[Resenha] O Café da Praia de Lucy Diamond e Editora Arqueiro

O Café da Praia (The Beach Café)
Coleção Romances de Hoje
Lucy Diamond - Arqueiro
Tradução: Vera Ribeiro
336 páginas - R$ 39,90 (impresso) ou R$ 24,99 (ebook)
Comprar na Amazon - baixar trecho do livro

Sinopse:
"Em uma praia paradisíaca, Evie Flynn tem a chance de começar do zero…
Evie sempre foi a ovelha negra da família: sonhadora e impulsiva, o oposto das irmãs mais velhas bem-sucedidas. Tentou fazer carreira como atriz, fotógrafa e cantora, mas nada deu muito certo. Às vezes, ao pular de um trabalho para outro, ela tem a sensação de que lhe falta um propósito.
Quando sua tia preferida morre em um acidente de carro, Evie recebe uma herança inesperada, um café na beira da praia na Cornualha. Empolgada com a oportunidade de mudar de vida, ela decide se mudar para lá, mas logo descobre que nem tudo são flores: os funcionários não são dos melhores e o local está caindo aos pedaços. Tudo bem diferente dos tempos em que passava as férias de verão com a tia.
Apesar das dificuldades, pela primeira vez Evie está determinada a ter sucesso. Ao lutar pelo café, ela busca secretamente dar um novo rumo à sua vida e, assim, pode acabar conquistando bem mais do que esperava no trabalho...  e também no amor."

Resenha:
Depois de aprovar A Casa dos Novos Começos da inglesa Lucy Diamond, autora publicada em mais de quinze idiomas e com mais de dez romances lançados, decidi ler também O Café da Praia (The Beach Café), outro livro dela, originalmente publicado em 2011. A obra também integra a coleção Romances de Hoje, lançada pela Editora Arqueiro em 2019, composta por romances contemporâneos leves, divertidos e inspiradores, perfeitos para quem curte comédias românticas e chick-lits.
Embora formem uma coleção, são completamente independentes. Os exemplares são impressos em papel amarelado, com orelhas e design moderno e charmoso, em capas lindas. A revisão é ótima, embora tenha encontrado errinhos, e a tradução é de Vera Ribeiro.
Além de A Casa dos Novos Começos (resenha) e O Café da Praia, a Editora Arqueiro já publicou os seguintes livros na coleção Romances de Hoje: Desencontros à Beira-Mar (resenha) e Onde Mora o Amor (ambos da Jill Mansell); A Pequena Livraria dos Sonhos (resenha) e A Padaria dos Finais Felizes (resenha; estes da Jenny Colgan). Um exemplar de O Café da Praia foi enviado pela Editora Arqueiro par esta resenha.



Evie Flynn
, 32 anos, mora em um ótimo bairro na cidade de Oxford, na Inglaterra. Ela namora Matthew há 5 anos, que trabalha no ramo de softwares, e divide o apartamento com ele. O imóvel não é dela, pois Evie não é bem-sucedida como o namorado. Ou as irmãs, Ruth e Lousie. Ou os pais. Bem, infelizmente Evie parece ser a única pessoa da família que não deu certo. Ela tentou ser atriz, cantora e fotógrafa, mas acabou cursando secretariado para trocar continuamente de emprego temporário, de acordo com o que a agência de empregos oferece. Agora, suas irmãs e seus pais querem que ela seja professora, para que enfim Evie tenha uma carreira sólida e um emprego fixo. Mas ela sempre sente que falta algo em sua vida. Um propósito, um sonho, uma motivação. Evie não consegue sentir paixão por nenhuma de suas opções de carreira.
Ela adora os sobrinhos e tem muito amor pelo enteado, Saul, filho de Matthew do casamento anterior. Outra pessoa importante na vida de Evie é sua melhor amiga Amber. Ela parece ser a única que não a julga e não a considera um fracasso. Assim como a irmã de sua mãe, Jo, sua tia preferida que mora em Carrawen Bay, vilarejo à beira-mar no norte da Cornualha. Jo é proprietária de um café na praia, local maravilhoso onde Evie sempre passou as férias, se divertiu, teve amores de verão e trabalhou como auxiliar.
A vida de Evie muda drasticamente com a morte de Jo em um acidente de trânsito. Sua tia e amiga se foi, mas deixou o café da praia na Cornualha para Evie, com uma carta emocionante junto ao testamento. E agora?


O livro é narrado pela protagonista e me apeguei muito a ela, o que engrandeceu a leitura. Fluiu bem demais, como raramente acontece comigo em romances contemporâneos. Sério, achei o texto muito agradável, mais que o do outro livro da autora. Também gostei bem mais das personagens. São dois núcleos: o de Oxford e o de Carrawen Bay.
A família de Evie vive em Oxford (os pais, as irmãs, os sobrinhos, os cunhados), assim como Matthew, Saul e Amber. Mas apenas o começo da trama se passa lá, pois Evie, embora muito relutante, acaba se mudando para Carrawen, porque foi um fracasso tentar administrar o café à distância. Já lá, Evie conhece não apenas os funcionários do café, mas quase todos os moradores da pequena cidade.
Não é um bom começo, pois alguns residentes aparentam desgostar da presença de Evie, como se ela estivesse errando com o café que era de Jo. Será que sua tia era tão querida ao ponto de acharem uma afronta Evie substituí-la? Fora isso, os funcionários do café não parecem muito empenhados em suas tarefas, e nem um pouco empolgados com as mudanças. E o café precisa de reformas, mudanças e renovações no design e no cardápio. E há outro enorme problema: Evie cozinha muito, muito mal.
Ela precisa lidar com novos vizinhos, se adaptar a nova cidade e rotina, aprender sobre administração e culinária e pensar no que fazer com funcionários tão decepcionantes. Mais que não deixar o café morrer, Evie precisa renovar o sonho de Jo. Não pode simplesmente sair vendendo o local que gerou tantas memórias positivas, férias agradáveis e gostosas conversas com a tia. E pela primeira vez na vida, mesmo não sabendo o que fazer à princípio, Evie tem um propósito, a oportunidade e a vontade de fazer alguma coisa dar certo na vida, mesmo sob muitos obstáculos e erros. Com pouquíssimas exceções, as pessoas não acreditam que o café vai dar certo. As pessoas não acreditam em Evie, mas ela pretende, entre altos e baixos, provar que é capaz!
Destaque para as personagens: Phoebe, uma adolescente que precisa de ajuda mas guarda segredos; Ed, o lindo chef temporário que prepara iguarias maravilhosas; Rachel, uma australiana surfista amadora que está de férias; e Jo, que mesmo falecida possui uma presença muito marcante!


Eu tinha gostado de A Casa dos Novos Começos, mas não de tudo, porém amei completamente O Café da Praia! Ambos possuem cenários litorâneos paradisíacos, cidades aconchegantes, personagens interessantes, protagonistas e trajetórias inspiradoras, mas O Café da Praia é perfeito no desenvolvimento do enredo, evolução dos relacionamentos e da protagonista.
É uma injeção de ânimo, uma verdadeira dose de alegria e bom-humor. Ótimo livro para te fazer escapar temporariamente dos problemas da vida real e do tédio e cansaço do cotidiano. Uma leitura mais que inspiradora e empoderadora; é para se ter esperança e renovar a fé na humanidade, para acreditar que as pessoas podem ser solícitas, boas e empáticas, mesmo em meio a tanta maldade, desonestidade e inveja.
Um livro perfeito para ser lido nas férias durante o verão! Você vai se sentir num charmoso café à beira-mar, degustando delícias inglesas enquanto observa um belo pôr-do-sol na praia e torcer pelo sucesso da protagonista.
O Café da Praia possui sequência, livros inéditos no Brasil: Christmas at the Beach Café, Christmas Gifts at the Beach Café e A Baby at the Beach Café. Fiquei curiosa sobre as histórias natalinas, como será que o café funciona no inverno? A população da cidadezinha comemora o Natal nele? E que iguarias o café prepara para a época do ano? A família e amigos de Evie se unem para o feriado? E sobre o outro, o título traz spoiler, pois parece que um bebê está a caminho, e pode ser de Evie, ou será de outra personagem? Enfim, fiquei curiosa e acho que o material natalino poderia ser compilado num único volume e, em seguida, o outro livro. Seria uma trilogia do Café da Praia, uma ideia bem legal que adoraria que fosse executada pela Editora Arqueiro. De qualquer modo, espero que a Arqueiro prossiga com a coleção Romances de Hoje, pois estou curtindo as publicações.


A autora:
Lucy Diamond é pseudônimo de Sue Mongredien. Ela cresceu em Nottingham e estudou literatura inglesa na Leeds University. Após se formar, trabalhou em algumas editoras e na BBC, e hoje é autora de mais de 10 romances, publicada em 15 idiomas, além de best-seller do Sunday Times. Lucy mora em Bath com o marido e os três filhos e adora chocolate, praias, férias e vinhos.
Site | Twitter | Facebook


Os demais livros da coleção Romances de Hoje: A Pequena Livraria dos Sonhos (Jenny Colgan)Desencontros à Beira-Mar (Jill Mansell); A Padaria dos Finais Felizes (Jenny Colgan); A Casa dos Novos Começos (Lucy Diamond); Onde Mora o Amor (Jill Mansell).




Nenhum comentário

Antes da publicação, os comentários passam por moderação.
Comentários considerados spams, agressivos ou preconceituosos não serão publicados, assim como pedidos de ebooks ilegais.
Sua opinião é muito importante!
Se você tem um blog, retribuirei seu comentário assim que possível.
Obrigada por participar.


Ganhe 30 % de desconto na 1ª caixa com o cupom TATFRDGK

Parcerias