Como manter o foco, melhorar a produtividade e finalizar tarefas: 15 dicas


Todo leitor já enfrentou momentos em que nenhuma leitura flui. Você não mantém a atenção no livro e percebe que está difícil se concentrar em outras tarefas. Seja porque você enfrenta um momento complicado, ou porque simplesmente perde o foco constantemente. Se você bloga, problema em dobro. Você olha para os rascunhos do blog e percebe que suas ideias estão estagnadas. Isso pode também estar afetando seu cotidiano e o mais grave: seu trabalho, principalmente se depende de ideias.
Então como focar na leitura, na escrita, na produção criativa, no trabalho e na finalização de tarefas? Esta é uma postagem um pouco diferente do que costumo fazer, mas estes conselhos para melhorar a produtividade podem te ajudar na blogagem ou trabalho e até no cotidiano.


Imagem: rawpixel.
Organize o ambiente
Um escritório organizado favorece a produtividade. Deixar o local de trabalho limpo e agradável é essencial para seu rendimento, pois somos facilmente afetados e influenciados pelo ambiente. Uma cadeira confortável e uma mesa na altura correta podem evitar incômodos físicos; uma iluminação suficiente, especialmente se puder ser natural, ajuda no foco; uma temperatura agradável, ou seja, nem calor nem frio, faz você render mais; objetos nos locais corretos ajuda na hora de procurar por eles; uma decoração e cores que você goste também favorece. Mesmo que não possa deixar o local como gostaria, tente fazer o que está ao seu alcance. Mesa e gaveta limpas e sem bagunça já vai te ajudar. Se você trabalha com computador ou notebook, deixe a máquina funcional, passe ferramentas de limpeza no HD, organize a área de trabalho, configure o brilho da tela, descarte arquivos que não usa mais, etc.

Comece cedo
Alguns especialistas dizem que começar logo é a melhor maneira de ter um dia mais produtivo, isso vale também para levantar da cama mais cedo. Finalizar alguma pendência logo após acordar pode ser o diferencial para te estimular a se manter assim ao longo do dia. O fato de resolver um problema ou cumprir uma tarefa ao acordar, mesmo que seja algo bem pequeno, já será um estímulo psicológico para que aquele dia seja um sucesso. Pode ser algo simples como arrumar a cama, responder uma mensagem pendente, lavar a louça do jantar, trocar a areia da caixa do gato ou levar o cachorro para um passeio curto ou até mesmo ler um capítulo do livro. Ou uma página. Atos bem simples mas concretizados logo no início do dia funcionam como o tranco necessário para a produtividade!

Comece pelo mais difícil
Fazer primeiro a tarefa mais complexa do seu dia também pode ser o maior estímulo de todos. Ou a pendência mais complicada ou enfadonha da semana ser logo resolvida na segunda-feira, imagine que semana mais leve você terá pela frente. Pode simplesmente ser a pendência mais atrasada ou a mais importante, não necessariamente a mais difícil. Resolver algo chato ou que exige mais de você vai certamente ser estimulante e satisfatório. Se você já resolveu um problemão ou aquela pendência essencial ainda pela manhã, o dia já valeu!

Se recompense
Sempre que for possível, premie-se por ter alcançado o objetivo ou parte dele. Da mesma forma que você se sentirá bem em finalizar aquele problema, precisará ser recompensado pelo feito. Pois você consegue marcar um ponto, manter a meta, resolver uma pendência logo que o dia ou a semana começa, mas teme perder o foco em seguida? A melhor forma de se manter um comportamento é recompensando o cérebro pela ação. Não precisa ser nada extraordinário, mas permita-se a algo que te faça feliz logo após cumprir a tarefa. Por exemplo, coma a guloseima somente no fim do dia. Maratonar a série ou comprar aquele mimo? Só após finalizar um trabalho ou uma etapa importante dele.

Programe intervalos
Organize o seu tempo útil, separando-o dos momentos de descanso. Muitas pessoas só rendem bem se a cada período, que pode variar de 50 a 90 minutos, pausarem brevemente. Então você pode trabalhar (ou se esforçar verdadeiramente para isso), por 1 hora. Caso não esteja fluindo bem, pode dar uma pausa curta de uns 15 minutos. Não se perca em conversas online ou assistindo vídeos em redes sociais. Use a pausa para ir ao banheiro, se levantar da cadeira e esticar braços e pernas, beber água, tomar um chá ou café, olhar a janela, acariciar um pet. Agora, se a tarefa está fluindo e você não se cansou, continue! Deixe a pausa somente para quando for necessário.

Imagem: rayedigitaldesigns.
Faça listas
Mesmo para pessoas desorganizadas ou sem paciência para isso, fazer listas e traçar metas é a melhor forma de controlar o rendimento. Como você vai se recompensar se nem tem controle sobre seu ritmo? Não precisa ter um planner caro ou instalar aplicativos complicados no celular. Simplesmente tenha um caderninho de anotações à mão ou um bloco de anotações na tela principal do celular. Use-o para criar listas de tarefas a serem cumpridas no dia, na semana e no mês, além de lembretes importantes. Anote o que fez de importante, planeje, crie prazos, não perca ideias. Toda noite dê uma conferida.

Diminua (ou corte) distrações
Se você não larga o celular enquanto trabalha ou deixa várias abas abertas no navegador, estar conectado constantemente pode estar atrapalhando seu rendimento. Silencie mensagens desnecessárias, sejam de grupos de Whattsap ou de alertas de aplicativos. Filtre bem o que merece sua atenção enquanto trabalha, configure o navegador e ligue o modo silencioso ou de vibração do celular. Deixe apenas notificações importantes. Dê uma olhadinha, mas só abra se for algo importante, como uma mensagem de emergência de alguém ou um e-mail sobre o trabalho, por exemplo. Deixe para olhar Instagram, Facebook ou Twitter apenas nos intervalos. Caso esteja difícil se desconectar, passe a anotar o tempo que passa online nas redes sociais e tente diminuir esse tempo.

Tenha uma trilha sonora
Música ajuda a manter a concentração. Caso você seja o tipo que liga suas músicas preferidas enquanto escreve ou trabalha e rende bem assim, invista nisso. Faça bom uso do celular, coloque os fones de ouvido e escute o que você prefere. Se você e músicas só se dão bem na hora da distração, talvez seja porque não encontrou a trilha sonora correta para seu rendimento. Existem músicas instrumentais e sons específicos para aumentar a concentração e o foco. Procure por playlists assim no Spotify ou YouTube, por exemplo. Ou instale um aplicativo com sons de chuva ou da natureza para ajudar você a se concentrar nos pensamentos ou até mesmo a abafar ruídos inoportunos como uma reforma próxima, o trânsito intenso em horário útil ou um vizinho barulhento.

Preserve a folga
Tenha sempre um dia de folga para fazer coisas prazerosas e estar com quem você gosta, como amigos, família, pets... Ou aproveite para estar só. Faça o que você quiser, tudo ou nada. Respeite seu momento de folga e desligue seus pensamentos do trabalho, cobranças, obrigações, metas, prazos, etc. Não se culpe, todo mundo precisa de folga. Aproveite para manter um hobbie em dia. E se tiver uma ideia ou solução inesperada, anote-a para depois.

Aceite seus limites
Não é todo dia que temos uma grande ideia ou que tudo dá certo; nem sempre temos sucesso em todas as tarefas; algumas vezes não batemos a meta; nos atrasamos, erramos, perdemos. Está tudo bem, é normal. Você pode ser extremamente criativo e produtivo num dia e nos seguintes não sair do lugar. Assim como nem todo mundo é multitarefas, ao menos não permanentemente. Aceite e descubra seus limites. Procure sempre melhorar e pode até mesmo bater seu recorde, mas quando acontece o contrário, não se culpe. Não desista e não perca tempo se remoendo. Descanse e tente novamente depois. Você acaba descobrindo outra solução.

Imagem: rawpixel.
Se alimente bem
Tenha uma alimentação saudável, procure por alimentos naturais que ajudam o funcionamento cerebral. Alimentos leves e sem excesso de gorduras, processados e açúcares influenciam no rendimento físico, mental e psicológico. Não precisa fazer uma dieta radical, mas o segredo está no equilíbrio. Não exagere na alimentação, coma um pouco de tudo e com certeza terá mais disposição e energia para se preparar para o dia-a-dia!

Durma o suficiente
Dormir bem e o suficiente é o essencial para melhorar a produtividade. Como trabalhar e manter o foco mental se seu organismo está estafado? Não fique até muito tarde se cobrando, relaxe antes de dormir. Saiba quando se desligar das tarefa, desconecte-se, largue o celular antes de dormir. Claro que algumas pessoas rendem mais a noite, por isso crie sua própria rotina, mesmo que durma em horário fora do padrão. O importante é dormir bem e conseguir relaxar de verdade.

Pratique atividades físicas
Faça exercícios físicos frequentemente. Nem sempre temos tempo ou ânimo para isso e você não precisa se transformar em atleta, mas tente caminhar ao menos 30 minutos de 3 a 6 vezes por semana ou se inscreva em uma academia para ao menos utilizar aparelhos como esteira ou elíptico. Se você gostar e morar em um local com o mínimo de estrutura, saia de bicicleta por alguns minutos. Instale um aplicativo que contabilize seus passos e se mexa mais. A sensação a longo prazo será satisfatória e vai influenciar o funcionamento do cérebro. Seu bem-estar e seu coração agradecem.

Cuide da saúde
Você mal consegue ir trabalhar, só encara a tela em branco ou não consegue fazer nada, não entende a página que acabou de ler, como vai concluir uma tarefa logo pela manhã ou resolver problema difícil na segunda? Não tem ânimo para organizar planos e listas, não consegue navegar pela internet assistindo vídeos de bichos fofos, nem fazer nenhuma das dicas desta postagem? Talvez você precise fazer um check-up com um médico, verificar se está tudo bem com seu organismo. Muitas vezes um desiquilíbrio hormonal ou uma carência nutricional pode atrapalhar seu rendimento. E mesmo que os exames clínicos estejam normais, talvez seja a questão de procurar terapia psicológica para voltar a realizar atividades rotineiras. Não se envergonhe, cuide-se!

Crie o hábito
Cultivar um hábito é mais fácil que criar um novo, portanto, você precisa se esforçar muito para criar novos. Para isso, tenha paciência, consistência e perseverança, porque não é da noite para o dia que você modificará sua vida. Se realmente quer aumentar a produtividade, pense nisso como um trabalho persistente a médio ou longo prazo. Se esforce para praticar o hábito diariamente por 2 ou 3 meses aproximadamente, tentando não interrompê-lo. Ao menos tente todos os dias, mesmo que parcialmente. Procure por um gatilho, algo que funcione como lembrete e/ou estímulo positivo para a prática (por exemplo, deixe seu tênis ao lado do sofá para se lembrar da caminhada). O sistema de premiação também funciona na criação do hábito.

Imagem: Bru Santos.

Um comentário

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante!
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras