publicidade

O que ler dos 2 aos 18 anos? Aos 12 anos

Um livro ao mês dos 2 aos 18 anos de idade, que transforma a criança e adolescente em um adulto leitor cheio de boas referências, Serão 17 postagens completas, uma para cada ano. Esta é a décima primeira.

2 anos | 3 anos | 4 anos | 5 anos | 6 anos | 7 anos | 8 anos | 9 anos | 10 anos | 11 anos | 12 anos | 13 anos

Os livros para o 7º ano do Fundamental foram indicados pela professora de Língua Portuguesa Carolina Yokota de Paula Lima.

Janeiro
O Diário de Zlata - A Vida de Uma Menina na Guerra de Zlata Filipovic, Editora Companhia das Letras:
Importante para o aluno conhecer outro universo, outra realidade — no caso, a de uma menina de 11 anos que registra em um diário seus medos e preocupações durante a guerra na ex-Iugoslávia.

Fevereiro
A Invenção de Hugo Cabret de Brian Selznick, Editora SM:
Este livro combina, de maneira exemplar, textos e imagens para contar a história de um garoto que cuida dos relógios de uma estação de trem, em Paris. A mistura de elementos dos quadrinhos e do cinema oferece uma leitura diferente e emocionante.


Março
Contos e Lendas Afro-Brasileiros de Reginaldo Prandi, Editora Companhia das Letras:
A versão mítica da criação do mundo pela perspectiva da cultura africana. Um novo olhar sobre um tema pertinente.

Abril
William Shakespeare e Seus Atos Dramáticos de Andrew Donkin, Editora Companhia das Letras:
A vida de Shakespeare contada em uma linguagem fácil e divertida. Traz muitas informações sobre a época em que o dramaturgo viveu e sobre o teatro.

Maio
As Mil e Uma Noites de Ferreira Gullar, Editora Revan:
As fascinantes e mirabolantes histórias deste clássico da literatura universal em uma tradução exemplar do poeta Ferreira Gullar.

Junho
Os Deuses do Olimpo de Menelaos Stephanides, Editora Odysseus:
É uma verdadeira viagem ao fascinante mundo da mitologia grega para apresentar aos alunos a história de cada um dos 12 deuses do Olimpo.

Julho
O Sorteio da Morte de Hubert Ben Kemoun, Editora Companhia das Letras:
História de um publicitário que, após um sorteio estranho, começa a encarar a vida de outra forma. Boa reflexão sobre a vida e a morte com toques de mistério, suspense e humor.

Agosto
Viagens de Gulliver de Jonathan Swift, Editora Ática:
Adaptação do clássico que narra a viagem de Gulliver por terras distantes e diferentes. Por trás da “inocente” história, o autor satiriza as sociedades inglesa e francesa da época.

Setembro
A Volta Ao Mundo em Oitenta Dias de Júlio Verne, Editora Ática:
Um clássico da literatura juvenil. História repleta de aventuras vividas por um inglês que aposta que consegue dar a volta ao mundo em 80 dias.

Outubro
Poesia Visual de Sérgio Caparelli, Editora Os poemas concretos deste autor, que é um dos maiores nomes da poesia infantil contemporânea, fazem o aluno perceber que esse gênero pode ir muito além de versos rimados e sonetos.

Novembro
Tintim de Hergé, Editora Companhia das Letras:
A coleção belga traz quadrinhos com textos primorosos, que desbancam muitos livros destinados ao público infanto-juvenil.

Dezembro
Coleção Uma Aventura de Asterix de Rene Goscinny e Uderzo, Editora Record:
Também em forma de quadrinhos, é um livro recreativo, mas que tem um texto bem escrito e ilustrações primorosas.


Aos 12 anos de idade, eu lia bastante. Além dos 4 livros pedidos anualmente pela escola, eu era uma visitante frequente na biblioteca, que era linda e recheada. Lia muito a série Vaga-Lume, levava sempre um livro para casa (minha mãe os lia também).
Outro lugar que eu amava era a banca de jornal ao lado da casa da minha avó. Todo domingo eu comprava uma revista. Já possuía uma coleção invejável de quadrinhos X-Men, que ficou grande com a ajuda do meu outro "templo" o sebo do Cacuia (um sub-bairro de onde eu morava no Rio de Janeiro, na Ilha do Governador). Ganhei minhas próprias prateleiras em casa!

Eu recomendo
O Mistério dos Morros Dourados, de Francisco Marins, Editora Ática, coleção Vaga-lume:
Uma emocionante aventura que mostra interessantes aspectos do Brasil da época das bandeiras e da corrida do ouro, que expandiram as fronteiras ao interior selvagem, com todos os perigos inerentes à floresta, longas viagens e bandidos em uma era em que os recursos eram tão escassos.

Aventura no Império do Sol, de , Editora Ática, coleção Vaga-lume:
Por essa a equipe de vôlei do Baleia Azul não esperava! Disputar um campeonato no Peru! Era demais conhecer o país da antiga civiliação inca. Mas ningém poderia imaginar uma terrível surpresa às vesperas da partida decisiva! O que aconteceu com Reca, a melhor jogadora do time?

A Grande Fuga, de Sylvio Pereira, de Silvia Cintra Franco, Editora Ática, coleção Vaga-lume:
A caminho de uma praia, ao socorrer um homem ferido, três jovens acabam envolvidos numa perigosa disputa entre quadrilhas.

Na verdade, recomendo toda a série Vaga-lume.

A Bolsa Amarela de Lygia Bojunga, Editora Agir ou Casa Lygia Bojunga ou Objetiva:
A Bolsa é a história de uma menina que entra em conflito consigo mesma e com a família ao reprimir três grandes vontades (que ela esconde numa bolsa amarela ) - a vontade de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. A partir dessa revelação essa menina sensível e imaginativa nos conta o seu dia-a-dia, juntando o mundo real da família ao mundo criado por sua imaginação fértil e povoado de amigos secretos e fantasias. Ao mesmo tempo que se sucedem episódios reais e fantásticos, uma aventura espiritual se processa, e a menina segue rumo à sua afirmação como pessoa. Magnífico!


Na próxima postagem, aguarde os livros recomendados para os 13 anos de idade.
Fonte: Educar Para Crescer

Nenhum comentário

Os comentários são moderados, portanto, aguarde aprovação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como os que contenham pirataria.
Caso tenha um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.

Parcerias