O que pretendo ler em 2019

Eu estava organizando postagens, listas e resenhas, mas fiquei meio doente. Nada sério, mas às vezes parece que bastam alguns dias para atrapalhar a rotina e desacelerar os planos, não é? Agora que já está tudo normal, reorganizei meus desejos literários para concretizar ainda em 2019. Sabe aquele livro ou HQ que você quer comprar, mas acaba adiando? Ou que já está na estante ou e-reader, mas você enrola porque passa outro título a frente?

ou HQ.
Separei alguns títulos que quero bastante ler:

A minha série de TV preferida é Arquivo X e comprei três livros diferentes. Dois são da HarperCollins Brasil, da série The X-Files Origens, e cada um conta uma história de cada protagonista, Fox Mulder e Dana Scully, mas antes de se tornarem agentes do FBI. Agente do Caos (de Kami Garcia, sobre Mulder) e Advogado do Diabo (de Jonathan Maberry, sobre Scully).



Já a publicação da Ornitorrinco Editora traz quinze contos de autores diferentes passados em momentos variados, o Arquivo X: a Verdade Está Lá Fora, organizado por Jonathan Maberry. Estou finalizando este.


Separei obras distópicas que desejo ler neste ano. De George Orwell (1903-1950) planejo ler ao menos um destes, ambos publicados pela Companhia das Letras: A Revolução dos Bichos ou 1984. São clássicos que preciso urgentemente conhecer.



Tenho duas distopias escritas por mulheres incríveis. Da mesma autora de O Conto da Aia (que originou a série de streaming The Handmaid's Tale), Margaret Atwood, o primeiro de uma trilogia (MaddAddão), Oryx e Crake da Editora Rocco, a nova edição.


O outro é da Octavia E. Butler (1947-2016), autora de ficção científica mais conhecida por Kindred e Xenogenesis (que também quero ler), e primeiro da duologia Semente da Terra, publicada pela Editora Morro Branco: A Parábola do Semeador.


E tem mais distopias. De Cormac McCarthy, obra publicada pela Editora Alfaguara, que ganhou um filme (The Road): A Estrada. O mundo está destruído e um homem tenta proteger seu filho no apocalipse.


O Homem do Castelo Alto de Philip K. Dick e Editora Aleph, que na verdade é uma realidade alternativa onde os nazistas venceram a Segunda Guerra Mundial. Foi adaptado em série de streaming/TV. Espero ler também Realidades Adaptadas, livro de contos de ficção científica de Dick que viraram filmes como O Vingador do Futuro, Minority Report e Os Agentes do Destino. Também é da Editora Aleph.



Separei também dois que são na verdade meus dois filmes preferidos da infância! Labirinto de Jim Henson (1936-1990), A. C. H. Smith e Darkside Books e A História Sem Fim de Michael Ende (1929-1995)e Editora Martins Fontes. Antes de ser publicado no Brasil, li Labirinto em formato ebook em espanhol. Já meu exemplar de A História Sem Fim está aqui na estante e confesso que tenho enrolado porque a impressão é estranha, páginas brancas com letras vermelhas e verdes, parece cansativo para a vista.



Mais Stephen King em 2019. Sempre gostei do mestre do terror e a cada ano gosto ainda mais. Espero em 2019 ler mais King. A Editora Suma planeja para 2019 A Metade Sombria (março, pela Biblioteca Stephen King, em pré-venda), Trocas Macabras (também na coleção em capa dura), Elevation, Flight or Fright e The Institute (setembro). Não tenho certeza quais dos lançamentos lerei, nem quais outros, só sei que com certeza lerei King. Tenho dúvidas em quais escolher: It: a Coisa, A Dança da Morte, A Zona Morta, Revival, Joyland, Cujo ou O Iluminado. Qual você me recomenda? Também estou pensando em comprar O Cemitério, de tanto minha irmã me recomendar.




Outro que ela me recomenda sempre, também de terror, é Amityville de Jay Anson (1921-1980), que ela leu quando o título ainda era Horror em Amityville, um exemplar antigo da minha mãe. Agora a edição atual é da Darkside Books e em capa dura.


Também tenho na fila de leitura Contos Clássicos de Terror da Companhia das Letras, com dezenove histórias curtas de autores diferentes, selecionadas por Julio Jeha: Bram Stoker, Edgar Allan Poe, H. P. Lovecraft, H. G. Wells, Stephen King, Shirley Jackson, Thomas Hardy, R. L. Stevenson, Lygia Fagundes Telles, Machado de Assis, João do Rio, George Sand, Hugh Walpole, Villiers de L'Isle-Adam, Walt Whitman, W. W. Jacobs, Humberto de Campos, Joseph Conrad e Henrique Coelho Neto.


Fogo & Sangue de George R. R. Martin pela Editora Suma. Do universo de As Crônicas de Gelo e Fogo, série adaptada para a TV como Game of Thrones, o autor escreve sobre o passado, focando na saga dos Targaryen. Qual será a origem dos ovos de dragões da Daenerys, por exemplo?


A graphic novel Contos dos Orixás de Hugo Canuto que foi um verdadeiro sucesso no Catarse. Adquiri a HQ na pré-venda da plataforma de financiamento coletivo. Agora os exemplares estão sendo enviados e parece que o prazo é 10 de março. Estou no aguardo e ansiosa para conferir a obra.


E se você desconfia que quase tudo na minha lista de leitura e de desejos é ficção fantástica ou sobrenatural, conheça A Grande Solidão de Kristin Hannah e Editora Arqueiro, obra que se passa em 1974, no Alasca. Uma família atormentada pela Guerra do Vietnã. Espero que seja tão bom quanto O Rouxinol, ambientado na França durante a Segunda Guerra Mundial.


Alguns livros e HQs que estão na minha wishlist e planejo comprar em 2019:







Maurício de Sousa Produções em parceria com a Panini Comics tem arrasado com as publicações da coleção Graphic MSP! Para 2019, são prometidas quatro HQs: em março Mônica 2 chega por Bianca Pinheiro; em junho Piteco também ganha mais uma HQ, mas por Eduardo Ferigato; em setembro, atendo a pedidos, Tina ganha a graphic novel dela por Fefê Torquato e em dezembro o Capitão Feio terá continuação por Magno e Marcelo Costa. Eu nem tenho ainda todas as Graphic MSP, mas com certeza todas estão na wishlist. (estas ainda não são as capas, são imagens de divulgação.)


 Aguardo ainda as continuações de Princesa das Cinzas de Laura Sebastian (Lady Smoke), Império das Tormentas de Jon Skovron (Bane and Shadow) e o terceiro livro da coleção Lendas da DC, que é da Mulher-Gato pela Sarah J. Maas (Catwoman: Soulstealer; já foram publicados Mulher Maravilha: Sementes da Guerra e Batman: Criaturas da Noite). Todos da Editora Arqueiro. Tem ainda a continuação de O Conto da Aia de Margaret Atwood. The Testaments erá publicado nos Estados Unidos em setembro de 2019, portanto não sabemos a data da publicação no Brasil (nem se sai ainda este ano ou se fica para 2020), mas deve ser pela Editora Rocco.


Você já leu algum destes? Como anda sua fila de leitura e wishlist em 2019? Quais continuações você está esperando?

Um comentário

  1. Caraca tu tá com uma lista bem recheada!
    Eu tbm quero ler alguns dessa lista, principalmente os livros do king que eu não leio tantos quanto gostaria!
    http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br/

    ResponderExcluir

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante!
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras