publicidade

Raízes e Asas de Ronaldo Luiz Souza

Raízes e Asas, A Busca Pela Sabedoria do Caminho
Ronaldo Luiz Souza - Editora Usina das Letras
156 páginas - Lançamento: 2010

Sinopse:
"Um pássaro migratório em busca da sabedoria. Um pinheirinho solitário em um vale deserto. Estes são os personagens desta cativante e envolvente estória que nos revela a essência de verdades universais e nos desperta para a preciosidade da vida, da alegria e do amor.
Uma estória simples, contada de forma a cativar milhares de leitores ao redor do mundo. Uma estória que espelha nossas mais profundas dúvidas e nos lança a uma reflexão íntima sobre nossas vidas, nosso ontem e nosso amanhã, aproximando-nos da sabedoria e da arte da liderança, da liberdade e da conquista de um sonho.
“Raízes e Asas” começa com a devastação de uma floresta milenar em um vale cercado por montanhas. Refúgio de pássaros migratórios que fazem dali um local de descanso nas migrações entre hemisférios, o vale deserto torna-se o cenário do encontro de dois personagens apaixonantes, de mundos completamente diferentes: Um pássaro migratório e um pinheirinho solitário.
Conseguir respostas e utilizá-las para reconstruir sua identidade e reorientá-lo em seu caminho. Esta é a sabedoria que o migrante Branno busca colher a cada bater de asas. Cercado de perigos em sua jornada, ferido e incapaz de voar, ele se vê forçado a ficar ilhado por todo o inverno num vale deserto. Ali conhece um amigo especial, um pinheirinho, e juntos partilham seus sonhos e esperanças, encorajando-se mutuamente.
“Raízes e Asas” é sobre nossas próprias vidas, nossas dificuldades, dúvidas, anseios e sonhos. É sobre a fraqueza e a força de todo ser humano. É sobre a esperança em nós e no amanhã de toda a humanidade. Temos enfim, através da aventura dos personagens, a chance de percebemos nossas vidas, aprendermos sobre as escolhas, a sabedoria e o caminho que trilhamos. A busca pela sabedoria do caminho é também a busca por respostas às nossas questões pessoais.
Mais que acompanhar um pássaro em sua longa Migração através de continentes ou o crescimento de uma árvore, Raízes e Asas nos envolve em uma jornada espiritual dentro de nosso íntimo, no âmago de nossos sentimentos e convicções, guiando-nos para além das dificuldades e desastres, em busca da sabedoria para trilhar nossos passos. Devolve às nossas mãos a chave para a alegria e a realização pessoal: o desenvolvimento de nossos dons e a realização de nossos sonhos."



Minha resenha:
Primeiramente, nunca li um livro de auto-ajuda ou que abordasse temas ligados à Psicologia ou Filosofia que me agradasse. Sempre que eu leio esse tipo de livro, me sinto uma tola, com aqueles ensinamentos e mensagens de superação ou reflexão. Nunca tenho paciência para ler as frases destacadas.
Após ler Raízes e Asas, descobri o verdadeiro motivo pelo qual desgosto desse tipo de livro: os enredos e histórias utlizadas como plano de fundo para a mensagem que o autor tenta passar, são chatos, falsos, vazios, superficiais.
Raízes e Asas é muito diferente. Não tem nada em comum com esses livros, exceto pelas mensagens de reflexão, que tornam-se agradáveis a partir do momento em que se encaixam na história. Não é um ato impensado, muito menos forçado, realizado pelo autor. É o tipo de livro que leva o leitor a pensar e a refletir sobre diversos assuntos, sem o obrigar a isso. É algo natural.
Desde a primeira página, percebemos que aprender sobre algo é um fator coadjuvante. O principal é a história. O resto é consequência, é complementar.
Ronaldo escreve de forma única, com delicadeza e sutileza. Transforma seres como árvores e aves em completos e racionais personagens, com muita naturalidade, nos fazendo crer em seus atos e pensamentos. Até mesmo seres inanimados como a água ou o céu parecem criar vida ao longo da narrativa. É incrível como todo o ambiente toca o leitor e interliga-se, fazendo parte de um todo, chamado vida.
A capa é perfeita, exibindo os personagens principais: Branno, o pássaro migratório, dono de uma incrível habilidade durante o voo, livre e viajante. Ele lidera um grande bando de aves, aonde todos se complementam e se respeitam. O outro personagem, é um pequenino pinheirinho, que vive refém de suas raízes, preso à um vale deserto e vazio, que já foi uma linda floresta. Ele é o único sobrevivente de um massacre realizado pelos humanos, que arrancaram todas as árvores.
O livro é feito em papel reciclado, um charmoso detalhe muito bem planejado, já que toda a história é ecológica; o papel do livro não deveria ser outro!
A forma como o Ronaldo escreve, como eu já disse, além de delicada e sutil, é comovente. Não há como fingir que esse livro é uma mera fábula, e pensar que mensagens sobre proteger e respeitar a natureza é algo batido e já totalmente explorado, porque não é! O segredo está na forma como se escreve. Acredito que temas e assuntos podem ser repetidos e repensados, desde que o autor possua o dom da escrita. E além disso, um estilo único. Você encontrará isso na escrita do Ronaldo.
Adorei a forma como ele narra a história. Ás vezes ela é contada pelo pássaro Branno, e em outras é em terceira pessoa, um narrador.
Outro elogio que faço, e foi o que mais admirei, é como o Ronaldo faz a gente se sentir pássaro, ou árvore, ou terra... Quando ele conta por exemplo, como o pássaro se sente, em reações físicas, passando das penas ao bico e você por um momento se sente pássaro, ou imagina que deve ser assim que o pássaro se sente, conclui-se: que escrita mágica!
A história dura anos e em alguns momentos você se sente triste. Eu pensei em como situações apresentadas ali como únicas e totalmente drásticas, são rotineiras. A caça indiscriminada, matar animais por diversão, por esporte, foi o que mais me chocou. Como as aves sofrem! E não me venha ninguém dizendo que os animais são irracionais e por isso não sofrem. Não acredito nisso, essa é minha opinião. Para mim, eles podem não ter o raciocínio lógico e poderoso como o nosso, porém eles tem sentimentos, eles sofrem sim. Branno, em momentos como esse não parecia apenas um pássaro. E sim um ser vivo como eu, humana! Eu adoro animais e quando os vejo sofrerem por nada, sem motivos, eu fico realmente triste.
Outro assunto abordado é o desmatamento ilegal e sem planejamento. Como todo um ecossitema pode morrer dessa forma. Não se pensa que uma árvore pode ter centenas de ano e uma floresta, milhares. E que animais dependem delas para sobreviverem. Que nós precisamos também. E que isso pode ser destruído muito mais rapidamente do que foi criado.
O livro não é apenas ecológico. Ele trata dos mais antigos sentimentos e dores humanas. Perda, solidão, medo, busca pelo sentido da vida e seu lugar no mundo, família, amizade.
O melhor momento do livro, sem dúvida, é a amizade de Branno com o solitário pinheirinho. Dois mundos totalmente diferentes, se encontram. Desse encontro, descobre-se que todos são parte da vida, que todos existem por algum motivo. E Branno aprende muito mais com o pinheirinho em seu vale vazio do que em viagens feitas com seu bando a vida toda por grande parte do mundo. Quem é que deveria ter coisas a ensinar, quem nunca saiu do lugar ou quem é um viajante experiente? Como isso é possível? É lindo.
Mais lindo ainda é quando Branno resolve realizar o sonho de vida do pinheirinho; mas isso não contarei, você precisa ler esse livro! É uma história maravilhosa, para todas as idades, principalmente para quem gosta de natureza. E quem não gosta também deveria lê-lo; afinal, quem sabe assim não passa a respeitá-la, mesmo não mudando de gosto?

Atenção, XV Bienal:
Ronaldo Luiz Souza, com seu livro Raízes e Asas, estará amanhã - domingo, no estande da Usina de Letras (Q12, no Pavilhão Verde)


Skoob | website do autor | website do livro Raízes e Asas



 Como adquirir o livro:


Você pode adquirí-lo em e-book, por apenas R$8,00.


Ou, se prefere o livro físico, existem diversas opções:
Livraria Saraiva
Submarino (site e livraria)
Livraria Cultura
Livraria Travessa
Livraria Siciliano
Livraria Fantástica
Livraria Loyola
Site da Editora Usina de Letras


Você pode também enviar um e-mail para o Ronaldo e adquirir o livro diretamente com ele, autografado: rolusouza@yahoo.com.br rolusouza@gmail.com


Nenhum comentário

Os comentários são moderados, portanto, aguarde aprovação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como os que contenham pirataria.
Caso tenha um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.

Parcerias