Pesquise no Leitora Viciada

27 de julho de 2018

Lançamentos: Record e Bertrand Brasil (Grupo Editorial Record)

Lançamentos de julho de 2018 da Editora Record e da Bertrand Brasil, ambas do Grupo Editorial Record.
O Outsider: Minha Vida na Intriga
Frederick Foryth - Record / Grupo Editorial Record
336 páginas - R$ 54,90 (impresso) e R$ 44,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Frederick Forsyth, um dos autores que moldou o thriller moderno, conta uma das histórias mais intrigantes de sua carreira: sua própria vida. Há mais de quarenta anos, Frederick Forsyth escreve livros extraordinários sobre as intrigas do mundo, de O dia do Chacal, uma de suas histórias mais inovadoras, até A lista, que mais parece um presságio de acontecimentos atuais. Seja escrevendo sobre o submundo do tráfico de armas e drogas, ou tratando de movimentos nazistas na Alemanha pós-Segunda Guerra, tudo o que Forsyth escreve soa plausível devido à ampla pesquisa que realiza para cada livro. Mas o que muitos não sabem é que algumas de suas maiores histórias são baseadas em sua própria vida. Treinado como piloto da Força Aérea Real e depois como jornalista, Frederick Forsyth voltou sua obra para a ficção e se tornou um dos maiores autores de thrillers do mundo. Tão empolgante quanto seus romances, sua autobiografia oferece um olhar sincero para a vida extraordinária que levou, uma vida cujas experiências únicas serviram de inspiração para seus best-sellers internacionais."

Trapo
Edição comemorativa de 30 anos
Cristóvão Tezza - Record / Grupo Editorial Record
304 páginas - R$ 54,90 (impresso) - comprar

Sinopse:
"Edição comemorativa de 30 anos da obra que consagrou Tezza como um dos expoentes de uma nova geração de escritores brasileiros da década de 80. Em uma noite comum, o professor aposentado Manuel recebe em sua casa uma visita estranha e um pedido inusitado: uma dona de pensão com aparência vulgar entrega dois pacotes contendo originais de um jovem poeta, marginal e suicida. A mulher quer que Manuel leia o espólio de Trapo, o artista em questão, e decida se aquilo tem valor. Enredado pelo encantamento da situação, o professor percebe que apenas a leitura é insuficiente, e passa a investigar os motivos que levaram o jovem ao suicídio. Procura amigos, entrevista pessoas, conversa com o pai do rapaz e tenta achar a jovem Rosa, a quem Trapo endereça suas cartas-poemas. Nesta obra, Tezza mostra extrema habilidade em costurar no romance a narrativa conduzida por Manuel e as tresloucadas cartas de Trapo."

Construir e Habitar
Richard Sennett - Record / Grupo Editorial Record
378 páginas - R$ 59,90 (impresso) - comprar

Sinopse:
"Um estudo sobre o homem na cidade, a evolução do espaço público e a forma como as construções afetam a vida das pessoas Com base em anos de estudo sobre urbanismo, Sennett explora a relação entre o bom aproveitamento do espaço construído e uma boa vida, com exemplos de diversas cidades ao redor do mundo e pensadores clássicos, além de sua própria experiência de décadas como urbanista – testando na prática o que funciona ou não e por quê. Para o autor, a solução prática para a maior parte dos problemas urbanos é encontrar a saída ética para a relação entre o planejamento da cidade e seus habitantes. Com reflexões extremamente relevantes para o momento que vivemos – em que a ocupação de espaços urbanos é maior do que nunca e a habitação é assunto urgente –, Construir e habitar apresenta uma visão ousada e original para o futuro das cidades."

Ligação Mortal
Mortal - livro 29
J. D. Robb - Bertrand Brasil / Grupo Editorial Record
448 páginas - R$ 49,90 (impresso) e R$ (39,90 (ebbok) - comprar

Sinopse:
"Vingança, punição e um assassino sádico à solta no mais novo thriller da série Mortal Ansiosos para passar algum tempo com Deena, a filha de dezesseis anos, o recém-promovido capitão do Departamento de Polícia da Cidade de Nova York e sua mulher decidem antecipar o retorno de uma viagem de fim de semana. Nem mesmo seus piores pesadelos poderiam prepará-los para a cena brutal que os aguardava em casa. O corpo de Deena, assassinada em seu próprio quarto, apresentava sinais de trauma que chocaram até os policiais mais durões da Divisão de Homicídios, incluindo a tenente Eve Dallas, que foi especificamente designada para investigar o caso. Após uma longa investigação, Dallas e sua equipe acreditam que estão mais perto de prender o agressor. Mas a vasta experiência do assassino em assumir inúmeras identidades deixa claro que a tenente está diante de um caso muito mais complexo do que previra."

Skoob

Online

Siga por e-mail