Retratos da Leitura no Brasil: Cai o nº de brasileiros leitores e metade da população não lê


A terceira edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, apresentada dia 28 de março na Câmara, durante o II Seminário Nacional revelou que a população leitora diminuiu no país. Enquanto em 2007 55% dos brasileiros se diziam leitores, hoje esse porcentual caiu para 50%.

São considerados leitores aqueles que leram pelo menos um livro nos três meses anteriores à pesquisa. Diminuiu também, de 4,7 para 4, o número de livros lidos por ano. Entraram nessa estatística os livros iniciados, mas não acabados. Na conta final, o brasileiro leu 2,1 livros inteiros e desistiu da leitura de 2.


A pesquisa foi feita pelo Ibope Inteligência por encomenda do Instituto Pró-Livro (IPL), entidade criada em 2006 pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), Sindicato Nacional de Editores (SNEL) e Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares (ABRElivros).
"É no mínimo triste a gente não poder comemorar um crescimento", disse Karine Pansa, que acumula a direção do IPL e da CBL. Ontem, o Estado mostrou que 75% dos brasileiros nunca pisaram em uma biblioteca.

Uma novidade detectada pelo trabalho é que o professor ultrapassou as mães como principal agente influenciador e estimulador de hábitos de leitura.
“Esse dado mostra a necessidade de se aprimorar programas de transformação do professor em leitor para que ele possa exercer o papel de estimular a paixão pela leitura”, observa a presidente do SNEL, Sônia Machado Jardim, que participou do evento.

A pesquisa mostrou que 65% das pessoas são influenciadas pelo tema do livro para fazer a sua escolha. Também indicou a importância do “boca a boca”, já que 29% das compras são feitas após um livro ser recomendado por uma pessoa conhecida. As livrarias são os principais pontos de venda. Já as bancas de jornal despontaram como o segundo lugar procurado pelo público para a compra de livros – um local que não era citado na pesquisa anterior.

Em relação ao livro digital, o trabalho mostra que ainda está longe de ser uma realidade no país, já que 83% das pessoas nunca leram um livro digital. Dentre os que já tiveram a experiência, 38% admitiram que seus downloads eram piratas.

A pesquisa foi feita entre junho e julho do ano passado. Foram entrevistadas 5.012 pessoas em 315 municípios, representando um universo de 178 milhões de habitantes.

Fonte: SNEL, IPL e Estadão.

2 comentários

  1. Sendo um leitor me dói na alma saber de uma coisa dessas. Me entristeço ainda mais sabendo que números relacionados à coisas ruins só crescem, enquanto o grande bem que é a leitura está em declínio...mas não devemos nos deixar abater por isso! Esse é mais um motivo para lutarmos pela divulgação da literatura! Leitores do Brasil, uni-vos! :)

    Beijos!
    http://policialdabiblioteca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei chateada com essa pesquisa. Espero que na próxima o Brasil tenha mais leitores! Beijos.

      Excluir

Antes da publicação, os comentários passam por moderação, então aguarde, por favor.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos, não serão publicados, assim como pedidos de e-Books ilegais.
Sua opinião é muito importante! Através dos comentários é que posso tentar fazer um blog mais interessante.
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras