Pesquise no Leitora Viciada

23 de dezembro de 2011

O Preço de Um Lição de Federico Devito e Rogério Mendonça

O Preço de Uma Lição - Ás vezes amar muito não basta
Federico Devito e Rogério "Gutti" Mendonça
Editora Novo Conceito (Novo Conceito Jovem)
366 páginas - Ano: 2011 - R$19,90

Sinopse:
"Os meninos são, sim, capazes de amar. ”Tem um ditado que diz que o amor é cego. É justamente o contrário. Quando você ama de verdade, é capaz de ver coisas que ninguém consegue. Falam que você não consegue enxergar os defeitos, pura mentira também! Você vê, estão todos lá. Mas vê também algo que só você pode, como lidar com eles e contorná-los. Então, o amor não é cego, ele é a maior lente de aumento que já inventaram.” Como acontece esta coisa chamada amor? Nasce junto com a gente, mas não depende só de nós. A gente sofre e faz sofrer, ama e é amado. E com isso aprende muita coisa. Lições que trazem consequências, problemas e soluções. O preço desse aprendizado transforma o garoto em um homem. Esta narrativa, cheia de incidentes, mostra que – ao contrário do que dizem algumas garotas – os meninos são, sim, capazes de amar. Quais as transformações que o amor pode provocar na gente? O que ele ensina? Qual o seu preço? Acompanhe a jornada de um jovem, transformado pelo amor, à procura dessas respostas."

Links: Skoob | Editora Novo Conceito | Twitter

Resenha:
O livro é do selo Novo Conceito Jovem, obviamente voltado para este público. Mesmo assim o livro é grosso, o que prova que os jovens gostam de ler e se o livro for bom, não se assustam com o tamanho - é o caso desse livro, ele é ótimo. E a qualidade gráfica do livro também nem precisa ser comentada, afinal é da Novo Conceito. A capa tem um visual original e é bem bonita.

O protagonista não possui um nome, e apesar disso, não é estranho. Não há necessidade disso, ele representa muitos rapazes que existem por aí, que passam da adolescência para a vida adulta. Iniciam sua vida de verdade, enfrentam obstáculos, buscam um sentido para tudo, procuram atingir seus objetivos e sim, amam. Amam de verdade, mais cedo ou mais tarde.

Alguns leitores se perguntam se os fatos ocorridos pertencem à vida dos escritores, pois mesmo com a mensagem de que tudo é fictício, encontramos leves semelhanças. Meu palpite é que os autores podem até ter utilizado algo que ocorreu com eles ou com amigos deles, mas talvez as semelhanças sejam apenas um meio mais simples deles escreverem de forma convincente. Afinal, dar ao personagem uma profissão que você compreenda ou fazê-lo estar em locais que você conheça torna a história mais real.

A narrativa é leve, dinâmica e ritmada. A história é contada em primeira pessoa, esta o protagonista. Ele nos conta alguns fatos de sua vida, sobre suas amizades e paixões. Depois que conhecemos bem sua rotina e personalidade, presenciamos grandes mudanças e várias paixões. Então ele nos conta o mais importante de tudo: como conheceu o verdadeiro amor.

A forma como os autores escrevem é sensível, emocionante e sincera. Tudo parece tão real que acreditamos em tudo. Achei muito interessante ver um romance pelos olhos de um rapaz romântico, e que apesar de ser fiel, inteligente, gentil, bonito (ou seja, o sonho de toda garota) possui defeitos. Ele erra muitas e muitas vezes, magoando vários corações. Fica cego de amor. Gostei dele ser ousado e confiante, mesmo quando se perde em indecisões.

Um dos pontos fortes: os diálogos. Intensos ou sutis fazem a história ser mais realista ainda. Cada personagem possui seu estilo, o que reflete nas falas e conflitos.
Outra observação positiva: o protagonista possuía momentos em que era tão adulto, maduro, independente. Em outros ocorria exatamente o oposto, ele se perdia em atos infantis, incoerentes. Com certeza os autores quiseram demonstrar que neste momento da vida, todos os jovens passam por quedas e picos de amadurecimento.

O livro é muito agradável, do tipo em que se lê 90 páginas sem ao menos perceber o tempo passar. Adorei este primeiro trabalho dos autores e se escreverem outros livros neste estilo, terão mais sucesso ainda.
Minha única reclamação foi a inexistência da vida sexual do rapaz. Compreendo que o foco do livro está nos sentimentos, porém ficaria ainda melhor se esses sentimentos estivessem diretamente relacionados com experiências como a primeira vez.

O que mais gostei foi o final! Um final incrível, inteligente! Adorei mesmo. Recomendo este livro para todos que estão passando por esta fase de amadurecimento, e a todos que relembram com nostalgia os erros e acertos cometidos no início da fase adulta. Para todos que sentem como é duro descobrir o preço de uma lição, seja ela qual for.

Os autores
Frederico Devito (de rosa) começou a escrever para o público jovem em um blog que se tornou um sucesso e chegou a receber 2 milhões de visualizações por mês. Foi nesse movimento todo que o fez perceber que gostava de escrever muito mais do que imaginava. Apaixonado por poesia, contos e pessoas, mesmo quando as decepções aparecem, dedicou-se a escrever sobre sentimentos e relacionamentos que mexem com todos os adolescentes. O preço de uma lição é o primeiro resultado dessa disposição e, com certeza, não será o único.

Gutti Mendonça é de São Paulo, mas vive em Curitiba onde tem uma empresa de web com seu sócio. Desde adolescente, quando começou a tomar gosto pela escrita, colabora com alguns sites, enviando textos. Após alguns namoros, um deles finalmente teve o peso e significado maior, levando-o a se aventurar com outro estilo como o amor e relacionamentos. Sentindo-se à vontade para escrever tais assuntos como nenhum outro, teve a idéia de registrar, junto com Frederico Devito, as situações em que o amor acontece.

Booktrailer

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail