Pesquise no Leitora Viciada

11 de abril de 2012

Vídeo mostra acervo de 7 mil livros abandonado em Rio das Pedras, SP

Biblioteca foi fechada para reforma há 5 meses, mas licitação atrasou obra. Livros estão amontoados com móveis quebrados e objetos inutilizados.

O acervo de aproximadamente 7 mil livros do município de Rio das Pedras, SP está encaixotado e amontoado em meio a móveis quebrados, lonas e caixotes em um imóvel da Prefeitura desde novembro do ano passado. A Biblioteca Municipal, que abrigava os títulos, está fechada para reforma, mas problemas com a licitação atrasaram o processo de reforma e população está sem acesso aos livros.
As caixas de papelão estão lacradas com fita adesiva em sua maioria. Pedaços de papel indicam a categoria dos livros em seu interior (romance, ciências, literatura, etc...). Algumas das caixas foram violadas e muitos dos livros dividem espaço no cubículo com cadeiras quebradas e outros móveis inutilizados.


Ainda mais preocupantes são as pilhas de material didático lacrado, aparentemente sem uso, dividindo espaço com os outros materiais na saleta com não mais que dois metros quadrados. Tudo comprado com dinheiro público e sem nenhuma utilidade para a população.

O secretário de Cultura, recentemente exonerado, José Ferreira, explica que após as fortes chuvas houve danos no prédio da biblioteca e foi preciso abrir um processo licitatório para reformar. “Como há encostada na biblioteca uma escola, a licitação foi feita junto para beneficiar os dois prédios. Mas isso há os prazos e houve impugnações na primeira fase. Mas em duas semanas devemos assinar com a empresa que fará o trabalho”, disse.

A pasta de Cultura ainda não tem um substituto para Ferreira, que mesmo afastado garante que em junho a biblioteca estará pronta para receber o acervo que voltará a ficar disponível para a população. “Será feita a troca do telhado, a reforma na parte elétrica, no piso da biblioteca e também haverá novas prateleiras”, disse o secretário exonerado.

Sobre os problemas na maneira como os livros estão armazenados, Ferreira diz que não havia outro local público que permitisse a colocação dos livros à disposição da população. “Orientamos todos a zelar pela conservação dos livros, mas muitas vezes os funcionários não fazem”, justificou.

Vídeo.


Fonte: G1 - Lana Torres - 10/04/2012

Instagram @leitoraviciada

Skoob

Online

Siga por e-mail