publicidade

Lançamentos de agosto: Alfaguara (Editora Objetiva / Grupo Companhia das Letras)

Ainda Estou Aqui
Marcelo Rubens Paiva - Alfaguara / Editora Objetiva / Grupo Companhia das Letras
296 páginas - 2015 - R$39,90 - comprar

Sinopse:
"Trinta e cinco anos depois de Feliz Ano Velho, a luta de uma família pela verdade.
Eunice Paiva é uma mulher de muitas vidas. Casada com o deputado Rubens Paiva, esteve ao seu lado quando foi cassado e exilado, em 1964. Mãe de cinco filhos, passou a criá-los sozinha quando, em 1971, o marido foi preso por agentes da ditadura, a seguir torturado e morto. Em meio à dor, ela se reinventou. Voltou a estudar, tornou-se advogada, defensora dos direitos indígenas. Nunca chorou na frente das câmeras.
Ao falar de Eunice, e de sua última luta, desta vez contra o Alzheimer, Marcelo Rubens Paiva fala também da memória, da infância e do filho. E mergulha num momento negro da história recente brasileira para contar — e tentar entender — o que de fato ocorreu com Rubens Paiva, seu pai, naquele janeiro de 1971."

Feliz Ano Velho
Nova edição!
Marcelo Rubens Paiva - Alfaguara / Editora Objetiva / Grupo Companhia das Letras
272 páginas - 2015 - R$39,90 - comprar

Sinopse:
"Um clássico da literatura brasileira contemporânea, Feliz Ano Velho ganha nova edição pela Alfaguara.
Feliz ano velho é o primeiro livro de Marcelo Rubens Paiva. Aos vinte anos, ele sobe em uma pedra e mergulha numa lagoa imitando o Tio Patinhas. A lagoa é rasa, ele esmigalha uma vértebra e perde os movimentos do corpo. Escrito com sentido de urgência, o livro relata as mudanças irreversíveis na vida do garoto a partir do acidente. Ele é transferido de um hospital a outro, enfrenta médicos reticentes, luta para conquistar pequenas reações do corpo. Aos poucos, se dá conta de sua nova realidade, irreversível. E entende que é preciso lutar. O texto expressa a irreverência e a determinação da juventude, mesmo na adversidade, e a compreensão precoce “de que o futuro é uma quantidade infinita de incertezas."

Críticas de Feliz Ano Velho:

“Um livro emocionante sem ser piegas, crítico e irônico sem ser inocuamente agressivo. E mostra que, apesar de tudo, Marcelo não perdeu a paixão pela vida.
Paixão que lhe permite fazer boa literatura.” — Veja

“Marcelo, aos invasores, opõe sua juventude, sua mente sadia. Escreve. Luta. Politizado. Não se entrega, não odeia. Compreende. 
Sacudiu a poeira, deu a volta por cima.” — Folha de S. Paulo

“Desde que Françoise Sagan cumprimentou suas inquietações adolescentes que um primeiro livro não causava o impacto de Feliz Ano Velho” — O Estado de S. Paulo

“Paiva revela seu pique e agarra o leitor, prendendo-o numa leitura capaz de varar a madrugada, e passa a ser cantado pelo público, com expectativas e cobraças de quero mais.” — Jornal da Tarde

“A tragédia e o humor, duas maneiras de ver o mundo em uma maravilhosa obra brasileira.” — Lá Nácion

“Devemos aplaudir este jovem e talentoso escritor, que prova a capacidade de renovação da literatura latino-americana.” — Die Zeit

Nenhum comentário

Os comentários são moderados, portanto, aguarde aprovação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como os que contenham pirataria.
Caso tenha um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.

Parcerias