Lançamentos: Companhia das Letras, Quadrinhos na Cia., Suma, Boa Companhia, Portfolio Penguin e Penguin Companhia (Grupo Companhia das Letras)

Lançamentos de setembro de 2018 da Companhia das Letras, Editora Suma, Quadrinhos na Cia., Boa Companhia, Portfolio Penguin e Penguin Companhia, selos / editoras do Grupo Companhia das Letras.
Terra Estranha
James Baldwin - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
544 páginas - R$ 69,90 (impresso) - comprar

Sinopse:
"Este romance de fôlego, publicado em 1962, tem como pano de fundo os clubes de jazz de Greenwich Village, em Nova York, na década de 1950. Rufus, um baterista negro em decadência, se envolve com Leona, uma mulher branca nascida no sul dos Estados Unidos. Dessa relação complexa em sua origem, desdobram-se temas caros a James Baldwin, como raça, nacionalismo, identidade, depressão e bissexualidade.
Em Terra estranha, o celebrado autor de O quarto de Giovanni constrói uma obra comovente, violenta e apaixonada, cujos personagens tentam reverter a todo custo as barreiras da segregação racial e das convenções burguesas em busca da felicidade e de si mesmos."

Glória
Nove edição.
Victor Heringer - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
296 páginas - R$ 49,90 (impresso) e R$ 29,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Glória conta a história dos Alencar Costa e Oliveira, uma “família de doentes imaginários”. Eles se comunicam com chistes, tiradas, diálogos zombeteiros. Falam o oposto do que querem dizer ou repetem as mesmas frases até que passem a ter outro sentido. Neste caso, o bordão oficial da casa quando algo dá errado — a comida queima no forno, os filhos não param quietos — é “Deus é, era, gago”. Serve, como se vê, para quase todas as situações.
Além do humor idiossincrático, os Alencar Costa e Oliveira têm outra característica em comum. Ninguém da linhagem morre de doença ou de acidente. A melancolia aguda, fatalidade que se repete de geração em geração, é a maldição que paira sobre o sobrenome. Esta talvez seja a única tradição da família: a causa do óbito, invariavelmente, é o desgosto.
Com erudição, graça e inventividade, Victor Heringer traça o destino de três irmãos — Daniel, Abel e Benjamin —, misturando referências literárias e notas de rodapé improváveis. Neste livro nonsense e engenhoso, o estilo à la Machado de Assis se funde ao cotidiano carioca do século XXI, quando as formigas invadem o bairro da Glória e os personagens frequentam uma sala de bate-papo virtual em que a palavra de ordem é a ironia."

As Últimas Testemunhas
Svetlana Aleksiévitch - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
544 páginas - R$ 54,90 (impresso) e R$ 34,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"A Segunda Guerra Mundial matou quase 13 milhões de crianças e, em 1945, apenas na Bielorrússia, havia cerca de 27 mil delas em orfanatos, resultado da devastação tremenda causada pelo conflito no país. Entre 1978 e 2004, a jornalista Svetlana Aleksiévitch entrevistou uma centena desses sobreviventes e, a partir de seus testemunhos, criou uma narrativa estupenda e brutal de uma das maiores tragédias da história. A leitura dessas memórias não é nada além de devastadora. Diante da experiência dessas crianças se revela uma dimensão pavorosa do que é viver num tempo de terror constante, cercado de morte, fome, desamparo, frio e todo tipo de sofrimento. E o que resta da infância em uma realidade em que nada é poupado aos pequenos? Neste retrato pessoal e inédito sobre essas jovens testemunhas, a autora realizou uma obra-prima literária a partir das próprias vozes de seus protagonistas, que emprestaram suas palavras para construir uma história oral da Segunda Guerra."

Juca Paranhos: o Barão do Rio Branco
Luís Cláudio Villafañe G. Santos - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
544 páginas - R$ 84,90 (impresso) e R$ 39,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Nesta biografia do barão do Rio Branco, Luís Cláudio Villafañe G. Santos se contrapõe à visão convencional de Paranhos Júnior como intelectual distante, absorto em seus infindáveis estudos históricos. Aqui, a complexa e muitas vezes controversa trajetória pessoal do Barão — que buscou ativamente e com grande empenho reforçar a própria posição na diplomacia e na política — é apresentada dentro do contexto das grandes transformações vividas pelo Brasil e pelo mundo entre a segunda metade do século XIX e o início do XX.
“O barão do Rio Branco de nossa admiração não esconde o amante egoísta, o vaidoso que alimentava a claque de seu teatro pessoal, o centralizador que desmerecia a ajuda dos colaboradores, o sedento de glória, o glutão e o esbanjador para quem todo dinheiro era pouco. Reexaminando o muito que se escreveu sobre o barão, assim como a sua correspondência ativa e passiva, e lendo, dia a dia, linha a linha, o que, na época, estampavam os jornais, Luís Cláudio Villafañe G. Santos trouxe para a nossa companhia um Rio Branco confiante no forte saber que lhe moldava os argumentos e as ações. E tão bem contada é a sua vida e tão nítidos os retratos, que ele sai deste livro, nos toma pelo braço e nos convida para jantar no Hotel dos Estrangeiros.” — Alberto da Costa e Silva."

O Novo Iluminismo
Steven Pinker - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
688 páginas - R$ 84,90 (impresso) e R$ 39,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Em O novo Iluminismo, uma original avaliação da condição humana no terceiro milênio, o cientista cognitivo Steven Pinker nos incita a rechaçar manchetes alarmistas e profecias apocalípticas, que vicejam nos dias atuais e influenciam nossa visão de mundo. Com 75 gráficos impressionantes, ele demostra que a vida, a saúde, a prosperidade, a segurança, a paz, o conhecimento e a felicidade estão em ascensão, não apenas no Ocidente, mas em todo o mundo. Para Pinker, esse progresso é uma herança do Iluminismo: a convicção de que a razão e a ciência podem impulsionar o florescimento humano - e, mais do que nunca, elas precisam de uma defesa vigorosa. Nadando contra as correntes da natureza humana exploradas por demagogos - tribalismo, autoritarismo, demonização, pensamento mágico -, o projeto iluminista é atacado por religiosos, políticos e intelectuais pessimistas que insistem que a civilização ocidental passa por um inexorável processo de declínio. Mas basta olhar os dados: eles indicam que, com o avanço do conhecimento, as pessoas estão de fato vivendo mais e melhor. Sem negar que nossos tempos são atribulados, Steven Pinker não hesita em apontar o caminho para as soluções: reforçar o ideal iluminista de usar a razão e a ciência para resolver problemas."

O Progressista de Ontem e do Amanhã
Mark Lilla - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
120 páginas - R$ 44,90 (impresso) e R$ 29,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"No final de 2016, a surpreendente vitória presidencial de Donald Trump assinalou um momento crucial na política norte-americana, com repercussões em todas as democracias do Ocidente. Defensores do livre mercado e do bem-estar social à maneira de Roosevelt, Kennedy e Obama, os liberais progressistas repentinamente se deram conta de sua profunda desconexão com a massa das pessoas comuns.
Para Mark Lilla, o sucesso das políticas identitárias de proteção às minorias solapou a coesão social e abriu caminho para a ascensão do populismo. O autor examina esse fenômeno histórico de consequências imprevisíveis para invocar um retorno urgente e radical aos fundamentos institucionais da cidadania."

Presidencialismo de Coalizão
Sérgio Abranches - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
440 páginas - R$ 69,90 (impresso) e R$ 39,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Em Presidencialismo de coalizão, o sociólogo Sérgio Abranches radiografa as entranhas da política na ainda frágil democracia brasileira, formulando soluções renovadoras para a correção de suas falhas estruturais. Mais de setenta anos depois do fim do Estado Novo, com outra longa ditadura de entremeio, o que deu certo e o que tem dado errado no sistema político arquitetado pelos construtores da República? Rastreando as origens da combinação entre democracia e poder oligárquico desde a “política dos governadores” de Campos Sales, o autor revisita com lucidez penetrante os momentos críticos da história do Brasil republicano. Desde 1945, excetuado o período autoritário da ditadura militar (1964-85), os presidentes brasileiros têm dependido de coalizões para governar, tornando-se reféns dos humores das oligarquias congressuais e estaduais. Nesse quadro volátil, a implementação de políticas públicas fica aquém das necessidades do país. Clientelismo, corrupção e judicialização da política são facetas negativas de um sistema democrático que, se permitiu avanços significativos, está à mercê dos partidários do atraso em momentos decisivos."

O Sentido da Existência Humana
Edard O. Wilson - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
168 páginas - R$ 54,90 (impresso) e R$ 34,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Neste livro excepcional, o premiado biólogo Edward O. Wilson debruça-se sobre questões existenciais para entender o que faz os seres humanos serem tão diferentes de todas as outras espécies. Procurando sentido no que Nietzsche chamou de “as cores do arco-íris” às bordas do saber e da imaginação, Wilson une ciência e filosofia para conduzir os leitores a uma viagem pela nossa origem mais remota até uma provocadora hipótese sobre o futuro.
Wilson afirma que hoje sabemos tanto sobre o universo e sobre nossa espécie que nos aproximamos de maneira sistemática e empírica de reflexões quanto ao significado da vida inteligente. Seja tentando explicar o livre-arbítrio ou a religião; alertar para o colapso da biodiversidade; ou até criar um convincente retrato de um ET, o autor defende que a humanidade de fato ocupa um lugar especial no universo conhecido."

Na Fissura
Johann Hari - Companhia das Letras / Grupo Companhia das Letras
528 páginas - R$ 89,90 (impresso) e R$ 39,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Engajado contra as calamidades da repressão, o jornalista e escritor Johann Hari investigou a fundo o paradoxo do proibicionismo neste livro-reportagem. Sem negligenciar os perigos do consumo de narcóticos, que devem ser objeto de políticas médico-sociais semelhantes às do álcool e do tabaco, o autor suíço-britânico denuncia os enormes prejuízos socioeconômicos causados pelo massacre de consumidores e vendedores postos na ilegalidade.
Dos morros cariocas às montanhas suíças, passando por EUA, Canadá, México, Uruguai e sua Grã-Bretanha natal, Hari corporifica um balanço realista do problema. O livro mostra como a guerra transformou os países na rota do tráfico e tem obliterado um debate honesto sobre as verdadeiras origens da adição."

A Revolução dos Bichos: o Clássico de George Orwell em Quadrinhos
George Orwell e Odyr - Quadrinhos na Cia. /Grupo Companhia das Letras
176 páginas - R$ 69,90 (impresso) - comprar

Sinopse:
"Odyr passou os últimos anos envolvido numa empreitada desafiadora: transformar em quadrinhos um dos maiores clássicos da literatura mundial, A revolução dos bichos. Em tinta acrílica, fazendo com que cada página se tornasse uma verdadeira obra de arte, Odyr deu forma à narrativa de George Orwell — e a personagens antológicos como os porcos Napoleão e Bola-de-Neve. Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945, essa breve narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. Mas não só. Mais de sessenta anos depois, A revolução dos bichos se tornou uma alegoria universal sobre as fraquezas humanas que levam à corrosão de grandes ideias e projetos de revolução política."

Espere Agora pelo Ano Passado
Philip K. Dick - Suma / Grupo Companhia das Letras
Organização: Pierre Moreau, Giuliana Napolitano, Jair Ribeiro e Celso Loducca
296 páginas - R$ 59,90 (impresso em capa dura) e R$ xx,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"O dr. Eric Sweetscent está em apuros. Seu planeta está enredado em uma guerra intergaláctica; sua esposa é letalmente viciada em uma poderosa droga com efeitos colaterais estranhos; e seu novo paciente não é apenas o homem mais importante da Terra, como talvez o mais doente.
Em meio a uma crise interplanetária, onde nada é exatamente o que parece, Eric se torna o médico pessoal do secretário-geral Gino Molinari, que transformou suas misteriosas doenças em um instrumento político — e Eric já não sabe se seu trabalho é curá-lo ou apenas mantê-lo vivo. Navegando entre o impossível e o inevitável, Philip K. Dick nos apresenta um futuro onde a realidade é uma superfície terrivelmente tênue, multifacetada — e faz com que o leitor repense tudo o que sabe sobre o tempo."

Haicais Tropicais
Vários autores - Boa Companhia / Grupo Companhia das Letras
Organização: Rodolfo W. Guttilla
168 páginas - R$ 39,90 (impresso) e R$ 27,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Pequeno poema de origem japonesa, o haicai chegou ao Brasil no início do século XX e aqui trilhou sua própria história. Há mais de trinta anos, o poeta e pesquisador Rodolfo Witzig Guttilla faz um brilhante trabalho arqueológico - que inclui desde a consulta a edições raras a entrevistas com autores - para reconstituir esse percurso e mapear nossos haicaístas.
Um dos frutos dessa pesquisa é Haicais tropicais, antologia com vinte poetas brasileiros que tiveram contato com a prática - seja criando ou traduzindo haicais - e contribuíram para sua difusão. São nomes consagrados, como Paulo Mendes Campos, Mario Quintana e Manoel de Barros, inusitados ou pouco lembrados de nosso cânone, como Sérgio Milliet e Austen Amaro, e contemporâneos, como Alice Ruiz S e Régis Bonvicino. Muitos deles ainda estão na ativa e renovam o gênero com frescor e originalidade, provando que o poema japonês de três versos permanece atual.
Com mais de uma centena de tercetos, além de uma introdução sobre o histórico do haicai e biografias dos autores selecionados, este é um convite para conhecer a tradição poética japonesa em sua melhor roupagem tropical."

A Nova Geração de CEOs
Vários autores - Portfolio Penguin / Grupo Companhia das Letras
Organização: Pierre Moreau, Giuliana Napolitano, Jair Ribeiro e Celso Loducca
184 páginas - R$ 54,90 (impresso) e R$ 34,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Como se tornar um CEO bem-sucedido num mundo de mudanças rápidas como o atual? “O que faz diferença é saber o seu foco e ter flexibilidade para se adaptar aos contextos que surgem”, explica o executivo Fábio Barbosa no prefácio deste livro. Aqui, presidentes de grandes empresas, na faixa dos quarenta anos, contam suas trajetórias e abordam seus acertos e erros na carreira. Atuando em áreas diversas — do e-commerce à construção civil, passando por educação, aviação e varejo —, esses homens e mulheres falam sobre como gerenciar pessoas, acompanhar os avanços tecnológicos e comandar negócios num país com as particularidades e os desafios do Brasil."

Dublinenses
James Joyce - Penguin Companhia / Grupo Companhia das Letras
288 páginas - R$ 39,90 (impresso) e R$ 27,90 (ebook) - comprar

Sinopse:
"Uma das coletâneas de contos mais conhecida da língua inglesa, Dublinenses faz um retrato vívido e inclemente sobre a “boa e velha Dublin” do começo do século XX. Essas quinze histórias, incluindo “Arábias”, “Graça” e “Os mortos”, mergulham no coração da cidade natal de James Joyce, capturando não só a cadência da fala, mas também o realismo quase brutal dos sentimentos de seus habitantes. A edição ainda inclui a história “O velho vigia”, escrita por Berkeley Campbell, que serviu de mote para que Joyce escrevesse o conto “As irmãs”, que abre a coletânea. Publicado pela primeira vez em 1914, este livro decifra a vida da classe média católica da Irlanda, mas também lida com temas universais como decepções, frustrações e o despertar sexual. Joyce tinha 25 anos quando escreveu estes contos, considerados por muitos tanto um experimento literário quanto a obra mais acessível do autor."

Editoras parceiras