Pesquise no Leitora Viciada

15 de fevereiro de 2015

Lançamentos de janeiro e fevereiro da Globo Livros

Onde Nascem os Ventos
Bryan Payton - Globo Livros
321 páginas - 2015 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Em 1943, o Japão invadiu as Ilhas Aleutas, um arquipélago vulcânico próximo ao Alasca. Os Estados Unidos resistiram ao ataque, mas restringiram a cobertura da imprensa para evitar que a população entrasse em pânico. O jornalista John Easley decide denunciar o conflito e consegue embarcar em um avião do exército. No entanto, a aeronave é abatida sobre uma das ilhas. Perdido em um território inóspito, gelado e cercado por inimigos, Easley trava uma luta árdua para voltar para casa. O clima, a guerra e o luto pela morte de seu irmão caçula Warren, morto em combate na Inglaterra, levam o repórter ao limite, questionando a própria sanidade.
Inconformada com a viagem do marido e sem notícias de seu paradeiro, Helen Easley procura uma forma de viajar para o Alasca e procurar por ele. Ela se une a um grupo de mulheres que se apresentam para as tropas e segue com elas para o Alasca na esperança de encontrar John são e salvo.
Em Onde nascem os ventos, Payton mistura elementos históricos com uma narrativa envolvente. Seus personagens confrontam o desconhecido, o medo da morte, os próprios medos, mas descobrem sua própria força diante de situações extremas. O romance foi considerado um dos melhores livros do ano pelo The Seattle Times e pelo site Bookpage.com."

O Diário de Lena
Lena Mukhina - Globo Livros
268 páginas - 2015 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"O que poderia ser apenas o diário de uma colegial transformou-se em um registro histórico de um dos eventos mais dramáticos da contemporaneidade. As anotações da jovem Lena Mukhina, de 16 anos, deram um tom particular ao chamado cerco de Leningrado, atual São Petersburgo, na invasão da URSS pela Alemanha nazista em 1941. Foram 872 dias com a cidade sitiada, durante os quais mais de 700 mil civis – um em cada três moradores da cidade – morreram de fome e exaustão.
O diário de Lena é um testemunho comovente e, ao mesmo tempo, extremamente preciso da tragédia vivida pela população sitiada, sobretudo no inverno de 1941-1942. Iniciado em maio de 1941, um mês antes da invasão nazista, o diário mistura relatos da rotina da adolescente – o dia a dia normal, sua vida escolar, as relações familiares, os amores e amizades – e as mudanças trazidas pela guerra – a luta pela sobrevivência, o racionamento de comida, o medo e a morte de seus entes queridos.
Lena vivia em Leningrado com a mãe, Maria Nikolaievna. Com sua morte, a menina passou a morar com sua tia Elena. Depois que a velha babá da família, Aka, e Elena faleceram, Lena se viu completamente só na cidade sitiada. As pesquisas feitas pelo historiador Sergei Yarov, que descobriu o manuscrito, demonstraram que a jovem foi transferida no início de junho de 1942 para a cidade de Gorki, onde tinha uma parente distante ainda viva.
São raros os relatos que ajudam o leitor a compreender uma situação em que os limites da humanidade foram levados ao extremo, como um cerco, no qual as pessoas convivem com a fome, a doença e a guerra. No entanto, a simplicidade e o poder de observação de Lena Mukhina surpreendem, ao revelar detalhes de circunstâncias tão difíceis de serem descritas."

Aconteceu na Escola
Blandina Franco, Gilles Eduar, Índigo, Maria Amália Camargo e Silvana Tavano - Globo Livros
72 páginas - 2015 - R$32,00
+ informações | comprar

Sinopse:
"Cinco autores do universo da literatura juvenil atual, mas de estilos bem diferentes, toparam o desafio de revisitar a escola. Não necessariamente o local onde estudaram, mas, sim, a escola que todos guardamos dentro de nós, em algum lugar entre a memória e a imaginação: o território afetivo que nos introduz à vida como ela é, com suas dificuldades e delícias.
O resultado do desafio está em Aconteceu na escola, título que acaba de sair pela Globo Livros. Dirigido ao público juvenil, o livro apresenta dez contos que têm como pano de fundo (senão como protagonista) o ambiente escolar. Um microcosmo rico em episódios que evocam amizade, risadas, bagunça e flerte, mas também incerteza, ansiedade e conflito com a autoridade dos adultos.
Cada autor assina dois contos. Silvana Tavano abre o livro com seu par de belas narrativas, que mais sugerem do que descrevem episódios a princípio comuns, mas cheios de significado. Já Maria Amália Camargo escolhe o caminho do humor, tanto ao contar sobre um desastrado show de mágica quanto ao relacionar leis de Newton com uma sacolejante viagem de ônibus. Gilles Eduar adota estilos formais diferentes em suas histórias: uma é toda conduzida por diálogos; a segunda, pura prosa poética. Um conto desdobrado em dois, com toques de literatura fantástica e alguma ironia, levam a assinatura de Índigo. Blandina Franco encerra a obra com sua escrita envolvente e mergulhada em lembranças. Ilustrações do artista Rafa Antón amarram todas as histórias. E o autor Pedro Bandeira assina o texto de orelha coroando esta nova e rica geração de autores."


O Livro da Ciência
Coleção As Grandes Ideias de Todos os Tempos - volume 7
Vários autores - Globo Livros
352 páginas - 2015 - R$59,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"“A ciência é uma busca continua pela verdade – uma luta perpétua para descobrir como o universo funciona [...]”. O livro da ciência, sétimo volume da coleção As grandes ideias de todos os tempos – da qual fazem parte os bests-sellers O livro da filosofia e O livro da psicologia – traz de maneira simples e acessível os principais nomes e conceitos que moveram a curiosidade humana desde o início das civilizações.
Escrito por professores e pesquisadores, o livro apresenta biografias e citações de grandes pensadores, linhas do tempo com os principais acontecimentos de cada período, diagramas que apresentam teorias complexas e ilustrações divertidas.
Seguindo o projeto editorial dinâmico de toda a coleção, O livro da ciência conta com gráficos e boxes que ilustram conceitos como a gravidade, as propriedades da luz, correntes elétricas e compostos químicos, além de destacar as máximas que permearam a evolução do conhecimento científico, introduzindo seus autores: Arquimedes, Copérnico, Francis Bacon, Isaac Newton, Alan Turing, Stephen Hawking, entre tantos outros.
Dividido em seis partes, que vão desde 600 a.C. – “O começo da ciência” – passando por toda a evolução das principais teorias até chegar ao presente – “Pilares fundamentais” – o título conta ainda com um Diretório, que traz uma breve biografia das figuras mais importantes de cada área, e um Glossário com os termos científicos essenciais. Um apanhado completo para curiosos, estudantes ou quem deseja se aprofundar no assunto." 


***



Viagens Muito Maluquinhas
Quadrinhos.
Ziraldo Alves Pinto - Globinho / Globo Livros
112 páginas - 2015 - R$32,00
+ informações | comprar

Sinopse:
"A Globinho comemora os 10 anos de parceria entre Ziraldo e a editora com o lançamento de Viagens muito maluquinhas, que traz o célebre Menino Maluquinho em onze histórias inéditas, em quadrinhos.
Na volta às aulas, a professora pede aos alunos que contem e desenhem o que fizeram durante as férias.  O problema é que apenas um dos alunos pôde, de fato, viajar, então Maluquinho e seus amigos decidem inventar aventuras incríveis para mostrar o quanto se divertiram.
Nessas histórias uma loja de materiais para construção esconde portais para outros países e lugares mágicos. Um dia na praia rende uma emocionante caçada a um tesouro escondido no fundo do mar. A aula de natação se transforma em uma expedição cheia de perigos. Estas são apenas algumas das peripécias que os personagens experimentam, com bom humor e criatividade. Para eles, desbravar a Antártida, o centro da Terra é fácil e rápido.
Entre uma história em quadrinhos e outra, o leitor ainda se diverte com as redações escritas pela turma. Com esses textos, Ziraldo inspira as crianças a soltar a imaginação e mostra que escrever pode virar uma brincadeira.
O autor retrata o ponto de vista infantil com vivacidade e usa a força narrativa de seu traço para convidar o leitor a embarcar em cada uma dessas viagens maluquinhas."

História do Mundo para Crianças (Edição comentada)
Monteiro Lobato - Globinho / Globo Livros
Ilustração: Fernando Arcon
320 páginas - 2015 - R$54,00
+ informações | comprar

Sinopse:
"Um dia Dona Benta recebe pelo correio o clássico Child’s history of the world, de V. M. Hillyer. Depois de folhear o livro, decide contar aos netos a história do mundo, que, segundo ela, daria um verdadeiro romance. Com a turma toda reunida, começa a narrar os fatos de um jeito fácil de entender e encantador, que fazia todo mundo querer mais. É assim que Monteiro Lobato apresenta aos pequenos A História do mundo para crianças.
A avó de Narizinho expõe os acontecimentos de forma cronológica. O surgimento do sistema solar, do nosso planeta e da vida na Terra. Depois, a evolução do homem, a Idade da Pedra, as primeiras civilizações e assim por diante, até chegar ao século XX. As crianças aprendem sobre povos antigos, períodos históricos, grandes navegações, descobrimento do novo mundo e, inclusive, guerras e revoluções.
As intervenções de Pedrinho, Narizinho e Emília, as curiosidades relatadas por Dona Benta e a linguagem informal dão graça à narrativa.  Lançado pela primeira vez em 1933, História do mundo para crianças passou por revisões feitas pelo autor, que inseriu novos acontecimentos, entre eles os capítulos sobre a Segunda Guerra Mundial e a bomba de Hiroshima.
A nova edição, lançada pela Globinho, preserva o texto original e traz comentários que atualizam, complementam e contextualizam o conteúdo. Professores, pais e novos leitores vão se surpreender com a fluência e vivacidade do texto de Monteiro Lobato."


***



Sudário
John Banville - Biblioteca Azul / Globo Livros
296 páginas - 2015 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Axel Vander é um acadêmico europeu conhecido internacionalmente. Um dia recebe uma carta de uma jovem que deseja conversar sobre a sua obra. Os dois decidem marcar um encontro em Turim. Dono de um passado nebuloso, Vander se vê inquieto diante do convite, pois essa pesquisadora, Catherine Cleave, pode ter encontrado evidências de que ele, na verdade, é um impostor.
Catherine é filha do ator Alexander Cleave, protagonista do romance Eclipse. Ela sofre de uma doença similar à esquizofrenia. Cass ouve vozes e se entrega obsessivamente a pesquisas acadêmicas, e durante suas investigações descobre algo sobre Vander. No entanto, em Turim, ela não o confronta e acaba se envolvendo com ele.
O aclamado autor irlandês John Banville se inspirou na história do teórico literário Paul de Man (1919-1983). Professor na universidade de Yale, Man se tornou um teórico conhecido internacionalmente. Em 1984, descobriu-se que Man escreveu artigos antissemitas para um jornal colaboracionista durante a ocupação alemã na Bélgica. Diferente de Man, Vander corre o risco de ser exposto em vida.
Ao se apropriar dessa história em Sudário, Banville a torna ainda mais complexa: Vander seria um homem que assumiu a identidade de um amigo morto em circunstâncias misteriosas. Assim ele deixa a Europa, após a Segunda Guerra Mundial e segue para a América, onde constrói sua bem-sucedida carreira acadêmica. O título do livro é uma referência ao Santo Sudário, mantido na Catedral de Turim. Assim como Vander, a relíquia é um objeto de veneração, mas não é autêntico.
A trilogia formada por Eclipse, Sudário e Luz antiga, este último lançado pelo autor durante a Flip 2013, é narrada em primeira pessoa por homens enredados em suas próprias mentiras. Com maestria, o autor constrói monólogos envolventes e coloca o leitor diante de suas mais profundas fragilidades, desejos, angústias e medos."


***



Philia
Padre Marcelo Rossi - Principium / Globo Livros
136 páginas - 2015 - R$39,90
+ informações | comprar

Sinopse:
"Quando escreveu a primeira letra deste livro, veio à cabeça do Padre Marcelo a frase de Jesus aos apóstolos no Monte das Oliveiras: “Minha alma está triste até a morte” (Mateus 26,38).  Ao colocar o ponto final, outra frase divina foi marcante: “Eis que eu renovo todas as coisas. (...) Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras” (Apocalipse 21,5).
Entre uma e outra, o Padre Marcelo venceu a depressão, que lhe “havia roubado a saúde e a alegria de viver”. No volume terceiro de sua “trilogia grega”, o sacerdote fala sobre Philia, que significa o amor fraternal. O Padre aplicou o Philia em sua vida em longo processo que, ao final de sua tradução para o papel, lhe revelou a liberdade da depressão.
Em Philia – Derrote a depressão, a ansiedade, o medo e outros problemas aplicando o Philia em todas as áreas de sua vida o autor aborda a depressão e outros males como: Ansiedade, Medo, Tristeza, Pessimismo, Remorso, Vício, Desemprego, Maledicência, Inveja, Ciúme, Ira, Ingratidão e Autoimagem.
Em seu novo livro, o Padre fala sobre cada um dos males, sugere orações específicas para combatê-los, recomenda reflexões a partir de trechos da Bíblia e dá dicas práticas para eliminá-los nossas vidas. Afinal estes problemas nos circundam não somente manifestos por nós mesmos, mas podem afetar pessoas próximas e queridas. Mas usando o Philia conseguimos manter a plenitude ainda que sejamos cercados por um desses males.
Padre Marcelo não separa a teoria da prática. Foi assim que os dois livros anteriores já venderam mais de 12 milhões de exemplares – Ágape, que significa Amor Divino, e Kairós, o momento certo, o momento oportuno. E a vivência do amor fraternal demanda não apenas incorporarmos lições teóricas, mas também nos fortalecermos fisicamente para entrarmos na batalha diária com mais vigor. No capítulo sobre ansiedade o Padre recomenda cinco armas: oração, exercícios físicos, leitura, viagem ou retiros e proximidade da família e amigos.
Ao falar sobre o ciúme, relaciona-o a celulares e redes sociais e relembra: “O amor Philia existe para nos unir, ele pede para que sejamos muitos. O ciúme não vem de Deus. Precisamos abrir nossos corações a novas amizades, do mesmo modo que temos de compreender quando algum velho amigo se afasta de nós por motivo de mudança ou outra razão pessoal”.
 “Meu primeiro impulso foi me deter apenas em minha experiência pessoal e discutir os malefícios da depressão e o quanto qualquer pessoa está sujeita a eles. Mas depois lembrei das centenas de e-mails que recebo todos os dias com pedidos de oração e conselhos. Fiz uma seleção das angústias que mais afligem o coração de meus amados. Foi assim que cheguei aos temas dos catorze capítulos deste livro.”"
***


Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail