Pesquise no Leitora Viciada

16 de julho de 2012

Comic-Con 2012 - Novidades de O Hobbit

Peter Jackson exibe nada menos que 12 minutos do primeiro filme de O Hobbit, intitulado O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, mas sem 48 quadros por segundo em 3D. Além disso, ele não descarta que o filme seja dividido em três partes, e não duas como se planejara.


Peter Jackson revelou ao Omelete na Comic-Con 2012, que vai gravar mais cenas de O Hobbit no ano que vem. Ele disse que não sabe ainda se o material será utilizado numa versão estendida do filme ou se criará um terceiro capítulo; ele está discutindo as possibilidades com a Warner Bros: "Eu certamente quero filmar muito mais", disse com um sorriso no rosto.

Na história de O Hobbit, o mago Gandalf (Ian McKellen) e os 13 anões que formam sua companhia contratam Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) para uma jornada até a Montanha Solitária, onde tentarão recuperar os pertences dos anões que foram roubados pelo dragão Smaug (voz de Benedict Cumberbatch). É nessa aventura que Bilbo encontra o Um Anel que desencadeia a trilogia O Senhor dos Anéis.

Nada menos que 12 minutos e meio de cenas de O Hobbit foram exibidos no painel do filme na Comic-Con 2012, entre montagens rápidas e algumas cenas um pouco mais extensas, porém a prévia foi exibida em 2D.

A imagem surgiu cristalina no telão de alta definição. Os anões aparece em muitos close-ups. A primeira cena mostra a reunião dos anões com Gandalf no Bolsão em que eles discutem uma forma de punir o dragão Smaug, que roubou os anões. Gandalf revela ter uma chave que leva por uma passagem secreta até o lar do dragão. "Mas o grupo precisaria de um ladrão talentoso para entrar lá", comenta Bilbo, que só assiste à reunião. O fato de ele se pronunciar o torna automaticamente candidato ao trabalho suicida, e, embora os anões digam que é preciso bravura, Gandalf diz que enxerga essa bravura no pequeno hobbit.

Cenas muito rápidas mostram Saruman e os elfos, e em seguida Gollum e Bilbo se encontram pela primeira vez na caverna da criatura, que está em posse do Um Anel. O visual de Gollum, que já era de ponta há dez anos, não mudou consideravelmente, mas a computação gráfica agora deixa os contornos da criatura mais finos, e ele se mistura melhor ao ambiente, sem parecer artificial. Como na última cena da prévia Bilbo esconde o Um Anel no bolso sem contar o segredo para Gandalf. Presume-se que ele sai da caverna enganando Gollum e levando consigo o maligno artefato.

Gandalf, porém, é quem mais aparece nesses 12 minutos. Ele tem uma cena bastante luminosa com Galadriel (Peter Jackson diz que o filme é mais colorido e luminoso que a trilogia O Senhor dos Anéis e essa cena exemplifica isso), quando a elfa aparece para o mago, perguntando por que ele escolheu Bilbo para a missão-Smaug. Ao fim, Galadriel segura a mão de Gandalf entre as suas - pinta um clima! - e diz que ela aparecerá sempre que ele dizer estar em perigo. Um desses momentos de risco é mostrado: Gandalf empunhando sua espada e seu cetro, entrando num labirinto de paredes afiadas, onde o inimigo espreita entre corredores.

Como Peter Jackson esclarece, o dragão não é mostrado nos vídeos porque só estará presente no segundo filme - o máximo que ele nos permite ver é uma cena de making of em que Bilbo se encontra sobre a pilha de moedas, ouro e tesouros do lar de Smaug.

Respondendo a perguntas dos fãs presentes, Jackson não quis revelar muito. De mais interessante, disse apenas que é improvável que ele dirija um filme de Silmarilion, porque os direitos estão com o espólio de J.R.R. Tolkien e "porque eu dificilmente vou viver 110 anos".

Vídeo da coletiva em inglês:




Vídeo com entrevista (também em inglês) com Ian McKellen (Gandalf):




O trailer (legendado):




Fonte: Omelete e Youtube

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail