Pesquise no Leitora Viciada

6 de julho de 2014

Saga Encantadas, livro 2, Feitiço, Sarah Pinborough e Única Editora


Feitiço (Charm)
Toda Beleza é magia.
Saga Encantadas - livro 2
Sarah Pinborough - Única Editora
Tradução: Edmundo Barreiros
245 páginas - Ano: 2013 - R$34,90

Sinopse:
"Cuidado com o que você deseja!
Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos!
Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades.
Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles!"

Links: Única | Skoob | comprar | sorteio da trilogia (até 31/07/2014)

Resenha:
Depois de me impressionar com Veneno, o primeiro volume da Saga Encantadas, eu estava super ansiosa para conferir o resultado da continuação, Feitiço. O padrão estético é mantido, com uma bela imagem na capa. Também significativa, além de bonita. "Toda beleza é poder" e a Única Editora sabe disso, trazendo a trilogia com não apenas as capas, mas todo o trabalho gráfico é caprichado. Amei a coleção formar uma trilogia padronizada, que combina em todos os detalhes, como os diagramas rebuscados em todas as páginas.
Como um livro não é apenas beleza (e nem apenas premissa atraente), o segundo volume de Encantadas enfeitiça o leitor com um surpreendente desenvolvimento de enredo em catorze capítulos e Epílogo.
O título é perfeito para a história, que gira em torno de muita magia, intrigas e luxúria, mas, no entanto, foca em um encantamento central, o feitiço responsável pelo andamento de tudo.

Contos de fadas e medievais fazem parte da cultura popular, presente nas mais variadas mídias e artes. É uma fantasia mundial, mesmo que as versões e variações sejam incontáveis. O Folclore e toda a mitologia incorporam essas histórias criadas há séculos. Como entretenimento ou para ensinar as crianças, não importa: Os adultos gostam de contos de fadas. Ao menos sentem atração ou curiosidade.
A maioria dessas histórias tem origens pouco conhecidas; ou suas autorias são uma incógnita total; outras geram intermináveis discussões sobre quem as imaginou pela primeira vez. Mas a grande reflexão é: Contos de fadas parecem imortais e influenciam gerações e povos. Por quê?
Me interessei pela Saga Encantadas ao buscar por versões modernas dos contos clássicos. Li Veneno e adorei a criatividade sarcástica e hot da Sarah Pinborough.

Novamente a autora conseguiu repaginar clássicos e aqui em Feitiço, não apenas um, mas um conjunto. Em Veneno, Sarah centra o livro em Branca de Neve, com toques de outros contos. Com Feitiço a trama continua cronologicamente, voltando-se para outra famosa história: Cinderela. E os toques para outros contos continuam.
Personagens e ligações à Veneno são essenciais. Aconselho que o leitor acompanhe a saga em ordem de publicação, mesmo não sendo obrigatório. A leitura será mais definida e intensa com esta dica, porém caso o leitor prefira ler de forma independente, não terá problemas.
A narrativa mantem-se em terceira pessoa, com o mesmo estilo simples e assim como a proposta de toda a trilogia, indicada para os adultos.
O vocabulário da autora é flexível, variando incrivelmente de poético a cru. Ou seja, o padrão não é mantido apenas no visual e na linha de acontecimentos, segue também para a narrativa. Quem gostou das características do texto da autora em Veneno vai continuar gostando em Feitiço.
As cenas de sexo são mais brandas dessa vez - ou será que o motivo é que já conhecia o estilo um pouco quente, por ter lido o volume um? Não importa, a Saga Encantadas não é uma série erótica, porém são contos de fadas adultos, portanto existe sexo no contexto. A vida sexual das personagens complementa os conflitos e relações entre elas.

O leitor continua a repensar seus vilões, pois além de motivações íntimas cada personagem possui caráter realista, para o bem ou para o mal; seres bem humanos, com magia ou não. Heróis, vilões, princesinhas encantadas... Esqueça isso. O tecido fantástico vai sendo criado pela autora com personalidades convincentes.
Toda beleza é magia. Desta vez, mais um fator a ser frisado. A mágica pode ser bela, hipnotizante, mortal e inabalável. Bela, mas muito perigosa e... poderosa! Esta frase na capa do livro está diretamente ligada ao feitiço...

Uma nova madrasta está no livro, a de Cinderela. Muito mais humana e comum que a de Branca de Neve, mas importantíssima para compreendermos (ou não!) a base da personalidade de Cinderela. Suas irmãs de criação também estão na história, Ivy e Rose, sendo esta a que se destaca. Serão as três mulheres as vilãs em Feitiço? Serão mesmo invejosas e inescrupulosas?
Porque realmente dentre todas Cinderela é a mais linda e delicada, porém não é "da família".
Será que aqui, na versão da Saga Encantadas, Cinderela passa pelo sofrimento da vida de "gata borralheira"? Vivendo como escrava doméstica e mantendo sua humildade e força intactas?
O passado familiar é interessante e cria a nova Cinderela. Com os segredos e mistérios o leitor descobre uma personagem inédita, mas ainda sim com algo da clássica.
O que eu mais gostei em Feitiço é que a autora criou um plano de fundo totalmente novo e manteve a ousadia de Veneno. Porém personagens de Veneno estão aqui, além de novas, como o Buttons. Então quem curtiu o elenco de Veneno, vai adorar acompanhar sua continuação em Feitiço, aliada aos novatos.

Assim como Branca de Neve, protagonista de Veneno, Cinderela não é perfeita nem o exemplo de "mocinha". Sua principal característica é a determinação, mas é uma moça cheia de defeitos. Almeja o luxo, a riqueza, a ostentação e o belo Príncipe, mesmo que para alcançar seus objetivos precise passar por cima das pessoas, enganá-las e feri-las. Ah, e claro, magia, muita magia!
Como conseguir ir ao Baile da Noiva, evento em que o Príncipe selecionará sua futura esposa, a Princesa do Reino, um dos nove poderosos reinos do mundo? Cinderela necessita ter a chance de conquistar o Príncipe - e morar no castelo sob cuidados especiais e vida luxuosa. Todas as suas necessidades serão atendidas e como bônus, Cinderela ainda terá como marido o mais desejado jovem do Reino. Cinderela inveja suas rivais e precisa vencê-las.
Sua principal aliada é também a antagonista: A Fada Madrinha. Sua identidade foi perceptível para mim logo no começo e mesmo assim eu adorei! Na verdade foi uma das melhores coisas na trama.
É extremamente irônico ver a responsável por atender ao desejo de Cinderela de ir ao baile e ter a chance de seduzir e conquistar o Príncipe ser a possível vilã.
Com um incrível feitiço, sapatinhos especiais e muito mais, a Fada Madrinha proporciona as habilidades que Cinderela precisa para alcançar o seu quase impossível objetivo. Assim como na vida real, em Encantadas, quase nada vem de graça (se algo é dado a você e não veio de Robin Hood, desconfie!). A Fada Madrinha exige uma troca, Cinderela aceita e o compromisso é selado - e o feitiço lançado!

A autora mantém também a curiosidade do leitor pelo próximo livro, Poder, com a manobra semelhante à utilizada em Veneno: A certeza de que todos os contos de fadas estão interligados, sob um mesmo mundo mágico. A prova principal são detalhes vagos no enredo e objetos simples que representam outras histórias ou pertencem a elas.
Fatores clássicos estão presentes: o Príncipe, a madrasta, as irmãs de criação, a Fada Madrinha, o baile, o par de sapatinhos... Mas há mais. Prepare-se!
A autora traz uma nova versão de Cinderela, criativa e sexy, constrói uma boa trama e questiona algumas tradições dos contos de fadas: Princesas perfeitas, bruxas más, Príncipes encantadores, será verdade? Sapos podem se transformar em príncipes? E vice-versa?
Esqueça a verdade sobre Cinderela e leia uma sequência de surpresas sobre uma das principais personagens dos contos de fadas.
Não é épico, mas é um livro fascinante, bem desenvolvido e inesquecível.

Parece mágica, mas minhas reclamações sobre Veneno foram atendidas! Não posso comentar mais. Impressionante como tudo que eu desejei ver melhorado em Feitiço tornou-se realidade. Magia?
Leia como Cinderela se prende a um feitiço que não acaba a meia-noite, porque o "felizes para sempre" pode não ser o final!
Quero ler Poder logo...


A autora:
Sarah Pinborough é romancista e roteirista de sucesso, assim como autora best-seller na Inglaterra. Ela trabalhou como roteirista na BBC para a série New Tricks, e os direitos de sua trilogia The Dog-faced Gods foi adquirida para série de TV. A autora também está desenvolvendo um filme de terror chamado Cracked.
Como autora de livros, Sarah venceu os prêmios British Fantasy Award por melhor livro de contos em 2008 e o British Fantasy Award para melhor romance em 2010 (com o livro The Language of the Dying).
Escritora de outros grandes livros de sucesso, atualmente Sarah vive em Londres e se dedica exclusivamente à escrita.

Links: Site | Twitter

A série:

Veneno (Poison)
Repense seus vilões.
Saga Encantadas - livro 1
Sarah Pinborough - Única Editora
242 páginas - Ano: 2013 - R$34,90

Sinopse:
"Sexy, sarcástico e de prender a respiração!
Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos!
Não existe “Felizes para sempre”!
Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos!
Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!"

Links: Única | Skoob | comprar | degustação | resenha

Poder
Ninguém desperta o mal impunemente.
Sagas Encantadas - livro 3
Sarah Pinborough - Editora Única
224 páginas - Ano: 2014 - R$34,90

Sinopse:
"Acordar uma princesa pode ser letal.
Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos!
Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder...
Poder é o terceiro volume da trilogia Encantadas, e traz como história principal o conto da Bela Adormecida. Porém, esqueça os clichês tradicionais e se entregue a uma nova visão dos contos de fadas, em que heróis e anti-heróis precisam se unir para não perecerem à beleza superficial de princesas e rainhas egocêntricas e aos príncipes em busca de aventuras."

Links: Única | Skoob | comprar




Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail