usar qualquer rótulo ridículo dado pelos críticos... a mim basta saber que é rock ou que veio do rock)."


  • Alfer Medeiros [autor convidado] ("O homem de preto na Prisão Folsom", inspirado em "Folsom Prison Blues", Johnny Cash)
  • Alastair Dias ("Na porta do céu", inspirado em "Knocking on heavens door", versão do Guns N'Roses)
  • Bruno R. R. Santos ("Ruídosomia", inspirado em "Cuckoo for Caca", Faith no More)
  • Carlos Henrique M. Abbud ("O livro do amor", inspirado em "Rock and Roll", Led Zeppelin)
  • Carolina Mancini ("A pensão do lago", inspirada em "Detroit Rock City", Kiss e "Perfect Strangers", Deep Purple)
  • Celly Borges e M. D. Amado ("E só restou a lua", inspirando em "Bad moon rising", Creedence Clearwater Revival)
  • Chico Pascoal ("Tres personae, una substantia", inspirado em "Metamorfose ambulante", Raul Seixas)
  • Dimitry Uziel ("Divina volúpia", inspirado em "When The Music´s Over" e toda obra de The Doors)
  • Fernanda Vilardi ("Rebel Queen", inspirado em "I love rock n' roll", Joan Jett & The Blackhearts)
  • Guilheme Sandi ("Lúcia se diviniza", inspirado em "Lucy in the sky with diamons", The Beatles)
  • Hélio C. Brauner ("Barata tonta", inspirado em "Uma barata chamada Kakfa", Inimigos do Rei)
  • João Manuel S. Rogaciano, de Portugal ("Um adorável lugar para pernoitar", inspirado em "Hotel California", Eagles)
  • Paulo Fodra ("Asfalto quente", inspirado em "Highway to Hell", AC/DC)
  • Ramon Bacelar ("Baby... Light my fire", inspirado em "Light my fire", The Doors)
  • Rochett Tavares ("Os tempos estão mudando", inspirado em "The times they are a-Changin'", Bob Dylan)
  • Valentina Silva Ferreira, de Portugal ("La Bamba, esposas e amantes", inspirado em "La Bamba" de Ritchie Valens)

Editora Estronho | Página do livro na Estronho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante! Obrigada por participar.

© Copyright 2011 - 2014. | Todos os direitos reservados. | Tema: Way2themes. | Aministração: Tatiana Jiménez Inda. | Tecnologia: Blogger. | Atenção: Direitos autorais.