Pesquise no Leitora Viciada

6 de junho de 2012

Morre Ray Bradbury, autor do clássico da Ficção Científica Fahrenheit 451

O escritor Ray Bradbury, famoso pelo clássico da ficção científica Fahrenheit 451 (1953), morreu na noite desta terça-feira (05/06/2012) em Los Angeles, aos 91 anos. A causa da morte não foi divulgada. Desde 2009, ele havia deixado de comparecer a eventos públicos devido à idade avançada.

A morte foi confirmada por familiares do autor. "Seu legado vive no seu monumental conjunto de livros e trabalhos para cinema, televisão e teatro. Mas, principalmente, nas mentes e corações de quem leu suas obras", afirmou o neto de Bradbury, Danny Karapetian, ao site io9.

Bradbury começou a publicar contos nos anos 1940, mas só alcançou o sucesso em 1950, quando publicou As Crônicas Marcianas. Em 1953, chegou às livrarias o seu trabalho mais famoso, Farenheit 451.

O livro conta a história de uma sociedade futurista em que os livros são proibidos. O título refere-se à temperatura em que o papel pega fogo. Em 1967, a história foi adaptada para o cinema por François Truffaut.

No total, Bradbury publicou 11 romances e mais de 400 contos, reunidos em cerca de 40 livros. Seu romance mais recente, Farewell Summer, foi lançado em 2006.
Ele também escreveu peças de teatro, além de roteiros para cinema e televisão. Nesta área, um de seus trabalhos mais famosos é o roteiro de Moby Dick, adaptação do romance de Herman Melville dirigida por John Huston em 1956.

Fonte: IG - 06/06/2012


Algumas de suas obras:







Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail