A Ascensão da Casa dos Mortos de Lemos Milani, Editora Estronho

A Ascensão da Casa dos Mortos
Lemos Milani - Editora Estronho
224 páginas - Ano: 2012 - de R$39,90 por R$31,90 + brindes!

Sinopse:
"Foi em julho, durante uma viagem em família, que o verdadeiro sentimento do medo surgiu. Apenas três pessoas e uma casa mostrarão a você leitor, que o mal não escolhe situação para agir. Esqueça a realidade, apague as barreiras da lógica. Espaço e tempo não passam de mera ilusão.
Por que três, dentre oito pessoas, viveram horrores inimagináveis em uma construção que jamais mostrou qualquer tipo de perturbação? Julieta, Santiago e Lindsay quiseram, acima de tudo, conhecer a resposta. Mas como viver sabendo que os acontecimentos ganhavam poder em escala vertiginosa? Até quando a máscara da inocência poderia ser propositadamente mantida?
Mansão Morrigan. Uma bela edificação erguida em terras serranas, de caráter marcante, posta em um terreno cuidadosamente trabalhado. Conheça-a, penetre nos cantos mais isolados, explore cada pedaço do jardim, então você descobrirá muito mais que apenas tijolos e concreto."



Links: Editora Estronho | Skoob | degustaçãoPágina no Facebook

Resenha:
Um livro inteligente feito sob medida para os fãs de terror e suspense. Casa assombrada é um assunto que sempre instiga e amedronta; causa curiosidade e temor. No caso de A Ascensão da Casa dos Mortos todas essas sensações estiveram presentes durante a leitura. A ascensão da Casa dos Mortos possui muitos fatores misteriosos, fazendo dele um livro único.

O terror é explícito, com acontecimentos macabros, sobrenaturais e rodeados de sangue - perigo físico e letal. Não espere por fantasmas bobos que apenas assustam e nada fazem às suas vítimas de forma direta. Na mansão Morrigan existem muito mais que simples espíritos, é uma força muito mais impactante. Eles ferem, torturam e matam;
O terror é psicológico, já que as personagens sofrem, ficando presas numa sinistra rede sequencial de desespero, horror e dúvida. O sofrimento torna-se enlouquecedor, atingindo-as em mente e não apenas em corpo.

Apesar de o autor ser jovem e iniciante, ele possui maturidade na forma de escrever e o mais importante: possui personalidade.
Através do uso de palavras variadas, de vários sinônimos que deixam o texto agradável e pouco repetitivo ele consegue detalhar minuciosamente os cenários sem se perder em pormenores dispensáveis.
Possui talento, criatividade e objetividade, pois aborda um tema clássico transformando-o numa história de terror moderna que valoriza o que o gênero traz de melhor: medo e desespero.
As cenas por ele descritas são de simples visualização, fazendo o leitor imaginá-las rapidamente e enxergar cada canto obscuro da casa.

Através de uma narrativa bem desenvolvida e planejada, o narrador apresenta ao leitor as personagens e suas ligações entre si. De forma introdutória mostra como são suas vidas e relacionamentos.
O autor cria no leitor simpatia em relação às personagens. Afinal, numa história de terror é importante essa criação de vínculos. Precisamos de certa forma estar ligados às personagens. Ao chegar o perigo e horror, devemos nos compadecer do sofrimento delas, nem que seja por pena, senão o desespero não atingirá seu ápice, no entanto, o autor atinge essa meta.

Alguns segredos e conflitos vão sendo revelados no decorrer da história, um complemento especial.
São simples e boas as justificativas para a ocorrência da viagem do grupo até a mansão luxuosa e exótica, mantendo um padrão na narrativa durante todo o desenvolvimento da trama, realizando diálogo com o leitor. Ele interage e cria um vínculo estimulante e discreto.
Os diálogos entre as personagens são bons. Pessoas comuns, que se tornam mais reais através das cenas.
O autor nos permite acesso aos pensamentos e sentimentos das personagens nos devidos momentos. Faz do bom uso disso para causar ainda mais apreensão, temor e curiosidade.

O livro é muito bem estruturado, dividindo-se em partes e capítulos, possuindo pausas corretas. Depois da chegada da família à casa em questão, inicia-se uma outra divisão: os capítulos dão lugar aos dias; acompanhamos cronologicamente até o último dia de estadia. A organização deixa a leitura ainda mais convidativa e fluida.
Existem textos muito bons dentro do livro. Tanto introduções poéticas no início de cada parte principal como contos lidos pelas personagens e que parecem influenciar a casa.
O livro é bastante complexo e fantástico com esses detalhes que engrandecem a obra.
Outra tática boa do autor é o retorno ao passado da casa, realizado de forma rica e chocante, uma das melhores partes do livro, com cenas secundárias embutidas dentro de cenas primárias.
Existem também sonhos dentro de sonhos, a mistura de alucinações e visões à realidade. Confunde, instiga e encanta o leitor. Uma descoberta atrás da outra.

Antes mesmo de a casa entrar em cena, ela já parece assustadora; já nas primeiras cenas percebemos que a excentricidade do local contém segredos e uma aura maléfica. Interessante notar que isso não se resume apenas à complexa e imensa mansão, porque abrange todo o terreno da propriedade, que inclui um pomar, um lago, um labirinto e uma pequena mata, inclui até mesmo animais silvestres.
Por todo o terreno notamos elementos estranhos e interessantes, ligados à mitologia celta e objetos estranhos mesclados à arquitetura e decoração da casa e jardim. As estátuas, a fonte e a biblioteca são os destaques para mim, um toque diferente e original. Isso é que mais gostei no livro: não é apenas a mansão que possui segredos sobrenaturais; é toda a propriedade.
A melhor característica da casa é que ela parece uma personagem; parece viva,ciente de seu poder. Incrível como tudo parece interligado, cada objeto dentro da casa ou parte de sua estrutura, como se fosse um organismo vivo. Vivo e irado.

Achei insistente quando o autor nos mostra as diferenças financeiras entre duas personagens e exagera um pouco nesse ponto, porém depois compreendi que este é um dos fatores importantes para o desenrolar da história.

Livro mais que recomendado, que atinge o psicológico causando medo ao leitor. No mínimo você se sentirá perturbado, aflito e curioso. A adrenalina e ação surgem em meio à correria de cenas. Não se surpreenda se você ouvir uma porta batendo na sua casa ao ler o livro à noite e levar um suto.
A ambientação da história é perfeita; a maldição é aos poucos explicada e é nessa parte que elogio o autor. A Ascensão da Casa dos Mortos inicia-se aparentemente sem pretensões maiores que ser um livro simples de terror. No entanto, transforma a leitura em algo intenso e sombrio, através de motivações complexas da casa. Existe toda uma história por detrás dela e cabe ao leitor ter coragem em desbravá-la e estar atento aos detalhes.
O final é excelente, assustador e traz uma sequência de ação ininterrupta.


Como comprar:
O livro está a venda na Livraria Estronho! De R$39,90 por R$31,90 com frete grátis e brindes (2 marcadores e ecobag). Se você colocar o código de cupom de desconto LEVI12AGO ganhará 8% a mais de desconto na compra de livros da Editora Estronho e Selo Fantas!
O que está esperando? Leia a resenha e adquira A Ascensão da Casa dos Mortos e livros da Estronho com mais 8% de desconto utilizando o código LEVI12AGO.
Depois dessa data, o código mudará, para sempre saber o código atual, é só procurá-lo na lateral do blogue, embaixo das Últimas Resenhas.
O livro acabou de sair da gráfica e chegar na Editora Estronho, portanto, a entrega é imediata!




Arte completa:

Marcadores:



O autor:
Lemos Milani nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1991, e atualmente reside em Nova Iguaçu.
Não cresceu cercado por livros, mas começou a perceber o valor da literatura ainda cedo – felizmente. Seus escritores preferidos permeiam entre o clássico e o contemporâneo, tendo um papel extremamente importante na formação de seu estilo literário.
Não possui gênero fixo de escrita, embora prefira construir seus textos em caráter simbólico e crítico.
É o autor convidado da antologia a ser publicada pela Estronho: Malditas, As casas têm atmosfera. Possui contos selecionados para outros futuros lançamentos da editora: Quando o saci encontra os mestres do terror e seis livros da série VII Demônios (Inveja, Gula, Luxúria, Soberba, Avareza e Ira).

8 comentários

  1. Ah, que bom que comprei esse livro na promoção da Estronho! Fiquei em dúvida se ele era bom, porém vejo que saí no ganho. Louca para lê-lo!

    Beijos!

    Fátima Menezes - @fatimamd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza se você gosta de suspense e terror vai gostar do livro! Não se arrependerá. Beijos.

      Excluir
  2. Olá, Tatiana...poxa, agora posso ver quais foram as suas impressões desse livro! Legal! :D
    Poxa, bom saber como o livro é tão bem lapidado para os fãs de terror e suspense. Acho que esse fascínio por histórias de casas assombradas vem do fato que os nossos lares sempre são lugares de emoções intensas, seja pelas alegrias ou pelos momentos que exigem mais força, enfim, essas emoções às vezes parecem ficar no ambiente e quem sabem podem criar vida própria? É isso que desperta a curiosidade. Terror psicológico aliado a uma ameaça realmente física, muito interessante. Estou ficando mais empolgado. É muito bom ler um texto que nos prende assim, a leitura fica bem natural. Essa criação de vínculo entre personagens é mesmo fundamental para uma boa construção do terror, pelos fatos que você expôs. Amo livros que me puxam para as páginas tão fortemente e, pelo que você comentou, é justamente isto que esse livro consegue. Parabéns pela resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, muito obrigada! Acho que você gostará muito do livro! Particularmente acredito muito no poder de um ambiente, de uma casa... acredito mesmo que energias negativas ou positivas podem permanecer num local, com diferentes intensidades. Por acreditar nisso, li A Ascensão da Casa dos Mortos com prazer, mas foi uma grande surpresa ver o terror explícito, uma casa com história, personalidade e vida! Excelente! Beijos.

      Excluir
  3. Oi Tatiana
    Adorei primeiro a arte da capa, mas a tua resenha me fez ficar mais curiosa e com vontade de ler, agora vou ter que comprar.
    Parece ser daqueles livros que tu não consegue para de ler que termina um capítulo e tem que ler o próximo para ver o que vai acontecer.
    A resenha ficou muito boa!
    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Já li. È realmente ma-ra-vi-lho-so!!!!! Vcs vão adorar, não conseguia parar de ler, prende mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Eu só li o 1º capítulo e achei maravilhoso. Fiquei com aquela com vontade absurda de ler até o final porém não tenho o livro. Mas espero um dia ler completo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lilow, então aproveite o livro, que é excelente! Beijos.

      Excluir

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos, não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante! Através dos comentários é que posso tentar fazer um blog mais interessante.
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras