Mago, volume 1: Aprendiz, Raymond E. Feist e Saída de Emergência Brasil

Mago Aprendiz (Magician: Apprentice)
A Saga do Mago (The RiftWar Saga) - livro 1
Raymond E. Feist - Saída de Emergência Brasil/Coleção BANG!
432 páginas - Ano: 2013 - de R$39,90 por R$26,90

Sinopse:
"Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido ao serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para sempre.
Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia… ou morrer.
Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos."

Links: Saída de Emergência Brasil | Skoob | degustação | comprar

Resenha:
Um clássico da Alta Fantasia sempre tão elogiado pela crítica e pelos leitores finalmente chegou ao Brasil e em grande estilo, através de uma publicação exclusiva e trabalho cuidadoso da equipe. Embora seja uma brochura comum, o exemplar é imponente e transmite sensação de luxo.
O épico Mago chegou pela Saída de Emergência Brasil e contará com quatro volumes: Aprendiz, Mestre, Espinho de Prata e As Trevas de Sethanon. Por um preço justo, uma saga que não pode faltar na prateleira dos apaixonados por livros de Fantasia respeitados.

A capa com a ilustração de Martin Dechambault é maravilhosa e curiosa. Gostei de todas as capas da série. O destaque para o nome dela, Mago, é algo marcante, deixará todos os livros nas prateleiras das livrarias em evidência natural (quando toda ela estiver disponível). Um futuro box especial seria uma boa ideia.
O conteúdo do livro é dividido em dezoito capítulos organizado por sumário. Antes de embarcarmos na leitura, temos a Carta do Editor (Luís Corte Real) e o Prefácio à Edição Revisada Brasileira. Este anexo enriquece e empolga o leitor antes da história, porque descobrimos a importância da saga para o escritor e como somos sortudos com o presente de termos a versão do livro sem cortes, com extras. É a "Edição Preferida do Autor".
Automaticamente simpatizei com essa surpresa e parti para a aventura sentindo o poder do livro emanando logo nas primeiras páginas. Portanto, o que era originalmente o primeiro volume da saga, Magician, foi dividido em dois livros, Magician: Apprentice e Magician: Master. E é assim que nós brasileiros estamos tendo a honra de tê-los.

Antes de começar minha simples análise da história, parabenizo a Saída de Emergência por chegar ao Brasil preocupada em trazer não apenas "livros para fugir da rotina", mas também respeito ao leitor ao manter a obra o mais fiel possível à original. Percebi que a preocupação na tradução do inglês para o português foi crucial na produção, assim como na adaptação do português de Portugal ao do Brasil. O resultado é uma linguagem, mesmo que simples, espetacular, sem erros e com excelente revisão.

O início já traz uma sequência introdutória fascinante, tanto pela ação como na abordagem da narrativa. Raymond apresenta seu mundo aos poucos e naturalmente. Não é um autor monótono que se perde em explicações sobre a geografia, a história, as raças, os encantos, a magia. Ele simplesmente vai contando a história como se ela não fosse de Fantasia, como se Midkemia fosse o lar do leitor. Eu admiro muito a capacidade de autores que criam um mundo vasto, complexo e rico e ao apresentarem ao leitor não se perdem em preocupação didática e fazem do uso do próprio desenvolvimento do enredo para que conheçamos toda a mitologia. Raymond fez isso. E de uma das melhores formas que já vi.
É primordial para o sucesso do livro como Midkemia pode ser impressionante e ao mesmo tempo palpável. Parece verídico. E sem chatices de detalhes descartáveis. Explicações e apresentação sobre o mundo criado se resume a uma palavra: Equilíbrio.

O ponto de partida da saga me pareceu ser a apresentação de Midkemia, das personagens principais, das raças existentes, do conflito principal (e secundários) e o desenvolvimento dos jovens. Creio que ainda teremos uma longa jornada de tirar o fôlego. A princípio conhecemos Crydee e seus moradores, até expandirmos pelo mundo.
Pug, o menino órfão que trabalha na cozinha juntamente de seu melhor amigo Tomas. Todos os rapazes se preparam para o momento crucial de suas vidas, que marcará para sempre suas funções no Reino.
A variedade de personagens é fantástica e ao mesmo tempo não confunde o leitor. Temos os Príncipes Arutha e Lyam, e a Princesa Carline. Pug é aprendiz do Mago Kulgan, assim como Tomas encontra seu ofício sob a responsabilidade do Mestre das Armas Fannon.
Temos tantas personagens, mas é esta nova geração que cresce e se desenvolve que rouba a cena. Não é à toa que o nome do livro é Aprendiz. Inicialmente eu pensava que Pug, o protagonista, por ser o aprendiz do Mago, era o responsável pelo título, mas não! Que agradável surpresa descobrir (ao menos interpretei assim) que o livro é intitulado Aprendiz por todos ali praticamente serem aprendizes. Não apenas o Pug, Tomas ou Rolan, o Escudeiro, mas todos, incluindo a realeza. Todos estão aprendendo a trocar a vida infantojuvenil pela adulta; todos estão aprendendo a lidar com seus cargos e responsabilidades.
Tudo isso em meio ao surgimento de inimigos invasores misteriosos, o reencontro com outras raças que convivem pacificamente (ou nem tanto) com os humanos e uma magia intensa e crescente.

E por que Pug e Tomas estão no centro do conflito, se eles são de origem humilde e simples aprendizes? Por presenciarem um fato inédito: Um navio encalhado descoberto pelos rapazes repleto de mistério. Tudo nele é desconhecido, inédito e... Assustador. Os meninos se tornam as primeiras testemunhas de algo magnífico e perigoso. Portais entre mundos que mudará a história para sempre. Por isso o nome original da série é The Riftwar Saga (A Saga da Guerra dos Portais).
Então prepare-se para uma das melhores aventuras de sua vida se você é leitor fã de Alta Fantasia. Você não apenas conhecerá o mundo de Raymond, mas os mundos, no plural.
Os tsunari chegam com suas armaduras coloridas e linguagem exótica para entrar em choque com os povos de Midkemia. Temos elfos, elfos-negros, goblins, anões, trolls... A riqueza surpreende, de forma clássica e envolvente.

O ponto mais forte para mim nesta leitura, além de me fazer viajar como há muito não ocorria em um livro desse estilo é que o foco nas personagens muda constantemente, porém da melhor forma possível. O leitor percebe muito pouco. E quando sente isso, não se perde, na verdade admira. E cresce exponencialmente a curiosidade sobre o que está ocorrendo em outra parte do mundo? O que está acontecendo com outra personagem? E nota-se como tudo interliga-se, como tudo magicamente tece cenas grandiosas e emocionantes. Os sentimentos não são esquecidos, mesmo com a aventura, ação e magia.
A narrativa em terceira pessoa é primordial.

Os destaques particulares encontrados no livro, além do desenvolvimento e amadurecimento dos jovens:
Meecham, um caçador, guerreiro e personagem coringa. Intrigante e curioso, desejo conhecer mais sobre o ajudante do Mago. Espero que ele possua mais importância na saga.
Kulgan é um Mago sábio, porém sarcástico e engraçado. Em diversas cenas eu ri com ele, principalmente com suas respostas diretas, sinceras e surpreendentes.
Tully, o Padre, é diferente de qualquer outro. Também é sábio e ele e o Mago são amigos. Religião e Magia estão interligadas no livro. Adorei esse fato!
A cena que mais me emocionou e empolgou foi uma que contém um dragão. Aqui eles também falam, cospem fogo e possuem tesouros. Nunca pensei que um dragão fosse quase me arrancar lágrimas e criar em minha imaginação uma das mais belas cenas saídas de um livro.
E ainda tem o dragonete Fantus... Eu adoraria conhecer um!
As armas mágicas tornam o livro tão especial... Aqui Magos possuem poderes sobre a natureza (e até os Padres possuem habilidades!) e podem criar e duelar utilizando energias como o fogo, criar pergaminhos mágicos ou vislumbrar através de bolas de cristais. Mas foram as armas milenares e poderosas que me encantaram mais.
Gostei do mistério do eremita-feiticeiro... Acho que ainda teremos mais dele na saga, eu espero.
As batalhas são épicas, convincentes, fortes. Muitas estratégias das batalhas surpreendem e animam a história.



Se me contassem que Mago Aprendiz era um lançamento recém-publicado pelo autor, escrito há pouco tempo, eu acreditaria! Essa é a força e poder dos clássicos; se tornam atemporais. Não importa se este livro foi publicado originalmente em 1982. É atual, mais interessante que a maioria dos livros recentemente saídos da gráfica em primeira impressão. Por que demorou a chegar ao Brasil?
Obrigada a todos os envolvidos na publicação da edição brasileira. Torço para que se torne um clássico aqui também, um sucesso de vendas e que os leitores acompanhem a saga, como eu o farei!

O livro termina e você fica sem reação, com tantas perguntas, principalmente em relação à Pug e Tomas! Desejando ter imediatamente a continuação em mãos. A Saída de Emergência Brasil foi solícita e colocou após o final o início de Mago Mestre! Para não deixar o leitor tão afoito. Então você lê o conteúdo e termina com mais vontade ainda de correr para Mago Mestre. Ou seja: Apenas amplia a vontade de prosseguir a leitura.
Ah, foi difícil não sonhar acordada (e dormindo) com o livro, até mesmo depois de finalizá-lo. É uma leitura rica, agradável e divertida. Planejo ler Mago Mestre o mais rapidamente possível.
PS.: Tentei o máximo possível evitar spoilers, essa foi uma resenha muito difícil.



A continuação:

Mago Mestre
A Saga do Mago - livro 2
Raymond E. Feist - Saída de Emergência Brasil/Coleção BANG!
432 páginas - Ano: 2014 - de R$39,90 por R$29,90

Sinopse:
"Passaram-se três anos desde o terrível cerco a Crydee. Os três rapazes que eram os melhores amigos do mundo encontram-se agora a quilômetros de distância uns dos outros. Pug, um escravo dos Tsurani, está prestes a se tornar um dos maiores magos que já existiram. Tomas, um grande guerreiro entre os elfos, arrisca-se a perder sua humanidade para a armadura encantada que veste. Arutha, príncipe de Crydee, luta desesperadamente contra invasores e traidores para salvar seu reino. Mago Mestre é recheado de aventura, emoção e ameaças tão antigas quanto o próprio tempo. Com o segundo volume de A Saga do Mago, Raymond E. Feist volta a provar que é um dos maiores nomes da literatura fantástica na atualidade."

Links: Saída de Emergência Brasil | Skoob | degustação | comprar | comprar junto (Aprendiz + Mestre por R$64,90!)

O restante da saga:




2 comentários

  1. Esse livro é incrível! Incrível mesmo! Acho que é exatamente isso: o autor foi introduzindo as coisas como se o cenário descrito não fosse nada fantasioso, como se fosse o 'lar do leitor'; e isso sem ser monótono em momento algum. É admirável!
    Amei tudo! Desde o cenário, às criaturas e toda a magia impregnada em cada página. É um daqueles clássicos que leitores de fantasia deveria obrigatoriamente ter na estante :)
    E já estou com o segundo *---*

    Abs,
    Ronaldo Gomes
    livrosobrelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu tinha visto esse livro para vender, na minha última compra. Achei muito interessante por estar relacionado com fantasia, gosto muito de livros assim. Obrigada pela resenha, me ajudou a acabar com minhas dúvidas a respeito dele. Vou comprá-lo \o/\o/
    bjs
    |A Beautiful Lie|

    ResponderExcluir

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos, não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante! Através dos comentários é que posso tentar fazer um blog mais interessante.
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras