publicidade

Portões de Fogo, Steven Pressfield, Objetiva

Portões de Fogo
Steven Pressfield - Editora Objetiva - 393 páginas

Sinopse:
"A Batalha de Termópilas, em 480 a.C, é um dos momentos mais significativos da era helênica. De um lado, um contigente de 200 mil soldados persas. Do outro, encurralados, 300 heróicos espartanos resistindo, bravamente. Entre recuos e avanços de tropas, Steven Pressfield pinçou um personagem singular: o soldado grego Polemides, que sai ileso do confronto mas, uma vez capturado, encontra dificuldades para driblar o fascínio do poder político que o inimigo lhe confere. É através do olhar desse soldado que conhecemos um mundo de escravos e reis, heróis e covardes, homens e mulheres que escreveram a História na luta anônima de cada dia.
Em Portões de Fogo a mitológica Batalha das Termópilas é recontada de forma viva e empolgante. O confronto começa quando o rei
persa invade a Grécia com um batalhão de soldados jamais visto na era clássica. O país é dividido em cidades-estados rivais entre si e praticamente não há tempo para se formar uma linha de defesa. Atenas, Egina e Esparta formam às pressas um exército de dez mil homens. Só que a maior parte é obrigada a recuar e o rei espartano, Leônidas, se vê encurralado no desfiladeiro de Termópilas, tendo sob o seu comando apenas 300 soldados. O pequeno exército resiste por três dias. Raros sobreviveram. Leônidas não teve a mesma sorte, mas a sua bravura possibilitou que os gregos se reagrupassem. O episódio, também conhecido como Portões de Fogo, entrou para a história como o mais heróico dos confrontos da era helênica.
Rico em detalhes históricos, Portões de Fogo revela a estrutura social e política da vida espartana. Um livro para aqueles que gostam de bons romances e não apenas para os que gostam de bons romances históricos."
Resenha:
Este livro é impressionante, fora do comum de tão bem escrito!
A forma da narrativa é muito criativa e dinâmica, trazendo uma ação formidável a todas as páginas. O que mais me marcou foi a forma impecável que o autor descreve cenários e todo o figurino, das armas aos cabelos... outra coisa marcante são os costumes seguidos pelos Espartanos, você percebe o porquê deles serem esse povo guerreiro e bravo.
O treinamento dos meninos, o tratamento dado aos escravos, o estudo da filosofia ser tão importante quanto o treinamento de combate... tudo isso é mais que interessante, é fantástico! É uma verdadeira aula de História.
As batalhas também não deixam a desejar, você se sente assistindo a um filme épico cheio de ação e cenas muito bem feitas! PERFEITO! Um pouco violento e exagerado para alguns, mas eu adorei, do jeito que gosto!
Eu já li os quadrinhos do Frank Miller, e assisti ao filme 300 (até possuo o dvd), e apesar de ambos serem ótimos, gostei, muito, muito mais dessa versão de Pressfield.
O melhor para mim são as mulheres espartanas... ah essas mulheres fortes que asssitem seus homens partindo para uma batalha sem fim e sabem que seu futuro terá de ser construído sem eles e ainda assim, elas se mantém lúcidas, fortes como muralhas e ainda conseguem sorrir para todos os filhos, maridos, amigos e pais que partem para a morte!
Várias frases me marcaram durante a leitura, coisa que não costuma acontecer comigo... gostei muito também de saber como um homem era escolhido para ser um dos 300... leia, descubra e admire-se!
"- Comam um bom desjejum, homens – Leônidas sorriu largo – pois estaremos todos partilhando o jantar no inferno.”
Curiosidade: O livro é requisito na Academia Militar dos Estados Unidos e no Instituto Militar de Virgínia.

 Página do livro no Skoob.

Site oficial do autor.

Pressfield é um gênio especialista em Ficção Histórica Militar e em Romance Histórico.

11 comentários

  1. Esse livro e magnífico já o indiquei a vários amigos.
    Os exemplos de liderança,companheirismo e amor a pátria e a liberdade ainda estão vivos e latentes nesse livro.
    Bem que poderiam fazer uma nova versão dos 300 usando como roteiro esse livro.
    Alexandre Ambrósio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é maravilhoso, um dos meus preferidos. PEna que eu nem sabia resenhar quando escrevi esse texto.
      Um filme baseado nesse livro seria superior ao filme baseado na HQ de Frank Miller, e olha que amo aquela HQ!
      Beijos.

      Excluir
  2. Excelente livro, e ótimo review também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe pela resenha precária, foi uma das primeiras que fiz, antes do blogue hehehe Beijos.

      Excluir
  3. Eu simplesmente amo esse livro.....espetacular, já o li duas vezes e é emocionante......me senti em meio aos espartanos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espetacular mesmo, Alexandre! Até eu me senti espartano ahahahahaha beijos.

      Excluir
  4. Então pelo jeito foi só eu que não achei o livro muito bom. Esperava muito mais quando fui ler pois é um livro muito bem falado, mas acabei me desiludindo. A leitura desse acabou se tornando tediosa pra mim, mas só desse, pois o "Campanha no Afeganistão" é um dos melhores que eu já li, e do mesmo autor. Não gostei do personagem não ser um espartano e nem ao menos ser da Lacedemônia, logo, não foi possível acompanhar todos os passos da "agoge" em primeira pessoa, como eu esperava poder ver. Depois, achei que Leônidas não foi muito bem explorado (o mesmo não posso dizer de Dienekes), sendo ele um dos personagens-chave nesse momento histórico. O livro não é ruim, mas para mim, não é o melhor do grande Steven Pressfield como muitos afirmam. Boa resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Todvar, mesmo amando o livro, esta é uma das minhas piores e vergonhosas resenhas, pois a escrevi sem saber o que era uma resenha, dando apenas opinião no Skoob e depois a coloquei no blogue quando o criei. Adorei ler uma visão diferente da minha, muito obrigada. Nunca li Campanha no Afeganistão, que dizem ser excelente. Beijo.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Excelente é "Tempos de Guerra", o melhor do Pressfield!

    ResponderExcluir
  7. Excelente mesmo é "Tempos de Guerra", o melhor dele. Abraço!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados, portanto, aguarde aprovação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como os que contenham pirataria.
Caso tenha um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.

Parcerias