Pesquise no Leitora Viciada

18 de agosto de 2014

Lançamentos da primeira quinzena de agosto da Companhia das Letras

Necrotério (Port Mortuary)
Kay Scarpetta
Patricia Cornwell - Editora Paralela
Tradução: Angela Pessoa
384 páginas - Ano: 2014 - R$34,90

Sinopse:
"Conhecemos o início de sua carreira, quando Kay Scarpetta aceitou uma bolsa da Força Aérea para pagar pelos estudos na universidade. Agora, mais de vinte anos mais tarde, suas conexões militares secretas a trazem de volta para a base aérea Dover, onde esteve em um programa de treinamento. Como chefe do novo Centro Forense de Cambridge, em Massachusetts, Scarpetta enfrenta um caso que pode destruir sua reputação e tudo aquilo que lutou para conquistar pessoal e profissionalmente."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob | comprar

Mulheres Francesas Não Engordam (French Women don't get Fat)
Mireille Guiliano - Editora Paralela
Tradução: Marisa Murray
232 páginas - Ano: 2014 - R$29,90

Sinopse:
"As mulheres francesas não engordam, mas comem pão e doce, bebem vinho e fazem três refeições por dia. Ao revelar os segredos desse “paradoxo francês”, Mireille Guiliano nos dá uma fascinante lição sobre como cuidar da saúde e da aparência de forma elegante, convincente, inteligente e engraçada. 
Depois de passar uma temporada nos Estados Unidos quando garota, Mireille voltou para casa com dez quilos a mais na silhueta. Felizmente, o bom médico de sua família ofereceu-se para ajudá-la a recuperar a boa forma. O segredo? Nada de culpa ou privação, mas tirando o máximo das coisas de que você gosta mais.
Agora, em uma simples mas eficiente estratégia, além de dezenas de receitas que você jura que são engordativas, ela revela os ingredientes para uma vida inteira de controle de peso. Uma vida de vinho, pão e até chocolate — sem medidas e sem culpas? Por que não?"

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob

A Arte da Procrastinação – Como realizar tarefas deixando-as para depois (The Art of Procrastination)
John Perry - Editora Paralela
Tradução: Marcelo Brandão
128 páginas - Ano: 2014 - R$24,90

Sinopse:
"Pode soar contrário ao senso comum, mas funciona: você pode realizar muitas coisas deixando-as para depois. Essa é a filosofia apresentada no livro A arte da procrastinação. Se você é do tipo que reluta em entregar as coisas no prazo estabelecido, se distrai facilmente, navega na internet em vez de pagar as contas, ou é do tipo que compra o presente do seu amigo a caminho da festa, este livro vai mudar sua vida. Com uma linguagem simples e direta, John Perry nos mostra, por meio de exemplos práticos, como repensar a importância de nossos afazeres e conseguir realizar todos eles (e muito mais!), mesmo quando adiamos aquelas tarefas mais chatas. Prepare-se para descobrir estratégias efetivas e cientificamente testadas contra a procrastinação, mas lembre-se de que, acima de tudo, é necessário aceitar sua tendência a deixar as tarefas para amanhã. Crie coragem, faça o que tem de ser feito, mas não deixe, é claro, de aproveitar o tempo que você perde."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob | comprar

Por Escrito
Elvira Vigna - Companhia das Letras
312 páginas - Ano: 2014 - R$47,00

Sinopse:
"A prosa de Elvira Vigna ocupa um lugar único na literatura brasileira. Na contramão de tudo que soa tradicional ou corrente, a autora vem, desde o fim dos anos 1980, trilhando um caminho próprio, na criação de um universo pessoal que parece se expandir a cada romance ou conto que publica. Com uma linguagem cortante e antissentimental, e uma visão de mundo cáustica e desiludida, os personagens de Elvira caminham trôpegos por cenários de devastação afetiva, emocional e pessoal.
Este Por escrito é uma história de separação. Mas engana-se quem espera encontrar aqui mulheres chorando pelos cantos da casa. As vidas de Molly, Izildinha, Valderez e das outras personagens do livro são tão inquietantes e inesperadas quanto a prosa da autora. Por escrito é também uma história de desencontros, em que as pessoas parecem não ver quem está à frente delas. E quem está presente na cena vai sumindo devagarinho sem ninguém notar. Ao nos virarmos para o lado, encontramos apenas quem não esperávamos que estivesse lá. Uma história de esperas, sem Ulisses que valham a pena.
E de muitos erros."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob

Getúlio – Da volta pela consagração popular ao suicídio (1945-1954)
Capa flexível.
Lira Neto - Companhia das Letras
464 páginas - Ano: 2014 - R$49,50

Sinopse:
"A história da última década da vida de Getúlio é contada aqui em toda a sua complexidade, e com pimpertubável elegância, criterioso comedimento e formidável pesquisa. Esta é uma história com um elenco d epersonagens dignos de uma peça de Shakespeare: os jornalistas Samuel Wainer e Carlos Lacerda; Gregório Fortunato, o “Anjo Negro”, chefe da guarda pessoal de Getúlio, que foi condenado à prisão pelo “atentado” contra Lacerda na rua Tonelero, em Copacabana; Tancredo Neves, o astuto mineiro que foi ministro da Justiça de Vargas; João Goulart, amigo e companheiro gaúcho, e sua ligação com o operariado; Nelson Rockefeller, Harry Truman e Dwight David Eisenhower; açém de uma variada fauna de conspiradores civis e militares da Força Aérea, do Exército e da Marinha. Lira Neto escreveu um relato poderoso e perturbador dos últimos anos de Getúlio. Isto é História sem concessões."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob | comprar

Mesmo sem Dinheiro Comprei um Esqueite Novo – Poemas
Coleção Poesia Brasileira Contemporânea.
Paulo Scott - Companhia das Letras
80 páginas - Ano: 2014 - R$32,00

Sinopse:
"Paulo Scott é um dos nomes mais originais da poesia brasileira nos dias atuais. Seus versos, burilados de uma forma que parece ter surgido com facilidade – um verdadeiro feito -, se aproximam da ficção ao apresentarem histórias e episódios sobre amores perdidos e recém-adquiridos, derrocadas da vida, a violência nas relações humanas, a busca pelo sublime no cotidiano e o dia a dia de um escritor no Brasil.Nada mais atual, ainda mais para um poeta que também escreve romances. Tal como o chileno Roberto Bolaño, que atacava na prosa e na poesia, Scott deixa a energia da ficção ingressar nos seus versos. Assim, a força narrativa dos poemas permite que os leiamos como se fossem pequenos contos, e se espraia pelos temas tratados – em forma de busca do escritor por uma personalidade genuína e não apenas uma “encenação” para a mídia e as redes sociais -, únicos em nosso panorama. Isso, claro, sem dar as costas para a nossa melhor tradição literária."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob

Uma Nova História do Poder  – Comerciante, Guerreiro, Sábio (Merchant, Soldier, Sage)
David Priestland - Companhia das Letras
Tradução: Isa Mara Lando e Mauro Lando
344 páginas - Ano: 2014 - R$54,00

Sinopse:
"Quem manda no mundo hoje? Neste livro notável, o professor de Oxford David Priestland propõe um olhar radicalmente novo sobre a nossa história. Ele argumenta que em qualquer sociedade há sempre a predominância de um desses três grupos, que determinam o sistema de valores: o dos comerciantes, o dos guerreiros (aristocratas e militares) e o dos sábios (burocratas e líderes religiosos). 
Essas “castas”, assim denominadas pelo autor, vivem numa luta constante pelo poder, e quando uma delas atinge a supremacia, ficamos de tal modo submetidos que é quase impossível nos imaginarmos fora desse sistema. Porém, quando um dos grupos detém muito mais poder que os outros, chega um ponto em que uma mudança drástica se faz necessária. O resultado será uma crise econômica, uma guerra ou uma revolução, que fará com que uma nova casta domine.
O século XX foi marcado por mudanças violentas de poder e agora, no XXI, num momento em que os comerciantes que lideram nossa era estão cada vez mais desacreditados, todos os sinais levam a crer que ocorrerá uma nova transformação. A crise financeira de 2008, segundo o autor, será vista pelas gerações futuras “como um ano de mudanças tectônicas - um ano a ser classificado junto com 1917, 1929, 1945, 1968 e 1989”.
Além de um trabalho de história brilhante, Uma nova história do poder é uma anatomia magistral do momento de crise que vivemos hoje."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob

Obra Autobiográfica
Celso Furtado - Companhia das Letras
Organização: Rosa Freire d'Aguiar
640 páginas - Ano: 2014 - R$59,50

Sinopse:
"A Obra autobiográfica de Celso Furtado é formada por uma trilogia. Em A fantasia organizada, ele relembra o Rio de Janeiro dos anos 1940 e seu ambiente intelectual que deslumbrou o jovem recém-chegado da Paraíba; a devastada Europa do pós-guerra, que percorreu durante seu doutorado de economia em Paris; os anos vividos na América Latina, como diretor da Cepal, onde se formulava um pensamento econômico de influência mundial; os estudos em Cambridge, convivendo com os contemporâneos de lorde Keynes. A fantasia desfeita cobre os seis anos em que trabalhou com Juscelino Kubitschek, Jânio Quadros e João Goulart, como diretor da Sudene, e primeiro-ministro do Planejamento do país. Punido pelo golpe militar de 1964, dedicou-se, no exílio, à atividade acadêmica nas universidades de Paris, Yale, Cambridge e Columbia, onde produziu uma obra teórica vasta e original que expandiu as fronteiras da ciência econômica e aproximou-a das relações internacionais e da cultura. É o que conta no terceiro volume, Os ares do mundo, em que evoca também a vida na França, as viagens aos países do bloco comunista, da Ásia e da África. Villa-Lobos, Lévi-Strauss, Jean-Paul Sartre, Amartya Sen, Juan Perón, Fernand Braudel, Ernesto Sabato, Glauber Rocha e Che Guevara são alguns nomes que cruzam com o autor e personagem deste mosaico autobiográfico."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob

O Amigo Americano – Nelson Rockeffeler e o Brasil
Antonio Pedro Tota - Companhia das Letras
480 páginas - Ano: 2014 - R$59,50

Sinopse:
"Herdeiro de uma das maiores fortunas do mundo, membro da ala “liberal” do Partido Republicano, Nelson Aldrich Rockefeller foi governador do estado de Nova York por quatro mandatos, vice-presidente dos Estados Unidos e eterno aspirante ao primeiro posto da República ianque. Mas o que se revela neste saboroso perfil é a faceta menos conhecida de sua biografia: a de propulsor do capitalismo brasileiro. Rockefeller aproximou-se do país quando se tornou chefe do Office of Inter-American Affairs, a agência para assuntos interamericanos dos Estados Unidos (a qual trouxe Orson Welles e Walt Disney para o Brasil, e mandou Carmen Miranda na via inversa), organismo que tinha por missão afastar o governo Vargas do nazifascismo e, uma vez vencida a Segunda Guerra, garantir que o Brasil permanecesse no bloco de influência norte-americano. Com afinco, “boas intenções” e fortemente imbuído da ideologia de seu país e de sua classe, o político manifestou genuíno interesse pelo Brasil, e aqui se envolveu, inclusive como investidor direto, mecenas e empresário, nas mais diversas atividades, do cultivo da borracha ao planejamento urbanístico de São Paulo, do incentivo às artes à constituição de fundos de investimento que modernizaram o mercado de capitais local, sempre na tentativa de importar a eficiência e o American way of life como antídotos à expansão do comunismo."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob

O Demônio do Meio-Dia (The Noonday Demon: Mid Price)
Andrew Solomon - Edição Econômica / Companhia das Letras
Tradução: Myriam Campello
584 páginas - Ano: 2014 - R$42,50

Sinopse:
"Lançado em 2000, O demônio do meio-dia continua sendo uma referência sobre a depressão, para leigos e especialistas. Com rara humanidade, sabedoria e erudição, o premiado autor Andrew Solomon convida o leitor a uma jornada sem precedentes pelos meandros de um dos temas mais espinhosos e complexos de nossos dias. 
Entremeando o relato de sua própria batalha contra a doença com o depoimento de vítimas da depressão e a opinião de especialistas, Solomon desconstrói mitos, explora questões éticas e morais, descreve as medicações disponíveis, a eficácia de tratamentos alternativos e o impacto que a depressão tem nas várias populações demográficas (sejam crianças, homossexuais ou os habitantes da Groenlândia).
No epílogo inédito escrito exclusivamente para a reedição brasileira, conhecemos o que aconteceu com Solomon, com os entrevistados e com os tratamentos da depressão desde a publicação de O demônio do meio-dia. A inteligência, a curiosidade e a empatia do autor nos permitem conhecer não só as doenças mentais, mas a profundidade da experiência humana. Uma obra monumental."

Links: Companhia das Letras | degustação | Skoob

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail