Pesquise no Leitora Viciada

10 de fevereiro de 2012

Kaori 2: Coração de Vampira de Giulia Moon

Kaori 2: Coração de Vampira
Série Kaori - volume 2
Giulia Moon - Giz Editorial
432 páginas - Ano: 2011 - R$39,90

Sinopse:
"Praia de Copacabana, Rio. Uma bela garota oriental passeia pelo calçadão. Seus olhos oblíquos seguem alguém: Yoshi, um garoto de programa meio-brasileiro e meio-japonês, com um raro talento para sedução. Ferida por um amor trágico do passado, Kaori enfrenta um dilema: dar vazão ao seu desejo pelo mestiço ou manter-se protegida, salvaguardando o seu coração?
Enquanto isso, o mundo sofre a ameaça de uma praga virulenta. Mortos-vivos, ogros, demônios e criaturas fabulosas começam a enlouquecer. Em São Paulo, os especialistas do IBEFF entram em ação para controlar o surto. E Kaori será envolvida, a contragosto, em mais um perigoso confronto com a sua arqui-inimiga, Missora, uma cruel cortesã do Japão feudal.
Entre as paisagens tropicais cariocas e uma São Paulo caótica e agitada, a nova aventura de Kaori, a vampira, vai fazer os corações baterem acelerados a partir de setembro, quando estará à venda nas livrarias"


Resenha:
Kaori, por Giulia Moon.
Kaori 1 foi o livro nacional lido por mim ano passado que mais gostei. Tornei-me fã da Giulia, sou uma Kaori Lovers. Então minhas expectativas para Kaori 2 eram gigantescas. Giulia não me decepcionou: mais uma vez tive vontade de aplaudir a obra escrita por ela.
Se a arte e diagramação de Kaori 1 é um luxo, não sei o que dizer sobre Kaori 2, pois é ainda mais magnífica. O fundo vermelho em contraste com os detalhes metálicos que parecem ouro agradam os olhos e enfeitam a estante. Revisão excelente!


Em minha opinião, quem não leu Kaori 1 pode ler Kaori 2 tranquilamente, compreenderá a história. Porém, recomendo que leiam Kaori 1 para estarem mais familiarizados com as personagens e suas histórias, principalmente Kaori.

Giulia mantém o seu estilo de escrita que traz muitas cenas de ação, com direito a mais lutas, sejam elas com katanas japonesas ou armas bombásticas. Mais tecnologia chega à trama, mais armas e espionagem.
O terror e o mistério continuam sendo uma das marcas mais fortes do enredo, misturando o folclore milenar japonês ao pouco explorado folclore brasileiro, com seres desconhecidos e exóticos, e lendas assustadoras e interessantes.

Com essa rica mitologia mista, Giulia nos apresenta o lado secreto e obscuro aonde vivem os seres sobrenaturais, e descobrimos que não é uma vida assim tão paralela à nossa, embora vivam nas sombras. Mais espécies são apresentadas aos leitores, muitas eu não conhecia, como os tutus e os kappas, além de seres clássicos como sereias, botos e centauros. Se em Kaori 1 o foco está nos vampiros e famélicos, em Kaori 2 nos surpreendemos com esse mundo complexo e instigante. Destaque para os mastigadores e os luperces. Ah, e claro, para os tengus!

Embora o livro seja de temática fantástica, as descrições da autora sobre os locais, tanto fictícios quanto verdadeiros, trazem à história um ar de realidade, convincente. Não só São Paulo aparece, mas também Rio de Janeiro. É aí que Kaori encontra o sedutor e apaixonante Yoshi, cavando fundo na alma da vampira sentimentos que ela tinha certeza de terem sido enterrados. Será possível superar os traumas do passado e amar novamente?

As personagens de Kaori 1 estão de volta, mais experientes e com o mesmo charme peculiar de cada um. Samuel, Beatriz, Takezo, Jorge, Felipe, Sidnei, a Nekomata, Missora - todos continuam a enriquecer a história, com suas próprias características e personalidades. No entanto, mais personagens chegam para contribuir com ótimos momentos: Soraya, Yoshi, Klimann e Omitsu. Estes tão apaixonantes quanto todos os outros. Giulia realmente sabe criar personagens. Ela se concentra em nos mostrar o estilo de cada um, a forma de falar, de se vestir, de se comportar.
Soraya, por exemplo, não pensa duas vezes antes de agir, é extremamente impulsiva e sensual, e traz frases muito engraçadas, quebrando o gelo.
Klimann também é divertido, e seu jeito sem-noção e agressivo chega a ser cômico.
Yoshi é um garoto de programa que conquista qualquer mulher, um mestiço bonito, atraente e sensual. Ele entra na vida de Kaori para despertar um lado da vampira que estava adormecido. Yoshi evolui muito no decorrer da história, demonstrando ser uma pessoa única e especial.
E Omitsu... Bem... Tem que ler!

Mesmo com novatos admiráveis, os antigos mantêm as atenções para si.
Samuel, o vampwatcher preferido de Kaori continua provando que não é preciso habilidades ou poderes super humanos para enfrentar o perigo. Mesmo fingindo que não se importa com os sobrenaturais, ele mergulha completamente na aventura.
Beatriz continua a ser o oposto de seu amado Samuel: além de se importar com qualquer coisa ligada aos sobrenaturais, é a personagem antiga que mais sofrerá mudanças no decorrer de Kaori 2.
Takezo continua sendo meu preferido, não há como não se apaixonar pelo samurai vampiro super elegante, inteligente, poderoso e charmoso. Continua sendo discreto e cheio de mistérios. Mesmo com todas se apaixonando por Yoshi, minha preferência ainda fica em Takezo, mais maduro e culto.
Missora, a vilã maléfica, pervertida e sanguinária, continua a ser sádica e louca por torturas e sangue. E gostamos dela assim! Dessa vez seu terror é voltado para outra pessoa, antes de Kaori...
E Felipe, que em Kaori 1 foi um vilão osso duro de roer agora é refém do IBEFF e acaba sendo forçado a cooperar com Takezo, Samuel e Kaori. Será confiável? Gostei muito mais dele agora. Tornou-se mais complexo e imprevisível.
Kaori continua sendo a principal estrela. Ela tenta ser controlada e madura, objetivo concluído até o momento em que o passado retorna como uma assombração que provoca dor no coração. Kaori é fabulosa, uma personagem forte e cheia de faces. Ela é intrigante e continua a nos enfeitiçar. Afinal, ela é menina graciosa ou mulher fatal? Humana sensível ou vampira fria? Ela mexe com o imaginário das pessoas, pois não existem definições simples a serem aplicadas a sua personalidade. Ela é Kaori e nada mais. Pois ser Kaori é ser mais que muitas.

Trechos que eu adorei: o massacre no cemitério, a Senhora do Lago, Kaori fazendo mais tatuagens, a verdadeira face de Klimman, o Fantastique Cabaret, o Virtuoso e a batalha invisível - neste capítulo, Giulia mostra que realmente Kaori não é uma vampira comum! A cena de invasão ao Cabaret foi incrível, digna de filme.
Destaque hilário para quando a equipe do IBEFF entra na van de Sidnei e o "peso de papel" na mesa de Arlene.

O perigo e a adrenalina envolvem o leitor, numa narrativa frenética e a cada capítulo mais intrigas e surpresas aparecem, esquentando as páginas. A cada trecho, mais descobertas. Atração e muita sensualidade emanam de várias personagens, e também terror e violência retornam. Giulia mantém o nível de excelência visto em Kaori 1, com todas as características, porém acrescenta mais detalhes, segredos e personagens à Kaori 2.
Sendo seres sobrenaturais ou meros mortais, cada um possui sentimentos íntimos e próprias visões de mundo. Cada um tem seus medos, anseios, sonhos e desejos. Estou louca para Giulia publicar mais uma história de Kaori e companhia!


Trechos:
"O procér mastigador olhou pela janela para o interior do apartamento e viu a vampira cravar os dentes no pescoço de sua vítima. Salivou, excitado. Agora faltava pouco para que a fome fosse saciada."
"Gaspar Klimman, usando um macacão amarelo, levando uma cabeça humana dentro de um saco plástico, cilindros de ácidos proibidos e um lança jato industrial,... tendo ao lado uma pequena japonesa seminua com um sabre ensanguentado na mão."
"Depois, fez sinal para que os kappas voltassem para o lago. Sussurros insatisfeitos partiram das criaturas, que ainda esperavam pela sua parte do sangue humano."
"As garotas pareciam irritadas com a negativa. A primeira, a do colar de rubis, emitiu um silvo feroz e virou-se, revelando, sob o vestido longo, um sinuoso copo de serpente."
"Estava se tornando um veterano em matéria de mordidas de vampiros. Com esta, era a quarta vez que virava lanche de desmorto."
"A robusta e voluptuosa luperce. A pequena e sensual oriental. O sol e a lua, iluminando aquele cantinho obscuro do mundo."
"O prisioneiro era um vampiro. Kaori andou ao redor dele, examinando-o. Sorriu. O mundo dava muitas voltas mas ter um antigo inimigo em seu poder continuava sendo excitante."
"Estava sendo mantida prisioneira dentro do próprio corpo. E agora, encontrava-se no centro de uma espécie de arena, com as roupas rasgadas e o corpo cheio de hematomas."
"Algo se partiu dentro de Kaori. Algo que sempre estivera trincado, fragilizado ganhara uma fissura dolorosa. Missora!"
Obs.: Não deixem de ler as resenhas de Kaori: Perfume de Vampira e Amor Vampiro.




Links:
Giulia Moon:

website oficial | Phases da Lua | Twitter | Orkut | Facebook | Skoob

Kaori:
Kaori's Lovers no Facebook | Kaori 1 no Skoob | Kaori 2 no Skoob | Amor Vampiro no SkoobKaori no Orkut

Comprar:
Você encontra os livros de Kaori nas melhores livrarias, ou se preferir, pode comprar online:

Kaori 1: Perfume de Vampira:
Giz Editorial | Livraria Cultura
Também em versão e-book:
Giz Editorial | Livraria Saraiva

Kaori 2: Coração de Vampira:
Giz Editorial | Livraria Cultura | Livraria Saraiva
Também em versão e-book
Livraria Saraiva

Amor Vampiro
Giz Editorial | Livraria Cultura | Livraria Saraiva
Também em versão e-book
Giz EditorialLivraria Saraiva




A série
Personagens ilustrados pela Giulia Moon.

A estreia da vampira japonesa perfumada mais apaixonante do mundo foi no livro Amor Vampiro (2008, Giz Editorial) no conto Dragões Tatuados, aonde sabemos como foi o primeiro encontro entre Kaori e o vampwatcher Samuel Jouza. Eu li o livro e gostei de todos os contos, mas o conto da Giulia se sobressai. Amor Vampiro já foi resenhado no blog.
Kaori ganha então de sua criadora o primeiro volume de sua saga em Kaori: Perfume de Vampira (2009, Giz Editorial) e inicia uma série de destaque. Também resenhei o livro.
No segundo volume de Kaori, Giulia consegue escrever uma aventura ainda melhor em Kaori 2: Coração de Vampira!
Uma série recomendada para quem gosta de literatura fantástica de qualidade, com personagens marcantes e seres sobrenaturais de todos os tipos, mergulhados em cenários exóticos e cenas de ação, aventura, perigo e sensualidade.


Giulia Moon
É paulistana, já foi diretora de arte, ilustradora, diretora de criação e sócia de agência de propaganda. Tem três coletâneas de contos publicados: Luar de Vampiros (Scortecci, 2003), Vampiros no Espelho & Outros Seres Obscuros (Landy, 2004), e A Dama-Morcega (Landy, 2006). Em 2008 lançou com mais seis autores o livro de contos Amor Vampiro (Giz Editorial). Sempre na área da literatura fantástica, é coeditora do fanzine FicZine e da Scarium Magazine. Especialista em ficção de vampiros, tem carinho especial por seres obscuros e monstros de qualquer natureza. Sua série Kaori é um sucesso e possui dois volumes: Perfume de Vampira (2009) e Coração de Vampira (2011), ambos pela Giz Editorial.

Contato com a autora: giuliamoon1@yahoo.com.br

Sorteio de brinde:
Sortearei um marcador e um mini botom de Kaori 2: Coração de Vampira entre todos que comentarem de forma expressiva na resenha até o dia 17/02/2012:

Lindos!


Amei o livro, marquei como 5 estrelas e favorito no Skoob, minha resenha nem chega perto de expressar o quanto adorei Kaori 2.

Atualização da postagem feita no dia 18/02/2012
Três comentários na resenha concorrendo ao kit de brindes.
Ju - nº1
Priscilla - nº2
Biazinha - nº3

A sorteada foi... Ju Maretto:


Muito obrigada as três mocinhas por participarem. É pouco, mas de coração.

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail