Pesquise no Leitora Viciada

10 de maio de 2013

Explicando o nome e história do Leitora Viciada


Eu criei este blogue  porque tinha várias resenhas no Skoob (algumas péssimas) e estava carente, pois o fórum cultural onde eu adorava compartilhar minhas resenhas havia acabado (até ganhei um concurso de resenhas lá!). Eu precisava de um hobby, uma terapia (enfrentava um péssimo momento pessoal) e como eu amo demais ler, criei um blogue para postar resenhas e curiosidades. No começo, era muito pessoal mesmo, o título era "Tatinda", meu nickname utilizado há anos na internet (Tati + Inda - meu sobrenome). Por isso continuo assinando as postagens como Tatinda, mesmo meu nome sendo Tatiana.



O blogue não recebia visitas e eu abordava diversos assuntos. Um dia percebi que o que eu gostava mesmo era blogar sobre leitura. Antes, nunca tive um blogue! Esse é meu primeiro.
Deletei todas as outras postagens e deixei somente as de livros. Pensei que deveria ter outro título, que continuasse me representando, mas que mostrasse claramente a temática (leitura). Continuava pessoal, mas baseado no meu vício em ler.
Desenhei a boneca, a antiga. Então pensei logo de cara em Leitora Viciada. Comecei a falar um pouco de HQs também, porque adoro esse mundo (e livros infantis). Criei um Twitter para seguir as editoras e autores e estar antenada nas novidades. Uma coisa foi levando à outra e através do Twitter fui conhecendo pessoas, conseguindo parcerias, fazendo o blogue ter visitas. Depois criei a página do Facebook, que trouxe um "boom" de curtidas e é maior que o blogue ou o Twitter em nº de pessoas e alcance.

A anterior.
Mantive o título do blogue, mas quando ele completou 1 ano refiz a boneca, desenhei uma totalmente original. Ela representa a mim, assim como o título. Sou apenas uma Leitora Viciada no mundo e com o blogue adorei conhecer tantos outros com esse mesmo vício. Minha intenção continua a mesma: Compartilhar minha leitura e meus interesses, o que vejo de legal por aí. Antes de tudo, o blogue é pessoal. Por isso não possuo um padrão de revista nem tenho colunistas. Ele continua sendo um diário simples onde compartilho o que é interessante.

Um leitor comentou hoje em uma resenha: "curti a página, apesar do nome feminista :/"
Vou explicar, para que outras pessoas não tenham a mesma linha de pensamento: O nome não é feminista. Repetindo: Ele simboliza a mim. Não é um blogue feito para mulheres, embora o público feminino seja maior.
Me refiro a todos os seguidores como "Leitoras Viciadas" e "Leitores Viciados" - porque é o que somos.
Procuro ter um conteúdo que acho legal para ambos os sexos. Tento resenhar e sortear livros diversificados. Falo de HQs.
Evito cores tipicamente femininas no layout para ter um visual simples e unissex, mesmo com uma boneca desenhada por mim e o título "Leitora Viciada".
A Leitora Viciada (título e boneca) sou eu sim (só que a boneca é mais bonita). Pois o blogue começou como um diário, eu escrevia para ninguém, somente para mim. É irônico, já que em 1 ano e 10 meses a marca de visitas ultrapassou 546.000.
Por favor, moços, queridos Leitores Viciados, não pensem que o nome é feminista. Representa a todos nós, porque eu, Leitora Viciada encontrei muitos Leitores Viciados, Leitoras Viciadas e o sexo não importa. Representa a todos nós e nosso vício maravilhoso. Homenageia cada leitor ou leitora. Viciados!

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail