Lançamentos: Companhia das Letras, Boa Companhia, Portfolio Penguin e Fontanar (Grupo Companhia das Letras)

Lançamentos Companhia das Letras, Boa Companhia, Portfolio Penguin e Fontanar (Grupo Companhia das Letras) em maio de 2018.
Minha Noite no Século Vinte e Outros Pequenos Avanços
Kazuo Ishiguro - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
64 páginas - capa dura - R$ 34,90 - comprar

Sinopse:
"Em seu discurso proferido na Academia Sueca, Kazuo Ishiguro transmite uma poderosa mensagem de respeito às diferenças ao percorrer a própria história e, com ela, a do século XX.
No dia 7 de dezembro de 2017, Kazuo Ishiguro recebeu da Academia Sueca o prêmio Nobel, distinção máxima da literatura. Em seu discurso, o escritor inglês nascido no Japão esmiúça a própria história e, com ela, a do século XX, numa mensagem tocante que termina em apelo às novas gerações.
Ao revelar o impacto que a leitura de Em busca do tempo perdido teve em sua formação, Ishiguro assume o recurso de Proust como princípio compositivo de seu discurso e coloca lado a lado memórias distantes e eventos recentes, numa colagem em que as semelhanças abolem fronteiras de tempo, espaço e linguagem e fazem transparecer uma brilhante síntese do projeto literário do autor.
É assim que o escritor revela, sempre com a mesma despretensão pela qual ficou conhecido, como uma canção de Tom Waits influenciou a criação de uma das personagens de seu primoroso romance Os vestígios do dia. Com a disponibilidade de espírito das grandes mentes, Ishiguro encontra inspiração em formas mundanas como a comédia americana Século XX, de Howard Hawks, por meio da qual se dá conta da importância de se dedicar ao relacionamento entre as personagens, e não a elas em particular. Foi a partir dessa percepção, prosaica em sua origem, que surgiu a ideia do triângulo amoroso de Não me abandone jamais.
Rememorando desde a relação com o Japão de sua infância e as lembranças da terra à qual levou décadas para voltar até uma visita a Auschwitz, Ishiguro destila uma poderosa reflexão sobre memória e esquecimento, sobre o dever de preservarmos o passado e a tarefa — nem sempre fácil — de seguirmos adiante e preservarmos o futuro.
Comovente afirmação dos direitos e das liberdades individuais, este discurso abre fogo contra o racismo e, numa afirmação da necessidade de expandir os limites do discurso literário para abarcar mais visões de mundo, apresenta-se como um texto de valor literário que em nada deve aos romances do autor. Sua leitura deixa claro por que ele é um dos maiores escritores do século XX. "

Um Artista do Mundo Flutuante
Kazuo Ishiguro - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
232 páginas - R$ 49,90 - comprar

Sinopse:
"Um romance sensível e comovente do vencedor do prêmio Nobel, ambientado no Japão após a Segunda Guerra Mundial.
Masuji Ono, protagonista e narrador deste primoroso romance do vencedor do prêmio Nobel de literatura, é um homem de seu tempo. Pintor de grande renome do Japão antes e durante a Segunda Guerra Mundial, ainda jovem Masuji desafiou o pai para seguir a vocação artística e, durante seu desenvolvimento criativo, lutou contra as amarras da arte tradicional japonesa para dar lugar a uma produção propagandística a serviço de seu país. Usando a influência de que gozava perante as autoridades do governo imperial, Ono buscava ajudar pessoas de bem em situações menos favorecidas do que a sua.
Ambientado nos anos imediatamente após a rendição, o romance descortina a vida de Masuji já aposentado, procurando entender as mudanças vividas pelo país e impressas na mentalidade da geração mais jovem, da qual fazem parte suas duas filhas. Ao procurar entender por que as negociações para o casamento da mais nova delas foram abruptamente interrompidas, o protagonista se vê levado a rememorar sua vida de artista e professor respeitado e a enfrentar a consequência dos próprios atos no destino de seus descendentes.
Retrato comovente de um momento histórico cujos desdobramentos se veem até os dias de hoje, Um artista do mundo flutuante é também um poderoso romance sobre a velhice, a culpa e a passagem do tempo.
“Há muitos bons escritores, mas poucos bons romancistas. Kazuo Ishiguro pertence a este escasso grupo. Seu segundo romance, Um artista do mundo flutuante, é do tipo que aprofunda a consciência do leitor, ensinando-o a ler mais sensivelmente.” — The New York Times Book Review."

Elza, a Garota
Sérgio Rodrigues - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
216 páginas - R$ 44,90 - comprar

Sinopse:
"Unindo o trabalho jornalístico aos artifícios da ficção, Sérgio Rodrigues esmiúça um dos episódios mais controversos de nossa história — que tanto a esquerda quanto a direita fizeram questão de apagar.
Tudo indica que Elza Fernandes tinha dezesseis anos quando foi assassinada, em 1936, a mando da alta cúpula do Partido Comunista do Brasil, sob suspeita de traição. A dúvida sobre sua idade é uma das muitas incoerências que circundam a biografia de Elvira Cupello Calônio — a jovem por trás do codinome.
Neste romance revelador, Sérgio Rodrigues se vale do talento literário e do rigor jornalístico para tentar preencher algumas dessas lacunas. De um lado, acompanhamos a vida de Molina, aspirante a escritor contratado por um senhor misterioso para escrever suas memórias dos tempos de comunista. De outro, somos confrontados com documentos, relatos e entrevistas, frutos de um trabalho ímpar de investigação e pesquisa.
Ao retratar um dos incidentes mais nebulosos da Era Vargas, o romance joga luz sobre uma personagem esquecida e contribui para esclarecer uma questão imprescindível: afinal, por que Elza foi varrida da história do Brasil?
“Um romance com muita imaginação, que mistura lances de reportagem investigativa, de thriller policial, aventura, suspense e espionagem. Nada disso, no entanto, teria valor se o autor não empregasse uma técnica narrativa irresistível e se não escrevesse tão bem. Um livro indispensável.” — Zuenir Ventura."

Dicionário da Escravidão e Liberdade
Vários autores - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
Organização: Lilia Moritz Schwarcz e Flávio dos Santos Gomes
560 páginas - R$ 74,90 - comprar

Sinopse:
"Para comemorar criticamente os 130 anos da abolição da escravidão, cinquenta textos dos maiores especialistas no tema. Um panorama abrangente de como a escravidão se enraizou perversamente em nosso cotidiano.
“A meia centena de ensaios concisos que Lilia Moritz Schwarcz e Flávio dos Santos Gomes reuniram neste volume, com título e intenção de ser um dicionário temático, mostra a grande quantidade de faces que compõem o que é um poliedro em movimento. Cada um desses textos convida a novos textos, a novas pesquisas, a aprofundamentos, a novas comparações e a contestações.
Não faltam neste livro parágrafos sobre a espera, a busca e a obtenção da liberdade. Sobre a liberdade como antônimo de escravidão, mas que com ela coexiste para a ela se opor. Se estes ensaios nos dizem que o passado é sem esperança de conserto, eles não nos deixam esquecer que não há sombra sem luz.” - Do prefácio de Alberto da Costa e Silva."

O Lulismo em Crise
André Singer - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
392 páginas - R$ 54,90 - comprar

Sinopse:
"O autor do conceito de lulismo apresenta uma poderosa interpretação do funcionamento do sistema político-partidário brasileiro, tomando como objeto de análise os anos Dilma
Em O lulismo em crise, André Singer enfrenta o desafio de remontar o quebra-cabeça dos anos em que Dilma Rousseff foi presidente da república e apresenta uma interpretação original para o funcionamento do sistema político-partidário brasileiro.
Com prosa límpida e argumentação rigorosa, Singer explica por que o afastamento de duas vigas estruturantes do arranjo lulista — a relação com o capital financeiro e com o PMDB, o “partido do interior” — teve custo tão alto. Onças foram cutucadas com varas curtas, sem que tivesse havido mobilização de bases sociais que apoiassem a continuidade do lulismo, em sua nova versão, de reformismo forte. Em processo simultâneo, a Lava Jato acabou por galvanizar apoio de significativas frações da sociedade, tornando-se decisiva na propagação das ondas antilulistas que levariam ao impeachment.
Reconstruindo de maneira minuciosa o que chama de ensaio desenvolvimentista e ensaio republicano tentados por Dilma, o autor apresenta as razões pelas quais acabou vencedora a fórmula do senador Romero Jucá do “acordo nacional”, “com o Supremo, com tudo” para derrubar a presidente."

Informe do Planeta Azul
Luis Fernando Verissimo - Boa Companhia / Grupo Companhia das Letras
152 páginas - R$ 32,90 - comprar

Sinopse:
"Uma antologia com mais de quarenta textos de leitura fácil e divertida, que abordam situações triviais de nosso dia a dia com o inigualável humor de Verissimo.
Filho do craque da literatura Erico Verissimo, Luis Fernando Verissimo tem uma vasta obra que inclui centenas de contos e crônicas, além de romances, poemas e quadrinhos. Em Informe do planeta azul foram reunidos textos de diversas fases da trajetória do escritor, alguns deles publicados nos anos 1980 e 1990 e, em alguns casos, nunca mais republicados.
As temáticas e personagens dos textos são muito variadas, passando pelas cenas mais cotidianas, até situações que beiram o absurdo, como a da mulher que, na sala de espera do consultório do dentista, lê sobre sua própria vida numa revista. Trechos do diário do dr. Frankenstein e a história do japonês que não sabia que a Segunda Guerra Mundial tinha terminado são apenas alguns exemplos do que você encontrará neste livro.
Unanimidade, sucesso de crítica e de público, Verissimo é mesmo uma boa companhia e encanta leitores de todas as idades com seu olhar atento, inteligente e bem-humorado sobre os mais variados assuntos: literatura, tecnologia, convenções sociais, educação, pequenos dramas cotidianos, comportamento."

O Fim dos Bancos
Jonathan McMillan - Portfolio Penguin / Grupo Companhia das Letras
272 páginas - R$ 49,90 - comprar

Sinopse:
"Os autores apresentam uma proposta revolucionária que toca no principal ponto vulnerável do sistema bancário.
Este livro é uma espécie de manifesto a favor da eliminação da prática de banking, ou seja, da atividade bancária que consiste na criação de uma grande quantidade de dinheiro através da expansão do crédito. O sistema bancário é explicado logo na primeira parte, que traz ainda um relato de como os bancos se desenvolveram e se transformaram na era da revolução digital.
A segunda parte é uma análise da crise de 2008, que os autores consideram uma consequência inevitável do mundo digitalizado. E eles concluem o livro defendendo o fim da prática de banking como existe hoje, com o argumento de que essa é uma solução universal que não afetaria outros negócios nem a forma como os empréstimos e hipotecas funcionam para as pessoas. Os bancos, portanto, ainda existiriam, mas as atividades bancárias seriam eliminadas."

Economês em Bom Português
Equipe do Por Quê - Portfolio Penguin / Grupo Companhia das Letras
256 páginas - R$ 44,90 - comprar

Sinopse:
"Escrito pelos economistas do blog Por Quê?, este livro vai abrir os olhos do leitor e desmitificar a economia com informações qualificadas e de fácil compreensão.
Isenção, didatismo, precisão, clareza e criatividade. É com essas bases que os autores deste livro, os economistas que fazem parte da equipe do blog Por Quê? (porque.uol.com.br), traduzem o economês para o bom português, transformando aversão em interesse.
A economia afeta de modo fundamental a vida de todos nós, porém sabe-se que muitas vezes viramos logo a página do jornal ou mudamos de canal quando deparamos com essa palavra. O objetivo dos artigos é mostrar como o raciocínio econômico pode ser uma das chaves mais eficientes para escaparmos de armadilhas eleitoreiras, oferecendo as ferramentas para que o leitor forme sua própria opinião e faça as perguntas certas: aquelas que fazem pensar e que provocam as respostas mais esclarecedoras.
Inclui prefácio de Armínio Fraga."

Celular: Como Dar um Tempo
Catherine Price - Fontanar / Grupo Companhia das Letras
176 páginas - R$ 34,90 - comprar

Sinopse:
"Dicas práticas testadas para realmente mudar a vida de todo mundo que já sofreu com a ansiedade de ter um smartphone.
Seu telefone é a primeira coisa que você procura ao acordar e a última coisa na qual toca antes de dormir? Você já sentiu ansiedade de passar muito tempo longe do celular — ou muito tempo nos aplicativos dentro dele? Já se viu pegando o seu smartphone apenas para responder uma mensagem e quarenta e cinco minutos depois se assustou ao descobrir quanto tempo se passou? Já disse que gostaria de passar menos tempo com o aparelho, mas não sabe como fazer isso sem perder os benefícios que ele trouxe para a sua vida? Se respondeu sim a qualquer dessas perguntas, este livro é a solução para você.
A premiada jornalista Catherine Price apresenta um plano prático e detalhado de como dar um tempo na relação com o celular – e depois fazer as pazes. O objetivo? Um relacionamento duradouro e livre de anseios no qual você se sinta bem."

Nenhum comentário

Antes da publicação, os comentários passam por moderação, então aguarde, por favor.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos, não serão publicados, assim como pedidos de e-Books ilegais.
Sua opinião é muito importante! Através dos comentários é que posso tentar fazer um blog mais interessante.
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras