Resenha Resenha
19 janeiro 2012

Julieta Imortal, Stacey Jay, Novo Conceito

Julieta Imortal (Juliet Immortal)
A maior história de amor de todos os tempo é uma farsa. (Romeo and Juliet, the greatest love story ever told, is a lie.)
Stacey Jay - Editora Novo Conceito
Tradução: Patrícia Dias Reis Frinese
237 páginas - Ano: 2011 - R$29,90

Sinopse:
"Julieta Capuleto não tirou a própria vida. Ela foi assassinada pela pessoa em quem mais confiava, seu marido, Romeu Montecchio, que fez o sacrifício para assegurar sua imortalidade. Mas Romeu não imaginou que Julieta também teria vida eterna e se tornaria uma agente dos Embaixadores da Luz.
Por setecentos anos, Julieta lutou para preservar o amor e as vidas de inocentes, enquanto Romeu tinha por fim destruir o coração humano.
Mas agora que Julieta encontrou seu amor proibido, Romeu fará tudo que estiver ao seu alcance para destruir a felicidade dela.
Segredos, mistérios e surpresas envolvem este poderoso romance em que o casal mais famoso da literatura mundial tem a chance de contar sua verdadeira história."

Resenha:
Finalmente li este sucesso da Novo Conceito, que mais uma vez, caprichou em todo o processo, que vai da escolha do livro, passando pelo booktrailer e chegando ao impecável trabalho de diagramação. Antes de iniciar a leitura, estava ciente das discordantes opiniões em vários pontos. Claro, a premissa é completamente polêmica.

Para começar, acho que não exista pessoa que ao menos não tenha ouvido falar no amor entre Romeu e Julieta. Desde crianças, esse romance já parece estar entranhado em nossas mentes, com tantas referências, citações e adaptações existentes. Todos nós sabemos que foi um amor verdadeiro e arrebatador e que, embora fossem de famílias rivais, os jovens se apaixonaram e juraram amor eterno. Shakespeare criou um dos maiores clássicos de todos os tempos, e uma das histórias de amor mais famosas do mundo, tanto que não é necessário ler o livro original para conhecê-la.
Stacey Jay criou uma nova versão desse romance, uma espécie de "continuação" recheada de mistério e reviravoltas. Escreveu com muita ousadia uma história alternativa aonde o resultado da paixão entre Romeu e Julieta talvez não seja tão... romântica.

Uma revelação chocante: Julieta não se suicidou por amor. Ela foi assassinada pelo seu amor. Romeu matou Julieta em busca da imortalidade, junto aos Mercenários, que vivem na escuridão se alimentam da dor e sofrimento. Seres gananciosos que arrasam aos poucos com a existência do amor sincero, separando as almas gêmeas e atraindo mais adeptos da prática da maldade.
Para lutar contra as tragédias realizadas pelos Mercenários, existe uma resistência. Os Embaixadores da Luz tentam propagar o amor, ajudando e protegendo os apaixonados dessas terríveis criaturas. Julieta tornou-se uma Embaixadora e este é o seu trabalho. E seu principal rival? Romeu!

Durante setecentos anos, Romeu e Julieta retornam à Terra possuindo diversos corpos para realizarem seus respectivos trabalhos: ela, proteger as almas gêmeas e salvar o amor existente entre elas, direcionando suas almas para a luz; ele, atrair e influenciar um deles para assassinar o outro, finalizando o amor e recrutando mais um Mercenário.
Após diversas reencarnações, a rivalidade entre os ex-apaixonados cresce e chega ao ápice da violência e ódio.
Julieta está agora no corpo da jovem tímida Ariel, conhecida na escola como Esquisita, por causa das marcas de cicatrizes e jeito medroso. Romeu retorna como Dylan, garoto problema que está pregando uma peça em Ariel.
Julieta tem agora a missão de unir novas almas gêmeas. Gema é a melhor amiga de Ariel, e não é uma pessoa muito amável; Ben é um garoto honesto e bondoso, e está sendo injustiçado. Adorei o Ben porque ele é simples, direto e verdadeiro. Um amor de pessoa! O tipo de "príncipe encantado" realista e amigo para todas as horas. Gema é a personagem odiada, pois é mimada e carente. A pobre menina rica que faz pose de autosustentável pisando nos amigos.
Outras personagens: Melanie, a mãe de Ariel se destaca mais do que seu cargo de coadjuvante lhe impõe, trazendo mais pontos positivos ao abordar o relacionamento entre mãe e filha adolescente. Agora, odiei a Enfermeira, que parece falsa e chocantemente despreocupada e omissa às grandes questões.
Julieta também quer ajudar Ariel a modificar sua vida, aumentar a autoestima, estreitar seu relacionamento com a mãe e melhorar suas expectativas. Romeu está à espreita para impedir Julieta, separar o casal protegido por ela e, se possível, matá-la de vez.

A narrativa é contada por Julieta, com alguns interlúdios narrados por Romeu.
É um livro extremamente empolgante; a cada capítulo, mais ação, intrigas e descobertas. Também é imprevisível: quando você acha que algo acontecerá de determinada forma, a autora surpreende completamente.
Apesar de existir uma história de amor e de você torcer pela felicidade do casal central, não considero um livro romântico. Quando pensamos em Romeu e Julieta, só existe a possibilidade de romance total? Errado. Eu classifico o livro como uma história de ação e suspense, misturada ao cenário sobrenatural.
A autora cria uma mitologia própria, através da famosa luta do bem contra o mal. Nunca li nada assim. É tudo muito diferente. Ela sai totalmente do lugar-comum dos romances da moda e arrisca  de forma esplêndida. Pensei que fosse uma história juvenil de amor romântico, quando na verdade o que mais admirei foi o perigo e o desconhecido.

Os Espectros me trouxeram vários arrepios. Assustadores. Certas cenas que os Espectros compõem são dignas de filme de terror! Nunca imaginaria que encontraria neste livro seres angustiantes. Ainda mais quando sabemos quem eles realmente são!
E as dúvidas existenciais que Julieta, e até mesmo Romeu, sofrem? Eu fiquei agoniada. A possibilidade do esquecimento eterno, seria o pior destino para qualquer um. Nada de céu ou inferno, apenas o vazio? O tempo está se esgotando para os dois. Julieta não sabe se deve enfrentar seus medos sozinha ou unir-se a Romeu, que também corre perigo. Tive compaixão até mesmo do Romeu.

Mesmo sendo o vilão do livro, não consegui ter raiva. Quer dizer, não em todas as páginas. Em algumas eu sentia pena dele. Ele é muito complexo e enigmático. Você não tem certeza se ele está sendo sincero. Em alguns trechos pode até estar sendo, mas será que totalmente? E quase sempre tinha a certeza de que ele estava trapaceando, blefando, mentindo. Mesmo assim, acho que ele acha que está fazendo a coisa certa, sério! Alguns diálogos são engraçados e as brigas são boas, até pesadas. Mas Julieta é uma oponente à altura.

Admirei a transformação da Julieta, mesmo que grande parte dela não tenha sido mostrada. Estamos presenciando sua evolução final. Da mocinha frágil e dependente emocionalmente de Romeu à guerreira corajosa e destemida. Ainda falta algo para ser descoberto. Algo adormecido dentro dela. Mesmo tendo se passado séculos, Julieta ainda precisa se descobrir, assumir falhas e acertos e descobrir o sentido real de sua existência.
Será que vivendo no corpo de Ariel, e conhecendo Gema e Ben, ela encontrará seu verdadeiro caminho? Será esta trilha percorrida através do amor, do encontro com sua verdadeira alma gêmea? Quando Julieta conseguirá encontrar a sua felicidade, e não apenas ajudar as pessoas a encontrarem seus destinos? Ela deve ou não perdoar Romeu? É ler para tentar imaginar como o livro termina.

Uma mensagem de que cada pessoa precisa possuir seu amor próprio e trabalhar a autoestima. Que antes de amar alguém, precisamos nos amar. Que relacionamentos são mais do que palavras, são atos. Amor, ódio, culpa e medo - sentimentos constantes tanto em Julieta como em Romeu.
Gostei muito do final do livro, que terá uma continuação: Romeu Redimido. Em 2012 será publicado nos Estados Unidos, espero que tragam o livro para o Brasil, e que a continuação contada dessa vez pelo Romeu seja tão boa quanto Julieta Imortal.

Trechos:

"Ela lutará pela luz, e ele pela escuridão. Lutando por séculos pela doce centelha do amor. Sempre que duas almas se amarem de verdade, vocês os encontrarão. A corajosa Julieta, e Romeu, o desertor". - Cântico italiado medieval.
"Morrer é fácil. Voltar é muito mais doloroso."
"Romeu resmunga e acerta minha mão de forma violenta, torcendo meu outro braço em minhas costas. – Vou arrancar seus braços e comê-los enquanto você assiste!" 
"Odeio ter de viajar pelo tempo, ver o mundo se transformar tão radicalmente e, ao mesmo tempo, continuar a mesma."
"Seu beijo é como um raio de sol, que leva embora todas as coisas ruins e acaba com a escuridão que carrego desde o dia em que aprendi que não existe final feliz."
"Uma vida humana, um coração humano, é o melhor presente que podemos dar." 
"A alguns metros de mim, ainda usando o vestido azul do casamento, vejo o meu antigo corpo se aproximando com as mãos cobertas de sangue." 

Links: Skoob | Editora Novo Conceito | Facebook

Booktrailer:






Capa original:

Este livro está sendo sorteado aqui no blogue, num kit fofo cedido pela Editora Novo Conceito. Quer tentar a sorte? Então participe!



A autora:
Stacey Jay é autora da série You are so undead to me e muitos outros livros para jovens. Ela mora na Califórnia com seu marido, dois filhos e alguns fantasmas amigáveis que dizem não ligar para animais de estimação.
É uma workaholic assumida, mãe e escritora em tempo integral desde 2005 e não pode pensar em qualquer coisa que preferiria estar fazendo. Já foi atriz de teatro, bailarina profissional, atriz de filmes C, bartender, garçonete, professora de matemática, e instrutora de yoga!
Em seu tempo livre, Stacey gosta de cozinhar e apreciar jantares especiais com a família, se fantasiar junto com os filhos e beber vinho com o marido. Ela adora ouvir dos leitores e responde pessoalmente todos os emails que recebe.
Website da autora



5 comentários:

  1. Eu li esse livro e achei um máximo, a história é super interessante e diferente sem sombra de dúvidas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li Julieta Imortal, mas quero muito!
    Adorei a capa, é linda!
    Já li vários comentários bons a respeito dele, fiquei super curiosa depois da sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindsay, o livro é bem diferente e criativo. Eu gostei, ousado. Beijos.

      Excluir
  3. Ameei demaais esse livro, e fiquei feliz de saber que vai ter uma continuação!! Louca pra ler *----*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou no aguardo da continuação!
      Beijos.

      Excluir

Antes da publicação, os comentários passam por moderação, então aguarde, por favor.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos, não serão publicados, assim como pedidos de e-Books ilegais.
Sua opinião é muito importante! Através dos comentários é que posso tentar fazer um blog mais interessante.
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

© Copyright 2011 - 2014. | Todos os direitos reservados. | Tema: Way2themes. | Aministração: Tatiana Jiménez Inda. | Tecnologia: Blogger. | Atenção: Direitos autorais.