Pesquise no Leitora Viciada

9 de fevereiro de 2013

Nova parceria: com o autor Jack Whyte

Leitoras e Leitores Viciados queridos, este é um anúncio especial. O segundo escritor internacional a se tornar  Escritor Amigo do blogue é o escocês Jack Whyte.
Ele conheceu o blogue através de minha resenha de seu livro O Rebelde, volume 1 da saga Corações Valentes, publicado pela Fantasy - Casa da Palavra. Traduzi a resenha para o inglês para que ele pudesse compreendê-la e ele me enviou diretamente do Canadá seus três livros publicados no Brasil com dedicatórias e autografados. Lindos!
Seus outros dois livros publicados no Brasil são os dois primeiros volumes da Trilogia dos Templários, publicados pela Editora Record: Os Cavaleiros de Preto-e-Branco e O Estandarte da Honra - em breve irei resenhá-los.
A Editora Record promete para 2013 o último volume, intitulado Ordem no Caos e a Fantasy - Casa da Palavra irá publicar os outros três livros da saga Corações Valentes.
Ao receber estes três presentes preciosos vindos de tão longe eu não poderia deixar de acrescentar Jack Whyte à galeria de Escritores Amigos. Ele responde a todos os meus e-mails e sou muito agradecida pelo carinho e atenção. Seu trabalho é grandioso e ainda existem muitos livros inéditos no Brasil, incluindo sua saga histórica de nove romances sobre o rei Artur: Arthurian Saga.

O autor:
Jack Whyte nasceu na Escócia em 1939, onde foi criado. Foi educado na Inglaterra e na França. Ele se mudou do Reino Unido para o Canadá em 1967, como professor de Inglês. Um ano depois ele começou a trabalhar como cantor profissional, músico, ator e artista - uma carreira que se seguiu pelos vinte e poucos anos seguintes.
No início dos anos 1970, Whyte pesquisou, escreveu, dirigiu e atuou em uma apresentação baseada na vida e nos tempos de Robert Burns, um poeta da Escócia. O espetáculo esteve em turnê por todo o Canadá e foi escrito para o público não-escocês e desmistificar o poeta e suas obras - o poeta escreveu em um dialeto chamado dórico, que caiu em desuso ao longo dos últimos 200 anos e é agora incompreensível até para os escoceses modernos - e o principal objetivo de Whyte era fazer com que as obras ficassem compreensíveis e agradáveis para o público. O sucesso do espetáculo levou-o a escrever para a rede de televisão do Canadá CBC, e eventualmente para uma carreira na publicidade, onde ele refinou a sua arte e suas habilidades de escrita, como escritor principal e diretor de criação de várias agências de publicidade antes de passar a diretor de comunicação corporativa de uma série de empresas públicas e privadas.

O interesse de Whyte pela História do século V e pela ocupação militar romana na Grã-Bretanha por 460 anos veio de sua educação clássica na Escócia durante a década de 1950. Juntamente com a curiosidade e preocupação sobre a lenda do rei Artur, Whyte decidiu em 1978, ir em busca da verdade sobre o mistério central da lenda da espada na pedra. Então, Whyte decidiu contar a história, estabelecendo um rei Arthur com segurança dentro de contexto realista e viavelmente histórico.
Sua saga demorou anos para ser concretizada através de investigação profunda. Continua a encantar seu público grande e crescente, tanto assim que em setembro de 2009, a Penguin do Canadá anunciou que seus livros esgotaram. Somente no Canadá essa saga vendeu mais de um milhão de exemplares, em um país onde apenas a contagem de 5 mil exemplares vendidos de um livro ou série já os classifica como best-seller.
Whyte é casado, tem cinco filhos adultos, e vive em British Columbia, Canadá.

Os livros:
Corações Valentes
O destaque é a nova saga Corações Valentes (The Guardian Series). O primeiro livro foi publicado em 2011 no Brasil pela Fantasy - Casa da Palavra. O Rebelde (The Forest Laird, no Canadá ou The Rebel, nos Estados Unidos) está disponível à venda e eu o resenhei no blogue. É o atual trabalho de Whyte.
Inicialmente seria uma trilogia, porém foi ampliada para quatro volumes. A saga explora a vida e realizações de três das maiores figuras históricas e lendárias da Escócia do século XIV, os heróis: William Wallace, conhecido hoje como o Coração Valente (ele ficou mundialmente famoso pelo filme do Mel Gibson), Robert the Bruce, Rei da Escócia, que foi o verdadeiro Coração Valente para os seus contemporâneos, e Sir James Doulgas (o Preto), que morreu protegendo o coração embalsamado do rei, que ele havia tomado na Cruzada para a Espanha, a pedido do próprio rei, após a morte do Bruce. Em reconhecimento a morte heroica de Douglas, ele foi homenageado postumamente pela adição de um Coração Coroado ao brasão de sua família, tornando-se o terceiro homem o direito de ser conhecido como um Coração Valente.
A continuação de O Rebelde será lançado em inglês em 06/08/2013: Robert the Bruce ou Renegade.

Trilogia dos Templários
O projeto anterior à saga Corações Vantes foi a Trilogia dos Templários, romances que tratam da ascensão e queda da Ordem dos Cavaleiros do Templo de Salomão. Os dois primeiros volumes foram publicados no Brasil pela Editora Record: Os Cavaleiros de Preto-e-Branco e O Estandarte da Honra. O último volume está previsto para ser lançado no Brasil em 2013 e o título será Ordem no Caos (Order in Chaos).
Whyte me enviou os dois e logo os lerei e os resenharei.
A trilogia foi publicada em todos os países de língua inglesa e foi traduzida para vários outros idiomas.
Esta trilogia - histórias separadas uma da outra cerca de 85 anos - marcou um novo empreendimento para Whyte.



Saga Arturiana
Seus nove livros anteriores formam uma saga com romances sequenciais que mostra os primórdios da lenda do rei Artur e oferece uma teoria histórica, sem mitiscismo e viável de como os elementos originais da lenda podem ter realmente surgido. É a A Dream of Eagles (no Canadá) e The Camulod Chronicles (nos Estados Unidos), inédita no Brasil.
O primeiro romance foi publicado no Canadá em 1992: The Skytone. Desde então, a série sobre o mito de rei Artur já foi publicada e amplamente distribuída internacionalmente (Falta o Brasil, editoras nacionais!).
The Singing Sword foi lançado no Canadá em 1993, seguido por The Eagles' Brood em 1994, The Saxon Shore em 1995, e The Sorcerer (que foi publicado em dois volumes: The Fort at River's Bend e Metamophorsis) em 1997.
Todos os cinco livros foram aclamados e premiados pela crítica e alcançaram o status de best-sellers canadenses. Em 1996 a série foi publicada nos Estados Unidos e também foi muito bem avaliada pela crítica e suas vendas foram altas.



A série terminaria com cinco livros (sendo o último em duas partes, ou seja 6 livros). Porém a lenda do rei Artur estava começando naquele ponto. Whyte, originalmente, não tinha grande interesse em contar a história já tão explorada, mas como sua própria saga mostrou tantas gerações, uma nova realidade surgiu ... Uma legião de leitores queria saber a resolução completa da história clássica, como visto através dos olhos das personagens de Whyte.
Em consequência, e atendendo aos pedidos de seus leitores, Whyte publicou em 2001 Uther, um romance extra para explicar e resolver vários dos mistérios que haviam sido deixados sem solução no final do terceiro livro (The Eagle's Brood).
Então, ele concluiu a história do reinado de Artur em uma minissérie formada por dois livros chamada The Golden Eagle (Clothar the Frank e The Eagle em 2004 e 2005), narrado pelo melhor amigo de Artur, que o mundo viria a conhecer séculos mais tarde, como Lancelote.
Uma saga que se expandiu naturalmente e ficou famosa sob o título: Arthurian Saga.
Adoraria que a saga fosse publicada no Brasil!


Outro:
Forty Years in Canada: a Memoir foi publicado em 2007 e também é inédito no Brasil.
É um livro de memórias - não um romance, e certamente não uma autobiografia - das primeiras quatro décadas como um imigrante canadense.
Em geral, embora com algumas digressões pessoais, é uma coleção de comentários anedóticos focados em alguns dos eventos mais importantes e ocasiões que ocorreram entre 1967 e 2007 e moldado suas percepções e perspectivas canadenses. Muitas vezes ele foi levado a escrever um poema comemorando ou comentando sobre os fatos, às vezes com humor, às vezes nem tanto.


Detalhes de seus livros no Brasil:

O Rebelde (The Forest Laird ou Rebel)
Série Corações Valente (The Bravehearts Chronicles ou The Guardians Saga) - livro 1
Jack Whyte - Fantasy - Casa da Palavra
Tradução: Alexandre Martins
Ilustração de capa: Rafael Sarmento
400 páginas - Ano: 2012 - R$39,90

Sinopse:
"1305. Londres. Um homem à espera da execução.
Seu nome é Willian Wallace.
E sua história merece ser ouvida da maneira como realmente aconteceu.
Algumas horas antes do amanhecer do dia 24 de agosto de 1305, na prisão Smithfield em Londres, o fora da lei William Wallace, se prepara para uma execução ao raiar do dia. É diante desse cenário que recebe a visita de um padre escocês para ouvir suas últimas confissões.
A história de Wallace nos leva a conhecer as suas várias faces – como um fora da lei e um fugitivo, um herói e patriota, um rebelde e uma lenda.
Ele foi a primeira figura heroica das guerras da Independência da Escócia e traz vida para a trilogia de Jack Whyte, seguido por dois compatriotas: Robert Bruce – o rei dos escoceses e o verdadeiro Coração Valente, e Sir James Douglas, que carregou o coração de Bruce em um recipiente de chumbo em direção à Terra Santa.
O comportamento desses três guerreiros, suas atitudes lendárias e narrativas de fuga, empenho, honra e selvageria medieval formam a alma e o conteúdo de uma novela épica sobre homens dispostos a tudo para colocar novamente de pé um país ajoelhado."

Links: Fantasy - Casa da PalavraSkoob | resenha

Comprar: Saraiva | Livraria da Travessa | Submarino | Leitura | Extra | Ponto Frio | Casas Bahia | Livraria da Folha | Livraria Cultura | Livrarias Curitiba | Fnac | Americanas | Siciliano

Extra: De três a quatro livros!


Os Cavaleiros de Preto-e-Branco (Knights of the Black and White)
Trilogia dos Templários (The Templars) - livro 1
Jack Whyte - Editora Record
Tradução: Francisco Innocêncio
655 páginas - Ano: 2008 - R$69,90

Sinopse:
"Jack Whyte, um dos maiores autores britânicos de ficção histórica, célebre por seus romances arturianos, estréia na Editora Record com o primeiro volume da Trilogia dos Templários. Nesse livro, é narrada a iniciação do cavaleiro Hugh de Payens na Ordem do Renascimento no Sião, e sua ida a Jerusalém em busca de um valioso tesouro."

Links: Record | Skoob

Comprar: Saraiva | Livraria da Travessa | Submarino | Leitura | Extra | Ponto Frio | Casas Bahia | Livraria da Folha | Livraria Cultura | Siciliano

O Estandarte da Honra (Standart of Honor)
Trilogia dos Templários (The Templars) - livro 2
Jack Whyte - Editora Record
Traduçao: Francisco Innocêncio
798 páginas - Ano: 2010 - R$79,90

Sinopse:
"Nesta sequência de Os cavaleiros de preto e branco, três membros da família St. Clair são convocados para a batalha sem saber se estão lutando contra seu verdadeiro inimigo ou ao lado dele. O jovem André St. Clair, seu pai, Sir Henry e o primo, Alexander Sinclair se encontram em uma terra estranha e cheia de ameaças. A trajetória desses três cavaleiros é conduzida pelas intrigas pessoais e políticas dos líderes cruzados, levando a família – e a Ordem – à beira do desastre."

Links: Record | Skoob

Comprar: Saraiva | Livraria da Travessa | Submarino | Leitura | Extra | Ponto Frio | Casas Bahia | Livraria da Folha | Livraria Cultura | Americanas | Siciliano

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail