Curiosidade: Biblioteca escolar abandonada na cidade fantasma de Pripyat, Ucrânia

Construída em 1970 e elevada ao status de cidade nove anos depois, Pripyat, na Ucrânia, era uma bela cidade para os padrões soviéticos da época. Com aproximadamente 50 mil habitantes e a apenas 3 quilômetros da Usina Nuclear de Chernobyl e seus 4 reatores nucleares, fora construída especialmente para os trabalhadores da usina e suas famílias. Mas em 26 de abril de 1986, ocorreu uma catástrofe na central elétrica da usina com uma explosão seguida de incêndio que contaminou o ar e o ambiente com partículas radiativas.






36 horas após o acidente, a cidade foi totalmente evacuada e ainda hoje, devido aos riscos da radiação, é uma cidade fantasma, mas alguns sites relatam que existe um pequeno número de pesquisadores, cientistas e militares com acesso à cidade para estudos, além de 3 habitantes oficiais. Além disso, há turismo na região e para isso, o visitante precisa de licenças especiais, caso contrário, a entrada não autorizada é punível de prisão.





As imagens são para refletir.
Em meio à decadência, a natureza se recupera e invade os edifícios: plantas crescem através de janelas quebradas e paredes rachadas. Destacam-se as salas de aula abandonadas com brinquedos de crianças do pré-escolar e seus livros na antiga antiga biblioteca escolar.






Instantaneamente, morreram 31 pessoas, mas são milhares as vidas atingidas pelo câncer causado pela radiação.


Abandoned library in elementary school Nr. 2 - Pripyat

O videoclipe da música Marooned, da banda Pink Floyd, contém imagens de Pripyat (a partir de 2:29). Além do instrumental espetacular, o vídeo sempre me deixa reflexiva. Quanta destruição a humanidade ainda é capaz de provocar ao planeta e a si mesma?


Fonte: 360Cities.Net, TheLongShadowOfChernobyl.com e Wikipedia.org.

Nenhum comentário

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante!
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras