Pesquise no Leitora Viciada

10 de outubro de 2017

Dicas de leitura: Lançamentos em livros e quadrinhos para o Halloween

O que será que as editoras prepararam para o Halloween? São vários lançamentos em outubro no clima do Dia das Bruxas, com suspense e terror. Confira as dicas de leitura para o Halloween somente com lançamentos quentinhos e sombrios, das gráficas diretamente para as livrarias. E está bem variado, são indicações de livros, quadrinhos, contos, volumes únicos, continuações de séries, de autoria estrangeira e nacional...



A Editora Suma, casa editorial do mestre do terror contemporâneo e de títulos fantásticos de qualidade, publica três lançamentos: um é parceria do Stephen King com o filho Owen e os outros dois são continuações de séries de arrepiar com o que a ficção especulativa e de terror tem de melhor:

Belas Adormecidas, de Stephen King, Owen King e Editora Suma.
"Pelo mundo todo, algo de estranho começa a acontecer quando as mulheres adormecem: elas são imediatamente envoltas em casulos. Se despertadas, se o casulo é rasgado e os corpos expostos, as mulheres se tornam bestiais, reagindo com fúria cega antes de voltar a dormir. Em poucos dias, quase cem por cento da população mundial feminina pegou no sono. Sozinhos e desesperados, os homens se dividem entre os que fariam de tudo para proteger as mulheres adormecidas e aqueles que querem aproveitar a crise para instaurar o caos. Grupos de homens formam as “Brigadas do Maçarico”,incendeiam em massa casulos, e em diversas partes do mundo guerras parecem prestes a eclodir. Mas na pequena cidade de Dooling as autoridades locais precisam lidar com o único caso de imunidade à doença do sono: Evie Black, uma mulher misteriosa com poderes inexplicáveis.
Escrito por Stephen King e Owen King, Belas Adormecidas é um livro provocativo, dramático e corajoso, que aborda temas cada vez mais urgentes e relevantes."


A Expansão, de Ezekiel Boone e Editora Suma, continuação de A Colônia.
"Ao receber um pacote em seu laboratório, em Washington, a dra. Melanie Guyer não poderia prever que, de um dia para o outro, a espécie ancestral de aranhas que eclodiu daquela bolsa de ovos causaria o caos no mundo inteiro. Em Los Angeles, cidadãos desesperados furam a quarentena. No Japão, uma bolsa de ovos gigantesca pulsa e brilha na escuridão. Enquanto Espingarda e Gordon tentam criar uma arma capaz de conter as aranhas, a presidente Stephanie Pilgrim é pressionada a tomar decisões com consequências catastróficas. Milhões de pessoas estão mortas. Outras milhares foram feitas de hospedeiras. Aranhas devoradoras de carne marcham por todo lugar, e a expansão está só começando. Ninguém está a salvo."

A Floresta Sombria, de Cixin Liu e Editora Suma, continuação de O Problema dos Três Corpos.
"Depois de O Problema dos Três Corpos, a humanidade se prepara para a iminente invasão alienígena. A Organização Terra-Trissolaris — formada por habitantes da Terra que traíram seus iguais para se associar aos alienígenas — pode ter sido derrotada, mas a presença de partículas subatômicas, os sófons, revela todo o conhecimento da humanidade para os invasores, e as defesas terráqueas são um livro aberto para os trissolarianos. Nesse contexto, em que só a mente humana é segura, é montado o Projeto Barreiras: quatro pessoas serão encarregadas de pensar em uma estratégia para a salvação do mundo. A Barreira está completamente isolada, protegendo seus pensamentos do restante da humanidade, mas até que ponto é possível guardar um segredo?"

A DarkSide Books aposta no escuro o ano inteiro, mas no mês do Halloween nos presenteia com duas histórias em quadrinhos luxuosas: Creepshow do Stephen King com Bernie Wrightson e a inquietante HQ Black Hole. E mais: livro Cinebook com Freddie Krugger!

Creepshow, de Stephen King, Bernie Wrightson e DarkSide Books.
"Tudo começou em 1982. King juntou forças com outro gênio das sombras, o diretor George A. Romero (A Noite dos Mortos-Vivos), para realizarem um filme inspirado em quadrinhos clássicos dos anos 1950, como Contos da Cripta, da EC Comics. O longa-metragem marcou a estreia de King como roteirista — e, curiosamente, sua segunda aparição como ator. Creepshow (que no Brasil ganhou o subtítulo Show de Horrores) se tornaria um cult movie instantâneo. E no mesmo ano Stephen King quis deixar ainda mais explícita sua homenagem à fonte original. Assim, ele adaptou seu roteiro de cinema para os quadrinhos, contando com a arte do magistral Bernie Wrightson, um dos criadores e primeiro ilustrador de O Monstro do Pântano, e capa de Jack Kamen, autor da EC Comics. A história em quadrinhos era a maneira perfeita para os fãs reviverem todos os pesadelos do filme em casa.
Creepshow reúne cinco histórias de arrepiar, duas delas adaptadas de contos que King já havia publicado: “Weeds” e “The Crate”. Usando um decrépito narrador morto-vivo, o autor soube recriar o clima dos gibis malditos que o assustavam quando ainda era um adolescente rebelde no estado do Maine. Creepshow tem uma edição em capa dura pra você guardar para sempre, com todo orgulho."

Black Hole, de Charles Burns e DarkSide Books.
"Terror existencialista em preto e branco. Vencedor do Eisner Award de Melhor Álbum de 2006 e de nove Harvey Awards e outros dois Ignatz Awards, além do prêmio Les Essentiels d’Angoulême (2007), Black Hole é a mais importante graphic novel de Charles Burns. Publicada de forma seriada durante uma década, foi reunida em 2005 para aclamação mundial e reforçou o lugar do artista como o mestre dos quadrinhos independentes de horror.
Black Hole se passa nos arredores de Seattle, extremo noroeste dos Estados Unidos, em meados da década de 1970, quando uma praga inominável e traiçoeira se alastra entre os adolescentes locais através do contato sexual e parece não poupar ninguém. Ela se manifesta de maneira diferente em cada um dos infectados — enquanto alguns apresentam apenas manchas na pele, algo sutil e fácil de ocultar, outros se transformam em grotescas aberrações, vagas lembranças do que foram um dia. E uma vez que você foi contaminado, não há mais volta. Para estes seres monstruosos, não há alternativa além do auto-exílio em acampamentos precários, na floresta que circunda a região. Conforme vamos nos familiarizando com os diversos protagonistas da história — garotos e garotas que foram infectados, outros que não foram e aqueles que estão prestes a ser —, o clima de horror, delírio e insanidade toma conta dos adolescentes."

A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again, de Thommy Hutson e DarkSide Books.
"Pesadelo para uns. O livro dos sonhos para os fãs. Para quem sempre sonhou em visitar as origens do imortal Freddy Krueger, é hora de acordar gritando. A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again tem tudo para se transformar no livro de cabeceira dos fãs mais exigentes. O livro conta a história de como o diretor resgatou uma antiga obsessão de sua infância para criar um dos personagens mais icônicos do cinema moderno. Em uma produção de baixo orçamento de 1984, Freddy Krueger logo sairia das telas para aterrorizar o inconsciente coletivo das futuras gerações. Mas quem assiste hoje ao primeiro longa-metragem da franquia (que já contabiliza nove títulos, incluindo uma parceria com Jason Voorhees de Sexta-Feira 13) não imagina as dificuldades que o diretor precisou enfrentar para transformar seu pesadelo em realidade.
Para escrever o livro, o autor Thommy Hutson, que já havia produzido um documentário sobre o filme, voltou a entrevistar membros do elenco e da equipe, incluindo o próprio Wes Craven, que assinou a apresentação do livro, antes de nos deixar, em 2015. A primeira edição americana foi bancada através de financiamento coletivo, e a campanha na plataforma Kickstarter contou com a participação da atriz Heather Langenkamp, que encarnou Nancy Thompson, a jovem atormentada por Freddy nos três primeiros filmes da série. A edição é capa dura para fazer bonito na estante de qualquer fã de terror que se preze, e vem recheado de fotos exclusivas e segredos dos bastidores que vão surpreender até os fãs que juravam que sabiam tudo."

A HarperCollins Brasil preparou uma antologia com clássicos de autores consagrados que se inspiraram na vibe do clássico Drácula de Stoker para criarem contos de gelar o sangue:

Herdeiros de Drácula: Clássicos Esquecidos de Sir Arthur Conan Doyle, M.R. James, Algernon Blackwood e Outros, organizado por Richard Dalby, de HarperCollins Brasil.
"Drácula, de Bram Stoker, é a mais famosa história de vampiro já escrita, embora não tenha sido a primeira a descrever a malignidade dos mortos-vivos – muito menos a última.
Em comemoração aos 120 anos de publicação de Drácula, esta antologia única reúne 25 contos raros escritos entre 1867 e 1940 por autores igualmente geniais, como Sir Arthur Conan Doyle e M.R. James.
Herdeiros de Drácula é um verdadeiro banquete para todos os aficionados por literatura fantástica e sobrenatural, um delicioso mergulho na história desses seres fascinantes e assustadores."

A Fantástica Rocco, selo de fantasia, si-fi e terror da Rocco, publica dois livros no clima do Dia das Bruxas: Contos do Edgar Allan Poe e o terceiro volume da série Sombras de Londres:

Os Crimes da Rua Morgue e Outras Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe e Fantástica Rocco.
"Com Os Crimes da Rua Morgue, Edgar Allan Poe inaugurou, em 1841, a moderna literatura policial e criou um de seus mais célebres detetives, o até hoje reverenciado Auguste Dupin. O conto, que narra a memorável investigação do assassinato de duas mulheres em um quarto fechado, é o carro-chefe desta reunião de histórias de terror e mistério traduzida por ninguém menos que Clarice Lispector. Grande leitora e fã da literatura policial, a escritora, que também verteu para o português os livros de Agatha Christie sob o pseudônimo de Mary Westmacott, empresta seu talento invulgar ao gênio de Poe, trazendo para o leitor brasileiro histórias como “A máscara da morte rubra”, “O gato preto”, “Ligeia” e outras. Lançamento do selo Fantástica Rocco, esta edição de Os crimes da rua Morgue e outras histórias extraordinárias recupera este encontro, literalmente, fantástico."

O Gabinete Paralelo, terceiro livro da série Sombras de Londres, de Maureen Johnson e Fantástica Rocco.
"A capital britânica nunca foi tão assustadora. Os túneis subterrâneos, o Marble Arch e as galerias da rede de esgotos de Ranelagh são alguns dos principais cenários da trama de O gabinete paralelo, terceiro volume da série de mistério Sombras de Londres, de Maureen Johnson. No livro, Rory Deveraux se pergunta se não deveria ter voltado para sua pacata cidade nos Estados Unidos, depois de tudo o que viveu desde que chegou a Wexford. Não bastasse descobrir a habilidade de ver fantasmas e enfrentar uma versão moderna de Jack, o Estripador, ela agora sofre a perda de seu amor, Stephen, e teve sua melhor amiga, Charlotte, sequestrada. Mas é tarde para voltar atrás. Rory tornou-se peça-chave no esquadrão que monitora fantasmas em Londres. E enquanto tenta se recuperar de uma série de acontecimentos trágicos e lidar com todo tipo de surpresas do destino, uma terrível ameaça paira sobre a cidade, exigindo que ela mergulhe ainda mais fundo nas Sombras de Londres."

O selo juvenil Rocco Jovens Leitores traz a sequência de releitura sinistra de O Mágico de Oz. Afinal, a Rocco entende mesmo de bruxaria:

"Em Dorothy tem que morrer, Amy Gumm é uma garota do Kansas levada por um tornado para o mundo encantado de Oz. O que ela encontra por lá, porém, é uma paisagem bem diferente da descrita no clássico de L. Frank Baum, governada com mão de ferro por uma certa Dorothy Gale. Para fazer de Oz uma terra livre novamente, Amy precisa remover o coração do homem de lata, roubar o cérebro do espantalho e tomar a coragem do leão. E aí Dorothy morreria. Mas, em A ascensão do mal, aguardada sequência da série de Danielle Paige, ela continua viva. E o passado de Oz guarda muitos segredos que Amy ainda desconhece. Em quem ela poderá confiar para cumprir sua missão?"

O Grupo Editorial Record convidou quatro escritores brasileiros muito queridos para reimaginarem clássicos do terror. E o livro é em capa dura! Além disso, tem thriller sobre assassinatos, da série de suspense policial Rizzoli & Isles:

Criaturas e Criadores: Histórias Para Dias de Terror, de Raphael Draccon, Carolina Munhóz, Frini Georgakopoulos e Raphael Montes e Galera Record.
"Quatro dos mais populares autores contemporâneas brasileiros, Raphael Draccon, Carolina Munhóz, Frini Georgakopoulos e Raphael Montes se uniram para reinventar os contos de terror clássicos. Frankenstein vive, e está numa favela do Rio. Rumores indicam que Drácula pode ser o dono de uma nova e badalada boate. Numa faculdade de artes, há uma lenda que diz que um fantasma ajuda belas jovens a cantar num teatro abandonado. Um mistério ronda a vida de um dentista e pai de família que está prestes a descobrir seu lado mais monstruoso. Quatro clássicos do medo reinventados por quatro escritores brasileiros para noites de sustos, terror e gritos."

Segredo de Sangue, de Tess Gerritsen e Editora Record.
"Um antigo crime volta para cobrar mais vítimas no novo caso da detetive Jane Rizzoli e da legista Maura Isles. Cassandra Coyle, 26 anos, roteirista e produtora executiva de filmes de terror independentes, encontrada morta na cama de seu quarto com os dois globos oculares arrancados e deixados na palma de sua mão esquerda.  Timothy McDougal, 25 anos, contador, encontrado morto na véspera do Natal num píer com três flechas enfiadas em seu peito nu. Dois homicídios completamente distintos com uma única relação: a causa da morte é uma incógnita. Resta à detetive Jane Rizzoli e à legista Maura Isles solucionar o mistério antes que o assassino faça sua próxima vítima."


A Devir Brasil aposta na reimpressão de histórias em quadrinhos. O primeiro volume de Creepy, Contos Clássicos de Terror, ganha, à pedidos, terceira tiragem.

Creepy: Contos de Terror, de vários autores e Devir Brasil.
"Este volume com 256 páginas em preto e branco desenterra todas as histórias da macabra série original dos números um ao cinco da revista Creepy e apresenta uma assombrosa introdução do pesquisador de quadrinhos e especialista em revistas da Warren, Jon B. Cooke. Um outro charme desta edição são as páginas que reproduzem anúncios de produtos relacionados a terror e que eram vendidos na época!
A revista Creepy e o publisher Jim Warren virou o mundo da narrativa gráfica de cabeça para baixo no começo dos anos 1960, quando artistas fenomenais como Joe Orlando, Alex Toth, Wallace Wood, Gray Morrow, Al Williamson, Frank Frazetta e muitos outros atingiram novos patamares artísticos com suas explorações fascinantes de histórias de horror modernas e clássicas.
Nos vinte anos que se seguiram, nenhuma publicação se empenhou tanto em trazer histórias de horror de qualidade aos quadrinhos como a Creepy. Muitos dos arrepiantes contos deste volume foram publicados no Brasil pela saudosa revista Kripta, no final dos anos 70, e voltam agora para assombrar e conquistar toda uma legião de novos fãs!
Pegue suas estacas de madeira, suas machadinhas ensanguentadas e todos os esqueletos das profundezas mais sombrias dos seus armários, e prepare-se para embarcar numa aventura sinistra pelos recantos mais arrepiantes da história dos quadrinhos!"

A Editora Mino apresenta uma coleção de clássicos de Edgar Allan Poe adaptados para os quadrinhos pelo artista mestre de HQs de terror, Richard Corben. Edição em capa dura!

Espíritos dos Mortos, de Richard Corben e Editora Mino.
"A coletânea foi lançada nos Estados Unidos em 2014, pela Dark Horse.
São 216 páginas com contos como Assassinatos na Rua Morgue, O Verme Vencedor, A Queda da Casa de Usher e outros.
O artista norte-americano Richard Corben, atualmente com 76 anos, é conhecido por seus trabalhos de terror, especialmente na revista Heavy Metal.Em 2012, ele entrou para o Hall da Fama do Eisner Award."


A Mythos Editora, responsável no Brasil por quadrinhos como Conan, Tex, Zagor e Juiz Dredd, também lança uma publicação especial para o Dia das Bruxas, uma edição ultraluxo em capa dura e em cores de Elric: O Trono de Rubi.

Elric: O Trono de Rubi, de Julien Blondel, Jean-Luc Cano, Didier Poli, Robin Recht, Jean Bastide, Julien Telo e Mythos Editora.
"Em meio a traições, feitiços, espadas mágicas, acontece uma luta acirrada pelo poder. Elric, o imperador albino criado por Michael Moorcock deve enfrentar seu prImo Yyrkoon pelo controle do reino de Melniboné. E além de todos os perigos e armadilhas, os dois vão ter que lidar com as manipulações de Arioch, Senhor do Caos e Duque dos Infernos Abissais!
Elric - O Trono de Rubi traz um dos personagens mais importantes do gênero "espada e feitiçaria", inaugurando a nova linha de quadrinhos da Mythos: o selo Gold Edition, em formato diferenciado!"

A Editora Pixel, do Grupo Ediouro, aposta em um guia não-oficial de uma das maiores franquias de zumbis. O lançamento oficial é em início de novembro, mas você já pode colocar na wishlist!:

Tudo Sobre The Walking Dead, de Paul Vigna e Editora Pixel / Coquetel.
"Tudo que você queria saber sobre The Walking Dead em um único livro. Paul Vigna, renomado crítico e repórter do Wall Street, fala da popularidade da série e seu impacto na cultura pop. Um guia indispensável para qualquer fã, com 324 páginas."

E por último, que tal mais uma histórias em quadrinhos? É nacional, está em pré-venda e será lançada em meados de novembro. Da mesma coleção dos vencedores do HQMix O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos" e O Rei Amarelo em Quadrinhos, a Editora Draco publica:

Demônios da Goetia em Quadrinhos, organizado por Raphael Fernandes, de vários autores e Editora Draco.
"A goetia é um perigoso sistema mágico popularizado por MacGregor Mathers e Aleister Crowley, em 1904. Neste álbum, os 72 demônios que a compõem surgem em oito HQs onde a corrupção humana não tem limites, apresentando uma outra face do horror cósmico e do body horror em preto, branco e vermelho. Estas 168 páginas apresentam entidades dispostas a barganhar com os humanos em troca de um pouco de sua força vital. São seres infernais que podem até realizar seus desejos, mas pode ter certeza que cobrarão um preço que ninguém estará disposto a pagar.
Os mórbidos contos invocados que compõem esta antologia foram organizados por Raphael Fernandes, que formou uma verdadeira seita com os quadrinistas Daniel Canedo, Caio H. Amaro, Flávia Lima, Juscelino Neco, Erick Santos Cardoso, Kaji Pato, Tiago P. Zanetic, MJ Macedo, Alexey Dodsworth, Lucas Chewie, Airton Marinho, Victor Freundt, Antonio Tadeu e Ioannis Fiore. Todos amaldiçoados por uma capa diabólica de João Pirolla. Esta é a terceira e última coletânea da coleção iniciada por O Rei Amarelo em quadrinhos e O Despertar de Cthulhu em quadrinhos, ambas ganhadoras do Troféu HQMix.
Demônios da Goetia em quadrinhos é a condenação definitiva da alma, entre nesse caminho sem volta ao ler essas histórias ocultas. Aqueles que aqui entrarem devem deixar para trás tudo em que mais confiam. E lembre-se, ao deparar com um desses espíritos, nunca saia do círculo de proteção."

Espero que tenham gostado! Clicando no título de cada um você abre o link de afiliado do blog para comprá-lo na Amazon Brasil.

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail