Aproveite: 3 meses por R$ 1,99 para novos assinantes

publicidade

Quero na minha estante! Sincronicídio de Fabio Shiva

Essa postagem é uma super dica, de um livro escrito pelo meu amigo do mundo literário online, Fabio Shiva.
E com esta postagem, gostaria de iniciar uma série delas com livros que ainda não foram impressos, publicados, de escritores inciantes e que tem muito talento - que divulgarei para que o público tenha a chance e a curiosidade de conhecê-los. Na verdade, é meio que uma campanha de divulgação ás editoras para que vejam com mais atenção esses trabalhos. Acho que os blogues literários devem auxiliar as divulgações.

O Sincronicídio é um livro policial de bastante mistério e uma bela capa. Com orgulho, estou sendo leitora beta e iniciei a leitura ontem, graças à confiança do Fabio Shiva. Sei que lerei meio devagar por ser em formato digital (estou tentando me adaptar à modernidade, sempre lendo um impresso e um digital, quando possível).

Vamos conhecer um pouco do livro?


"Esta é uma história que vai desafiando o leitor aos poucos, matreiramente, conquistando primeiro sua confiança antes de conduzi-lo a voos cada vez mais altos da imaginação.
O Sincronicídio é sobretudo um romance policial, à sua maneira, que consiste em misturar todas as outras: as refinadas charadas do “quem matou?” são apresentadas em meio a truculentas cenas noir, e o clássico mistério do quarto fechado é servido de modo a atender ao gosto moderno pela escatologia.
 É mesmo uma história policial do início ao fim, com direito até à revelação revolucionária no último capítulo. E é também um conto sobre a imaginação e a memória.
Ocorre que esta é uma obra de muitas camadas, múltiplas possibilidades de interpretação. Não é exagero afirmar que nunca antes uma história policial foi contada dessa maneira. É na mistura entre o tradicional e o inovador que reside a originalidade de O Sincronicídio.
É um livro que escapa aos padrões, ao se propor como interseção literária entre dois ricos universos semânticos: o jogo do xadrez e o jogo do I Ching. O resultado são verdadeiros “poemas enxadrísticos”, uma curiosidade a mais para o leitor comum e um deleite para os entusiastas do Jogo dos Reis. Pelo mesmo motivo, à semelhança de obras como Ulisses de James Joyce e Mrs. Dalloway de Virginia Woolf, a história acontece em um único dia, o dia do Sincronicídio. Aventure-se!"


Está aberta com essa primeira postagem a série de postagens sobre livros inéditos "Quero na minha estante!", e O Sincronicídio de Fabio Shiva é o estreante!

Veja a matéria muito legal sobre o autor que saiu na revista semanal do Grupo A Tarde, uma publicação em Salvador: (clique para ampliar e ler a matéria)


Quer saber mais sobre o autor ou o livro?
fabioshiva@gmail.com  - Fabio
angelica.pb@terra.com.br - Angélica

O livro no Skoob.

Nenhum comentário

Os comentários são moderados, portanto, aguarde aprovação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como os que contenham pirataria.
Caso tenha um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.

Pesquise no blog

Parcerias