publicidade

Especial Dia das Crianças: Dicas de leitura

O Pequeno Príncipe
Antoine de Saint-Exupèry


"Livro de criança? Com certeza!
Livro de adulto também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi.
O pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância.De repente retorna os sonhos. Reaparece a lembrençade questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíves na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordaçoes. O reencontro, o homem-menino."




O Menino Maluquinho

Ziraldo


"Na grande obra infantil de Ziraldo, verso e desenho contam a história de um menino traquinas que aprontava muita confusão. Alegria da casa, liderava a garotada, era sabido e um amigão. Fazia versinhos, canções, inventava brincadeiras. Tirava dez em todas as matérias, mas era zero em comportamento. Menino maluquinho, diziam. Mas na verdade ele era um menino feliz.
Ziraldo tá com a razão. Infância verdadeira é isso que ele conta em figura e verso gostosos que nem torta de chocolate. Quem viveu assim, sabe. E quem não viveu... que pena!"


E Ziraldo é muito mais que O Menino Maluquinho, além desses sucessos abaixo, você encontra mais livros dele:




O Menino do Dedo Verde
Maurice Druon

"Era uma vez Tistu...Um menino diferente de todo mundo. Com uma vidinha inteiramente sua, o pequeno de olhos azuis e cabelos loiros deixava impressões digitais que suscitavam o reverdecimento e a alegria. As proezas de seu dedo verde eram originais e um segredo entre ele e o velho jardineiro, Bigode, para quem seu polegar era invisível e seu talento, oculto, um dom do céu. Até o final surpreendente e singelo.
"O Menino do Dedo Verde", de Maurice Druon, tornou-se um clássico da literatura para crianças e jovens em todo o mundo e permanece atual há três décadas, sendo adotado em escolas do Ensino Fundamental todos os anos. Esta fábula trata de questões relacionadas com os conceitos de convívio social, ética e cidadania; e foi pioneira ao abordar o tema ecologia."


Alice no País das Maravilhas
Lewis Carroll

"Alice's Adventures in Wonderland (frequentemente abreviado para "Alice in Wonderland"), é a obra mais conhecida de Lewis Carroll, sendo considerada obra clássica da literatura inglesa. O livro conta a história de uma menina chamada Alice que cai em uma toca de coelho e vai parar num lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e antropomórficas.
O livro faz brincadeiras e enigmas lógicos, o que contribuiu para sua popularidade. Carroll também faz alusões a poemas da era vitoriana e a alguns de seus conhecidos, o que torna a obra mais difícil de ser compreendida por leitores contemporâneos. É uma das obras escritas da literatura inglesa que tiveram mais adaptações na história do cinema, TV e teatro."


Sua continuação é menos famosa:
Alice no País do Espelho





O Meu Pé de Laranja Lima
José Mauro de Vasconcelos


"Retrata a história de um menino de seis anos chamado Zezé, que pertencia a uma família muito pobre e muito numerosa. Zezé tinha muitos irmãos, a sua mãe trabalhava numa fábrica, o pai estava desempregado, e como tal passavam por muitas dificuldades, pelo que eram as irmãs mais velhas que tomavam conta dos mais novos; por sua vez, Zezé tomava conta do seu irmãozinho mais novo, Luís.
Zezé era um rapazinho muito interessado pela vida, adorava saber e aprender coisas novas, novas palavras, palavras difíceis... que o seu tio lhe ensinava. Contudo, passava a vida a fazer traquinices pela rua, a pregar partidas aos outros e muitas vezes acabava por ser castigado e repreendido pelos pais ou pelos irmãos, que passavam a vida a dizer que era um mau menino, sempre a fazer maldades. Todos estes fatores e o fato de não passar muito tempo com a mãe, visto que esta trabalhava muito, faziam com que Zezé, muitas vezes, não encontrasse na família o carinho e a ternura que qualquer criança precisa.
Ao mudarem de casa, Zezé encontra no quintal da sua nova moradia um pequeno pé de laranja lima, inicialmente a idéia de ter uma árvore tão pequena não lhe agrada muito, mas à medida que este vai convivendo com a pequena árvore e ao desabafar com esta, repara que ela fala e que é capaz de conversar consigo, tornando-se assim o seu grande amigo e confidente, aquele que lhe dava todo o carinho que Zezé não recebia em casa da sua família."


Série Vagalume
Vários autores

Livros como O Escarevelho do Diabo de Lúcia Machado de Almeida, Um Cadáver Ouv Rádio e O Mistério do Cinco Estrelas de Marcos Rey e A Ilha Perdida de Maria José Dupré estão entre os mais famosos desta grandiosa coleção.
Eu escrevi uma postagem especial sobre a série Vagalume, com todos os livros e suas respectivas capas. Uma coleção que vem fazendo parte da formação de gerações de leitores.










Série OS Karas
Pedro Bandeira

Outra série clássica especial que marcou gerações. Esta foi escrita por Pedro Bandeira, e seus livros são muito importantes na literatura infanto-juvenil.
O livro A Droga da Obediência é o mais famoso da série Os Karas.

"Num clima de muito mistério e suspense, os Karas, enfrentam uma trama macabra internacional que está testando uma perigosa droga em adolescentes dos melhores colégios de São Paulo. Uma droga que pretende reduzir a humanidade à obediência absoluta e aos desígnios do sinistro Doutor Q.I."

A Marca de Uma Lágrima
Pedro Bandeira

"Isabel (personagem principal) acaba escrevendo lindos versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. A morte da diretora da escola vem alterar sua vida e precipitar os acontecimentos. Isabel foi testemunha de uma cena muito suspeita e se sente ameaçada. A idéia da morte começa a tomar conta de seu cérebro, enquanto seu coração se despedaça pelo amor de Cristiano."


Marcelo, Marmelo, Martelo - E Outras Histórias
Ruth Rocha

"Este livro nos mostra a esperteza e vivacidade com que seus personagens resolvem seus impasses: Marcelo cria palavras novas, Terezinha e Gabriela descobrem a identidade na diferença e Carlos Alberto entende que não temos nada sem amigos."









Ruth Rocha escreveu mais de uma centena de livros infanto-juvenis!




Coleção Sítio do Pica-Pau Amarelo
Monteiro Lobato

Monteiro Lobato foi um dos principais escritores infanto-juvenis do século XX e deixou clássicos eternos que deveriam sempre fazer parte da leitura de todas as crianças. Apesar de ter escrito histórias diversificadas, sua coleção com a turma do Sítio do Pica-Pau Amarelo contém suas obras mais populares e queridas.





A Bolsa Amarela
Lygia Bojunga


"A Bolsa é a história de uma menina que entra em conflito consigo mesma e com a família ao reprimir três grandes vontades (que ela esconde numa bolsa amarela ) - a vontade de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. A partir dessa revelação - por si mesma uma contestação à estrutura familiar tradicional em cujo meio "criança não tem vontade" - essa menina sensível e imaginativa nos conta o seu dia-a-dia, juntando o mundo real da família ao mundo criado por sua imaginação fértil e povoado de amigos secretos e fantasias. Ao mesmo tempo que se sucedem episódios reais e fantásticos, uma aventura espiritual se processa, e a menina segue rumo à sua afirmação como pessoa. "

O Menino no Espelho
Fernando Sabino


"Quando eu era menino, os mais velhos perguntavam: -Que é que você quer ser quando crescer? Hoje não perguntam mais. Se perguntassem, eu diria que quero ser menino." Como nesse pequeno conto, Fernando Sabino conta sobre sua infância no livro "O menino no espelho"


Bisa Bia, Bisa Bel
Ana Maria Machado


"Quando escrevi Bisa Bia, Bisa Bel só estava com muita saudade de minhas avós. Vontade de falar sobre elas com meus dois filhos. Não imaginava que poucos depois ia ter uma filha e essa linhagem feminina ainda ia ficar mais significativa para mim e que este livro fosse ganhar tantos prêmios e tocar tanto os leitores...." E esta é a história de uma menina e de sua avó e a descoberta de muitas coisas."



Outros livros da autora, que escreveu dezenas de livros para a criançada.


O Mágico de Oz
L. Frank Baum

"A casa de uma menina que vive no interior do kansas é envolvida por um tornado, Sendo transportada para a terra de oz, Dorothy se aventura pelo colorido e novo mundo que acaba de descobrir. Tentando voltar para casa conhece pelo caminho um espantalho,um leão e um homem de lata, os quatro se unem, para encontrar o mágico de Oz, que poderá realizar os seus mais íntimos desejos.A historia do Mágico de Oz é bastante conhecida por todo o mundo."






E a literatura Infanto-juvenil possui grandes clássicos como os contos de fadas, que já tiveram diversas versões e reformulações, em desenhos animados, filmes, livros e quadrinhos, incluindo por Walt Disney, :

Os Irmãos Grimm (Branca de Neve, Cinderela, Rapunzel, Os Duendes e O Sapateiro, João e Maria, Rumpelstichen)

Hans Christian Andersen (O Patinho Feio, A Pequena Sereia, A Roupa Nova do Rei)

Charles Perraut (A Bela Adormecida, Chapeuzinho Vermelho, O Gato de Botas, Pequeno Polegar)


E como a criançada não deve ficar apenas nos livros, vamos às recomendações de histórias em quadrinhos, as HQs (antigamente conhecidas como gibis).

Turma da Mônica
Maurício de Sousa

Uma das turmas mais amadas pela garotada brasileira, ganhou também uma versão com as personagens adolescentes e daqui a um tempo ganhará uma versão de todos adultos. Para crianças de todas as idades.























Acompanhe a série de postagens "O que ler em cada idade" e tenha dicas para cada fase na vida da criança/jovem.

*Estas indicações são referente ao público infanto-juvenil, ou seja até aproximadamente os 12-13 anos de idade. 

Um comentário

  1. Oi Tati! Passando para deixar um oi e dizer que o seu blog está ótimo.. acompanho sempre! Bjos e parabéns =). Analígia

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados, portanto, aguarde aprovação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como os que contenham pirataria.
Caso tenha um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.

Parcerias