Pesquise no Leitora Viciada

29 de março de 2012

Retratos da Leitura no Brasil: Cai o nº de brasileiros leitores e metade da população não lê


A terceira edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, apresentada dia 28 de março na Câmara, durante o II Seminário Nacional revelou que a população leitora diminuiu no país. Enquanto em 2007 55% dos brasileiros se diziam leitores, hoje esse porcentual caiu para 50%.

São considerados leitores aqueles que leram pelo menos um livro nos três meses anteriores à pesquisa. Diminuiu também, de 4,7 para 4, o número de livros lidos por ano. Entraram nessa estatística os livros iniciados, mas não acabados. Na conta final, o brasileiro leu 2,1 livros inteiros e desistiu da leitura de 2.


A pesquisa foi feita pelo Ibope Inteligência por encomenda do Instituto Pró-Livro (IPL), entidade criada em 2006 pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), Sindicato Nacional de Editores (SNEL) e Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares (ABRElivros).
"É no mínimo triste a gente não poder comemorar um crescimento", disse Karine Pansa, que acumula a direção do IPL e da CBL. Ontem, o Estado mostrou que 75% dos brasileiros nunca pisaram em uma biblioteca.

Uma novidade detectada pelo trabalho é que o professor ultrapassou as mães como principal agente influenciador e estimulador de hábitos de leitura.
“Esse dado mostra a necessidade de se aprimorar programas de transformação do professor em leitor para que ele possa exercer o papel de estimular a paixão pela leitura”, observa a presidente do SNEL, Sônia Machado Jardim, que participou do evento.

A pesquisa mostrou que 65% das pessoas são influenciadas pelo tema do livro para fazer a sua escolha. Também indicou a importância do “boca a boca”, já que 29% das compras são feitas após um livro ser recomendado por uma pessoa conhecida. As livrarias são os principais pontos de venda. Já as bancas de jornal despontaram como o segundo lugar procurado pelo público para a compra de livros – um local que não era citado na pesquisa anterior.

Em relação ao livro digital, o trabalho mostra que ainda está longe de ser uma realidade no país, já que 83% das pessoas nunca leram um livro digital. Dentre os que já tiveram a experiência, 38% admitiram que seus downloads eram piratas.

A pesquisa foi feita entre junho e julho do ano passado. Foram entrevistadas 5.012 pessoas em 315 municípios, representando um universo de 178 milhões de habitantes.

Fonte: SNEL, IPL e Estadão.

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail