Pesquise no Leitora Viciada

10 de agosto de 2012

Exposição em Salvador em homenagem a Jorge Amado: Jorge, Amado e Universal

Hoje, 10 de agosto de 2012, Jorge Amado completaria 100 anos. Para comemorar divulga esta mostra que ficará em cartaz no Museu de Arte Moderna da Bahia até 14 de outubro.

A Bahia homenageia um de seus filhos mais ilustres. Na noite desta quinta-feira (9) foi aberta, em Salvador, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), a exposição Jorge, Amado e Universal, que tem apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet. A mostra foi inaugurada na capital baiana na véspera em que se comemora o centenário de nascimento do escritor.

A família prestigiou a exposição, que contou com a presença do filho do escritor, João Jorge, e da neta, a cineasta Cecília Amado. Alguns artistas também prestigiaram a abertura da mostra, como os músicos Moraes Moreira, Jota Veloso e a escritora Mabel Veloso.

Também participaram do evento o governador da Bahia, Jaques Wagner, o secretário de Cultura do estado, Albino Rubim, o ministro da Cultura de Portugal, Francisco José Viegas, e a diretora da Fundação Casa de Jorge Amado, Myrian Fraga.

Para o governador Jaques Wagner, a exposição é uma forma de agradecer a Jorge Amado. “Ele levou a Bahia para o mundo”, disse.

“É um orgulho para o Ministério da Cultura saber que a Lei Rouanet possibilita ações como esta que homenageia, de forma justa, um dos maiores escritores brasileiros”, avalia Monica Trigo, chefe da Representação Regional do MinC na Bahia.

A exposição:
Garrafas Pet com azeite de dendê mostram trechos de livros do autor.
A exposição ocupa vários espaços do MAM – térreo do casarão, a capela e a galeria. Está dividida em módulos, cada um deles dedicado a um aspecto marcante na vida do escritor. São fotografias, objetos, folhetos de cordel, filmes e imagens, além de depoimentos de amigos, artistas, críticos e anônimos.

A diretora do MAM-BA, Stella Carrozo acredita que, em Salvador, a exposição fará ainda mais sucesso do que o registrado no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, onde foi vista por mais de 130 mil pessoas. “Nossa expectativa é atingir 150 mil visitantes”, afirma. Ela também ressalta que, paralela à mostra, serão desenvolvidas ações educativas sobre a obra do escritor.

A exposição tem direção geral de William Nacked, direção de produção de Ana Helena Curti e expografia de Daniela Thomas e Felipe Tassara.

A visitação é gratuita e segue até 14 de outubro, de terça a sexta, das 13 às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14 às 19h.



Fonte: Ministério da Cultura - Texto: Márcia Moreira, RRBA/MinC - Fotos: Manu Dias/Secom/ Gov. da Bahia - 10/08/2012

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail