Pesquise no Leitora Viciada

27 de outubro de 2013

Lançamentos de 25 de outubro da Companhia das Letras

Oi, Leitoras e Leitores Viciados! Os lançamentos de 25 de outubro de 2013 da Companhia das Letras, são onze livros publicados esta semana.
Cliquem nos seguintes links para os lançamentos de: 04 de outubro11 de outubro e 18 de outubro.

Eu sou Malala (I Am Malala: The Girl Who Stood up for Education and Was Shot by the Taliban)
A história da garota que defendeu o direito à educação e foi baleada pelo Talibã.
Malala Yousafzai e Christina Lamb - Companhia das Letras
Tradução: George Schlesinger e Luciano Vieira Machado e Denise Bottmann e Caroline Chang.
360 páginas - Ano: 2013 - R$34,50
Lançamento: 17 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, uma menina levantou a voz. Malala Yousafzai recusou-se a permanecer em silêncio e lutou pelo seu direito à educação. Mas em 9 de outubro de 2012, uma terça-feira, ela quase pagou o preço com a vida. 
Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria.
Mas a recuperação milagrosa de Malala a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para as salas das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz.
Eu sou Malala é a história de uma família exilada pelo terrorismo global, da luta pelo direito à educação feminina e dos obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens. 
O livro acompanha a infância da garota no Paquistão, os primeiros anos de vida escolar, as asperezas da vida numa região marcada pela desigualdade social, as belezas do deserto e as trevas da vida sob o Talibã.
Escrito em parceria com a jornalista britânica Christina Lamb, este livro é uma janela para a singularidade poderosa de uma menina cheia de brio e talento, mas também para um universo religioso e cultural cheio de interdições e particularidades, muitas vezes incompreendido pelo Ocidente. 
“Sentar numa cadeira, ler meus livros rodeada pelos meus amigos é um direito meu”, ela diz numa das últimas passagens do livro. A história de Malala renova a crença na capacidade de uma pessoa de inspirar e modificar o mundo."

Links: Companhia das Letras | Skoob

Corpo Presente
João Paulo Cuenca - Companhia das Letras
144 páginas - Ano: 2013 - R$34,50
Lançamento: 14 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Tragado pelas noites, ofuscado pelo sol, o protagonista vive um presente contínuo e tenso em busca de sentimentos para sempre perdidos num mundo cínico demais, violento demais, sexualizado demais. Idealista a seu modo, busca a pureza lambuzando-se com as precariedades que a vida lhe oferece.
Tal como os números primos que encimam os fragmentos do texto, os personagens de Corpo presente são divisíveis por eles mesmos e por um. O que João Paulo Cuenca propõe é um jogo de identidades sem vencedores ou perdedores, mas com uma regra rígida, a da escrita como forma de enfrentar a vida."

Links: Companhia das Letras | Skoob | degustação


Vozes Anoitecidas
Contos.
Mia Couto - Companhia das Letras
152 páginas - Ano: 2013 - R$35,00
Lançamento: 17 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Publicado pela primeira vez em 1986, Vozes anoitecidas projetou o escritor moçambicano Mia Couto para o mundo. Conhecido até então por seu trabalho como jornalista e poeta, o autor - hoje tido como um dos mais influentes escritores da língua portuguesa - lançou aqui as bases daquela que viria a ser uma das principais características de sua obra ficcional: a reconstrução de laços entre registro oral e escrito.
Em doze pequenos contos, um rol de personagens esfarrapados e alheios ao palco principal dos acontecimentos narra, de seu ponto de vista marginal, histórias que flertam com o mágico e com o absurdo sem, no entanto, desviarem-se completamente do plano factual.
Em “As baleias de Quissico”, Jossias aguarda a chegada de um animal marinho de cuja boca, acredita, brotará “amendoim, carne, azeite de oliva e bacalhau”. Mas como saber se o animal existe, se ele jamais viu uma baleia? O enorme monstro que aporta sem ser visto pode ser tanto o misterioso “peixe grande” como um submarino carregado de armamentos ilegais. Jossias prefere acreditar no sonho e, como ele, outros personagens de Vozes anoitecidas encontram mais razão na fantasia que na lógica da guerra e da privação.
Ao promover uma espécie de vertigem, sob efeito da qual não se pode afirmar se uma narrativa é absurda ou se absurda é a realidade de que ela trata, o autor apresenta a perplexidade como ponto de partida para o fazer literário."

Links: Companhia das Letras | Skoob | degustação

Raylan
Elmore Leonard - Companhia das Letras
Tradução: George Schlesinger
256 páginas - Ano: 2013 - R$36,00
Lançamento: 17 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Autor de mais de quarenta romances e volumes de contos, o lendário Elmore Leonard, falecido recentemente aos 86 anos, fez por merecer o título de “maior escritor de crimes da América”, dado pela revista Newsweek. E o agente federal Raylan Givens, protagonista deste livro, é uma de suas criações mais populares, em parte graças ao sucesso estrondoso da série de TVJustified, exibida no Brasil pelo canal FOX. Em Raylan, Leonard coloca o dedicado – e ocasionalmente rápido demais no gatilho – agente da lei num cenário familiar, mas não necessariamente agradável. Em Harlan County, no Kentucky, os irmãos Crowe estão migrando do tráfico de drogas para o tráfico de órgãos humanos. Com seu jeitão lacônico, chapéu de aba e dezenas de casos se empilhando sobre a mesa, Raylan é o único obstáculo entre eles e o mercado internacional de cadáveres. O problema é que, antes de dominar a situação, Raylan se vê numa banheira de gelo, com uma elegante enfermeira prestes a roubar seus rins. Com o suspense, a ironia e os diálogos rápidos que são a marca do autor, Raylan é puro Elmore Leonard do começo ao fim."

Links: Companhia das Letras | Skoob

De Notícias e Não-Notícias Faz-se a Crônica
Histórias - diálogos - divagações.
Carlos Drummond de Andrade - Companhia das Letras
280 páginas - Ano: 2013 - R$39,50
Lançamento: 22 de outubro de 2013.

Sinopse:
" Foi publicado em 1974 pela Livraria José Olympio Editora, reunindo textos originalmente aparecidos no Caderno B do Jornal do Brasil. São, como já prega seu subtítulo, textos em que o escritor mineiro se presta à observação da realidade - mas com olhos generosos de poeta e fabulador. 
Publicados ao longo de um período bastante duro da vida social brasileira - estamos em plena ditadura militar -, os textos de De notícias e não notícias faz-se a crônica devem ter trazido não pouco alento aos leitores daquela época. E ainda executam esta tarefa à perfeição: são encantadores flashes da vida do Brasil, com seus tipos característicos, virtudes e problemas."

Links: Companhia das Letras | Skoob

A Vida Passada a Limpo
Poemas.
Carlos Drummond de Andrade - Companhia das Letras
96 páginas - Ano: 2013 - R$37,00
Lançamento: 15 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Fazendo parte pela primeira vez do livro Poemas (1959), volume que então reunia praticamente toda a poesia publicada de Drummond, A vida passada a limpo apareceu entre alguns dos maiores livros não só da obra do mineiro, mas de toda a moderna lírica brasileira, como Alguma poesia, Sentimento do mundo, A rosa do povo e Claro enigma. O presente volume promete trazer uma nova leitura a esta reunião de poemas.
Os poemas de A vida passada a limpo, diferentemente daqueles enfeixados em Sentimento do mundo (1940) e A rosa do povo (1945), os grandes momentos da lírica engajada de Drummond, tratam de temas menos calcados na observação do presente - embora sejam contundentes em sua visão de mundo. O amor, a linguagem, a memória e os afetos tomam a proa dessa lírica, trazendo alguns dos grandes poemas drummondianos como “Especulações em torno da palavra homem”, “Prece de mineiro no Rio” e “A um hotel em demolição”, entre outros."

Links: Companhia das Letras | Skoob

Num Estado Livre (In a Free State)
V. S. Naipaul - Companhia das Letras
Tradução: Rubens Figueiredo
312 páginas - Ano: 2013 - R$49,50
Lançamento: 15 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Nesta reunião de cinco narrativas independentes, o escritor de origem indiana V. S. Naipaul cria um elenco de expatriados, fugitivos, imigrantes e nativos que anseiam pela independência política e pessoal, mas que submergem ante a constatação inevitável de que a liberdade não passa de uma miragem arruinada pela crueldade, pelo racismo e pela sede de poder que despreza fronteiras e diferenças culturais. 
Na primeira novela, um criado indiano acompanha o patrão a Washington e lá se torna um cidadão americano, porém sente que deixou de fazer parte do fluxo geral das coisas. Já em “Diga quem tenho que matar”, um asiático atormentado que vive em Londres e está preso por homicídio nunca consegue entender onde de fato está.
A novela que dá título ao livro toma um rumo diferente. A história se passa na África, num lugar como Uganda ou Ruanda, e seus dois protagonistas são ingleses. No passado, eles encontraram a libertação no continente, mas agora ele irá se revelar amargo para eles. A terra não é mais segura e, numa época de conflitos tribais, os dois têm de fazer uma longa viagem de carro rumo à segurança de seu condomínio fechado. No final dessa viagem, saberemos tudo acerca dos personagens ingleses, do país africano e do surgimento da figura de um ditador semelhante a Idi Amin. Dois textos breves servem ainda de introdução e epílogo às três novelas centrais. 
Vencedor do Booker Prize de 1971 e um dos maiores livros de Naipaul, Num Estado livre apresenta uma narrativa tensa e esplendidamente construída, que não abre mão de uma linguagem precisa e impregnada de violência e de raiva."

Links: Companhia das Letras | Skoob

A Coisa Terrível que Aconteceu com Barnaby Brocket (The Terrible Thing that Happened to Barnaby Brocket)
John Boyne - Companhia das Letrinhas
Ilustrações: Oliver Jeffers
Tradução: Érico Assis
256 páginas - Ano: 2013 - R$34,00
Lançamento: 16 de outubro de 2013.

Sinopse:
"A família Brocket tinha muito orgulho de ser perfeitamente normal. Alistair, Eleanor e seus dois filhos moravam numa casa normal, num bairro normal, onde faziam coisas normais, sempre evitando que algo fora do comum pudesse acontecer. E assim levavam uma vida pacata e sem sobressaltos - até o dia em que Barnaby Brocket veio ao mundo.
Bastou o caçula nascer para todos perceberem que ele era um pouco diferente: logo que se separou do corpo da mãe, o bebê foi parar no teto do hospital... Ele flutuava! E aquela incapacidade de ficar com os pés no chão, que no começo parecia apenas uma esquisitice de criança, com o tempo se transformou num verdadeiro problema para seus parentes. Afinal, como seria a reação dos vizinhos quando descobrissem essa peculiaridade do filho mais novo dos Brocket? Barnaby virou motivo de vergonha.
E depois de longos oito anos, quando o caso parecia não ter mais solução, Alistair e Eleanor decidem dar um ponto final nesse sofrimento. O garoto é abandonado à sua própria sorte e começa a flutuar sem destino. Mas, assustado e surpreso com o que tinha acabado de acontecer, Barnaby mal sabia que esse era apenas o começo de uma viagem pelo mundo, em que conheceria lugares impressionantes e pessoas muito especiais - que, como ele, não eram tão normais assim."

Links: Companhia das Letras | Skoob

O Garoto no Convés (Mutiny on the Bounty - Economical Editions)
Coleção Edição Econômica.
John Boyne - Companhia das Letras
Tradução: Luiz A. de Araújo
328 páginas - Ano: 2013 - R$29,50
Lançamento: 11 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Em abril de 1789, semanas após concluir no Taiti uma curiosa missão com fins botânicos, o navio de guerra britânico HMS Bounty foi palco de uma revolta de parte da tripulação contra o capitão William Bligh, que acabou deixado à própria sorte em um bote em alto-mar, com os marinheiros ainda fiéis a seu comando. Sem provisões e instrumentos de navegação adequados, o grupo enfrentou 48 dias de duras provações até alcançar a costa do Timor. O episódio inspirou numerosos livros e filmes.
Em O garoto no convés, agora publicado em edição econômica, a história da expedição é narrada do ponto de vista de John Jacob Turnstile, um garoto de Portsmouth, sul da Inglaterra, que sofre abusos de toda sorte, inclusive sexuais, no orfanato e pratica pequenos furtos nas ruas da cidade. Detido pela polícia após roubar um relógio, é salvo pela própria vítima do roubo quando esta lhe faz uma proposta: em vez de ficar encarcerado, embarcaria no HMS Bounty para passar pelo menos dezoito meses como criado particular do respeitado capitão Bligh. Turnstile aceita a barganha, planejando fugir na primeira oportunidade. Mas a rígida disciplina da vida no mar e uma relação cada vez mais leal com o capitão transformarão sua vida para sempre. É pela voz desse adolescente insolente e sagaz, mas ao mesmo tempo frágil e ingênuo, que o leitor acompanhará uma viagem repleta de intrigas, tempestades intransponíveis, cenários exóticos e lições de lealdade, paixão e sobrevivência.
Numa prosa instigante e bem-humorada, que torna esse um romance difícil de largar, Boyne confirma as qualidades que fizeram de O menino do pijama listrado um sucesso no mundo inteiro."

Links: Companhia das Letras | Skoob

Um Copo de Cólera
Edição comemorativa 35 anos. Capa dura.
Raduan Nassar - Companhia das Letras
96 páginas - Ano: 2013 - R$52,00
Lançamento: 14 de outubro de 2013.

Sinopse:
"“O corpo antes da roupa”, afirma o personagem de Um copo de cólera ao narrar o que acontece numa manhã qualquer, depois de uma noite de amor, quando a aparente harmonia entre ele e sua parceira se rompe de repente. Por um motivo banal (aparentemente), os dois se atracam num rude bate-boca, as paixões afloram, um palco se ilumina, e aqueles personagens ressurgem de manhã fazendo o mesmo que fizeram à noite: voltam, de certo modo, a tirar a roupa do corpo. Tensa, contundente, a linguagem de Um copo de cólera alcança tal intensidade e vibração que faz desta narrativa uma obra singular na literatura brasileira, um clássico dos nossos tempos, celebrado por milhares de leitores e estudado por nossa melhor crítica."

Links: Companhia das Letras | Skoob

Quando Você a Viu pela Última Vez? (When did You See Her Last?)
Só Perguntas Erradas - livro 2
Lemony Snicket - Seguinte
Tradução: André Czarnobai
272 páginas - Ano: 2013 - R$29,90
Lançamento: 17 de outubro de 2013.

Sinopse:
"Ainda na cidade de Manchado-pelo-mar, o jovem aprendiz Lemony Snicket terá mais um caso para resolver junto com sua tutora, S. Theodora Markson. Desta vez eles foram contratados pelos Knight para encontrar Cleo, a filha desaparecida do casal. A primeira hipótese é a de que ela teria fugido com o circo - mas, ao contrário do que Theodora pensa, não se trata de uma resposta inteligente e adequada para esse mistério, já que Cleo era uma química brilhante (e não uma artista) e com certeza teria deixado um bilhete.
Será que ela havia sido sequestrada? As versões das duas principais testemunhas que viram Cleo no dia de seu desaparecimento são divergentes. Ela foi vista pela última vez no mercado Comidas Incompletas ou no restaurante Faminto’s? E foi embora de táxi ou em seu carro novinho em folha?
Lemony Snicket contará novamente com a ajuda da jornalista-mirim Moxie Mallahan e dos irmãos taxistas Juca e Chico. Mas será que ele desvendará esse mistério? Ou só fará as perguntas erradas mais uma vez?"

Links: Companhia das Letras | Skoob


Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail