Pesquise no Leitora Viciada

16 de fevereiro de 2012

Sagas, volume 1: Espada e Magia de vários autores, Argonautas Editora

Espada e Magia
Série Sagas - volume 1
César Alcázar, Duda Falcão, Georgette Silen e Rober Pinheiro
Argonautas Editora - R$22,00
144 páginas - Ano: 2010
Prefácio: Roberto de Sousa Causo
Ilustração da capa: Nathan Thomas Milliner

Sinopse:
"A palavra islandesa "saga" denomina o relato literário de caráter épico. A série Sagas, da Argonautas Editora, inspira-se nas velhas séries pulp de livros de bolso tão populares nos anos 60 e 70. Sagas Vol. I – Espada e Magia: O real e o sobrenatural colidem em universos heroicos de barbárie e feitiçaria, nos quais a imaginação é o único limite. Embarque você também na primeira aventura da série Sagas. Espada e Magia apresenta quatro histórias épicas escritas por alguns dos melhores autores da Fantasia brasileira."

Skoob | Argonautas


Noveletas:
  • Lágrimas do Anjo da Morte - César Alcázar;
  • A Cidadela de Elan - Georgetter Silen;
  • A Dama da Casa de Wassir - Rober Pinheiro;
  • Sem Lembranças Daquele Inverno - Duda Falcão.

Resenha:
Espada e Magia, o primeiro volume da série Sagas da editora Argonautas surpreende o leitor. Primeiramente a arte do quadrinista estadunidense Nate Milliner. Representa a primeira história (Lágrimas do Anjo da Morte), é detalhada e lembra as capas de histórias em quadrinhos fantásticos. E essa é a ideia deste volume de Sagas: homenagear as antigas revistas pulps que mais tarde originaram a literatura intitulada Sword and Sorcery.
Roberto de Sousa Causo explica tudo isso num resumo de alta qualidade no prefácio. Mesmo quem não conhece esse estilo de história é bem situado no assunto. O prefácio por si só já é valioso.
Eu, particularmente amo o gênero e sempre fui uma menina apaixonada por quadrinhos, inclusive leitora de Conan - talvez o herói mais famoso na área e uma das inspirações para este livro, como consta na dedicatória de Duda Falcão no meu exemplar: "Muito deste livro foi inspirado na Espada Selvagem de Conan!". (citação também presente no prefácio).
Existe uma mini biografia de cada um dos responsáveis de Espada e Magia, além de pequenas notas no rodapé para explicar determinadas palavras.
O livro é em formato de bolso, leve e prático para ser lido em qualquer lugar. Porém, não menospreze o livro por seu tamanho. As histórias são grandiosas.

O livro é dividido em quatro noveletas (eu não poderia caracterizar os textos como contos, não sei se estou certa) muito bem escritas e apesar de terem sido compostas por escritores diferentes, existe uma coesão no estilo que é totalmente fiel à fantasia heroica. Apesar de semelhantes, possuem suas peculiaridades, personagens distintos e mundos próprios. Nem chega perto de ser repetitivo. Todas as histórias são excelentes. Cada autor conseguiu criar um mundo completo e rico, sem deixar o leitor se perder. Cada uma das histórias poderia originar várias outras dentro deste mesmo cenário, com as mesmas ou novas personagens.

Os detalhes do gênero estão todos presentes. A magia e feitiçaria predominam com magos e feiticeiros como seus representantes fiéis. Os ambientes são exóticos e curiosos, abrigando locais muito interessantes, como uma cidade de ladrões, por exemplo.
Os guerreiros e heróis (ou heroínas!) possuem espírito aventureiro e coragem, e portam espadas, machados e outras armas medievais. Objetos e artefatos poderosos estão na mira da cobiça e trazem perigo. E até mesmo os animais são afetados pela força sobrenatural que vive nos mundos da fantasia épica, que abriga feras terríveis e assustadoras.
A qualquer momento um ser obscuro ou sobrenatural pode surgir nas páginas dessas histórias. Os guerreiros possuem sempre uma missão quase impossível a ser concretizada, com muitos obstáculos no caminho, sejam outros habilidosos lutadores manejando o aço afiado, bruxos dotados das mais inacreditáveis magias, monstros malignos ou seres sombrios inomináveis. Piratas, mercenários, encantamentos, fortalezas impenetráveis, tesouros, traições, reviravoltas e muito, muito sangue.
Batalhas fantásticas e arrepiantes. Membros amputados e feras destruídas sob espadas incansáveis. Forças ocultas contra força bruta, experiência e sagacidade.

Em Lágrimas do Anjo da Morte acompanhamos o mercenário assassino Anrath, o Cão Negro, nascido gaélico e criado por vikings numa jornada para cumprir uma promessa feita a um estranho ser. César Alcázar traz uma história intensa e instigante, dotada de ótima mitologia. Gostei muito do Poço de Cíocal.

Depois com A Cidadela de Elan, Georgette Silen cria uma aventura misteriosa da guerreira e princesa Kira, uma personagem feminina muito forte e inabalável. Ela precisa penetrar e sobreviver em meio a uma cidade de ladrões. Confesso que descobri o segredo rapidamente, mas em nada isso afetou minha leitura. Me lembrei de algumas histórias antigas de Marion Zimmer Bradley, estilo semelhante.

Rober Pinheiro é o próximo autor com sua história A Dama da Casa de Wassir, a mais detalhada do livro. Um universo ficcional incrivelmente bem construído, não apenas em personagens e cenários, mas também em suas tradições na cultura e religião. Atha'ny precisa encarar e vencer uma série de desafios para se casar com uma princesa e garantir assim uma aliança fundamental para sua tribo. Aysha me surpreendeu.

Por último vem Sem Lembranças Daquele Inverno, de Duda Falcão. Atreil é um mercenário digno de inúmeras e surpreendentes vitórias - tudo por um grandioso pagamento, claro. Nas Terras de Lhu ele precisa completar mais uma missão. Esta aventura faz o leitor perder o fôlego perante às etapas ultrapassadas pelo protagonista. O poder principal da feiticeira é ótimo!

Resumindo, o livro é perfeito para quem gosta de fantasia heroica! Um orgulho ler litfan nacional de alta qualidade.

Trechos:
"Anrath girou o corpo e cortou um deles ao meio. Com o mesmo golpe que liquidara o primeiro oponente, defendeu o ataque do segundo. Sangue jorrava outra vez sobre a areia úmida, e apenas quatro soldados restavam de pé." Lágrimas do Anjo da Morte, César Alcázar.

"Olhos curiosos e temerosos observavam, ainda com maior atenção, a guerreira das terras verdes, comose enxergassem algo além das curvas sob o manto." A Cidadela de Elan, Georgetter Silen.

"Como ditava o Código da Espada, aquela última luta, como as seis que a precederam, era somente sua e, como tal, ele se despediu dos seis guerreiros que formavam sua escolta e aguardou no centro do salão." A Dama da Casa de Wassir, Rober Pinheiro.

"Atreil sentia aquele bafo tão próximo que se fosse uma pessoa qualquer não teria coragem suficiente para o movimento suicida que estava pronto para realizar." Sem Lembranças Daquele Inverno, Duda Falcão.

Outros livros da série:

Sagas Vol. 2: Estranho Oeste
Autores: Alícia Azevedo, Duda Falcão, Christian David, M. D. Amado e Wilson Vieira.
Prefácio: Thomaz Albornoz
Ilustração da capa: Fred Macêdo
144 páginas - Ano: 2011

Sinopse:
"Feiticeiros, mortos-vivos, espíritos ancestrais! Aventure-se através de desertos misteriosos e cidades fantasmagóricas no segundo volume da série Sagas. Estranho Oeste apresenta cinco histórias arrepiantes, escritas por alguns dos melhores autores da Literatura Fantástica brasileira. As trilhas selvagens do Velho Oeste nunca mais serão as mesmas!"


Sagas Vol. 3: Martelo das Bruxas
Autores: Christopher Kastensmidt (com tradução de Cesar Alcázar), Ana Cristina Rodrigues, Douglas MCT, Ana Lúcia Merege e Duda Falcão.
Prefácio: Simone O. Marques
Ilustração da capa: Fred Macêdo
128 páginas - Ano: 2011

Sinopse:
"Um Visitador do Santo Ofício confronta bruxa no Brasil colonial. O drama de um mundo mágico abalado pelo preconceito. As aventuras de uma menina em um conto de fadas nada convencional. Uma prisão onde o demônio não é o único inimigo. O terror de um homem envolvido por uma maldição em seu próprio lar. Inspirado pelo infame texto de dois monges dominicanos, Martelo das Bruxas apresenta histórias cunhadas por cinco proeminentes autores da Literatura Fantástica brasileira. "

 

Em breve lerei os volumes 2 e 3. Vocês podem adquirir cada um por R$22,00 ou o trio por R$50,00 (com o envio incluído!). É só enviar um e-mail para a Argonautas: argonautaseditora@gmail.com
Mais informações.

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail