Pesquise no Leitora Viciada

14 de setembro de 2012

A Escolha, de Nicholas Sparks, Editora Novo Conceito

A Escolha
Até onde devemos ir em nome do amor?
Nicholas Sparks - Editora Novo Conceito
307 páginas - Ano: 2012 - R$24,90

Sinopse:
"Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta.
Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever.
Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?"


Links: Novo Conceito | Skoob | degustação


Resenha:
Outra escolha acertada da Novo Conceito. Trocadilhos à parte, esse é um excelente livro feito sob medida para as pessoas mais sentimentais e sensíveis. De uma forma geral um texto envolvente, simples e ao mesmo tempo muito gracioso.
Na simplicidade do cotidiano, em detalhes de vidas e pessoas comuns e em cenários aparentemente sem importância, Nicholas Sparks parece fazer mágica e transformar tudo isso numa história bastante especial.
O autor cria com facilidade extrema simpatia por todas as personagens, mostrando o quanto a vida de cada um é única. O leitor sente que a história poderia ser a sua, devido à forma natural em que Nicholas narra a história, emociona e toca o coração de qualquer leitor.
Alguns podem se emocionar mais que outros, enquanto uma minoria pode apenas pensar que terminou um bom livro, mas isso é inegável: Nicholas tem a sua fórmula pronta, perfeita e inabalável; por mais que ele utilize os mesmos esquemas e fatores para criar e desenvolver seus enredos, ele sempre consegue presentear seus leitores com uma nova história, atraente e charmosa história, como todas as outras. Mesmo percebendo que os ingredientes são os mesmos, não consigo deixar de admirar seu talento e A Escolha de certa forma me pareceu melhor desenvolvido que outros livros que li do autor.

A capa, apesar de possuir uma foto bonita e simbolizar os encontros do casal no deque (0nde tudo começa), não os retrata fielmente – aparentemente falando. Na verdade, a cena é mostrada várias vezes no livro, mas o casal em nada se parece com este. Gabby, por exemplo, possui lindos cachos ruivos (mas o vestuário combina com ela) e Travis se veste de maneira esportiva, quase como um surfista e é bem atlético.
O ponto forte da capa, além de reproduzir um cenário importante, está no pássaro entre o nome do autor e o título do livro. Quem lê compreende o simbolismo e sabe o porquê desse detalhe, embora o destaque fique para os cães, um pombo foi o convidado especial.
Como sempre, sou repetitiva, eu sei, o trabalho gráfico e editorial da Novo Conceito está perfeito para mim.

O livro é dividido em duas partes, sendo a primeira mais longa que a segunda. No entanto, é na segunda que encontrei a intensidade e me emocionei. Ao ler a primeira parte, pensei que o livro seria apenas mais uma boa história romântica, com cenários de tirar o fôlego e casal cativante, mas me enganei ao chegar à segunda parte.

Antes de tudo temos um prólogo com o momento atual, depois uma primeira parte com catorze capítulos sobre o passado e a segunda parte com oito capítulos onde retornamos ao presente e o epílogo para fechar com chave de ouro.

Na primeira parte conhecemos as personagens: Travis, um homem atraente, que adora esportes radicais e viver a vida intensamente. Nunca consegue ter um relacionamento durável e mora na mesma cidade onde nasceu e possui um cachorro chamado Moby. Além de seu trabalho com o pai e passeios divertidos, ele possui três grandes amigos que sempre o visitam e levam juntamente suas mulheres e filhos.
Gabby se muda para a casa ao lado de Travis para estar mais próxima do namorado que parece nunca estar presente em sua vida e, embora trabalhe num local movimentado da cidade, sente-se sozinha e sem amigos, tendo apenas a companhia de sua querida cachorra Molly.
E a partir de um desentendimento que tem como fator principal seus cães, Travis e Gabby se conhecem. A atração entre eles é inevitável, embora eles sejam superficialmente muito diferentes um do outro e Gabby comprometida com Kevin.
Os opostos se atraem e a primeira parte do livro serve para conhecermos o histórico de cada um, até mesmo das personagens secundárias, como o casal de conhece e se apaixona.
Logo na primeira parte, um deles precisa fazer uma escolha importante.

Eu pressentia que o autor guardava algo emocionante, porém não imaginava o que seria. Não imaginaria que dentre tantas escolhas, uma delas seria o drama central (mentira, era o que eu esperava, afinal é só refletir sobre o título do livro), mas não esperava que fosse tão forte. Estava desprevenida e parei em choque.
Nicholas me fez retornar ao passado de minha vida e relembrar de uma das semanas mais duras que sofri. Só que não revivi minhas lembranças apenas. Retornei ao passado para refletir e me colocar na pele de outra pessoa, momento inédito para mim. Foi duro e isso me fez agarrar o livro com força e correr as páginas para saber o final.
Na segunda parte, mais curta e muito mais densa, outra escolha precisa ser tomada.

Apesar de eu imaginar como seria o desfecho, confesso que o autor soube criar um clima de suspense, elevá-lo a um grande clímax e mantê-lo até o último instante possível. Admirável essa artimanha, já que eu esperava apenas um livro romântico com uma pitada de drama, mas encontrei suspense também.

Fechei o livro, repensei a situação parecida que vivenciei, e não pude parar de pensar em como o Nicholas faz isso: nos apresenta fatos e pessoas comuns e mexe com o coração de quem lê. Como ele busca na simplicidade da vida os mais profundos sentimentos e dilemas da alma humana?
Adorei três personagens, o casal Travis e Gabby, claro e a irmã de Travis, Stephanie. Com sutileza e sem roubar a cena do casal, ela tempera a trama com bons diálogos e boas cenas.
Uma observação: adorei os cães! Eles refletem as personalidades de seus donos, eles são importantes e trazem alegria à história. Amei os cachorros e percebi o quanto a Novo Conceito arrasou na criação do kit do livro!

Recomendo esse livro para quem gosta de cenários apaixonantes e claro: muito romance. A primeira parte é toda focada no lado romântico e na relação entre Gabby e Travis.
De início, alguns leitores, como eu, podem achar a história um pouco entediante. Você pensa em como a relação deles surge, cresce e envolve o leitor, mas fica imaginando que falta algo ao livro. Fica imaginando que parece que o romance não vai a lugar algum. Pensa quando algo de diferente irá surgir.
Por isso eu recomendo: paciência, pois vale a pena esperar.
E o autor não faz isso para engrossar o livro, de forma alguma! Ele precisa realmente mostrar e provar o quanto o amor e respeito entre eles evoluem; o quanto o envolvimento é profundo e como o elo forte entre os dois nasce.
Nicholas precisava criar este vínculo entre o leitor e o casal. Precisava criar uma enorme ligação e simpatia tanto com Gabby quanto com Travis. A primeira parte não serve apenas para eles se apaixonarem; ela foi escrita para o leitor se apaixonar por eles!

E ao seguirmos para a segunda parte, levamos um susto. Sem poder comentar sobre esses capítulos, digo que ao chegar ali o leitor compreende o porquê da primeira parte, o motivo do autor reforçar as personalidades de Gabby e Travis, a trajetória do casal e tudo que foi anteriormente mostrado. Precisamos disso, não apenas para sofrermos a comoção necessária devido ao apego a eles e sua história, mas também para notarmos a mudança drástica na vida e rotina de todos ao redor. E que tudo depende de uma escolha essencial, um peso, uma prova de amor única. Uma mensagem linda num livro simples.


Booktrailer:


O autor:
Nicholas Sparks é um dos escritores mais adorados do mundo, oito vezes considerado o número 1 de acordo com o New York Times, com mais de 50 milhões de cópias impressas em todo o mundo. Todos os seus livros foram considerados sucessos dentro e fora dos Estados Unidos, sendo traduzidos para mais de quarenta idiomas. Vários dos romances de Nicholas Sparks foram adaptados para filmes, como Querido John, A Última Música e Noites de Tormenta.
Ele mora na Carolina do Norte com sua esposa e família.
Site | Revista eletrônica


Sorteio:
Quer ganhar o kit cedido pela Novo Conceito? O sorteio está no final, mas ainda dá tempo. Vai até o dia 18 de setembro, participe!

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail