A Sabedoria do Condado, Noble Smith, Novo Conceito

A Sabedoria do Condado (The Wisdom of Shine)
Tudo sobre o estilo de vida dos hobbits para uma vida longa e feliz.
Noble Smith - Novo Conceito
Tradução: Cibele da Silva Costa
Prefácio: Peter S. Beagle
176 páginas - Ano: 2012 - R$29,90

Sinopse:
"Um guia do Hobbit para a vida de milhões de fãs do J.R.R. Tolkien.
Smith mostra que uma toca-hobbit é, na verdade, um estado de espírito e como até as menores pessoas podem ter o valor de um Cavaleiro de Rohan. Ele explora assuntos importantes para os hobbits, como cerveja, comida e amizade, mas também assuntos mais sérios, como coragem, vida em harmonia com a natureza e bem versus mal. Como prazeres simples como jardinagem, longas caminhadas e refeições deliciosas com amigos podem fazer você significativamente mais feliz? Por que o ato de dar presentes no seu aniversário em vez de recebê-los é uma ideia tão revolucionária? E como podemos carregar nosso próprio “anel mágico” sem sermos devorados por ele?
A Sabedoria do Condado tem a resposta para essas perguntas."

Links: Novo Conceito | Skoob | degustação

Resenha:
Eu esperava ansiosamente pelo lançamento deste livro, portanto foi o segundo livro lido por mim em 2013.
A capa é linda e uma excelente escolha: A porta aberta de uma Toca-Hobbit mostrando o Condado em uma figura bucólica e mágica. As letras do título são e relevo e a fonte é muito semelhante à de O Senhor dos Anéis.
E este livro, apesar de concentrar-se no Condado criado pelo autor J. R. R. Tolkien e seus moradores, apresenta vários itens de todas as obras relacionadas à Terra-Média, principalmente O Hobbit e O Senhor dos Anéis.
Apesar de ser um livro fino, ter uma leitura dinâmica, simples e rápida, A Sabedoria do Condado é uma leitura obrigatória para todos os fãs de Tolkien e sua mitologia relacionada aos pequenos e queridos Hobbits.
O interessante é que possui uma aura de autoajuda - gênero literário que eu costumo odiar, mas é classificado como ficção. Eu diria que é um guia sobre os Hobbits e seu estilo de vida, comparando seus hábitos aos nossos.

Adorei o livro, pois sou uma grande fã de O Senhor dos Anéis e apaixonada pelos Hobbits. A leitura leve é muito divertida! Aconselho o livro somente para os fãs, principalmente os que já leram os livros relacionados aos Hobbits, não apenas os admiradores das obras cinematográficas. Um leitor que nunca leu Tolkien ou assistiu aos filmes não encontrará sentido na leitura. O livro possui uma infinidade de spoilers, portanto, leia O Senhor dos Anéis e O Hobbit primeiramente e se você se admirar os Hobbits, então parta para A Sabedoria do Condado.

O livro possui uma excelente estrutura. As notas ao longo do livro relembram o mundo de Tolkien e complementam com detalhes de suas obras ou acrescentam ao texto mais curiosidades.
Começa com um Prefácio escrito pelo especialista "tolkienado" Peter S. Beagle; em seguida temos uma Introdução e logo depois, uma Introdução à edição brasileira (páginas especiais!); finalizando a preparação do leitor para o livro em si o autor escreveu Onde fica o Condado?.
Após a realização das apresentações seguem vinte capítulos, todos com um título e um pensamento final com uma conclusão sobre o tema e itens apresentados. Como extras existe ainda um teste muito engraçado sobre que tipo de Hobbit você é (sou "Super-Hobbit"!) e as instruções para cultivar seu próprio jardim Hobbit, mesmo com pouco espaço - tenha um pedacinho do Condado em um canteiro.
E se você acha que dica para um jardim Hobbit é pouco, pois nem todos têm espaço para isso, o livro traz outra opção para colocar a mão na massa: uma receita Hobbit que parece bem apetitosa!
Existem diversas dicas em como o Condado e o estilo de vida dos Hobbits podem influenciar nossas vidas, desde coisas simples e diretas como as citadas até pensamentos mais profundos que envolvem caráter e nossas ações no dia-a-dia.

Apesar das brincadeiras em como deixar a sua casa com um ambiente acolhedor como uma Toca-Hobbit, ensinar a você como ser uma pessoa parecida com um Hobbit, o livro traz mensagens profundas sobre como possuir o espírito Hobbit. E o que seria isso?
Os Hobbits são bondosos, corajosos, sabem levar uma vida feliz e simples; possuem ética e caráter, além de se importarem muito com a amizade e o amor.
Acredito que o autor não quer influenciar ninguém a mudar drasticamente de vida, principalmente quem vive em grandes metrópoles com uma vida agitada. A verdade é que ele utiliza metaforicamente a essência existente nos Hobbits para mostrar ao leitor o quanto se desperdiça tempo com futilidades. Nós não relaxamos, perdemos sentimentos positivos e deixamos a tranquilidade e a admiração pelas coisas simples da vida em segundo plano.

A melhor parte do livro são as observações e a recapitulação de tudo de positivo que Tolkien colocou nas suas histórias, ressaltando a paz, a amizade e o amor. Noble Smith relembra os fãs cenas e fatos ocorridos, utilizando isso como exemplos para que deixemos nossas vidas mais aconchegantes e divertidas. Muitas informações das obras estão presentes.
O autor traz inúmeras curiosidades da vida do Tolkien e como fatos reais influenciaram a criação da Terra-média e, claro, do Condado. As curiosidades vão além da vida pessoal dele e do processo criativo dos livros, mostra também muitas preciosidades sobre as versões para o cinema.

É um livro agradável e que consegue deixar o leitor mais leve, feliz, com vontade de mudar algumas coisas na vida, não necessariamente para se tornar um Hobbit, mas para tentar ser uma pessoa melhor.
Utilizando comparações com os Hobbits e em como eles possuem um coração enorme, o autor influencia o fã a modificar hábitos negativos na vida; a buscar por um local tranquilo para relaxar; a procurar comer menos alimentos industrializados; a ser mais sociável e receptivo; a observar a natureza; a dar mais valor à família e amigos; a manter a ética e o caráter no cotidiano; a fazer mais caminhadas ao ar livre; a enfrentar cada problema na vida como uma inesperada aventura...
São algumas das mensagens extraídas do estilo "Hobbit de ser" pelo autor e expostas no livro.

Se o sábio Gandalf possui uma enorme atração, curiosidade, respeito e admiração pela vida do Condado, com certeza simples mortais como nós podem aprender muito com esses pequenos.
Vários assuntos são abordados. Você vê o seu lar como um local realmente agradável? Os Hobbits mantêm suas tocas como verdadeiros paraísos, embora a simplicidade seja a característica principal.
A coragem de Bilbo, Frodo, Sam, Merry e Pippin e em como eles foram capazes de salvar o mundo, mesmo sendo criaturas tão simples e pacatas é a chave principal na saga da Guerra do Anel. Dentre tantos seres poderosos e raças diversas, são os Hobbits que modificam o andamento da história da Terra-média. Uma demonstração de que o poder está em nosso interior, na nossa força de vontade. Podemos ser pequenos e grandes como os Hobbits.

Um livro escrito por um dos maiores fãs do Tolkien para outros fãs. Noble Smith criou uma dinâmica prazerosa com sua narrativa sincera, expondo um pouco de fatos de sua vida para mostrar como podemos fazer comparações e modificações para melhor através de "hábitos Hobbits".
Sem a preocupação de ser um best-seller ou obra-prima, A Sabedoria do Condado agrada a todos os admirados dos Hobbits e toca o coração. Não apenas diverte e mostra a sabedoria dos Hobbits e de Tolkien, mas também traz felicidade aos fãs e um orgulho de ser um fã assumido!
Muitas dicas e trechos me marcaram. Um guia "preciosssso" para todo fã da saga do Anel e dos Hobbits ter na estante.
Não recomendo o livro para quem não é fã da Terra-média, seja a dos livros ou a do cinema.

Trechos:
"Eu mesmo sou um Hobbit (em tudo, exceto no tamanho)." - J. R. R. Tolkien em As Cartas de J. R. R. Tolkien.
"O fogo é muito aconchegante, a comida é boa. O que mais você poderia querer?" - Bilbo falando sobre Valfenda em O Retorno do Rei.
"Tolkien criou a Terra-média em sua mente, mas os Hobbits provieram do seu coração." - Introdução de A Sabedoria do Condado.
"O Termo Hobbit não precisa mais ser traduzido. Todos nós sabemos exatamente o que é uH hobbit e amamos as pessoas do ]condado independentemente da língua que elas falam." - Introdução à edição brasileira de A Sabedoria do Condado.
"Tolkien sabia hebraico e estava, provavelmente, mais familiarizado com a versão judaica do mito do zumbi e da criatura chamada 'golem'. O Gollum de Tolkien era como um zumbi, um morto-vivo." - Seu Gollum particular em A Sabedoria do Condado.
"Tolkien baseou o Condado em uma versão idealizada de uma Inglaterra que existia antes da invasão normanda em 1066, quando a população local de anglo-saxões vivia sob uma espécie de monarquia democrática primitiva." - Violando as regras de Sharkey em A Sabedoria do Condado.
"...os hobbits estavam lutando por algo bem diferente de glória ou derramamento de sangue: eles estavam lutando por amor aos seus amigos." "Sobreviver a uma experiência difícil e crescer como pessoa é a verdadeira recompensa." - A coragem de um pequeno em A Sabedoria do Condado.
"O que está escrito na lápide é o seguinte: 'Edith Mary Tolkien - Lúthien - 1889-1971 - John Ronald Reuel Tolkien - Beren - 1892-1973" - Amor na Terceira Era em A Sabedoria do Condado.
"Aniversários são muito importantes para os hobbits e eles têm um jeito únicos de celebrá-los. Em vez de ganhar presentes, eles dão presentes." "Não seria uma mudança interessante fazer um aniversário hobbit?" - A árvore da festa em A Sabedoria do Condado.
"Se você foi o escolhido para uma desafiante tarefa, enfrente-a com coração, coragem e inteligência, e nunca perca de vista a sua compaixão." - O protocolo Istari em A Sabedoria do Condado.

Comprar: Saraiva | Cultura | Submarino | Livrarias Curitiba | Fnac | Casas Bahia | Ponto Frio | Americanas

Booktrailer:


O autor:
Noble Smith escreveu este guia para fãs de J. R. R. Tolkien e seus Hobbits, selecionado como top 10 pela Publishers Weekly, que será traduzido para sete idiomas, incluindo italiano, espanhol e português.
Ele trabalhou como roteirista de jogos de video game, produtor executivo de documentários e diretor de mídia de uma fundação internacional de direitos humanos.
Seu livro Sons of Zeus será publicado em 2013. Ele vive no noroeste do Pacífico, com sua esposa e filhos.

Links: WebsiteTwitter | Facebook




Sorteio:
Quer concorrer ao kit cedido pela Novo Conceito de A Sabedoria do Condado? O brinde é uma réplica lindíssima da Flor de Lothelórin. Brinde perfeito! O sorteio vai até o dia 27/01/2013. Clique no banner abaixo:


Especiais!!
O Senhor dos Anéis: Você sabia que antes das adaptações cinematográficas foram feitas animações longa metragem? Curiosidade e informações sobre Tolkien e suas criações.

O Um Anel: Saiba tudo (ou quase tudo) relacionado ao Anel de Sauron!

Meus tesouros da Terra-Média:



15 comentários

  1. Apesar da curiosidade, vou me controlar para ler a resenha somente depois de ler a obra e ter escrito a resenha!

    Beijos!

    P.S: Voltarei mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardarei sei retorno e também adorarei ler a sua resenha. Beijos.

      Excluir
  2. Amei sua resenha, e simplesmente estou LOUCO pra ler esse livro. Sou fã de Tolkien desde que li "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit". Eu adoraria ir para a Terra-Média, já imaginou Tati? Já tentei ler um pouquinho de "Contos Inacabados", mas acho que a leitura precisa de mais atenção, até mesmo porque são histórias não terminadas. Enfim, sua crítica foi maravilhosa e me deixou muito empolgado pra embarcar nessa leitura! Já participando do sorteio e espero MUITO, MUITO, ganhar :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma viagem à Terra-Média seria fantástica e claro, o Condado não poderia ficar de fora!
      Eu li O Senhor dos Anéis, O Hobbit (ambos várias vezes) e Os Filhos de Húrin. Recentemente consegui comprar O Silmarillion, mas ainda não o li. Espero poder comprar Contos Inacabados e As Aventuras de Tom Bombadil.
      Boa sorte no sorteio, pois o livro é lindo, toca a alma de quem admira os hobbits.
      Beijos.

      Excluir
  3. Quero muito ler o livro. Ainda não vi o filme, estou esperndo para ler o livro primeiro mais acho que não vou conseguir ler agora rsrs.
    Gostei muito da resenha, espero ler o livro em breve.
    Bjos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho muito válido ler O Hobbit antes de assistir O Hobbit: Uma Jornada Inesperada e A Sabedoria do Condado é um complemento essencial para os fãs de Tolkien e seus Hobbits!
      Beijos.

      Excluir
  4. This kind of wonderful review makes all the hard work of writing a book worth the effort. You have made me feel so happy, Tatiana, that my book touched your heart. (Is this a saying in Brasil?) You totally understood what I was trying to do with A Sabedoria do Condado. Thank you so much. May you always have a love of Middle-earth and Hobbits and the Shire.

    And now I will attempt to Google Translate this! E agora vou tentar o Google Translate isso. Espero que a tradução está ok.

    Este tipo de resenha maravilhoso faz todo o trabalho duro de escrever um livro que vale a pena o esforço. Você me fez sentir tão feliz, Tatiana, que meu livro tocou seu coração. (É este um ditado no Brasil? Em Inglês diríamos "Touched your heart.") Você totalmente entendido o que eu estava tentando fazer com A Sabedoria do Condado. Muito obrigado. Que você sempre tem um amor da Terra-média e hobbits e do Condado.

    Cheers! Noble

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. It's a great and indescribable honor to know that you read my review, further written in another language (Google Translate brings people increasingly and I saw that you have some knowledge in Portuguese). Thank you for your interest.

      If it's valuable for you to receive a positive feedback you don't imagine how happy I'm happy and flattered to read your comment here in my blog, and in Portuguese!

      Thank you and yes: his work touched my heart and made ​​me rethink my habits and I'm changing some things for better.

      Thank you very much for all the trivia in book.

      We love the Hobbits!!
      All the affection of a Brazilian fan.



      É uma grande e indescritível honra saber que você leu a minha resenha, ainda escrita em outro idioma (Google Translate aproxima as pessoas cada vez mais e eu vi que você tem algum conhecimento em Português). Obrigada pelo seu interesse.

      Se ele é valioso para você receber uma qualificação positiva você não imagina como estou feliz e lisonjeada ao ler o seu comentário aqui no meu blogue, e em Português!

      Obrigada e sim: seu trabalho tocou o meu coração e me fez repensar meus hábitos e eu estou mudando algumas coisas para melhor.

      Muito obrigada por todas as curiosidades do livro.

      Nós amamos os Hobbits!
      Todo o carinho de uma fã brasileira.

      Excluir
  5. Adoro e amei sua resenha. Não tem como não ler o livro é ótimo.
    Ainda não assisti ao filme pois prefiro primeiro ler o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, realmente aconselho a ler O Hobbit e depois assistir ao filme; e corra para ler A Sabedoria do Condado, indispensável!
      Beijos.

      Excluir
  6. Oi Tati!
    Eu comprei esse livro antes do Natal, junto com o Hobbit que dei de presente pra minha filha. Foi uma das melhores comprar que fiz em livros,e sim, concordo com você, eu também queria viver no Condado.
    Parabéns pela resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Georgette, que presentão, hein!!! Sua filha deve ter amado!
      Poderia existir um Condado para o visitarmos de vez em quando, não é?
      Bacana que o autor tenta nos fazer criar um Condado dentro de nós.
      Beijos.

      Excluir
  7. O livro parece ser realmente muito interessante, com certeza foi para a minha lista de futuras leituras.
    Noble Smith comentou na sua resenha? *----------* Que honra, hein! =P
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito interessante!
      Você viu que chique, não é? =D
      Beijos.

      Excluir
  8. Oiiii Tati!!

    Eu to muito muito afim de ler esse livro, como toda boa fã dos Hobbits e do Tolkien ne?! rs
    no começo estava com receio, mtas pessoas lançam livros "na onda" de alguma coisa, mas depois de ler algumas resenhas percebi que esse não é o caso e quero muitoo ler!

    E da onde vieram esses pingentes tão lindos???
    Eu também quero!!

    E que coisa mais linda o Noble Smith comentando na sua resenha *-*

    Bjoo

    ResponderExcluir

Antes da publicação, os comentários passam por moderação, então aguarde, por favor.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos, não serão publicados, assim como pedidos de e-Books ilegais.
Sua opinião é muito importante! Através dos comentários é que posso tentar fazer um blog mais interessante.
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras