O livro impresso mais antigo da América

Um dos livros impressos mais antigos do mundo está nos Estados Unidos, nas mãos de um advogado, no Estado de Utah.
Ele é dono de um exemplar da Crônica de Nuremberg, obra que foi impressa em 1493. O livro foi realizado algumas décadas depois da impressão da Bíblia por Gutenberg, pioneiro que revolucionou a técnica de imprimir textos.
O objeto foi identificado pelo avaliador de antiguidades Ken Sanders, que classificou a descoberta como “o achado de sua vida”.
O livro Crônica de Nuremberg foi avaliado em aproximadamente US$ 100 mil.
Há obras bem mais antigas, entretanto o Crônica de Nuremberg é um dos primeiros a passar por um processo mecânico de impressão – antes disso, os livros eram praticamente todos feitos à mão.
O texto antigo contra a história do mundo a partir dos relatos da Bíblia, e foi escrito em latim, com tradução para o alemão. Por ter sido impressa na cidade de Nuremberg, na Alemanha, a obra recebeu esse nome.
Não há livro mais antigo nas Américas do que o Crônica de Nuremberg, afirmou o avaliador de antiguidades para o Huffington Post.
Sanders diz que não esperava encontrar a obra nos Estados Unidos. “Eu nunca vi algo assim fora dos museus”. O advogado disse ter recebido o livro de presente do seu sobrinho.

Fonte: Tudo Global

Nenhum comentário

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante!
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.

Editoras parceiras