Pesquise no Leitora Viciada

27 de novembro de 2011

O que ler dos 2 aos 18 anos? Aos 12 anos

Um livro ao mês dos 2 aos 18 anos de idade, que transforma a criança e adolescente em um adulto leitor cheio de boas referências, Serão 17 postagens completas, uma para cada ano. Esta é a décima primeira.

2 anos | 3 anos | 4 anos | 5 anos | 6 anos | 7 anos | 8 anos | 9 anos | 10 anos | 11 anos | 12 anos | 13 anos

Os livros para o 7º ano do Fundamental foram indicados pela professora de Língua Portuguesa Carolina Yokota de Paula Lima.

Janeiro
O Diário de Zlata - A Vida de Uma Menina na Guerra de Zlata Filipovic, Editora Companhia das Letras:
Importante para o aluno conhecer outro universo, outra realidade — no caso, a de uma menina de 11 anos que registra em um diário seus medos e preocupações durante a guerra na ex-Iugoslávia.

Fevereiro
A Invenção de Hugo Cabret de Brian Selznick, Editora SM:
Este livro combina, de maneira exemplar, textos e imagens para contar a história de um garoto que cuida dos relógios de uma estação de trem, em Paris. A mistura de elementos dos quadrinhos e do cinema oferece uma leitura diferente e emocionante.


Março
Contos e Lendas Afro-Brasileiros de Reginaldo Prandi, Editora Companhia das Letras:
A versão mítica da criação do mundo pela perspectiva da cultura africana. Um novo olhar sobre um tema pertinente.

Abril
William Shakespeare e Seus Atos Dramáticos de Andrew Donkin, Editora Companhia das Letras:
A vida de Shakespeare contada em uma linguagem fácil e divertida. Traz muitas informações sobre a época em que o dramaturgo viveu e sobre o teatro.

Maio
As Mil e Uma Noites de Ferreira Gullar, Editora Revan:
As fascinantes e mirabolantes histórias deste clássico da literatura universal em uma tradução exemplar do poeta Ferreira Gullar.

Junho
Os Deuses do Olimpo de Menelaos Stephanides, Editora Odysseus:
É uma verdadeira viagem ao fascinante mundo da mitologia grega para apresentar aos alunos a história de cada um dos 12 deuses do Olimpo.

Julho
O Sorteio da Morte de Hubert Ben Kemoun, Editora Companhia das Letras:
História de um publicitário que, após um sorteio estranho, começa a encarar a vida de outra forma. Boa reflexão sobre a vida e a morte com toques de mistério, suspense e humor.

Agosto
Viagens de Gulliver de Jonathan Swift, Editora Ática:
Adaptação do clássico que narra a viagem de Gulliver por terras distantes e diferentes. Por trás da “inocente” história, o autor satiriza as sociedades inglesa e francesa da época.

Setembro
A Volta Ao Mundo em Oitenta Dias de Júlio Verne, Editora Ática:
Um clássico da literatura juvenil. História repleta de aventuras vividas por um inglês que aposta que consegue dar a volta ao mundo em 80 dias.

Outubro
Poesia Visual de Sérgio Caparelli, Editora Os poemas concretos deste autor, que é um dos maiores nomes da poesia infantil contemporânea, fazem o aluno perceber que esse gênero pode ir muito além de versos rimados e sonetos.

Novembro
Tintim de Hergé, Editora Companhia das Letras:
A coleção belga traz quadrinhos com textos primorosos, que desbancam muitos livros destinados ao público infanto-juvenil.

Dezembro
Coleção Uma Aventura de Asterix de Rene Goscinny e Uderzo, Editora Record:
Também em forma de quadrinhos, é um livro recreativo, mas que tem um texto bem escrito e ilustrações primorosas.







Aos 12 anos de idade, eu lia bastante, poderia ser mesmo considerada uma leitora. Além dos 4 livros pedidos anualmente pela escola, eu era uma visitante frequente na biblioteca, que era linda e recheada. Lia muito a série Vaga-Lume, levava sempre um livro para casa (minha mãe os lia também).
Outro lugar que eu amava era a banca de jornal ao lado da casa da minha avó. Todo domingo eu comprava uma revista, Eu já possuía uma coleção invejável de quadrinhos X-Men, que ficou grande com a ajuda do meu outro "templo" o sebo do Cacuia (um sub-bairro de onde eu morava no Rio de Janeiro, na Ilha do Governador). Ganhei minhas próprias prateleiras em casa!

Eu recomendo
O Mistério dos Morros Dourados, de Francisco Marins, Editora Ática, coleção Vaga-lume.

Uma emocionante aventura que mostra interessantes aspectos do Brasil da época das bandeiras e da corrida do ouro, que expandiram as fronteiras ao interior selvagem, com todos os perigos inerentes à floresta, longas viagens e bandidos em uma era em que os recursos eram tão escassos.

Aventura no Império do Sol, de , Editora Ática, coleção Vaga-lume:

Por essa a equipe de vôlei do Baleia Azul não esperava! Disputar um campeonato no Peru! Era demais conhecer o país da antiga civiliação inca. Mas ningém poderia imaginar uma terrível surpresa às vesperas da partida decisiva! O que aconteceu com Reca, a melhor jogadora do time?

A Grande Fuga, de Sylvio Pereira, de Silvia Cintra Franco, Editora Ática, coleção Vaga-lume:
A caminho de uma praia, ao socorrer um homem ferido, três jovens acabam envolvidos numa perigosa disputa entre quadrilhas.

Na verdade, recomendo toda a série Vaga-lume.

A Bolsa Amarela de Lygia Bojunga, Editora Agir ou Casa Lygia Bojunga ou Objetiva:
A Bolsa é a história de uma menina que entra em conflito consigo mesma e com a família ao reprimir três grandes vontades (que ela esconde numa bolsa amarela ) - a vontade de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. A partir dessa revelação essa menina sensível e imaginativa nos conta o seu dia-a-dia, juntando o mundo real da família ao mundo criado por sua imaginação fértil e povoado de amigos secretos e fantasias. Ao mesmo tempo que se sucedem episódios reais e fantásticos, uma aventura espiritual se processa, e a menina segue rumo à sua afirmação como pessoa. Magnífico!


Na próxima postagem, aguarde os livros recomendados para os 13 anos de idade.
Fonte: Educar Para Crescer

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail