Pesquise no Leitora Viciada

17 de janeiro de 2015

Lançamentos de janeiro da Companhia das Letras (incluindo Editora Seguinte, Editora Paralela e Companhia das Letrinhas)

A Casa Assombrada
John Boyne - Companhia das Letras
296 páginas - Ano: 2014 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Eliza Caine tem 21 anos e acaba de perder o pai. Totalmente sozinha e sem dinheiro suficiente para pagar o aluguel na cidade, ela se depara com o anúncio de um tal H. Bennet. Ele busca uma governanta para se dedicar aos cuidados e à educação das crianças de Gaudlin Hall, uma propriedade no condado de Norfolk – sem, no entanto, mencionar quantas são, quantos anos têm ou dar quaisquer outras explicações. Assim, ela larga o emprego de professora numa escola para meninas e ruma para o interior.
Chegando a Gaudlin Hall, Eliza se surpreende ao encontrar apenas Isabella, uma menina que parece inteligente demais para sua idade, e Eustace, seu adorável irmão de oito anos. Os pais das crianças não estão lá. Não se veem criados. Ela logo constata que não há nenhum outro adulto na propriedade, e a identidade de H. Bennet permanece um mistério.
A governanta recém-contratada busca informações com as pessoas do vilarejo, mas todos a evitam. Nesse meio-tempo, fica intrigada com janelas que se fecham sem explicação, cortinas que se movem sozinhas e ventos desproporcionais soprando pela propriedade. E então coisas realmente assustadoras começam a acontecer…"

A Dançarina do Cabaré
Série Comissário Maigret.
Georges Simenon - Companhia das Letras
144 páginas - Ano: 2015 - R$24,00
+ informações | comprar

Sinopse:
"Em Liège, cidade belga onde Simenon nasceu, Maigret observa à distância dois garotos acusados de assassinar um estrangeiro rico. Quando a amizade entre os suspeitos é posta à prova, diferenças saltam à vista e ajudam o comissário a desvendar o enigma."


O Quarto Azul
Georges Simenon - Companhia das Letras
136 páginas - Ano: 2015 - R$24,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Tony Falcone e Andrée Despierre não se viam desde a infância. Numa noite de setembro, reencontram-se por acaso e tornam-se amantes. Durante onze meses marcam encontros no “Quarto Azul” de um hotel mantido pela irmã de Tony.
No último encontro, porém, o marido de Andrée, Nicolas, é visto caminhando em direção ao hotel. Bem naquele dia, ela se declarara, sugerindo que abandonem os casamentos e fiquem juntos. Tony consegue fugir antes de ser flagrado - mas, pouco depois, a morte repentina de Nicolas o deixa em situação complicada.
Publicado em 1964, O quarto azul figura entre os célebres “romances duros” de Georges Simenon - aqueles que não trazem o comissário Maigret como protagonista, mas mergulham em atmosferas sombrias e personagens perturbados.
As cenas de sexo são cruas e completamente desprovidas de eufemismo. Logo nas primeiras páginas, Tony está orgulhoso de ver seu sêmen escorrer da vagina da amante enquanto tenta com um pano aplacar a ferida que ela lhe fez com uma mordida no lábio.
O mesmo vale para a violência e os sentimentos dos personagens: tudo no livro é seco e dito da forma mais direta possível. Tony e Andrée caminham por um mundo embrutecido e parecem alheios à culpa, ao pudor, ao arrependimento. 
Adaptado para o cinema em 2014 - o longa é estrelado pelo francês Mathieu Amalric -, O quarto azul sintetiza os melhores atributos da obra de Simenon e mantém o leitor sem fôlego até a última página."

Glória Incerta
A Índia e suas contradições.
Amartya Sen e Jean Drèze - Companhia das Letras
448 páginas - Ano: 2015 - R$64,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Combinando economia, política, história e direito, Jean Drèze e Amartya Sen - dois dos maiores economistas da Índia - apresentam as transformações que aconteceram na economia e sociedade do país após a independência, em 1947, que deu fim a dois séculos de subjugação colonial britânica. A Índia adotou um sistema político democrático, com vários partidos, liberdade de expressão e amplos direitos políticos, e alcançou um crescimento econômico bem acelerado nas últimas três décadas, tornando-se uma das economias que crescem com maior velocidade no mundo. 
Ocorreram, porém, grandes falhas, tanto na promoção de um crescimento participativo quanto na aplicação dos recursos públicos gerados pelo crescimento econômico para melhorar as condições de vida dos indianos. 
Os autores mostram que os principais problemas do país encontram-se na falta de atenção às necessidades essenciais da população, especialmente dos pobres e das mulheres. Estatísticas consistentes e comparações com outros países, como China, Brasil e Rússia, apontam que o governo não investiu na expansão da infraestrutura física e social da Índia e, como consequência, há uma inadequação continuada dos serviços sociais, como a educação, a assistência médica e a imunização, bem como do fornecimento de água potável, energia elétrica, transporte e saneamento. 
Drèze e Sen oferecem uma análise poderosa das privações e desigualdades do país, bem como mostram a possibilidade de mudanças que seriam permitidas por uma prática democrática com uma compreensão mais clara da gravidade dessas privações."

O Livro da Gramática Interior
David Grossman - Companhia das Letras
528 páginas - Ano: 2015 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Aos doze anos, Aharon Kleinfeld, segundo filho de uma família de refugiados judaico-polonesa, é a cabeça de seu grupo de amigos em um bairro de Jerusalém, Beit-haKerem. Com sua portentosa imaginação, vive criando jogos e aventuras, mas, quando seus amigos começam a amadurecer, o corpo de Aharon se nega a crescer por três longos anos, e às vésperas de seu bar mitsvá ele é o mais baixo da turma. 
Enquanto se debate com as pulsões de uma sexualidade juvenil tão poderosa, entre 1965 e 1967 ele escuta e observa a realidade cotidiana do entorno, que com as peripécias da história vai se enchendo de feiura, violência e morte. Os canhões da Guerra de Seis Dias ressoam ao longe, mas Aharon já não os ouve mais. Rejeita a ideia de viver conforme a gramática que dita aos homens como deve ser a vida e se refugia na sua “gramática interior”, protegido desse mundo adulto que ele julga tão ameaçador. Aharon se sente perdido quando Guidon, seu melhor amigo, e Yaeli, a menina de quem ele gosta, abandonam seu universo imaginativo para se comprometer com os jovens do movimento sionista.
Surpreendente e emocionante, capaz de tratar com lirismo e perspicácia de um dos temas mais espinhosos da geopolítica contemporânea, O livro da gramática interior foi adaptado às telas do cinema por Nir Bergman e venceu o Grande Prêmio do Festival de Cinema de Tokyo em 2010."

A Imortalidade
Milan Kundera - Companhia das Letras
408 páginas - Ano: 2015 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"A partir do gesto que uma mulher faz a seu professor de natação quando sai da piscina, a personagem Agnes surge na mente de um autor chamado Kundera. Como a Emma de Flaubert ou a Anna de Tolstoi, a Agnes de Kundera se torna objeto de fascínio e de uma busca insondável. Ao imaginar o cotidiano dessa personagem, o narrador-autor dá corpo a um romance em sete partes, que intercala as histórias de Agnes, seu marido Paul e sua irmã Laura com uma narrativa retirada da história da literatura: a relação de Goethe e Bettina von Arnim. 
Com seus personagens reais e inventados, Kundera reflete sobre a vida moderna, a sociedade e a cultura ocidentais, o culto da sentimentalidade, a diferença entre essência individual e imagem pública individual, os conflitos entre realidade e aparência, as variedades de amor e de desejo sexual, a importância da fama e da celebridade, e a típica busca humana pela imortalidade. 
Em um diálogo ficcional entre Goethe e Hemingway, este diz “Em vez de ler meus livros, escrevem livros sobre mim.”, ao que aquele responde: “A imortalidade é um eterno processo.”. Se a morte está presente na trajetória de Agnes, também está na inclusão desses personagens já mortos, mas imortais, do cânone literário. “A morte e a imortalidade”, diz Kundera, “formam uma dupla indivisível, mais bela que Marx e Engels, que Romeu e Julieta, que Laurel e Hardy”. Com a leitura de sua obra, que explora a fundo os grandes temas da existência humana, podemos afirmar que o autor de A insustentável leveza do ser já garantiu seu lugar no panteão dos imortais."

Eu Não Preciso Mais de Você
E outros contos.
Arthur Miller - Companhia das Letras
456 páginas - Ano: 2015 - R$49,90
+ informações

Sinopse:
"Em suas peças, Arthur Miller tratou dos grandes temas de seu tempo, o século XX, criando histórias sobre o período da Depressão, da Segunda Guerra e da era do macarthismo para os palcos, com uma energia e paixão inéditas, e que se viu repetir poucas vezes depois. Nos contos deste livro ele dirige sua atenção para temas mais íntimos, mas sem nunca perder a extrema clareza, humanidade, empatia e perspicácia de sua obra dramática. 
Esta coleção de histórias inclui clássicos como “Eu não preciso mais de você”, o conto “Os desajustados” - que deu origem ao célebre filme de John Huston, estrelado por Marilyn Monroe, Clark Gable e Montgomery Clift -, “Presença” e “Moça do lar, uma vida”, contos que apresentam uma série de retratos de personagens extraordinários com a vida transformada pelo indizível."

Restinga
Dez contos e uma novela.
Miguel Del Castillo - Companhia das Letras
128 páginas - Ano: 2015 - R$34,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Miguel Angel combateu a ditadura uruguaia ao lado dos tupamaros. Como muitos jovens militantes de sua época, ele desapareceu sem deixar vestígios. As repercussões desse episódio se farão sentir por anos a fio, conforme parte da família migra para outros cantos de uma América Latina tomada por governos militares e caudilhos. Neste que é um dos mais belos contos recentes da língua portuguesa, Miguel Del Castillo combina memória e política para investigar os efeitos das grandes tragédias coletivas nas vidas particulares. É um testamento afetivo que reforça o poder da literatura no contínuo embate com a história. Não à toa, “Violeta” rendeu ao autor um lugar entre os vinte melhores jovens escritores brasileiros, na seleção da revista Granta.
Neste volume de contos, o leitor verá que “Violeta” não é um acidente de percurso: aqui ele aparece dentro de um projeto literário forte e novo, em histórias que alternam entre a delicadeza, a solidão e as relações de amor e amizade. É a filha que cuida da mãe doente, cujo sonho é conhecer a restinga de Marambaia, no Rio, numa visita que iluminará o passado familiar e abrirá caminhos para o futuro. Ou da mulher que toma um cruzeiro no Atlântico - “que celebra o incrível fato de estarmos aqui juntos, sobre o mar” - e passa a rever sua vida pregressa sob um novo e inusitado prisma. Ou ainda do garoto que visita o pai em Cancun, uma viagem cheia de mistérios e incompreensões, o mundo adulto visto pelas frestas de uma infância incomum. Ao fim do livro, a novela “Laguna” amplia e aprofunda os temas do autor, numa vertiginosa narrativa sobre a paixão, as viagens, os laços que nos unem e a fragilidade das nossas amarras."

Os Judeus e as Palavras
Amós Oz e Fania Oz-Salzberger - Companhia das Letras
248 páginas - Ano: 2015 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Nesse livro que mistura narrativa e erudição, conversa e argumento, o romancista Amós Oz e sua filha, a historiadora Fania Oz-Salzberger, contam as histórias por trás dos nomes, dos textos, das disputas e dos adágios mais duradouros do judaísmo. 
As palavras, eles argumentam, compõem o elo entre Abraão e os judeus de todas as gerações subsequentes. 
Continuidade, mulheres, atemporalidade, individualismo - o rol de temas abordados é vasto. Oz e Oz-Salzberger revisitam personalidades judaicas através das eras, da suposta autora do Cântico dos Cânticos aos obscuros Talmudistas e autores contemporâneos. 
Eles sugerem que a longevidade da cultura judaica, e até mesmo a singularidade do povo judeu, depende não apenas dos lugares, monumentos e personalidades heroicas ou rituais, mas da palavra escrita e do contínuo debate entre gerações. 
Secularistas convictos, pai e filha deixam de lado o fervor religioso para extrair dos textos sagrados toda sua força de documento histórico, sua sonoridade poética e densidade literária. 
Repleto de ensinamentos, lirismo e humor, Os judeus e as palavras oferece um passeio pela tradição judaica e estende a mão a qualquer leitor interessado em se juntar à conversa."


***



Reinventando o Capitalismo de Estado
Aldo Musacchio e Sergio G. Lazzarini - Portfolio-Penguin / Companhia das Letras
408 páginas - Ano: 2015 - R$49,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"A onda de liberalização que varreu os mercados nas décadas de 1980 e 1990 afetou as maneiras como os governos gerenciam as suas economias. Dentro desse contexto, o livro de Aldo Musacchio e Sergio G. Lazzarini analisa a ascensão de uma nova espécie de capitalismo de Estado, em que os governos interagem com os investidores privados e, muitas vezes, usam sua influência para auxiliar setores ou empresas de olho em dividendos políticos. Entre os exemplos estudados estão o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Petrobras e a Vale."


***



Uma Luz Súbita
Garth Stein - Editora Paralela / Companhia das Letras
336 páginas - Ano: 2015 - R$34,90
+ informações

Sinopse:
"No verão de 1990, aos 14 anos, Trevor visita a Casa Riddell pela primeira vez. Construída a partir de árvores maciças, faz parte do legado de seu avô, magnata da indústria madeireira. Preocupado com o divórcio dos pais, ele decide explorar a casa e a história de seus antepassados. 
Logo Trevor descobre o primeiro segredo da Casa Riddell: um espírito e sua dívida - pois, apesar do imenso valor da casa, ela é assombrada pelos desejos finais do patriarca, Elijah, de se redimir da destruição que causou. Trevor é o único de sua família disposto a encarar o passado, mas será que ele conseguirá se manter firme para garantir o futuro?
Uma luz súbita é uma história rica, que traz à vida a saga das gerações de uma família assolada pelo sofrimento. Uma homenagem à natureza, também revela aquilo que muitos não conseguem enxergar: as conexões universais que unem a todos nós."

A Dieta Ideal
Marcio Atalla e Desire Coelho - Editora Paralela / Companhia das Letras
200 páginas - Ano: 2015 - R$29,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Marcio Atalla tem mais de 20 anos de experiência em saúde e fitness. Seu quadro no Fantástico, Medida Certa, já ajudou famosos como Ronaldo Fenômeno, Preta Gil, Gaby Amarantos e Fábio Porchat a perderem peso. Que seu método funciona, todos já sabem. Agora, além de dicas de exercícios, ele mostra, junto com a dra. Desire Coelho, como é possível ter uma alimentação equilibrada e saudável, sem culpa e sem restrições.
A dieta ideal aponta os maiores desafios para perder peso e como vencê?los em 7 passos. Tudo isso sem apelar para soluções “milagrosas” que têm efeitos rápidos mas pouco duradouros. O livro ainda aborda as grandes dúvidas sobre os regimes mais conhecidos e mitos sobre o corpo humano. Baseado em anos de pesquisa, este é o guia definitivo para mudar de vida e deixar as dietas para trás!"


***




Por Lugares Incríveis
Jennifer Niven - Editora Seguinte / Companhia das Letras
336 páginas - Ano: 2015 - R$29,90
+ informações | comprar | RESENHA

Sinopse:
"Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, a garota se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los."


Atrás das Linhas Inimigas
Infinity Ring - livro 6
Jennifer A. Nielsen - Editora Seguinte / Companhia das Letras
208 páginas - Ano: 2015 - R$31,00
+ informações

Sinopse:
"Sera, Dak e Riq têm a simples missão de corrigir falhas históricas que podem comprometer o futuro da humanidade, e era de esperar que em algum momento tivessem que fazer uma parada num dos eventos mais marcantes de todos os tempos - a Segunda Guerra Mundial. Transportados pelo Anel do Infinito até a Europa de 1943, os três viajantes aterrissam num momento do conflito em que as potências do Eixo e os Aliados estão em pé de igualdade.
Para evitar que a SQ se aproveite da destruição mútua desses dois blocos inimigos e tome o controle do mundo, os aventureiros mirins precisam dar um empurrãozinho para que os Aliados abram vantagem e vençam a guerra. Mas, para isso, terão de se envolver em uma das missões de espionagem mais arriscadas de toda a história… com os nazistas e a SQ em seu encalço."


***




A Ignorância
Edição de bolso.
Milan Kundera - Companhia de Bolso / Companhia das Letras
128 páginas - Ano: 2015 - R$19,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Namorados de adolescência, Josef e Irena passam vinte anos longe de sua terra natal, ele vivendo na Dinamarca, ela em Paris. Irena reencontra Josef por acaso no aeroporto de Paris. Os dois decidem retornar a Praga, reerguida segundo as regras capitalistas depois da queda dos regimes comunistas do Leste europeu, em 1989. Em comum, eles têm uma história de exílio e um sentimento profundamente nostálgico em relação à paisagem tcheca. Reviver essa relação de amor significa refazer todo o percurso da separação.
Neste romance sobre a memória, Milan Kundera subverte a noção de nostalgia. O escritor relembra a etimologia da palavra, que em sua origem grega remete ao “sofrimento causado pelo desejo irrealizado de retornar”. Esse sentimento liga-se também à ignorância: só há nostalgia daquilo de que não temos mais notícia. Como afirma o narrador, “acaso” é um outro modo de dizer “destino”. O fascínio que as coincidências e os pequenos retornos exercem é aquele da consciência do presente e de sua ligação com o passado. Na memória, os acasos se harmonizam e ganham beleza."

Enxaqueca
Edição de bolso.
Oliver Sacks - Companhia de Bolso / Companhia das Letras
472 páginas - Ano: 2015 - R$29,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Para a maioria de nós, a enxaqueca é apenas uma forte dor de cabeça que acomete periodicamente certas pessoas. Para Oliver Sacks, ela é muito mais do que isso. É, antes de tudo, um conjunto extremamente complexo e diversificado de síndromes entre as quais a dor de cabeça nem sempre está presente. Além disso, a enxaqueca pode nos fornecer pistas sobre algumas das questões mais fundamentais do ser humano.
As diversas teorias sobre a origem e a natureza da enxaqueca são expostas no livro com clareza e profundidade. Para Sacks, os sintomas e as circunstâncias da enxaqueca devem ser não apenas minuciosamente descritos como também interrogados: o fundamental é o tipo de pergunta que um médico faz aos fenômenos que tem diante de si. Segundo Sacks, a pergunta crucial não diz respeito à doença que tal pessoa tem, mas à pessoa que tem tal doença.
Primeiro livro de Sacks, Enxaqueca já contém todos os elementos que fizeram o sucesso de suas obras posteriores: conhecimento científico posto a serviço de um estilo único de narração capaz de transformar relatos clínicos em episódios de uma maravilhosa narrativa de suspense."


***




O Escuro
Lemony Snicket - Companhia das Letrinhas / Companhia das Letras
48 páginas - Ano: 2015 - R$35,00
Ilustração: Jon Klassen
+ informações | comprar

Sinopse:
"Luca tem medo do escuro, mas o escuro não tem medo dele. Os dois vivem na mesma casa, mas o escuro quase não sai do porão. Até que, uma noite, ele resolve sair. Vai ao quarto de Luca e o convida para descer até o cômodo mais sombrio da casa. E é lá que o menino percebe que até para o seu maior temor existe uma solução.
Neste livro, Lemony Snicket fala com sensibilidade sobre o mais comum dos medos e mostra que enfrentá-lo pode ser menos difícil do que parece."

Aldeias, Palavras e Mundos Indígenas
Valéria Macedo - Companhia das Letrinhas / Companhia das Letras
Ilustração: Mariana Massarani
24 páginas - Ano: 2015 - R$28,00
+ informações | comprar

Sinopse:
"Yano, Ëjcre, Üne, Oo — por incrível que pareça, essas quatro palavras significam a mesma coisa. Representam, na língua de quatro povos indígenas diferentes (os Yanomami, os Krahô, os Kuikuro e os Guarani Mbya), o vocábulo casa. Através delas e de muitas outras palavras, neste livro o leitor é convidado a conhecer um pouco da vida e dos costumes desses grupos: onde moram, como se enfeitam, suas festas, sua língua."


***



Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail