Pesquise no Leitora Viciada

9 de julho de 2014

A Casa do Céu, de Amanda Lindhout e Grupo Editorial Novo Conceito, será adaptado para o cinema

Oi, Leitoras e Leitores Viciados! A Casa do Céu, um livro que me comoveu e me impressionou muito (podem conferir a resenha), será adaptado para o cinema. A autobiografia comovente e dramática da Amanda Lindhout foi publicado em 2013 pelo Grupo Editorial Novo Conceito. O best-seller mundial é escrito em parceria com a escritora Sara Corbett.



Amanda Lindhout e Rooney Mara (imagem: Your Tango).
A Annapurna Pictures começou o projeto e divulgou a atriz Rooney Mara como Amanda. Rooney interpretou Lisbeth Salander em Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, baseado no livro de Stieg Larsson, e estava, também, no elenco de A Rede Social. Rooney será, ainda, a produtora do filme.

Na vida real, ambas atuam em projetos de ajuda humanitária. Amanda é fundadora da Global Enrichment Foundation, organização sem fins lucrativos que apoia iniciativas para o desenvolvimento, educação e ajuda humanitária na Somália e no Quênia. Já Rooney apoia projetos de fortalecimento de crianças e famílias no Quênia.

O livro:

A Casa do Céu (A house in the Sky)
Amanda Lindhout e Sara Corbett - Novo Conceito
Tradução: Ivar Panazzolo
448 páginas - Ano: 2013 - R$34,90

Sinopse:
"Quando criança, Amanda escapava de um lar violento folheando as páginas da revista National Geographic e imaginando-se em lugares exóticos.
Aos dezenove anos, trabalhando como garçonete, ela começou a economizar o dinheiro das gorjetas para viajar pelo mundo. 
Na tentativa de compreendê-lo e dar sentido à vida, viajou como mochileira pela América Latina, Laos, Bangladesh e Índia. Encorajada por suas experiências, acabou indo também ao Sudão, Síria e Paquistão. Em países castigados pela guerra, como o Afeganistão e o Iraque, ela iniciou uma carreira como repórter de televisão. Até que, em agosto de 2008, viajou para a Somália — “;o país mais perigoso do mundo”;. No quarto dia, ela foi sequestrada por um grupo de homens mascarados em uma estrada de terra.
Mantida em cativeiro por 460 dias, Amanda converteu-se ao islamismo como tática de sobrevivência, recebeu “;lições sobre como ser uma boa esposa”; e se arriscou em uma fuga audaciosa. Ocupando uma série de casas abandonadas no meio do deserto, ela sobreviveu através de suas lembranças — cada um dos detalhes do mundo em que vivia antes do cativeiro —, arquitetando estratégias, criando forças e esperança. Nos momentos de maior desespero, ela visitava uma casa no céu, muito acima da mulher aprisionada com correntes, no escuro e que sofria com as torturas que lhe eram impostas.
De maneira vívida e cheia de suspense, escrito como um excepcional romance, A Casa do Céu é a história íntima e dramática de uma jovem intrépida e de sua busca por compaixão em meio a uma adversidade inimaginável."

Links: Novo Conceito | degustação | Skoob | resenha

Comprar: AmericanasBondfaro | Buscapé | Livraria Cultura | Fnac | Livraria da Folha | Livraria Martins Fontes | Livraria Saraiva | ShoptimeSubmarino | Livraria da Travessa | Walmart

Fonte: Novo Conceito e Estadão.



Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail