Pesquise no Leitora Viciada

28 de junho de 2017

Lançamentos: Companhia das Letras, Penguin-Companhia e Portfolio-Penguin (Grupo Companhia das Letras)

A Guerra do Fim dos Tempos
Graeme Wood - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
416 páginas - 2017 - R$ 59,90

Sinopse:
"Por onde passa, o Estado Islâmico deixa sua marca de sangue e horror. Atentados na Europa; destruição do templo de Palmira, na Síria; assassinatos e perseguições em todo o Oriente Médio. Das ruas do Cairo às mesquitas de Londres, tendo percorrido várias partes do mundo onde atua a maior organização terrorista em atividade, Graeme Wood entrevistou seus apoiadores, recrutadores e simpatizantes. Na contracorrente de interpretações que se contentam em associar fanatismo e irracionalidade, o livro de Wood procura dar sentido e coerência à apropriação que o grupo faz do islamismo. A guerra do fim dos tempos apresenta uma compreensão abrangente do EI e da nova geração de terroristas que desafia a vida e os valores mais profundos das democracias ocidentais."


Anna Kariênina
Liev Tolstói - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
840 páginas - 2017 - R$ 84,90

Sinopse:
""Toda a diversidade, todo o encanto, toda a beleza da vida é feita de sombra e de luz", escreve Liev Tolstói no romance que Fiódor Dostoiévski definiu como "impecável". Publicado originalmente em forma de fascículos entre 1875 e 1877, antes de finalmente ganhar corpo de livro em 1877, Anna Kariênina continua a causar espanto. Como pode uma obra de arte se parecer tanto com a vida? Com absoluta maestria, Tolstói conduz o leitor por um salão repleto de música, perfumes, vestidos de renda, num ambiente de imagens vívidas e quase palpáveis que têm como pano de fundo a Rússia czarista. Nessa galeria de personagens excessivamente humanos, ninguém está inteiramente a salvo de julgamento: não há heróis, tampouco fracassados, e sim pessoas complexas, ambíguas, que não se restringem a fórmulas prontas. Religião, família, política e classe social são postas à prova no trágico percurso traçado por uma aristocrata casada que, ao se envolver em um caso extraconjugal, experimenta as virtudes e as agruras de um amor profundamente conflituoso, "feito de sombra e de luz"."

Lima Barreto: Triste Visionário
Lilia Moritz Schwarcz - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
656 páginas - 2017 - R$ 69,90

Sinopse:
"Durante mais de dez anos, Lilia Moritz Schwarcz mergulhou na obra de Afonso Henriques de Lima Barreto, com seu afiado olhar de antropóloga e historiadora, para realizar um perfil biográfico que abrangesse o corpo, a alma e os livros do escritor de Todos os Santos. Esta, que é a mais completa biografia de Lima Barreto desde o trabalho pioneiro de Francisco de Assis Barbosa, lançado em 1952, resulta da apaixonada intimidade de Schwarcz com o criador de Policarpo Quaresma - e de um olhar aguçado que busca compreender a trajetória do biografado a partir da questão racial, ainda pouco discutida nos trabalhos sobre sua vida. Abarcando a íntegra dos livros e publicações na imprensa, além dos diários e de outros papéis pessoais de Lima Barreto, muitos deles inéditos, a autora equilibra o rigor interpretativo demonstrado em Brasil: Uma biografia e As barbas do imperador com uma rara sensibilidade para as sutilezas que temperam as relações entre contexto biográfico e criação literária. Escritor militante, como ele mesmo se definia, Lima Barreto professou ideias políticas e sociais à frente de seu tempo, com críticas contundentes ao racismo (que sentiu na própria pele) e outras mazelas crônicas da sociedade brasileira. Generosamente ilustrado com fotografias, manuscritos e outros documentos originais, Lima Barreto: Triste visionário presta um tributo essencial a um dos maiores prosadores da língua portuguesa de todos os tempos, ainda moderno quase um século depois de seu triste fim na pobreza, na doença e no esquecimento."

O Leopardo
Giuseppe Tomasi di Lampedusa - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
384 páginas - 2017 - R$ 64,90

Sinopse:
"Itália, anos 1860, Risorgimento. Os fragmentados estados italianos estavam em um tormentoso processo de unificação, e o estabelecimento de uma nova ordem se mostrava cada vez mais pungente. Ambientado num universo intensamente melancólico e sensual e repleto de elementos de ironia e humor, O Leopardo acompanha a história de Dom Fabrizio Salina e de sua decadente família aristocrática siciliana - cujo brasão carrega inscrito o Leopardo que dá nome ao livro -, ameaçados pelas forças revolucionárias e democráticas durante os embates dessa transição. Nesse intrincado contexto, Salina precisa decidir como encarar as novas mudanças que se impõem tanto em sua vida pública como privada. Único romance do escritor italiano, O Leopardo foi recusado por duas editoras e só veio a ser publicado um ano depois da morte de Lampedusa, em 1958, quando ganhou atenção da crítica e transformou-se num cultuado best-seller na Itália. Esta edição tem tradução e posfácio de Maurício Santana Dias e inclui textos do apêndice de Gioacchino Lanza Tomasi."

Para Entender uma Fotografia
John Berger - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
Organização: John Berger
264 páginas - 2017 - R$ 59,90

Sinopse:
"Para John Berger - assim como para Walter Benjamin, Susan Sontag e Roland Barthes -, a fotografia era uma área de interesse especial, mas não uma especialidade. Eles a abordaram não com a autoridade de curadores ou de historiadores, mas como ensaístas. Para entender uma fotografia reúne 24 ensaios de Berger, organizados cronologicamente e escritos ao longo de mais de quarenta anos. O autor se vale de literatura, filosofia, psicanálise e metafísica para tratar de fotógrafos como Henri Cartier-Bresson, André Kertész e Sebastião Salgado. Berger também se dedica a refletir sobre o lugar da fotografia entre as belas-artes, reler criticamente a obra de Sontag ou enfrentar o dilema que ronda a veiculação de imagens de violência. O livro foi organizado por Geoff Dyer, também autor de uma introdução em que explica: "À medida que Berger examina fotografias e delas extrai histórias - tanto as que revela como as que ficam ocultas -, o papel de crítico e questionador de imagens dá lugar à vocação e ao abraço do contador de histórias"."

Borges Babilônico
Organização: Jorge Scwartz - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
560 páginas - 2017 - R$ 109,90

Sinopse:
"Projeto colossal, Borges babilônico demorou quase duas décadas para ser realizado. Sob a coordenação de Jorge Schwartz e Maria Carolina de Araújo, dezenas de especialistas brasileiros e estrangeiros produziram mais de mil verbetes, compondo uma espécie de enciclopédia que ajuda a decifrar nomes, referências, temas e citações que aparecem nos textos de Jorge Luis Borges (1899-1986). Com textos de Ricardo Piglia, Beatriz Sarlo, Davi Arrigucci Jr. e muitos outros, Borges babilônico leva o leitor a inventar novos caminhos e sentidos para a obra de um dos escritores-chave do século XX."

O Ministério da Felicidade Absoluta
Arundhati Roy - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
496 páginas - 2017 - R$ 54,90

Sinopse:
"Após exatos vinte anos longe da ficção, a autora do best-seller O deus das pequenas coisas, publicado em 42 idiomas com mais de 8 milhões de exemplares vendidos no mundo, volta ao romance com O ministério da felicidade absoluta. Pela emocionante história do jovem Aftab, que mais tarde se torna a bela Anjum, descortina-se uma Índia repleta de conflitos e beleza. Dos bairros sinuosos e pobres aos shoppings reluzentes de Delhi, passando pelas montanhas nevadas da Kashmira, onde guerra e paz se mesclam em ciclos de vida e morte, a vida de Anjum transcorre e, com ela, a história de um país. A um só tempo história de amor e protesto, este romance tem como heróis pessoas que foram destruídas pelo mundo no qual vivem e em seguida resgatadas por atos de amor e esperança. Dessa forma, por mais frágeis que pareçam ser, elas nunca se rendem. Aos entrelaçar vidas complexas, este romance arrebatador e profundamente humano reinventa o que um romance pode ser e fazer. E demonstra a cada página o talento de Roy para contar histórias."

Sobre a Tirania
Timothy Snyder - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
168 páginas - 2017 - R$ 24,90

Sinopse:
"Dias após a eleição de Donald Trump, o historiador Timothy Snyder postou um texto no Facebook que rapidamente foi compartilhado por dezenas de milhares de pessoas. Ele começava assim: "Não somos mais sábios do que os europeus que viram a democracia dar lugar ao fascismo, ao nazismo ou ao comunismo no século XX. Nossa única vantagem é poder aprender com a experiência deles". O post então apresentava vinte lições tiradas do século XX e adaptadas para o mundo de hoje - ideia que Snyder desenvolve e aprofunda em Sobre a tirania, um livro curto, para ser lido numa sentada, mas ao qual se deve voltar regularmente para recuperar o fôlego e a inspiração que permitam enfrentar os desafios do presente."

Caminhos da Esquerda
Ruy Fausto - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
216 páginas - 2017 - R$ 39,90

Sinopse:
"A condição atual da esquerda é a de um homem perdido na floresta: é preciso encontrar uma saída. É a partir dessa constatação que o filósofo Ruy Fausto empreende um rigoroso balanço crítico da experiência histórica da esquerda, com foco no Brasil mas sem perder de vista o contexto internacional. Soma-se ao esforço crítico a tentativa de propor elementos para reconstruir um projeto ao mesmo tempo democrático, anticapitalista, antipopulista e com consciência ecológica. Caminhos da esquerda tem como base um texto publicado na revista piauí, em outubro de 2016, e que provocou extenso debate com interlocutores de todos os espectros políticos - prova da argúcia e solidez da reflexão de Ruy Fausto, e da necessidade de discussão pública qualificada em tempos marcados pela intolerância e pela fragilização da institucionalidade democrática."

Outra Sintonia
John Donvan Caren Zucker - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
664 páginas - 2017 - R$ 69,90

Sinopse:
"No início da década de 1930, Donald Triplett chamava atenção por seu comportamento peculiar, sua tendência ao isolamento e sua incrível capacidade de memorização. Apesar das mais variadas explicações dadas aos pais, o diagnóstico certeiro só seria feito depois de anos de acompanhamento: Donald era autista. É a partir do caso da família Triplett e de tantas outras que têm ou tiveram contato com o autismo que os premiados jornalistas John Donvan e Caren Zucker traçam um emocionante panorama de uma condição que ainda hoje instiga leigos e especialistas. Fazem parte dessa história as discordâncias médicas, os tratamentos controversos e, principalmente, a luta das famílias para que seus filhos tivessem seus direitos civis garantidos. Amparado por uma extensa pesquisa, Outra sintonia reconstitui a história do autismo de forma humana e sensível, ajudando os leitores a compreenderem a questão em seu significado mais simples: como diferença, e não como deficiência."

Mais de uma Luz
Amós Oz - Companhia das Letras / Companhia das Letras
136 páginas - 2017 - R$ 34,90

Sinopse:
"Com Mais de uma luz, o grande romancista Amós Oz se confirma também como um dos mais poderosos ensaístas da atualidade. O livro reúne três ensaios: no primeiro, Oz revê e amplia seu artigo clássico, "Como curar um fanático", argumentando em defesa da controvérsia e da diferença. Afinal, um fanático nunca entra num debate: se ele considera que algo é ruim, seu dever é liquidar imediatamente aquela abominação. No segundo ensaio, inspirado no livro Os judeus e as palavras, o autor tece uma belíssima reflexão sobre o judaísmo como eterno jogo de interpretação, reinterpretação, contrainterpretação. A fé nada teria a ver com a ideia de verdades eternas ou absolutas; o judaísmo, para Oz, é justamente a cultura do questionamento - e do debate. O texto final discute a candente questão da convivência em uma das regiões mais disputadas do mundo. Oz propõe um diálogo com a esquerda pacifista, sugerindo que se abandone o sonho de um estado binacional como solução para os conflitos entre Israel e Palestina - a saída, para ele, estaria na existência de dois estados nacionais diferentes."

O Martín Fierro, para as Seis Cordas e Evaristo Carriego
Jorge Luis Borges - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
272 páginas - 2017 - R$ 49,90

Sinopse:
"O Borges que emerge das páginas destes três livros é um escritor profundamente embrenhado na memória cultural argentina. Escrito em 1953, O Martín Fierro traz uma fina análise do poema homônimo, composto no século XIX por José Hernández e considerado obra fundadora da literatura de seu país. Em Para as seis cordas, de 1965, Borges lida com a milonga, forma poética e musical precursora do tango, calcada na tradição dos cantores populares. Já em Evaristo Carriego, concluído em 1930, Borges discute a obra do poeta, a quem conheceu pessoalmente e que se confunde com o bairro de Palermo, em Buenos Aires, onde Carriego passou a maior parte da vida."

Sobre a Brevidade da Vida / Sobre a Firmeza do Sábio
Sêneca - Penguin-Companhia / Grupo Companhia das Letras
80 páginas - 2017 - R$ 19,90

Sinopse:
"Os escritos do filósofo estoico Sêneca pertencem à categoria de obras que mudaram a humanidade e que, universais, resistem à passagem do tempo. Por meio de insights poderosos, eles transformam a maneira como nos vemos e já serviram de guia para inúmeras gerações por sua eloquência, lucidez e sabedoria. Sobre a brevidade da vida e Sobre a firmeza do sábio foram concebidos em forma de cartas e apresentam reflexões essenciais quanto à arte de viver, à passagem do tempo e à importância da razão e da moralidade. Traduzida do latim por José Eduardo S. Lohner, esta edição conta ainda com notas esclarecedoras do tradutor."

Juros, Moeda e Ortodoxia
André Lara Resende - Portfolio-Penguin / Grupo Companhia das Letras
192 páginas -2017 - R$ 39,90

Sinopse:
"Neste conjunto de ensaios, André Lara Resende reflete sobre as origens e o desenvolvimento da teoria monetária e suas implicações no contexto brasileiro. Juros, inflação e política fiscal recebem do autor um enfoque inovador, ancorado nas melhores investigações da atualidade, que põem em questão algumas convicções estabelecidas. Da teoria à história, os ensaios discutem as políticas comumente receitadas para a inflação crônica, a recessão e o desemprego. Antes de buscar a polêmica fácil ou propor uma "nova heterodoxia", este livro pretende estimular o debate ao abrir uma janela de oportunidade para a reflexão sobre políticas públicas da mais alta relevância."

Lançamentos da Companhia das Letras, Penguin-Companhia e Portfolio-Penguin (do Grupo Companhia das Letras) em junho de 2017.

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail