publicidade

Defenda o livro: uma proposta de emenda à Constituição tenta barrar a tributação do livro

Sobre o tema de tributação dos livros, surgiu uma atualização importante: uma proposta de emenda à Constituição tenta barrar a tributação de livros, jornais, periódicos e papel destinado a sua impressão! Sugerida pelo Senador Randolfe Rodrigues e apoiado por outros mais de vinte senadores, a Proposta de Emenda a Constituição número 31 de 2020 sugere alterar o texto do artigo 150 da Constituição, proibindo a instituição de tributos (e não somente impostos) sobre os livros. O site do Senado Federal está realizando uma pesquisa de público e qualquer cidadão pode participar votando na pesquisa.



Portanto, vote SIM, a favor da PEC 31/2020. Mostre ao Senado que a população quer proteger os livros dos tributos. Vote "sim" para a imunidade tributária do livro neste link. Basta fazer o login, pode ser com sua conta do Facebook ou Google. Leia todas as informações sobre a PEC 31/2020 aqui. Compartilhe o link com seus conhecidos e explique a todos o porquê de votar "sim". Use a hashtag #PEC312020 no Twitter, divulgue bastante!

Ministério da Economia do Brasil propôs uma reforma tributária onde visa acabar com a alíquota zero de impostos para o livro. A nova Constituição sobre Operações de Bens e Serviços (CBS) vai substituir as contribuições para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) e para os programas de Integração social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep). A mudança extinguirá a isenção e taxará o livro em 12%. Saiba todos os detalhes sobre a história dos tributos ao livro no Brasil, assim como iniciou a isenção das taxas e todo o impacto que o retorno dos tributos podem causar aos leitores e mercado editorial. Confira nesta postagem de 15 de agosto de 2020.

Além de votar "sim" na pesquisa do Senado Federal (isso é essencial, não deixe de fazer!) assine a petição Defenda o Livro: Diga Não à Tributação de Livrosneste link.

Imagem utilizada nesta postagem encontrada no Pixabay, de LubosHouska.

Um comentário

  1. Oi Tati,
    Acho um absurdo isso, o que mais eles querem? Um povo sem instrução à mercê pro governo fazer o que bem entender né, só pode!
    Apoiado e já fiz meu voto!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados, portanto, aguarde aprovação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante!
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.

Parcerias