Ilustrações: Princesas Disney reimaginadas como femmes fatales da ficção noir

Princesas Disney reimaginadas como femmes fatales de filmes e livros noir pelo artista Ástor Alexander, de San Diego, Estados Unidos. São detetives, golpistas, vigilantes, mafiosas e outras, na série de ilustrações intitulada Noir Princesses / Princesas Noir. Inspirado em pôsteres do cinema vintage noir, mas flertando com a fantasia em alguns casos, o artista usou tons escuros e apresentou as imagens sob uma perspectiva um tanto secreta, como se estivéssemos observando o que as Princesas Noir fazem em privado. Os títulos complementam cada cartaz sugerindo o que cada uma faz.



Inspirado por A Bela e a Fera, criou o banner Beast Hunter / Caçador(a) de Feras. Imagina que ótimas tramas de fantasia urbana poderiam surgir sob essa premissa! Bela como um mistura de Buffy e Van Helsing, incrível!


Já a animação A Pequena Sereia foi transformada em High Sea Robbery / Roubo em Alto-Mar, com Ariel e Eric elaborando um golpe ou assalto em navios (ou submarinos!). Adorei imaginá-los como piratas!


Branca de Neve e os Sete Anões são Miss White & The Unlawful Seven / Senhorita Branca e os Sete Fora-da-Lei. Que golpe estariam tramando? O visual de Miss White me lembra bastante Peggy Carter, a Agente Carter.


Jasmine, do longa Aladdin, estrela o cartaz The Arabian Heist / O Assalto Árabe, com um vestido de festa e um cofre. Acho que ela é uma ladra que seduz e se infiltra nas mais ricas mansões ao estilo Mil e Uma Noites para roubar tesouros e relíquias. Será que ela tem um tigre e um tapete mágico?


Tiana, a protagonista de A Princesa e o Sapo, aparece no pôster Shadows of New Orleans / Sombras de Nova Orleans, e em uma terra culturalmente tão rica e cheia de sotaques, misturas e lendas, imagine quantas histórias ela viveria no berço do Jazz.


Pocahontas surge em frente ao seu escritório de investigadora ou detetive particular. Em uma mistura de Jessica Jones com Philip Marlowe, Pocahontas: Private Eye / Pocahontas: Olhar Privado, ela se envolve em casos misteriosos e já imagino muito misticismo e folclore variados envolvidos.


Aurora e Malévola, de A Bela Adormecida, estão em The Big Sleep / O Grande Sono, nitidamente inspirado em O Sono Eterno com Philip Marlowe de Raymond Chandler.


Cinderela estampa o cartaz de The Goddaughter, um trocadilho com The Godfather ou O Poderoso Chefão. Seria Cinderela (A Poderosa Chefona?) então integrante de uma família mafiosa poderosa e cheia de intrigas e disputas?


E para finalizar, Mulan em The Lady From Henan / A Dama de Henan, península chinesa. Com esta espada e um treinamento fatal, seria ela uma assassina? E atrás dela, seria Mushu?


O que achou das Princesas Disney reimaginadas por Ástor Alexander? Qual outra (e como) você imaginaria neste clima noir? Conheça o trabalho do artista clicando neste link, vale a pena!

Achei muito interessante! Certamente eu leria uma coletânea de contos com as Princesas Noir. Uma HQ seria melhor ainda. Ou então, Disney faça sua série para maiores!

4 comentários

  1. Oi Tati, quanto tempo! Eu simplesmente amei as ilustrações, agora tu imagina isso num filme, daria uma baita diferença do que a gente tem como certo!
    Acho que seria sucesso!!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati,
    ADOREI! Não havia visto as ilustrações ainda, mas dariam ótimas releituras das personagens.
    Já pensou se vira filme? Ou série? Ou livro? MUITO BACANA!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos, não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante! Através dos comentários é que posso tentar fazer um blog mais interessante.
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras